História de Ricardo Cardoso

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

História de Ricardo Cardoso

Mensagem  Finnick Odair em Qui 07 Jun 2012, 16:01

Rupert e Rose eram um casal humilde onde o sonho de Rose era abrir uma botânica e o dele era ficar com Rose para todo o sempre.
Viviam numa pequena aldeia em Inglaterra, eram o casal mais falado de toda a aldeia.
Casaram-se e os pais dela morreram antes de tais acontecimentos.
Os pais de Rupert morreram também e ele ficou doente. Rose cuidou dele.
Foi então que Rose engravidou, um bebé então nasceu, o sonho de Rose não se concretizou (o da botânica) e tiveram que se fazer à vida deixaram o pequeno rebento na casa de um casal idoso que era muito amigo deles.
O casal morreu e como os pais do menino tinhas posses colocaram-no no colégio mais caro de Londres, devido a serem agentes secretos do Mi5 Britânico.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Quando era pequeno os meus pais passavam muito tempo fora, sempre em aventuras, eles eram pessoas com posses, mas como eles nunca estavam eu tinha que estar sempre com a minha avó, ela cuidava de mim, sempre cuidou.
Os meus país eram agentes dos serviços secretos britânicos, e como tal eu nunca poderia ir com eles para lado nenhum.
Quando eu fiz 5 anos os meus avós faleceram, o meu avô faleceu primeiro e de seguida foi a minha avó com o desgosto que apanhou.
Os meus pais tinham dinheiro suficiente, para me meterem num colégio, e foi então que eu fui para lá, eu tinha uma certa facilidade, em aprender línguas e com 6 anos já dominava o Inglês na pré primária, E já dominava também o françês.
Agora começara a aprender o Russo e o Alemão, coisa que era fácil, poís o Alemão é preciso dominar o Inglês.
Foi então que quando eu fiz 7 anos no preciso dia do meu aníversário que chegou uma pessoa importante do governo.
-Necessitava de falar com o menino Ricardo Cardoso por favor - disse o tal senhor, mostrando a sua identificação.
O porteiro do colégio dirigiu-se emidiatamente ao meu quarto, onde eu estava a brincar, com as minhas figuras de acção, e com os meus carros.
Bateram à porta, e foi então que o porteiro entrou no meu quarto.
-Menino Ricardo têm uma visita no portão do colégio.
Eu inocentemente desci as escadas a correr pensado que era os meus pais para me virem ver.
Foi então que vi aquele senhor vestido de Negro, não podia ser coisa boa.
-Menino Ricardo ? - perguntou o homem.
-Sim, diga o que deseja - disse friamente.
Naquele colégio tinhamos aulas de etiqueta.
-Tenho uma péssima notícia para lhe dar - disse o homem friamente.
-Sim diga.
-Não sei como lhe dizer... Mas... os seus pais... - as palavras estavam a custar a sair da boca do homem.
-Diga de uma vez, os meus pais o que ? - disse a gritar.
-Os seus pais morreram numa missão do estado.
Os meus pais tinham morrido era impossível isso ter acontecido, ainda por cima numa missão do estado, eu sabia que eles trabalhavam para o estado mas agora numa missão mas que estranho.
Olhei de relance para trás e vim um miudo talvez do 9º ano, com cerca de 14, 15 anos que estava atrás do pilar, a escutar a conversa.
-Pode ir agora. - disse ao homem de negro.
Sai a correr do recinto do portão mas foi então que o rapaz que estava atrás do pilar me agarrou no ombro.
-Olá, tenho muita pena por aquilo que te aconteceu - disse o rapaz com uma cara triste.
-Obrigado - disse limpando uma lágrima do olho.
-Eu sou o Chester McGonagall. - disse o rapaz.
-Eu sou o Ricardo Cardoso - disse com desdem - Sabes agora não me apetecia muito falar.
-Pois eu entendo e eu não te vou obrigar a nada.
No dia seguinte, acordei num sítio completamente desconhecido, e não estava a vestir a minha roupa porque ? Nem me lembro de ter adormecido, a ultima coisa que me lembro é de ter subido as escadas para o meu quarto.
Foi então que li na minha camisola a dizer CHERUB.
Fui transportado por Chester o rapaz que tinha conhecido antriormente a um gabinete.
E ai foi me esplicado tudo o que era a CHERUB, e foi me colocada a questão se eu queria participar no ramo especial do MI5 britânico.
Eu perguntei porque tinha sido escolhido e porque não outra pessoa e foi então que o director da CHERUB me disse:
-Tu com 5 anos já dominavas o Inglês, Francês, Português e um pouco de espanhol, e agora com 7 anos já dominas o Russo e o Alemão, queres mais esplicações.
Foi então que eu aceitei de emediato a proposta.
A partir desse dia a minha vida mudou

_________________
Agente:39

Finnick Odair
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 460
Reputação : 5
Idade : 20

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum