Recruta nº1

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Recruta nº1

Mensagem  Andre Cavalheiro em Dom 04 Mar 2012, 18:48

O sol não era viste no campus á muito tempo. O inverno tinha sido rigoroso, nos arredores de Londres, mas com sol ou sem ele, a dura recruta continuava! Os 100 dias nos quais os jovens passavam por coisas horríveis, e sofriam como nunca antes imaginaram. Eram seis da manhã, a hora em que a recruta começava. Alguns dos recrutas já tinham chegado. Eram poucos desta vez.
Norman Large, e George Pike eram os instrutores escolhidos para esta recruta. Norman olhou para a sua folha com o nome dos jovens. Os primeiros três eram Virginia Hall, Libas e katherine todos a negrito aqueles que eram mais promissores e aos quais tinha de estar atento.
Pike tinha retirado os despertadores daqueles três jovens, para quando eles chegassem atrasados terem uma desculpa para embirrar com eles, contudo Virginia estava lá ás 6 em ponto.
- Pensas que és muito espertinha não é? Despertador de reserva pois bem, se és assim tão esperta começa a encher, vais fazer flexões, até o Libas e a katherine decidir aparecer. - Gritou Large aos ouvidos de Virginia.

A rapariga foi para o chão e começou a encher. Passou uma hora duas, os seus braços começavam a ficar rochos, e os seus musculos imploravam para parar. Large sorriu para Pike, tenho a impressão que isto vai ser divertido.
Todos continuaram lá á espera de Libas e katherine que dormiam na sua caminha confortável...


Última edição por André Cavalheiro em Dom 04 Mar 2012, 20:18, editado 1 vez(es)

Andre Cavalheiro
Admin

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 108
Reputação : 2
Idade : 19
Localização : Localização secreta

Ver perfil do usuário http://cherub-portugal.forumportugues.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  libas em Dom 04 Mar 2012, 19:58

Quando acordei, reparei que não tinha o despertador na cómoda, e fiquei assustado porque normalmente, os miúdos fazem partidas aos recrutas para estes chegarem atrasados. Corri e bati à porta do quarto da Virgínia, mas ela não respondi, então fui ao quarto da katherine, quando ela me abriu a porta eu perguntei-lhe as horas mas ela também não tinha o despertador. katherine vestiu-se rapidamente, e fomos logo para o campo de treino, enquanto passávamos no corredor vimos o relógio, já passava das 8.30 da manhã! Assim que chegámos, vimos a Virgínia a morrer de cansaço e com a cara mais vermelha do que um tomate! Virgínia disse o que se tinha passado, e como castigo tinham de passar a manhã a correr e a fazer flexões pelo campo de treino! A Virgínia também, mas Large dissera que só tinha de percorrer 5 voltas pelo campo de treino!

libas
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 10
Reputação : 0
Idade : 19

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Virginia Hall em Dom 04 Mar 2012, 20:56

Eu tinha sido educada num colégio onde, se acordássemos depois das 6 da manha, teríamos de rezar um terço completo de joelhos prostrados no chão duro de pedra da igreja, e ie ajudar as irmãs a descascar as batatas para o almoço, portanto, não foi a falta de despertador que me impediu de acordar a tempo e horas.
Soltei um longo suspiro antes de vestir a T-Shirt azul. Isto ainda era tudo muito novo para mim, eu mal podia acreditar.
Ao caminhar pelo corredor, senti um silêncio enorme. Á minha cabeça, veio-me um pensamento imediato. "Eles já foram todos..estou atrasada". Comecei a correr até ao campo. Qual não é a minha surpresa, quando só lá vejo os instrutores Norman Large e George Pike, com o seu habitual bom-humor matinal:
- Pensas que és muito espertinha não é? - gritou Large aos meus ouvidos. Se cera lá havia, deve ter derretido toda com o seu bafo. Aquilo foi o suficiente para me tirar do estado de sonolência em que estava. - Despertador de reserva pois bem, se és assim tão esperta começa a encher, vais fazer flexões, até o Libas e a Katherine decidirem aparecer.

Caramba, eu é que gostava de começar o dia com flexões! Eu o-d-i-a-v-a Educação física.... Ao fim de cinco minutos, já estava super-cansada. Á meia hora, pensava que iria morrer. Á uma, já chorava de cansaço. Á uma e meia, os meus braços ardiam tanto que pareciam que estavam em chamas, e a minha camisola estava alagada em suor.Ás duas, os meus braços estavam roxos, e eu ja tremia. Durante todo este tempo, a minha mente era invadida por pensamentos assassinos que incluíam as duas pessoas á minha frente. Era impressão minha ou eles estavam a fazer apostas para ver quando eu desistia? Mas era isso que me dava alento para continuar. Acima de tudo, eu queria mostrar-lhes que era forte, e que não desistia. Quando, passados duas horas e meia, Libas e Katherine chegaram, a minha vontade era esgana-los a ambos...

Passadas 5 voltas ao campo em que eu quase morria, dirigia-me finalmente para a cozinha, para tomar o pequeno almoço e tomar um banho rápido, enquanto os outros enchiam lá fora. "Bem feito", pensei.
Quando saía do banho, já fresca e recomposta dos eventos da madrugada, os dorminhocos estavam a acabar o pequeno almoço. Os treinadores estavam encostados ao balcão, e esperaram a minha entrada para anunciarem:
-Bem, a seguir terão uma surpresa! Como vocês são malta nova, que gosta muito de viajar, hoje terão uma experiência única.

Embarcamos num pequeno avião, que curiosamente não tinha janelas, onde nos esperava um pequeno saco com mantimentos essenciais.
-Isto, - anunciou um dos instrutores - é tudo o que possuirão para poderem sobreviver durante o dia de hoje. Os restantes pormenores serão revelados quando chegar-mos ao local.

Passados aquilo que eu pensei serem 5 horas, aterramos. Qual não é o meu espanto quando vejo um enorme deserto.
-Bem vindos ao Saara, recrutas! - disseram os instrutores.

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Andre Cavalheiro em Dom 04 Mar 2012, 21:10

Os recrutas ainda estavam com as baterias descarregadas, depois das cinco horas de descanso. os braços de Virginia já estavam a voltar a cor normal, e ela parecia empenhada em começar. Os recrutas saíram, dois deles trouxeram os mantimentos. Pike começou então a falar.
- Muito bem, seus vermes nojentos. Se estão na CHERUB é porque são espertos, logo espero que saibam que o Saarah fica na África e é um dos maiores desertos a níveis mundiais. nestas malas, estão todos os mantimentos que precisam. Desde que chegaram ao campus tem apreendido línguas escolhidas por vocês. os manuais de instrução de alguns objectos estão escritos nessas línguas! Vão se dividir em 2 grupos de três. Katherine, Virginia, Libas num. O resto no outro. quem não sair do deserto no espaço de uma semana está automaticamente expulso da recruta. Dentro da mochila estão uns relógios localizadores. Cliquem neles, e um helicóptero aparecerá sobre vocês em poucos minutos, mas serão expulsos da recruta também! Mantenham-se juntos. Boa sorte vermes.

Disse Pike, embarcando de volta no avião, que deslocou em segundos.

Andre Cavalheiro
Admin

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 108
Reputação : 2
Idade : 19
Localização : Localização secreta

Ver perfil do usuário http://cherub-portugal.forumportugues.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  libas em Dom 04 Mar 2012, 22:06

Virgínia não gostava dos monitores, pois achava-os uns arrogantes do pior! Quando Pike disse "...o Saarah fica na África e é um dos maiores desertos a níveis mundiais." , a Virgínia sussurou: É o maior, ó PALHAÇO!
Os colegas começaram a rir-se, mas conseguiram conter-se. O grupo sentou-se na areia, começaram a ler as instruções, mas para dificultar, as instruções estavam nas diferentes línguas que cada um estudara. Passado algum tempo, conseguiram decifrar o livro das instruções, e chegaram à conclusão que no saco de cada um estaria: alguma água e comida, uma faca. Também tinham uma bússola e um mapa, para se guiarem, e uma tenda. No fim de descansarem, começaram a andar, para norte pois era para norte que tinham de ir, uma vez que era o caminho mais perto para sair do deserto. Passado algumas horas, estavam todos cansados, porque andar na areia é muito difícil! Libas e Katherine imploravam a Virgínia para parar, mas esta dizia que não, sendo muito determinada.
Ao final do dia, pararam para descansar e para beber e comer qualquer coisa. Decidiram ficar ali, e montaram a tenda, já era de noite e estava um frio de rachar. No fim de montarem a tenda, sentaram-se lá e começaram a falar, das vidas deles para o grupo se ficar a conhecer melhor. No fim de uma noite gelada e de conversa adormeceram. No outro dia acordaram, e preparam-se para mais um dia de trabalho!

libas
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 10
Reputação : 0
Idade : 19

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  katherine pierce em Dom 04 Mar 2012, 22:27

Foi meio dificil dormir,pois o libas roncava,muito.
Quando acordamos ja havia sumido o frio,e o calor estava muito forte.
Estavamos morrendo de sede,mas não podemos beber muita agua,pois se não irira acabar.
Saimos andando,em meio a areia,areia,areia e areia,era tudo o que viamos.
O sol ardia,e ja estávamos mortos cansaço,minhas pernas ja estavam pesando pra andar,resolvemos parar um pouco pra almoçar,e depois continuaríamos.
Eu não sabia o que era pior,o frio que faz a noite,ou o calor que esta agora.

katherine pierce
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 25
Reputação : 0
Idade : 16

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  seddnerd em Dom 04 Mar 2012, 22:47

Sed estava super cansado, e corria com a camisola toda rasgada, agarrada á pele devido ao suor. Estava completamente exausto, já quase passaram 48h desde que ele fora abandonado por Large e Pike no deserto. Agora perdera-se do grupo devido a uma das alucinações provocadas pelo calor. Não encontrava o resto dos colegas por isso olhou para a sua bossula, e seguiu para norte. Caminhou durante o dia todo. Agora não tinha tenda, e receava a noite. Sentiu-se tentado a apertar o botão de emergência mas não o fez!

o sol já tinha caído, e tinha decidido não dormir. O frio era muitíssimo. Sed temia entrar em hipotremia, até que ao de longe avistou uma luz. Vinha de dentro de uma tenda, e então de um momento para outro apagou-se. O rapaz começou a correr ignorando o frio e o cansaço, tinha encontrado alguém não o podia perder, após uns 150 metros avistou a tenda. E gritou:
- Alguém? Por favor!
Uma rapariga muito bonita saiu de lá de dentro, depois outra ainda mais, e por fim um rapaz, e ao aproximar-se reconheceu-os.
- Voçês são querubins, também estão na recruta! Graças a Deus perdi o meu grupo!
- Bom, estás com sorte em tantos quilómetros quadrados encontraste-nos entra e descansa. - Disse Libas.
Sed entrou super feliz. O jovem lembrou-se de sentir invejoso de Libas por ele ter ficado com as raparigas giras mas agora estavam no mesmo pé de igualdade. Sed estava agora quente, e entusiasmado para o dia seguinte, ao fechar os olhos adormeceu de imediato.

No dia seguinte, Virginia teve de gritar para acordar Sed. Todos vestiram as roupas normais, e puseram-se a caminho. As roupas de Sed estavam rasgadas mas ele não se importava, caminharam pela manhã inteira, e pela hora de almoço decidiram parar alguns minutos.
-Pessoal... - Disse o rapaz.
- Sim? - Perguntou Kath.
- O vento está a ficar mais forte.
-E...
-Baixem-se! - Gritou o rapaz.
Todos se baixaram e segundos depois, deu-se uma enorme tempestade de areia, os jovens começaram a afundar-se em areia, tiveram de ficar ali minutos longos talvez horas, enquanto a areia voava pelo ar.

seddnerd
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 26
Reputação : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Virginia Hall em Dom 04 Mar 2012, 23:21

Depois de dois dias no deserto, eu estava com a entrar entrar em delírio, por isso, fiquei muito suspreendida quando acordei no 3º dia e vi Sed deitado ao meu lado. Como era habitual, eu fora a 1º a acordar. Um pouco a medo, estendi a mão para poder tocar em Sed, só para ter a certeza... Uau! Ele estava a arder....

Como era habitual, acordei todos, e pusemo-nos a caminhar. Aquelas eram a melhor hora para o fazer. Todos estávamos muito cansados, mas lá nos pusemos a caminho.

Já era de tarde (pelo menos parecia-me), quando se levantou uma tempestade de areia. Nós fomos apanhados praticamente de surpresa. Tivemos de nos abaixar para não apanharmos com areia. Ao fim de uma eternidade, pudemos olhar finalmente para cima. Estavamos todos enterrados em areia até á cintura.
-Pessoal, alguém sabe como havemos de saír daqui? - perguntou Libas.
-Eu tenho uma ideia! - disse eu. Agarrei a corda que tinha na minha mochila e atirei-a a Katherine. - Libas, atira a tua ao Sed. Agora temos que puxar todos ao mesmo tempo para conseguir-mos subir. Não se esqueçam que tem de se meter na posição certa p subirmos. - Eu agarrei a corda com as duas mãos, e inclinei-me para a frente. Todos fizeram o mesmo. - Agora puxem todos em 5, 4, 3, 2, 1, JÁ!
Ao fim de 5 minutos de muito esforço, lá saímos todos. Como era muito tarde, montamos a tenda nesse mesmo local, e comemos as últimas coisas que tínhamos....

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  katherine pierce em Dom 04 Mar 2012, 23:55

Um garoto,Sed havia se perdido de seu grupo e se juntado a nós.Tenho que confessar que achei ele lindo,e tive que manter o foco,para não me distrair olhando pra ele.
Depois de uma tempestade de areia,com a ajuda de virginia conseguimos sair da areia,que chegava a nossa cintura,e sair andando.
Montamos a tenda naquele mesmo local,e tivemos de comer as ultimas coisas que tínhamos,ficando assim,sem mas nenhuma comida.
Essa noite eu estava sem sono,então me sentei e fiquei encarando o vazio do deserto.
Acabei adormecendo,depois de muito tempo.

Acordamos de novo,e seguimos andando de novo,em mais um dia no deserto.
Agora ainda era cedo,só que mais tarde,a falta de comida seria um grande problema.
Hoje ja era o 4º dia no deserto,e não tinhamos ideia de onde estavamos,e nem se estavamos perto de sair daqui.

katherine pierce
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 25
Reputação : 0
Idade : 16

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Catherine Hitomi em Seg 05 Mar 2012, 00:21

Nunnaly estava completamente exausta. Já não sabia bem onde estava ou que dia do ano era. Sempre esteve habituada a nunca sair da sua mansão, e a ter pessoas que faziam tudo por ela. Mesmo assim, ela tinha vindo por sua propria vontade, e por isso, ia tentar aguentar. Já não fazia a mínima ideia onde andava o seu grupo, poi todos se tinham perdido a dado altura, A unica pessoa da qual recordava o nome e a figura era de um rapaz chamado Des....ou seria Sed? Era alguma coisa do género...

Continuou a andar sem ter um rumo ao certo. Passado algum tempo, viu uns vultos no horizonte que pareciam vir na sua direcção. Tentou correr, mas depressa sentiu o sabor da arei a entrar pela sua boca, completamente desgastada.

- Só espero...que não seja uma...miragem - disse ela a si mesma


Última edição por Nunnaly Vi Britania em Seg 05 Mar 2012, 19:06, editado 3 vez(es)

Catherine Hitomi
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 161
Reputação : 0
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Andre Cavalheiro em Seg 05 Mar 2012, 18:10

Large, e Pike comiam refastelados na sua reconfortante casa no Cairo. Eles mesmo tinham escolhido a cidade. Eles sabiam que não se podiam afastar muito, mas estar perto dos recrutas não faria diferença, sendo que eles não faziam parte da equipa de resgate, que já tinha resgatado, o 6º membro da recruta. Um rapaz que após ter perdido o grupo clicara no botão de emergência e desistira da recruta. Agora só estavam em jogo 5 recrutas, e os dois instrutores mal podiam esperar para saber se eles se desenrascavam ou não, ou até mesmo se eles se aperçeberiam de que tinham pedras, numa secção escondida de cada mochila para os atrasar.

Andre Cavalheiro
Admin

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 108
Reputação : 2
Idade : 19
Localização : Localização secreta

Ver perfil do usuário http://cherub-portugal.forumportugues.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Virginia Hall em Seg 05 Mar 2012, 21:58

O sol já ia alto no 4º dia de recruta. Eu, Libas, Katherine e Sed vínhamos a queixar-nos da falta de comida. Os nossos passos era agora lentos e pesados, e estavamos ja muito cansados. As miragens eram já algo frequente, por isso, não nos surpreendemos quando vimos, ao longe, uma rapariga com uma T-shirt igual á nossa. Como todos a tínhamos vistos, concluímos que as hipóteses de ser miragem era poucas. Assim, fomos todos ter com ela. Descobrimos que se chamava Nunnaly, e que, tal como o Sed, pertencera ao 2º grupo, mas perdera-se. O nosso grupo crescia de dia para dia....

Passadas duas longas horas de caminhada, avistamos aquilo que parecia ser um rio. Naquele instante, parece que todo o nosso cansaço desapareceu. Nenhum de nós pensou duas vezes antes de correr até á margem, largar a mochila, e mergulhar. Sim, era mesmo um rio.
-Pessoal, olhem ali uma tábua a flutuar...! - disse Katherine.
O pior é que a tábua começou a aproximar-se de nós, e pudemos entrever ins contornos angulosos, e uns olhos amarelos.
-CROCODILO! - gritou Libas.
Todos nadamos para a margem como se nos tratássemos de finalistas nos jogos olímpicos a disputar pelo lugar no pódio. O problema é que o crocodilo saltou para fora da água.
-As armas...no saco! - disse alguém.
-Mas vamos mata-lo! - protestou Nunnaly.
-Ou eles ou nós! - disse sombriamente Sed.
Todos pegamos na arma que tínhamos no saco enquanto fugíamos do bicho. Nunca nenhum de nós tinha pegado numa arma...mas era um caso de vida ou morte.
-Aos 3 todos nos viramos e disparamos, ok? - perguntou Libas. - 1, 2 ,3!
Uma rajada de balas silvou pobre o animal. Pronto, ok, foram meia duzia de balas soltas e a maioria foram ao lado. Como resultado, o crocodilo abriu a boca, rugindo, e nós aproveitamos essa altura para descarregar outra vez. Desta vez, ele morreu, caindo por terra com um estrondo.
-Bem, parece que já temos jantar! - disse eu.
-Estás a gozar? - perguntou Nunna. - Vamos comer esta coisa?
-Bem, é a única coisa que temos... - respondi eu.

Aos poucos, todos concordaram. Um pouco longe da margem, encontramos alguns pedaços de madeira completamente seca. Com a ajuda de uma faca, lá esfolamos o crocodilo, que tinha uma pele dura como tudo. Acendemos uma fogueira, improvisamos um espeto, e, meia hora depois tínhamos crocodilo assado para o jantar.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  katherine pierce em Seg 05 Mar 2012, 22:31

Eu estava realmente achando estranho ter um crocodilo no jantar,mas até que era bom.
estavamos morrendo de cansaço,então resolvemos dormir,pois ja estava começando a esfriar,hoje com a fogueira que deixamos acesa,ficamos um pouco mais quentes que nas outras noites.


Quando acordamos o sol ainda estava nascendo,levantamos e saimos andando.
—que tal nos seguirmos pela margem , na diraçao da agua? Isto é o só pode ser uma afluente do nilo, logo ha-de ir ter ao mediterraneo—sugeriu Virginia
todos concordaram e saimos andando.
Depois de algumas horas andando,chegamos em uma cidade,perguntamos para uma pessoa que passava,onde estavamos,e ela disse que era o Cairo.
Agora tinhamos de achar um telefone para avisar a CHERUB que haviamos conseguido.
Procuramos um pouco,até achar uma cabine telefonica vazia
Na mesma hora ligamos para a CHERUB,e falamos que haviamos conseguido.
Alguns momentos depois os instrutores chegaram.

katherine pierce
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 25
Reputação : 0
Idade : 16

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Andre Cavalheiro em Seg 05 Mar 2012, 23:00

Large e Pike, estavam orgulhosos dos seus recrutas. Era um recorde. Já tinham colocado aquele desafio algumas vezes na recruta, mas nenhum grupo tinha conseguido atravessar o Saahara em cinco curtos dias. Foi então que Large percebeu que todos aqueles recrutas eram promissores e ligou para o director do campus.
-André? É o Large! Eles estão de volta!
- O quê? Cinco dias? É um recorde.
-Não estava á espera deles tão sedo, o que faço levo-os para o campus?
- Já que eles são tão bons porque não o teste da Loira?
- Tás a gozar? Isso é muito perigoso, eles só estão no 4º dia da recruta.
-Muito bem, leva-os para o nosso campo em Espanha, fica com eles trinta dias, fá-los sofrer, depois deixa-os descansar um par de dias, e faz o teste da loira.
- Tens a certeza?
- Yap. Adeus Large!
***
Assim aconteceu. 30 dias duros no inverno. O sol começava agora a aparecer pelos arredores de Espanha. Os dois dias de descanso souberam a nuvens aos recrutas. Eles que tinham passado os ultimos 30 dias num campo de treino intenso podiam agora descançar... estava na hora do teste da loira.

Os recrutas foram dormir, foram sedados, e quando acordaram, estavam numa cama sozinhos. Á frente de cada um deles, estava um individuo do sexo oposto, muitíssimo belo.
-Bem vindo á organização. Penso que já sabes o que fazer. - Disseram todos os individuos, antes de sairem da sala.
De repente algo começou a apitar, os recrutas tirarram todos um tablet de debaixo da mesa.

-Bom dia recrutas! - Disse o director André Cavalheiro. - Estão agora numa organização terrorista ainda em cresçimento desenvolvida na Arábia Saudita. supostamente voçês são os novos soldados. No quarto ao lado estão os vossos companheiros recrutas. Têm trinta dias, para se infiltrar na organização sem serem mortos! Ao dis 30 vamos tirá-los da li até la estajam prontos, para ataques americanos, castigos corporais e muitas lições de religião. Lembrem-se que namorar com um superior pode ser muito util, e os individuos que acabaram de sair são vossos superiores. Boa sorte recrutas, mantenham-se vivos, só uma dica, na arabia saudita não há tecnologia como tablets Wink

_________________
André Cavalheiro
Director da CHERUB!

Andre Cavalheiro
Admin

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 108
Reputação : 2
Idade : 19
Localização : Localização secreta

Ver perfil do usuário http://cherub-portugal.forumportugues.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  seddnerd em Seg 05 Mar 2012, 23:21

Assim que Sed acabou de ouvir a mensagem, destruiu o tablet, atirou contra a parede, e colocou cada pedaço dele debaixo do colchão, de seguida deitou-se na cama, e esperou que bela rapariga loira que o recebera á bocado voltasse a entrar. 30 min depois lá estava ela.
- Olá. - Disse ela num inglês muito mau.
- Olá, estou na organização? - Perguntou Sed no seu também mão Árabe.
- Sim, falas Árabe? Isso é bom os teus colegas também?
- Nem todos. - Respondeu ele.
- Ok, não há problema felizmente há muitas pessoas que fala inglês na organização. Sou a Al. Eu vou ensinar te, como é que a organização funciona, tu terás de andar sempre comigo, porque eu também estou cá há pouco tempo, e as raparigas não podem andar muito sem ser com um homem por aqui!
- Ah pois é isso deve ser dificil, mas está descansada, serei apenas uma companhia.
- Talvez possas ser mais que isso... - Disse ela sorrindo. Era bem gira mas Sed ainda gostava mais de Kath, com os seus lindos olhos verdes-azulados, e boa constituição fisica. - É claro que só preciso de companhia para sair da área dentro do campus da organização podemos andar sozinhas mas raramente saimos, então anda vou msotar te como isto funçiona. - Sed vestiusse rapidamente e achou estranho que Ala, não siasse do quarto para o deixar faze-lo. - Bom durante dez dias vaais ter aulas, de religião, mexer com armas, luta e tudo isso a partir dai tornaste um soldado para a causa perçebido?
- Sim.
- Ok, bom, são nove horas, está na hora do recolher, vou levar te para o dormitorio.
Rapidamente chegáram la, e Sed encontrou as quatro caras conheçidas dos seus amigos. Pelos vistos aquele quarto era só para os cinco. Assim que Al deixou a divisão, Sed falou.
- Então qual é o plano?

seddnerd
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 26
Reputação : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  libas em Ter 06 Mar 2012, 20:17

O quarto estava escuro qunado Sed lá chegou. Sed era magnifico, bem constituido e notava-se uma obvia atração entre ele e Kath contudo, a rapariga que o trouxera era tão linda como Delf, a rapariga que o acordara. O grupo após Sed ter chegado começou a falar, e deçidiram que o melhor era alinharem em tudo o que a organização dissesse. Todos partilharam a sua sabedoria sobre cultura da Arábia Saudita, e foram dormir algumas horas. De manhã bem sedo foram acordados para a primeira oração. Tiveram de prestar homenagens a Alá, de seguida deu-se o treino com armas, de seguida a oração da manhã, seguindo-se o almoço, a hora livre, a oração da tarde, a aula de luta conta americanos, o convívio, o jantar, e a oração da noite. Seguindo-se a hora do recolher. Era uma vida dificil, com muito trabalho, e libas mal podia imaginar como conseguiria aguentar aquilo durante trinta dias.

libas
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 10
Reputação : 0
Idade : 19

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Virginia Hall em Ter 06 Mar 2012, 20:27

Quando acordei de manhã naquele quarto pobremente mobilado, a familiar dorinha de cabeça indicou-me que tinha sido sedada. De qualquer modo, não tive tempo para pensar muito, nem admirar a decoração, pois o meu olhar prendeu-se no individuo á minha frente. Era alto, e absolutamente belo. Pelo seu corpo, parecia um super-modelo, mas as suas roupas e a sua postura faziam-no parecer um terrorista.
-Bem vinda á organização. Penso que já sabes o que fazer. - Disse-me ele, antes de sair do quarto.

Bem vinda? Isso significava que eu tinha passado na recruta. Mas ainda só tinham passado 30 dias... E o facto de ter sido sedada...Seria aquilo mais um teste?
Numa mesa próxima, um tablet tocou. Apressei-me a atender:
-Bom dia recrutas! - Disse o director André Cavalheiro. - Estão agora numa organização terrorista ainda em cresçimento desenvolvida na Arábia Saudita. supostamente voçês são os novos soldados. No quarto ao lado estão os vossos companheiros recrutas. Têm trinta dias, para se infiltrar na organização sem serem mortos! Ao dis 30 vamos tirá-los da li até la estajam prontos, para ataques americanos, castigos corporais e muitas lições de religião. Lembrem-se que namorar com um superior pode ser muito util, e os individuos que acabaram de sair são vossos superiores. Boa sorte recrutas, mantenham-se vivos, só uma dica, na arabia saudita não há tecnologia como tablets!

Ao ouvir aquela voz, logo depois de ter sido sedada, uma sensaçao de raiva e angústia apoderou-se de mim. "Ai não há tablets?" - pensei. - Isso resolve-se já!"
Deixei cair o tablet e apliquei-lhe um valente pontapé. Ele fez ricochete primeiro na esquina da mesa, depois num guarda-fatos, andtes de finalmente embater com um estrondo na parede. Pisei com convicção os seus restos mortais, deixando-o reduzido a estilhaços, que enfiei debaixo de um monte de roupa de cama que estava no guarda fatos. Depois sentei-me na cama, e uma memória veio-me á cabeça:
"Eu estava acordei deitada num chaise-longue, naquele que vim a saber ser o escritório do diretor da CHERUB. Sentado numa cadeira ao meu lado, estava um tipo alto e bem parecido.
-Finalmente acordaste! - disse ele, sorrindo.
Eu estava assustada.
-QUEM É O SENHOR? - perguntei, levantando-me de um salto. - E ONDE ESTOU EU?
-Calma! - disse ele. - Não precisas de te assustar. Tu aqui estás perfeitamente segura.
-CALMA? VOCÊ PEDE-ME PARA TER CALMA? EU ACORDO NUM SÍTIO QUE NEM CONHEÇO, AO PÉ DE UM TIPO QUE NUNCA VI MAIS GORDO E VOCÊ PEDE-ME PARA TER CALMA? -eu estava inclinada sobre ele, e tinha-lhe agarrado os colarinhos da camisa perfeitamente polida, mas ele sorria, e nem oferecia qualquer resistencia.
-Caramba! A isso é que eu chamo fibra! Vê-se mesmo que és filha do George e da Martha!
Awuilo foi o suficinte para eu o largar, e deixar-me caír sobre o chaise-longue. Eu estava em estado de choque.
-Você....você conheceu-os? - perguntei eu, com a voz a falhar-me e as lagrimas a começarem a queimar-me a garganta.
-Se os conheci?- perguntou ele - George e Martha Hall, mais que dois profissionais de excelência foram dois dos meus melhores amigos...- a sua voz também lhe falhou. - Caramba, como tu cresceste! - ele olhou-me melhor e abraçou-me - Quando te vo da última vez ainda eras um bebé!
-Está a falar a sério? - de repente, todo o medo que eu sentia, toda a cofusão, desapareceu. Desde a morte dos meus pais, nunca encontrara ninguém que os conhecera...ninguém que me pudesse falar sobre eles...
-Então não estou? Eu até te ofereci uma bonequinha de pano! Tu chamaste-lhe Kika!
-A Kika? A sério? Era a minha boneca preferida!
Aquelas memórias encheram-me de felicidade.
-Bem, mas passemos a assuntos mais sérios. - disse ele, conduzindo-me á sua secretária. O meu olhar prendeu-se numa das molduras pousadas sobre uma estante. Dois rostos familiares sorriam e acenavam, ao lado de outro que sabia ser o homem que estava á minha frente.
-Essa foto..são eles? - perguntei-lhe
-Hã? Ah, sim! Foi tirada nos nossos tempos de glória! - disse ele, suspirando. - Bem, mais ainda não me apresentei! O meu nome é André Cavalheiro, e sou diretor do CHERUB.
-O que é o CHERUB? - perguntei.
-Calma, já lá chegamos. Vírginia, a notícia que te vou dar agora talvez te deixe um pouco chocada, mas só deves ter orgulho do que te vou dizer. Virginia, tu descendes de uma longa linhagem de espiões. Os teus pais foram uns dos melhores espiões do seu tempo, e, antes deles, já os teus avós o foram. O sangue que te corre nas veias, é sangue de espiã!
Aquilo é que era uma novidade! A ideia de ser descendente de espiões ainda demorou vários minutos a enquadrar-se na minha mente. A partir daí a conversa tomou o rumo normal das conversas com os aspirantes da querubins. Quando André me perguntou se me queria juntar á CHERUB, a resposta foi óbvia: sim. Afinal, aquilo era o meu destino, não poderia fugir a ele. E a ideia de poder passar mais tempo com uma pessoa que conhecera os mais pais também me agradava bastante. Afinal, eu queria saber mais sobre eles."

De volta áquele estranho quarto, a minha mente estava dividida. Eu queria seguir o meu destino, e tornar-me digna do nome Hall. Mas o modo como os instrutores me tratavam... Eu não merecia aquilo! Se eu resistira até agora, fora para lhe mostrar que era forte, e que eles não me intimidavam. Mas NINGUÉM tinha o direto de me fazer aquilo....
E agora, eu estava a tentar infiltrar-me numa rede de terroristas muçulmanos. Ainda se fossem terroristas normais... mas tinham logo de ser muçulmanos. Eu sabia que as mulheres não tinham direitos nenhuns entre os árabes. Se aquilo desse para o torto, e eles me descobrissem, eu seria morta. Se eu fizesse qualquer coisa mal, seria violentada. Mas eu também sabia que poderia sofrer muito por muito menos do que isso....-
"Pai, mãe, eu vou fazer-vos ter orgulho em mim!", pensei eu.
Lembrei-me das palavras do director: Lembrem-se que namorar com um superior pode ser muito util, e os individuos que acabaram de sair são vossos superiores. Eu estava determinada em saír-me bem.Se tivesse que me "atirar" ao homem que saíra do quarto para me safar, eu fá-lo-ia. Mas nesse momento, um rosto conhecido passou pela minha mente. Um rosto que dizia "Não o faças!".

Foi embrenhada nesses pensamentos que o super-modelo mauzão me foi encontrar no quarto.
-Olá! - disse-me ele num inglês perfeito - O meu nome é Darius, e sou eu que te vou ajudar a integrar nesta organização.
Eu apresentei-me, e fomos falando enquanto eu me vestia lentamente, como se o facto de estar um pouco despida em frente de um homem não me incomodasse nada, o que por acaso era mentira. No fim, ele conduziu-me a outro quarto, onde estavam os meus colegas.
-Então, qual é o plano? - perguntou Sed.
-O plano, - comecei eu, como se fosse apresentar um plano muito bem feito e super-detalhado - é o seguinte: improvisar.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Catherine Hitomi em Ter 06 Mar 2012, 21:00

Todos estavamos reunidos num quarto, a discutir o que iriamos fazer.

- Improvisar? Nos deviamos era sair daqui o mais rapido possivel! - exclamou Katherine
- Tem calma. É dificil, mas não impossível - respondeu Libas
- So se for para voces os dois! Nos as tres estamos numa situação diferente!

A situação esta a ficar um pouco má, e a ultima coisa que nos precisavamos agora era começar discussões entre nós próprios.

- Bem, não pode ser assim tão mau, pois não Kath? - disse eu

Pouco sabia, que a situação estava prestes a ficar muito feia. Dois homens, bastante encorpados, entraram pelo quarto dentro e disseram, num ingles um pouco mau, mas perceptível:
- Tu e tu - disseram eles agarrando em mim e na Katherine - vem connosco!
Depois disseram para Virginia:
- Tu ficas para depois!

Não faziamos a mínima ideia para onde aqueles homens nos levavam. A unica coisa que sabiamos e que eles não estavam a ser nada gentis connosco. Eu sentia um deles quase a quebrar os ossos do meu braço enquanto me arrastava. Por fim chegamos a uma pequena sala, onde outo homem estava sentado numa cadeira, exactamente a meio da sala

- Sejam bem-vindas á nossa organização. Eu sou o Imb Nezu, o vosso líder. Quero que compreendam muito bem a vossa situação. Nos somos das únicas "comunidades" que permitem mulheres entre nos, e por isso devem-se sentir priviligiadas - Parou um pouco e depois retomou - ...contudo, nós nao podemos de qualquer maneira rejeitar a nossa cultura. Por isso, tem de prestar alguns "serviços". Eu estou um pouco....tenso. E precisava descontrair um pouco. Acho que me podem ajudar, dando-me uma massagem pelo corpo todo. Agora.

- O que?? - disse eu, sem pensar nas minha palavras. Foi um dos maiores erros que podia ter dado, Senti uma dor nas costas, provavelmente de uma chicotada, tão forte que soltei um enorme grito, que o provavelmente, até o resta do pessoal que ainda estava na outra sala ouviu. Não hesitamos e, procedemos a fazer o que o homem tinha comandado, enquanto de vez em quando levava-mos mais umas chicotadas.

Passado algum tempo, regressamos ao nosso quarto. Estavamos com muitas nodoas negras e algumas feridas abertas.

- Tem uma hora ate a proxima oração - disseram os homens, dirigindo-se para todos

Já não estava com o mesmo espírito de a bocado. Este situação tinha-me virado os pensamentos ao contrário. Conseguiriamos mesmo sobreviver durante 30 dias, a sermos tratadas assim? Os rapazes mostravam alguma preocupação, enquanto que Virginia mostrava um pequeno vestígio de medo no seu olhar, que tentava esconder.Sempre que perguntavam se estava bem, eu tenta dizer que sim , que estava tudo bem. Mas Katherine nao partinhava do mesmo espirito que eu... Mesmo assim, se queriamos sobreviver teriamos de nos distanciar de pensamentos como esses. Decidi acançar:

- Bem...ainda temos uma hora. E ainda nao vos conheço assim tao bem...E que tal falarmos de nós? - disse eu, tambem a tentar disfarçar o que me ia pela mente, bem como o estado em que eu estava, e o que tinha acabado de passar

Catherine Hitomi
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 161
Reputação : 0
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  katherine pierce em Ter 06 Mar 2012, 21:38

Eu sempre fora um tanto emocional demais,e era dificil conter meus sentimentos.
enquanto nunna fingia estar bem,eu desabei a chorar,sendo abraçada por Sed.
Depois de um tempo,me acalmei,e fomos falando sobre nos.
Vieram nos chamar para a oração ai que eu percebi que ainda estava de mãos dadas com Sed.
Depois eles chamaram a virginia,e eu sabia,que o que quer que fossem fazer com ela seria pior do que o que fizeram comigo e com a nunna.

katherine pierce
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 25
Reputação : 0
Idade : 16

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Virginia Hall em Ter 06 Mar 2012, 22:07

Quando eu vi Katherine e Nunnaly regressarem, todas machucadas, do encontro com o chefe, eu senti uma onda de medo apoderar-se de mim. Eu não queria nem pensar no que aconteceria quando fosse a minha vez...
Ao meu lado, Libas parecia ainda mais nervoso do que eu:
-Vai correr tudo bem. - disse ele. Sinceramente, não sei se me tentava convencer a mim ou a ele..
Já era quase noite quando os dois matulões da manhã entraram no quarto para me levar. Eu estava um pouco trémula....Para me acalmar, pensei nos meus pais. "Será que os deixaria orgulhosos se aceitasse o que o chefe me iria pedir?" A resposta formou-se rapidamente na minha mente: eles ficariam orgulhosos pelo meu desempenho como espia...era tudo para bem nacional . . independentemente do que ele me pedisse para eu fazer, os meus pais ficariam orgulhosos, sim, se eu agisse como uma verdadeira espiã, e não como uma fraca, ou uma prostituta. "
Lentamente, deixei que uma bolha de profissionalismo me envolvesse, e deixei de tremer.
Poucos minutos depois entramos naquilo que mais parecia ser a suite presidencial de um hotel cinco estrelas. No quarto, sentado na cama, em roupão, estava um homem um pouco gordo, e feio como tudo.

- Sejam bem-vinda á nossa organização. Eu sou o Imb Nezu, o vosso líder. Quero que compreendas muito bem a tua situação. Nos somos das únicas "comunidades" que permitem mulheres entre nos, e por isso deves-te sentir priviligiada - Parou um pouco e depois retomou - ...contudo, nós nao podemos de qualquer maneira rejeitar a nossa cultura. Por isso, tens de prestar alguns "serviços".
Eu já estava á espera daquilo. Ajoelhei-me aos seus pés, cobri-lhe as suas mãos com as minhas e fiz o meu ar mais agradecido.
-É uma enorme honra para mim estar nesta organização. - disse eu - É um prazer para mim poder servi-lo da maneira que mais desejar. - terminei esta frase dando-lhe um leve beijo na mão.
Ele mostrou-se bastante surpreendido, e fez um aceno para que os matulões saíssem.
-Sabes, eu estava a precisar de um banho. - confessou ele.
Eu acenei com a cabeça, e apressei-me a despir-lhe o roupão. Passados alguns minutos estavamos os dois dentro de uma enorme banheira, e eu ainda fiz mais que dar-lhe o banho. Aquele minha "bolha" protegia-me de sentir o nojo e a repulsa habitual. Eu estava obstinada em cumprir com o que lhe dissera.

Hora e meia depois, eu voltava ao quarto,acompanhada pelos matulões do costume, contudo, sem um único arranhão. Mal eles saíram, eu caí na cama e disse:
-Malta, eu preciso mesmo de lavar a boca com sabão!

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Catherine Hitomi em Ter 06 Mar 2012, 23:34

- Porque? O que aconteceu? - perguntei eu, intrigada
- Nada de especial - respondeu Virginia - Fiz o que estava certo

Eu e Kath olhamos-nos nos olhos. Sabiamos exactamente o que havia-mos de fazer.

- Nos queremos falar a sós. Por favor saiam da sala. Façam o que quiserem, vão ter com as vossas superiores, vão explorar, mas não entrem aqui. Se tentarem, posso vos garantir que irão levar! - disse Katherine para os rapazes. Quando estes abandonaram a sala, dirigiu-se a Virginia - Prnto, ja temos privacidade. Agora podes-nos dizer o que se passou

No entanto ela recusava-se a contarnos o que aconteçeu. Apenas limitou-se a começar a chorar intensivamente e a mandar a sua almofada voar por tudo o que era sítio. E eu simplesmente soube que havia de fazer qualquer coisa, não importava se era algo pequeno ou não... E verdade, que eu nao posso afirmar que tenha muita experiencia de vida. De facto, não tenho nenhuma. Cairam-me algumas lagrimas dos olhos e agarrei a sua mão. Ela olhou para mim, de certa forma surpreendida, e eu limitei-me a dizer:

- Eu não sei o que acoteceu...mas apenas quero que saibas isto... Estamos aqui para nos ajudarmos... - as lagrimas caim-me cada vez mais pelo rosto, a medida que eu formando as palavras na minha cabeça -....toda a minha vida tive sempre alguem a cuidar de mim...Está na altura de ser eu a cuidar de alguém!




Catherine Hitomi
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 161
Reputação : 0
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Virginia Hall em Qua 07 Mar 2012, 19:07

A mente de Virgínia estava dividida. Por um lado, sentia que deveria estar orgulhosa do que fizera: agira como uma verdadeira espiã, como a filha do George e da Martha Hall, que, onde quer que estivessem, deviam estar orgulhosos. Mas por outro...por outro ela sentia nojo..Ela entregara-se a um homem que odiava...que só fizera aquilo para mostrar quem mandava .... um homem que tratava as suas amigas como animais.
Era a sua natureza a lutar contra a sua educação.

Virginia abraçou Nunnaly. Aquelas palavras tocaram-na profundamente. Depois largou,a, e deixou-se caír nas almofadas. A sua cabeça fervilhava. Tentava recordar-se do que sentira quando fizera aquilo....era como se, durante aquela hora e meia, se tivesse transformado numa máquina, na sua cabeça, só houvera um pensamento: tentar que ele gostasse de si o maximo possivel. Ela sabia que foram os seus genes que a fizeram ficar assim. Era algo incontrolavel....era o seu destino.....o seu sangue de espiã em açao..
Aquilo fazia-a ter raiva....e usar a almofada como saco de pancada. Era a sua forma de lutar contra os problemas.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Andre Cavalheiro em Qui 08 Mar 2012, 19:52

O tempo da recruta foi alargado até domingo Wink

_________________
André Cavalheiro
Director da CHERUB!

Andre Cavalheiro
Admin

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 108
Reputação : 2
Idade : 19
Localização : Localização secreta

Ver perfil do usuário http://cherub-portugal.forumportugues.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  seddnerd em Qui 08 Mar 2012, 21:32

A cena de Virginia tinha sido muito marada, mas desde os últimos oito dias todos tinham dado sinais de querer ultrapassar. A vida na organização era fácil, muitas orações, experiência com armas, onde aprendíamos a usar as armas á disposição, depois almoço, e por fim a aula de luta com americanos, onde os adultos tentavam fazer lavagens cerebrais aos jovens, com ideias contra os Americanos, que não resultavam nos Recrutas pois estes também conheciam as técnicas, contudo com Sed era diferente. Este concordava com os terroristas nalgumas ideias, embora outrora adorasse a América, agora vi-a mais como uma ditadura disfarçada de republica.
Era a altura do jantar no 8º dia. Sed já conhecia bem a organização, e todos o tratavam bem. Sed correra o mais rápido que pode, e depois, despediu-se dos seus colegas, sem dizer onde fosse. Não queria que Kath soubesse, que ele ia ter com Al, a qual era muito amiga da filha do chefe da organização. Sed conseguira seduzir Al, a convençer a filha do chefe a convençer o chefe a não tratar mal, as amigas de Sed, e o rapaz queria que as coisas continuassem assim, por isso continuava o seu namoro com Al.
-Amo-te tanto! - Disse a rapariga.
-Eu também te adoro. - Respondeu o rapaz no seu árabe meio estranho.
-Ah, estou pronta, possui-me!
Possuir? Sed não fazia ideia do que ela queria dizer, seria algum costume Árabe de namorados? Contudo quando a rapariga baixou a saia preta, Sed perçebeu com um enorme espanto... Esse tipo de possuir...
O que poderia o rapaz fazedr para travar isto?
-Ainda não! Está na hora da oração da noite! Vamos.
- Mas ainda falta algum tempo!
- Eu disse vamos! - Sed odiava usar o facto de ser macho para controlar Al, mas havia vezes em que isso era necessário.
Os dois andaram para o pavilhão prinçipal, e efectuaram a oração, depois, evitando Al dirigiu-se a libas, e começou a falar. as raparigas foram para o dormitório, mas os rapazes podiam ficar mais tempo acordados. Eram quase duas da manhã, quando, os dois rapazes se despediram do resto dos homens e se dirigiram ao dormitório.
Estavam a rir, e a falar quando a parede ao seu lado foi derrobada com uma explosão. Os dois foram projectados para o outro lado. Depois começou a ouvir tiros, e misseis a aterrarem nas próximidades.
Sed levantou-se meio zonzo, e com a visão turva a cameça doia-lhe imenço e sangrava
Um outro rapaz da sua idade correu na sua direção.
- Raios partam! Os Americanos eles...
O rapaz nao pode continuar Sed espetou-lhe um murro no nariz, e roubolhe a metrelhadorea, depois usou o cabo da arma e bateu na cabeça do rapaz, uma e duas vezes.
- Ei! O que é que estás a...
Um outro miudo aproximou-se mas Sed fez exactamente a mesma coisa que fizera momentos atras, retirou a arma, e depois ambas as mochilas com munições.
- Libas??????
- Estou aqui.
Libas cocheava, mas de resto pareçia bem.
- Os Americanos... - Disse Sed atirando a arma e as munições. Depois, olhou á volta, e o dormitorio, a apenas 10 metros estava todo destruido... Kath... talvez morta, lágrimas vieram aos olhos do rapaz, era pressão a mais, o rapaz mal conseguia pensar, mas impulsivamente correu para os destroços a gritar pelo nome das amigas.

seddnerd
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 26
Reputação : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  katherine pierce em Qui 08 Mar 2012, 22:22

Ouvimos barulhos de tiro e misseis,e nesse momento algo atingiu o dormitorio.
Fechei os olhos achando que este era meu fim,eu virginia e nunna nos jogamos no chão,esperando a morte chegar,mas isto não aconteceu.de algum jeito os destroços não nos esmagaram.
Um pouco depois ouvimos os gritos de Sed,só que nós,estavamos presas,sem conseguir nos mover mais que alguns centimetros.
—Aqui—consegui gritar,depois de alguns minutos Sed conseguiu nos tirar de lá.
Pegamos algumas armas pra nós e fomos pra luta,contra os americanos,que tentavam se proteger dos nossos tiros.
Depois de muito tempo,eles foram embora,pelos meus calculos ja eram seis da manhã.
Alem do nosso alguns outros dormitorios tambem foram destruidos,os que ficaram sem,como nós,tiveram que dormir no refeitorio,em alguns sacos de dormir.
Nos permitiram cancelar algumas orações e treinamentos do dia,pois estavamos todos cansados,então,fomos dormir,finalmente!

katherine pierce
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 25
Reputação : 0
Idade : 16

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Catherine Hitomi em Qui 08 Mar 2012, 22:57

Acordamos na manha seguinte, devido as berros várias pessoas no quartel. Pelos rumores que ouvia-mos a partir de hoje iria haver um reforço das tropas, para que um ataque aos Americanos pudesse ser lançado. Estavamos todos a preparamo-nos para uma suposta reunião.

- Isto é uma estratégia falhada - disse eu - Depois dos estragos que os americanos fizeram ontem, eles não vão sequer considerar a hipótese de nos reenforçar-mos. Eles vão fazer outro ataque e é hoje mesmo.

Nunca tante seriedade estivera alguma vez impressa nas minhas palavras. Mas tambem isto, era uma situação que nunca tinha vivido. Todos ficaram a olhar para mim, completamente surpresos. Deiam estar tão surpresos como eu estava comigo mesma

- Eu tenho um cerébro - disse, fazendo um sorriso gentil



Catherine Hitomi
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 161
Reputação : 0
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Virginia Hall em Sex 09 Mar 2012, 22:42

Nunnaly estava certa. A algumas dezenas de quilómetros dali, na base americana, uma pequena frota de aviões estava a abastecer-se para aquilo a que eles chamavam "O Abate Final".

Entretanto, na base dos terroristas, todos concordaram que aquilo que ela dissera fazia sentido, de modo que logo se começaram a fazer planos sobre como escapar. Tendo em conta as perdas da noite anterior, as tropas ainda estavam desorganizadas, e não houve a formal reúnião que era necessária para a formaçao no plano, bem pelo contrário. Espalhados por todo o refeitório, que fora a única parte da base que permanecera intacta. Para espanto de todos, foi dos novos recrutas que partiu o plano. Ainda antes do meio-dia, toda a organização, carregando o que sobrava do armamento, aproveitou aquela calma que sempre seguia um ataque míssil para se esconder nas árvores, e se camuflar, distante o suficiente da base para não haver perigo de ataque.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  seddnerd em Sex 09 Mar 2012, 23:14

A organização tinha tido graves baixas, o que apenas fora um pequeno exercito de mil pessoas, era agora, um grupo, de trezentas ou quinhentas pessoas, onde a maioria eram jovens adolescências. Estávamos a meio quilómetro. Sed tinha um ferimento no ombro, devido a uma bala que lá raspara, e o joelho altamente inchado, por causa da desabada da parede, contudo todos os recrutas ainda se podiam orgulhar, de não terem tirado nenhuma vida. Apenas tinham defendido a base, sem força letal, deixando alguns americanos inconsisçientes ou altamente feridos.
O rapaz tinha um enorme sentimento de culpa e alivio ao mesmo tempo. Todos aqueles que estavam feridos e não se podiam deslocar tinham sido deixados na base para morrer, e isso incluía, os dois árabes que Sed tinha atingindo na cabeça. Tinha dado aqueles dois uma sentença de morte.
- Não te preocupes! - Disse Kath, que estava ao lado do rapaz, e notava a tenção.
Sed sorriu.
- Sabes eu queria dizer-te algo... - Começou Sed por dizer, agora que Al estava morta, o rapaz, podia finalmente admitir os sentimentos por Kath.
Todavia a declaração foi interrompida, por um barulho turbulento. Um míssil aterrara no refeitório, depois outro e outro, e minutos depois um tanque entrava na área destruída rodeada por meia centena de soldados. Como tinham usado os misseis, os Americanos tinham decidido, usar menos força humana.
-Atacar! - Gritou o chefe da organização.
Todos começaram a correr. Os recrutas deçidiram ficar para trás e formar grupos. Sed ficara com Kath, e Libas ficara com Virginia e Lunna.
André apontou ao peito do primeiro americano, e disparou, mas os tiros não lhe açetaram por pouco. O tanque virou o canhão para a área dos recrutas e disparou, todos saltaram para o lado. Sed ouviu um grito femenino, e viu Kath insconsçiente com o pé todo torçido a apontar para a direita. Fazia tanta impressão. Os outros recrutas estavam a muitos metros de distânçia, e não viram. Sed correu para a beira da rapariga, e colocou o seu ouvido no peito de Kath esta não respirava.
- Não! Não! Não!
Sed colocou as mãos no peito da rapariga e começou a fazer pressão 1,2,3 ...29, 30. Sed inclinou-se e fez respiração boca a boca, mas Kath insistia em premaneçer inconsistente.
-Acorda por favor! Preciso de ti! - Disse Sed.
Continuou a fazer o máximo por Kath mas ela insestia em não respirar, lágrimas começaram a crescer nos olhos do rapaz até que os outros recrutas se aperçeberam da situação. Todos vieram ajudar, e para srpresa de Sed Virginia tinha uma ideia. As mulheres não tinham metrelhadoras, em vês disso pistolas de mão e tasers. Virginia colocou o taser no peito de Kathe esta acordou. Sed não resistiu e abraçou a rapariga, seguindo-se um beijo apaixonado e desesperado. Kath encarou os olhos castanhos do rapaz, e então sentiu uma dor horrivel. Libas torçera o pé para a sua osição nomal.
- Vamos leva-la da qui para fora! - Kath apoiou-se em Lunna, e Virginia enquanto os outros as defendiam.
Os rapazes faziam apenas fogo surpresivo, com o objectivo de fazer os americanos afastarem-se sem os magoar, até que dois deles aparteçeram á sua direita.
sed não exitou e disparou para o peito de um deles. Este ficou inconsçiente, o outro atirou-se para cima de Sed.
- Estás Maluco? - Disse com um sotaque britanico. - Nos somos o teu bilhete para fora da qui!
- O que? - perguntou Libas apontando a arma ao homem.
- Eu, e ele, somos do MI5. Dos poucos que sabem da CHERUB, assim que soubemos, que os ameircanos vos iam atacar, arranjamos maneira de vir buscar-vos. temos um jipe á vossa espera.
- Mas... mas... eu matei-o! - Gaguejou Sed.
-Oh Relaxa, ele têm colete anti bala, está so inconsçiente, rapariga dá a o taser!

seddnerd
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 26
Reputação : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Catherine Hitomi em Sab 10 Mar 2012, 00:20

Todos nós esperava-mos que aquele jipe fosse a nossa salvação. Todos queriamos voltar a base, e depois de todas estas experiencias, não nos importava-mos nada de passar o resto do tempo a fazer flexões e corridas. No entanto, um pouco depois de entrarmos no veiculo, os agentes conseguiram imobilizar-nos a todos e por-nos inconscientes. Claro, que as coisas nunca seriam assim tao faceis para nós...

Quando acordamos estavamos numa tenda, e sentiamo-nos como se uma manada de bisontes tivesse passado sobre nós. O sol raiava por entre uma esgueira da tenda e encontramos uma pedaço de papel no meio da tenda. La estava escrito:

"Ora muito bem,vermes, conseguiram sobreviver algum tempo na Arábia Saudita. Não ficaram o tempo que deveriam, mas isso é algo que iremos explicar depois. O que importa agora, é que estejam preparados para o novo desafio. Voces estão localizados numa zona remota da Indía. A alguns metros de voces reside uma comunidade tribal. A vossa missão e mais uma vez sobreviver, vivendo sobre os seus costumes. Esse povo deve estar a dirigir-se na vossa direção, enquanto leem esta nota. Ah e mais uma coisa, esta e uma tribo que se rege por ideais amazónicos. Boa sorte, recrutas"

- Ideais amazónicos? Será que isto quer dizer... - questionei-me, em voz alta.


Como estava claro, não tive tempo de sequer terminar os meus pensamentos. Entrou na nossa tenda um grupo de 6 ou 7 mulheres. Estavam vestidas de uma forma tribal, e todas, apesar de algumas serem mais encorpadas do que outras, mostravam um ar feroz e perigoso. Estavam armadas com o que pareciam ser lanças. Elas rapidamente avançram, e deitaram Sed e Libas ao chão. Depois, uma delas disse:

- Venham connosco - num ingles mais ou menos perceptível.

Pelo que ela disse a seguir, estavamos a ser levados para a sua aldeia. No entanto, enquanto eu, Katherie e Virgia iamos normalmente, Libas e Sed estavam a ser forçados a viajar "de gatas". E a verdade é que os caminhos não eram nada fáceis...

Quando chegamos á entrada da dita aldeia, uma mulher, com trajes bastante mais vistosos que o resto, dirigiu-se a nós:

- Sejam muito bem-vindas á nossa tribo, jovens. Durante os próximos dias irao passar os vossos dias como uma de nós. Isso quer dizer que deverão ajudar nas tarefas da nossa aldeia e respeitar as nossas tradições - disse ela, num ingles bastante bom

As restantes procedam a fazer-nos, ás tres, pinturas na cara e deram-nos chicotes, Depois ela virou-se para os rapazes e disse:

- E de vocês, espero que se coportem como os seres inferiores que são

Senti realmente pena deles! Depois do que tinha passado na Arábia Saudita, não desejava aquilo a ninguem

Catherine Hitomi
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 161
Reputação : 0
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Virginia Hall em Dom 11 Mar 2012, 14:10

A sério que eu pensava que aquilo ia correr tudo bem, e que íamos naquele jipe direitinhos para a base da CHERUB, recuperar destas experiências. Na minha mente, aquela retirada da base terrorista ao fim de apenas 8 das devia-se á nossa prestação espetacular. Mas é claro que eu estava errada...
Qando acordei na tenda com a familiar sensação de ter sido sedada, só me apetecia esganar alguém.


"Ora muito bem,vermes, conseguiram sobreviver algum tempo na Arábia Saudita. Não ficaram o tempo que deveriam, mas isso é algo que iremos explicar depois. O que importa agora, é que estejam preparados para o novo desafio. Voces estão localizados numa zona remota da Indía. A alguns metros de voces reside uma comunidade tribal. A vossa missão e mais uma vez sobreviver, vivendo sobre os seus costumes. Esse povo deve estar a dirigir-se na vossa direção, enquanto leem esta nota. Ah e mais uma coisa, esta e uma tribo que se rege por ideais amazónicos. Boa sorte, recrutas"

"Bem, ao menos os rapazes iam ficar em pé de igualdade conncosco", pensei...mas é claro que eu não queria isso.
O facto de algumas tribais falarem inglês foi uma completa novidade para mim. Custou-me muito ver o Libas seguir de gatas á minha frente. Eu queria muito ajudá-lo, mas sabia que não podia.

Quando chegamos á dita tribo, a chefe deu-nos as boas vindas:
- Sejam muito bem-vindas á nossa tribo, jovens. Durante os próximos dias irao passar os vossos dias como uma de nós. Isso quer dizer que deverão ajudar nas tarefas da nossa aldeia e respeitar as nossas tradições - disse ela, num ingles bastante bom

Quando me entregaram o chicote para a mão, só me apetecia chorar, e lembrei-me da semana anterior. Apesar de o chefe da organização terrorista ter gostado aparentemente de mim, e de eu ter conseguido que Darius me visse como uma grande amiga, isso não me impediu ter ter levado algumas chicotadas, e bastava-me andar para sentir a dor provocada por cada uma delas. Eu queria tanto ter podido retribui-las a todas, e com juros.. Só esperava que eles tivessem uma morte lenta e dolorosa....

A semana que se seguiu foi ainda mais dificil que a anterior, ou a que passamos no Sahara. O cheiro era tão nauseante que só me apetecia vomitar...e a comida não era muito melhor. A falta de higiene era deixava-me super-desconfortável, e eu, decididamente, não fora feita para tirar o leite ás vacas, embora não fosse muito má a caçar e a cozinhar. A única parte boa foi que a curandeira conseguiu aliviar bastante as dores provocadas pelas chicotadas.

Muitas vezes, dava comigo a chorar dentro da tenda, enquanto ouvia o chicote a estalar na pele do Libas, e os seus gritos agonizantes....

Só me apetecia fugir.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  seddnerd em Dom 11 Mar 2012, 14:34

Esta era a ultima prova. A mais difícil para os rapazes. Eram escravos. Eles faziam os trabalhos pesados, eram torturados, e eram obrigados a fazer orações para as mulheres. Já tinha passado um mês desde que estavam na tribo. Todas as noites, os doze homens da tribo eram torturados. Sed levantou-se na segunda feira, faltava uma semana para o fim da recruta. As suas costas sangravam. Não falava com Kath á 4 semanas. Os rapazes inferiores, não podiam falar com as raparigas consideradas Deusas, e o que mais irritava o rapaz era que os outros homens gostavam de admirar as raparigas. Ele e Libas eram os únicos que não.
Sed levantou-se a tenda era pequena e tinham de la caber todos os homens o que era difícil. Sed saiu da tenda, e sentiu o sol, da manhã embater na sua cara e barriga. A unica coisa que podia usar eram umas mini cuecas. O rapaz odiava aquilo. Minutos depois uma mulher começou a gritar do outro lado do acampamento.
Sed começou a correr, mas uma outra mulher veio ter com ele e empurrou-o para o chão. Sed ficou lá ao lado da tenda dos homens, os outros sairam de lá de dentro, incluindo Libas e ficaram á espera de noticias.
Minutos depois, duas mulheres armadas com lanças, dirigiram-se aos homens, agarraram Libas e Sed pelos braços e arrastaram-nos. As mulheres faziam cânticos esquesitos. Todas as mulheres que passavam apontavam para os rapazes, como se foçem animais. O que é que se ia passar?
Kath, Virginia, e Nunna correram na direção dos rapazes e começaram a falar na lingua tribal. Contudo, os rapazes não perçebiam nada, porque eles não eram premitidos a aprender a lingua.
- O que se passa? _ perguntou libas.
- Voçês vão ser sacrificados! - Disse Virginia entre lágrimas.
- O que? Porque?? Não por favor! - Implorou Sed.
- Á peste chegou á tribo, eles esperam que sacrificarem os novos homens, a peste vai embora.
Os dois rapazes foram arrastados, para uma zona onde foram amarrados a postos. Todas as mulheres rodearam-nos e começaram a cantar, depois uma mulher levantou a mão, e as canções acabaram. Duas delas avançaram com facas, e quando iam espetar as facas, na barriga dos jovens, estes pontapearam-nas, agarram as facas, com os dois pés e cortaram as cordas. Agarraram-nas firmementes e começaram a correr, esfaqueando quem se pusesse no seu caminho. as mulheres presseguiam os rapazes. Estes entraram na floresta e gritaram o mais alto, em russo, uma lingua que so as tres recrutas perçeberiam.
- Não estraguem o difarçe nos safamo-nos!

seddnerd
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 26
Reputação : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Catherine Hitomi em Dom 11 Mar 2012, 15:27

Apesar da nossa preocupação, decidimos segu o conselho dos rapazes. Aguenta-mos la por mais uma semana. Todos os dias eram feitas buscas para tentar encontra-los, e eram sempre selecionadas 5 raparigas. No ultimo dia calhou-nos a nos as tres e mais duas raparigas, que deveriam de ser da nossa idade. Acho que nao consigo descreved o medo que sentia enquanto fazia isso, e tenho a certeza que Kath e Virg deveriam sentir algo parecido.

A certa altura, chegamos a uma clareira. Debaixo de uma árvore estavam Sed e Libas, a descansar. Olhamos aterrorizadas para eles. Felizmente, nesse preciso momento desceu um helicoptero, que baixou umas escadas, feitas com cordas, para subir-mos. Corremos todos em direcção ás escadas, atirando terra á car das raparigas para as distrair por momentos. Agarramos nas escadas e subimos. Finalmente tudo ia acabar

Catherine Hitomi
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 161
Reputação : 0
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Andre Cavalheiro em Dom 11 Mar 2012, 16:01

Large estava orgulhoso dos recrutas. Não tinha gostado nada desta. Odiava que os seus recrutas estivessem em perigo de vida, e fora do seu alcance mas a verdade é que os últimos 100 dias tinham sido os piores dos pobres jovens. Notava-se o ar de dor e esforço nos seus rostos, nestes cem dias tinham crescido mais que em toda a vida. Supostamente o helicóptero ia para o Campus da CHERUB, mas a verdade, é que desde sempre os recrutas tinham de passar por um desafio para ter as camisolas cinzentas, e este ano não se ia mudar a tradição.
O helicóptero parou num descampado. Estava a alguns metros de uma cabana.
- Ainda não acabou recrutas! Estão a ver, é que eu perdi as vossas t-shirts cinzentas, e por algum motivo estão agr dentro da casa de um milionario que ganhou a vida como traficante. A sua casa está coberta de guardas. A casa dele é a dois kilometros da qui. Entrem na cabana, tomem banho, istam-se relaxem um pouco e trassem um plano. Têm até á meia noite, para conseguir as camisolas cinzentas.
Os recrutas, quase a chorar sairam dos helicopeteros, será que aquele homem não tinha coração, contudo Sed estava farto e virou-se para o instrutor.
- Tivemos os piores dias das nossas vidas, as minhas costas estão em carene viva, estive no meio de uma guerra! Porque é que ainda temos de fazer isto?
- Bom digamos que é tradição. E quanto á guerra, não era esperado. Os americanos, não sabiam da localização do grupo terrorista, so dissemos isso para vos assustar, nuca espereramos que eles descobrissem tão cedo. Agora chega de lamechisses, querem ser agentes? Sabem o que fazer!

_________________
André Cavalheiro
Director da CHERUB!

Andre Cavalheiro
Admin

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 108
Reputação : 2
Idade : 19
Localização : Localização secreta

Ver perfil do usuário http://cherub-portugal.forumportugues.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  libas em Dom 11 Mar 2012, 16:25

Libas entrou na cabana e foi direito á casa de banho, procurou no armário, e mal encontrou analgésicos colocou três na boca, depois passou-os a Sed, e foi explorar a cabana. ao passar pelo quarto das raparigas olhou para Virginia, enquanto ela mudava de camisola. Parou de imediato, o seu coração começou a bater mais rápido. Desde o iniçio da recruta sabia que sentia algo por ela, mas apenas descobriu como era forte, após a dor que vira nos olhos dela quando ela voltara daquela vista com o chefe. Libas lembrava-se de quase ter entrado no gabinete do chefe para lhe dar uma coisa, e de como Sed o tinha impedido, dizendo que ele próprio iria arranjar uma solução, coisa que de facto aconteceu.
Libas olhou para a cara de Claudia, tão linda, tão cansada. Os seus lábios finos, eram aquilo que libas mais desejava, e estava disposto a fazer tudo para a proteger.
O rapaz entrou de novo na casa de banho e tomou um banho que lhe soube magnificamente bem, depois, vestiu roupa nova e foi para a sala falar com os colegas, para planear um plano.
Eram oito da noite, quando Libas saiu saiu da cabana. Apanhou ar fresco, e ouviu alguém atrás de si. Era virginia...
- Olha, eu, eu não te queria chicotear, mas eu não tinha hipotese eu juro que não tinha!
A rapariga começou a chorar.
- hey, hey não faz mal! Não foi culpa tua, é mesmo assim! - Disse Libas abraçando-a.
Virginia limpou as lágrimas.
-Large não foi muito justo! Um mês, na tribo, e apnas oito dias na Arábia Saudita, deve ter sido horrivel para voçês!
- Esqueçe isso, oq ue interessa é que estamos a algumas horas de sermos agentes!
Virginia sorriu, e o rapaz não resitiu, embora ela fosse mais velha, ele era ligeiramente mais alto, e avançou, dando-lhe um beijo! Ela correspondeu... Agora Sed namorava com kath, Virginia, com Libas, só faltava nunna

libas
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 10
Reputação : 0
Idade : 19

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Virginia Hall em Dom 11 Mar 2012, 18:26

Aqueles tinham sido os 100 piores dias da minha vida. Eu estava dorida, e fisica e psicológicamente exausta. Até a minha vontade de orgulhar os meus pais se tinha desvanecido, depois de eu ter chicoteado o Libas para agradar á chefe. Eu sinceramente não sei como eu não desmaiei ali, com o chicote na mão, só de olhar para as costas dele. Mas mais uma vez os meus estúpidos genes me obrigaram a fazer aquilo.
Agora, ali, no helicóptero, eu pensava que estava finalmente a salvo. A recruta acabara.

Quando eu ouvi o instrutor a dizer que havia ainda um desafio, só me apetecia esbofeteá-lo e manda-lo do helicóptero abaixo. Mas é claro que aquilo só pioraria a minha situação...

Eu estava tão mal que nem me lembrei de fechar a porta do quarto enquanto mudava de roupa.

Horas mais tarde, o plano estava traçado, e vi Libas saír para apanhar ar e não resisti a segui-lo.

- Olha, eu, eu não te queria chicotear, mas eu não tinha hipotese eu juro que não tinha! - eu tinha mesmo que lhe dizer aquilo. Quando acabei, lagrimas corriam, a 4 e 4 pela minha cara, enquanto a imagem dele, agarrado a um poste, com as costas desfeitas, e a minha mão com o chicote a descer sobre ele passava pela minha mente.
Libas abraçou-me. Sentir o seu peito sob o meu rosto foi muito reconfortante.
Eu não me lembro exatamente o que se passou no minuto a seguir. Até que ele me beijou. Há quem diga que beijos fazem milagres. Este decididamente fez. Foi como se todo o meu cérbero derretesse como manteiga ao lume, para depois se voltar a solidificar, de um modo completamente diferente: a sua verdadeira forma. Toda a minha dor e o meu cansaço desapareceram, para darem lugar a coragem e determinação. Eu já não era a rapariga que há segundos se estava a desfazer em lágrimas no obro dele. Agora, eu sabia que estavamos a 4 horas de sermos agentes da CHERUB, a 4 horas de deixar-mos de ser tratados como lixo. E eu estava pronta para o desafio final. Eu nem sequer precisava de pensar nos meus pais para me motivar. Bastava-me pensar nele. No Libas.
E então eu beijo-o. Um beijo seguro, e apaixonado.

-Vao correr tudo bem! - digo-lhe, sorrindo, enquanto voltamos para a cabana, abraçados, para nos preparar-mos para o ataque á casa do milionario.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Catherine Hitomi em Dom 11 Mar 2012, 19:41

Quando Virginia e Libas voltaram a cabana, vinha agarrados um ao outro. Acho que não era dificil perceber o que se estava a passar. Pelo menos eu percebia. Sorri gentilmente para eles os dois. Aquilo era muito fofo. Mas ainda tinhamos um plano a traçar

- Então como vamos fazer isto? - perguntou Katherine
- Bem, a primeira coisa que deveriamos fazer, era investigar o sítio... - começou Sed
- Depois ver aonde temos menos guardas - continuou Virg
- Depois po-los inconsciente... - avançou Libas
- E finalmente entrar- conclui eu

Dito isto, iniciamos o que chamamos: "Operação: Droga Cinzenta"

Catherine Hitomi
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 161
Reputação : 0
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  seddnerd em Dom 11 Mar 2012, 20:49

Foi façil efectuar a primeira parte do plano.Entrámos pela zona sul. Era a mais fáçil de açeder pois era virada para o mar. Sed fez questão de ficar lado a lado com a sua nova... bem Sed ainda não sabia o que Kath lhe era mas sabia que adorava. O grupo avançou em direção aos guardas, e estes sacaram das armas.
- Isha, Calma, nós somos escuteiros estamos perdidos, podem nos dizer onde estamos?
Os guardas baixaram um pouco a sua guarda e isso foi o sufeçiente, a primeira coisa a fazer era imobilizar, o braço dominante, de seguida um golpe no estômago e sacar das pistolas, deles, e então para acabar coloca-los inconsçientes com um golpe na cabeça. Os quatro homens de grande porte cairam no chão, e os cinco pequenos recrutas entraram sorrateiramente na mansão.

seddnerd
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 26
Reputação : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  libas em Dom 11 Mar 2012, 21:38

Assim que entraram na mansão tiveram cuidado, pois devia ter câmaras de vigilância, Libas olhou para Vírginia com um olhar determinado e apaixonado. Dividiram-se em grupos, Libas, Vírginia, Nunna e Sed com Kath. Haviam alguns quartos, quando acabaram de os revistar. De seguida foram a sala, onde a primeira coisa onde foram ver foi atras dos quandros mas nada la estava. Um guarda tunha encontra-los, e estes numa tentativa de desespero amarraram-no e "torturaram-no" até ele dizer onde estava o cofre, acabando assim por dizer. Estava num cofre atras de um armário.Dirigiam-se à porta quando tres guardas os pararam, mas os jovens recrutas conseguiram imobiliza-los, começaram a correr e mais guardas correram atras deles mas conseguiram despista-los. Estavam cansados mas felizes por conseguirem passar a recruta. Vírginia deu um beijo ardente a Libas, o mesmo fez Kath a Sed, ficando Nunna a olhar. Foram para a cabana, acabando por chegar os monitores. Acabando assim a Recruta!

libas
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 10
Reputação : 0
Idade : 19

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Andre Cavalheiro em Sab 17 Mar 2012, 23:10

Dirijam-se todos ao gabinete do director individualmente, para os resultados da Recruta e a recompensa de cada um.

_________________
André Cavalheiro
Director da CHERUB!

Andre Cavalheiro
Admin

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 108
Reputação : 2
Idade : 19
Localização : Localização secreta

Ver perfil do usuário http://cherub-portugal.forumportugues.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº1

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 10:44


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum