Quarto de Virgínia Hall

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Virginia Hall em Seg 12 Mar 2012, 20:23

O quarto de Virgínia tem tudo a ver com ela. É o seu pequeno mundo. Apesar de não ser muito grande, é bastante espaçoso. Á entrada, á esquerda, está a cama, embutida numa estante:



Ao fundo há um roupeiro, também ele embutido:


Entre o roupeiro e a porta há uma secretária, com computador, e um sofá:



Ao centro, há ainda uma mesa redonda


A única coisa que remete para o passado de Virginia, é uma foto dela com os pais, com ainda 3 anos, a esquiar na neve:


Última edição por Virginia Hall em Ter 04 Dez 2012, 18:45, editado 1 vez(es)

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Catherine Hitomi em Seg 12 Mar 2012, 21:05

Achei que agora que ja eramos todos agentes, havia mais tempo para convivermos sem nos preocuparmos com bombas, ataques ou chicotados. Decidi então dar uma espreitadela no quarto de Virgina. Qunado cheguei ela ainda estava a fazer as arrumações finais. Cheguei ao pé da porta

- Uau...o teu querto é mesmo bonito - disse
- Obrigada. Estás a vontade, entra! - respondeu Virg

Entrei e sentei-me em cima da cama

- Parece que agora vamos ter um bocadinho de paz


Catherine Hitomi
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 161
Reputação : 0
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Virginia Hall em Seg 12 Mar 2012, 21:30

-Já não era sem tempo! - comento eu, rindo. - É estranho mas nunca me senti tão em casa! Lar doce lar! É como se eu finalmente me tivesse encontrado a mim mesma. Aqui eu tenho os meus amigos, o meu namorado, e é como se tivesse a minha família....

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Catherine Hitomi em Seg 12 Mar 2012, 21:45

A resposta de Virginia, indicava que ela já não deveria ter família...Mas lembrou-me das saudes da minha: o Clovis, o Schneizel, a Cornelia...e finalmente o Lulu, a Euphie e a mamã. Sentia tantas saudades! Há muito tempo que não os via... Deixei cair algumas lágrimas

- Desculpa, mas as saudades que tenho da minha família são tantas. Se fores ao meu quarto reparas logo...

Catherine Hitomi
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 161
Reputação : 0
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Virginia Hall em Seg 12 Mar 2012, 21:56

-Vamos então! - disse eu, tentando animar Nunnaly. - Estou ansiosa por ver esse quarto!

E saímos as duas, em direção ao quarto de Nunna.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Convidad em Seg 21 Maio 2012, 20:12

Estava entusiasmando por fazer hoje a noite uma festa com a Dabila no meu quarto.... Lembrei-me de ir convidar a virginal para a ir a festa no meu quarto já que era a minha responsável, fui em direcção ao quarto dela e bati a Porta:
- Virgínia estas aqui ? - esperei um pouco até que ela abriu a porta e me sorrio
- Ola Bäkura... que fazes por estes lados?
- Eu e a Nami vamos fazer uma festa hoje no meu quarto e eu quis convidar a minha responsável Para vir a festa - Disse sorrindo-lhe...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Virginia Hall em Seg 21 Maio 2012, 21:04

Vírginia não estava em dia de festa....
-Desculpa, Bakura, mas eu não estou com espírito para festas...Ontem acabei com Libas.....

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Convidad em Seg 21 Maio 2012, 21:15

-Desculpa, Bakura, mas eu não estou com espírito para festas...Ontem acabei com Libas.... - Virgínia estava uma lastima tinhas os olhos inchado e estava toda despenteada e ainda de pijama e cheirava a suor ate dizer que chega ...
- Mas o que que se passou linda? - Ela começou a chorar e abraçou-me também a abracei Não gostava de ver os meus amigos mal principalmente a minha responsável...ele começou a falar baixar e a soluçar....
- Virg eu nao consingo entender nada. - Fiz ela olhar-me nos olhos e sorri-lhe e disse - Vamos fazer assim vai tomar um banho e eu vou escolher a roupa Para tu levares a festa e quando voltares vestes-te e falas comigo com calma. - Ela sorriu-me ainda a chorar e disse:
- Tens razão tenho de me distrair vou tomar banho e já falamos ...
Escolhi um vestido kaikai e um colar de diamantes que ela lá tinha e ela vesti-os mais uns saltos e começou a falar cmg ...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Virginia Hall em Seg 21 Maio 2012, 21:51

- A sério, eu não acredito......como é que ele foi capaz? - começou Vírginia- Ainda por cima acaba td por telemóvel.....Quando ele chegar da missão juro que dou cabo dele. Parto-o todo! Quem é que ele pensa que é? Sacana! Imbecil! Idiota! Estúpido! Depois de eu o apanhar, nunca mais mulher nenhuma o há-de querer! - depois ela viu a cara de Bakura- Desculpa, não devias estar a ouvir isto....

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Convidad em Seg 21 Maio 2012, 22:08

- A sério, eu não acredito......como é que ele foi capaz? - começou Vírginia- Ainda por cima acaba td por telemóvel.....Quando ele chegar da missão juro que dou cabo dele. Parto-o todo! Quem é que ele pensa que é? Sacana! Imbecil! Idiota! Estúpido! Depois de eu o apanhar, nunca mais mulher nenhuma o há-de querer! - Virgínia fez uma pausa... estava com pena do rapaz, mas ele também merecia... ela sorriu-me - Desculpa, não devias estar a ouvir isto....
- Não faz mal virg, mas eu não queria ser ele quando voltar a cherub - e fiz uma careta que ambos nos ri-mos e ela abraçou-me e disse:
- Obrigado bäk ....

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Virginia Hall em Ter 22 Maio 2012, 18:57

Vírginia ainda estava chateada com a sua situação, mas o seu humor estava a melhorar. Bakura rapidamente a convenceu á festa. Era disso que ela precisava. Libas não merecia que ela ficasse assim. Olhou-se ao espelho. Aquela roupa não costumava ser a sua primeira escolha, mas Bakura é que sabia... Viu o colar de diamantes da sua mãe....isso fez-la lembrar-se... Era o seu destino: ser uma espia. Uma espia nem se deveria ter apaixonado... "Desculpa, mãe. Não voltará a acontecer. Juro", pensou ela. O abraço de Bakura foi bastante reconfortante, e, juntos, foram para a festa.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Sophie Adams em Qui 24 Maio 2012, 17:40

Sophie e Diana foram até ao chaveiro e tiraram a chave dos quartos todos os querubins. Depois de terem visitado já alguns quartos dos querubins foram até ao de Virg deixando lá mais uma das cartas.

Sophie Adams
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 200
Reputação : 2
Idade : 19
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Virginia Hall em Qui 24 Maio 2012, 20:14

Quando Virginia chegou ao seu quarto, viu uma carta em cima da cama. Curiosa como era, rapidamente a leu.
-Carta de amor! - disse ela, com despreso. Rapidamente rasgou a carta com convicção até ficar em fanicos e atirou-a para o caixote do lixo, coroando a açao com um valente pontapé no caixote. Mas, pensar em cartas de amor, fez-la lembrar-se de Libas.
-AQUELE DESGRAÇADO! - xingou ela. - QUANDO TE APANHAR, SEU GRANDE FILHO DA MÃE, JURO QUE TE DESFAÇO! SEU CABRÃO! JUMENTO! VOU FAZER PICADINHO DE TI! NINGUÉM BRINCA COM OS MEUS SENTIMENTOS! NINGUÉM! IDIOTA! QUERUBIM DE MEIA TIJELA! MONTE DE ESTERCO! INSECTO! BOI! PANELEIRO DE M****! NUNCA DEVIAS TER NASCIDO! CARA DE CU! SE AQUELE ERA O MELHOR ESPERMATOZÓIDE DO TEU PAI, IMAGINA O PIOR! VAI ESCOVAR OS DENTES COM UM PERÚ! HA-DES PASSAR O RESTO DA TUA VIDA NUMA CADEIRA DE RODAS!

(mais um pontapé no caixote do lixo..."

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Katerine Sims em Sex 25 Maio 2012, 18:53

Virginia estava a gritar e o meu quarto fica no mesmo piso do dela por isso fui ver o que se passava com ela, e bati á porta.
Virginia abriu a porta e eu perguntei-lhe:
-Então, o que se passa? Também recebeste aquela carta de amor?
Virginia estava a olhar estupfacta para mim: com tinha eu recebido aquela carta também Shocked

Katerine Sims
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 750
Reputação : 0
Idade : 20
Localização : Secreta

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Virginia Hall em Sex 25 Maio 2012, 19:01

Vírginia ainda estava a xingar Libas quando uma rapariga abriu a porta do seu quarto.
-Então, o que se passa? Também recebeste aquela carta de amor? - perguntou ela.
A querubim ainda estava tremendamente mal humorada.
-Não se passa nada! - respondeu ela, com um olhar sinistro, enquanto lhe fechava a porta na cara.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Katerine Sims em Sex 25 Maio 2012, 19:06

Kat não sabia o que tinha acontecido, num momento estava a tentar ser simpática e no outro uma rapariga fechara-lhe a porta na cara sem dizer nada.
Mas que estava irritada, estava e então deu meia volta e fui para o meu quarto dizendo asneiras e fechei com força a porta do meu quarto, mais tarde acalmei-me.

Katerine Sims
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 750
Reputação : 0
Idade : 20
Localização : Secreta

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Katerine Sims em Dom 10 Jun 2012, 17:09

Andava a deixar convites em todas as portas, desta vez, na porta de Virginia:

FESTA NO QUARTO DA KAT HOJE Á NOITE!! tongue

A seguir ía-me embora para o quarto seguinte

Katerine Sims
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 750
Reputação : 0
Idade : 20
Localização : Secreta

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

My party

Mensagem  Dara Stewart em Seg 18 Jun 2012, 15:56

Em todos os quartos deixei um envelope com um bilhete que dizia:.

Hoje PARTY no meu quarto.
Aparece e leva amigos vai ser brutal.

Dara Styles

Dara Stewart
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 210
Reputação : 1
Idade : 17
Localização : Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/0  (0/0)
Experiência de Missão:
0/0  (0/0)
Capacidade Física:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Isaac Choke em Qui 21 Jun 2012, 01:20

Isaac queria ir à pista de BÓlingue por isso foi por um convite em todos os quartos dos T-shirt's cinzentas.

FESTA DE BÓLINGUE, NA PISTA DE BÓLINGUE SÓ PARA CINZENTOS
APAREÇÃO.

Isaac Choke
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1226
Reputação : 0
Idade : 15

Ver perfil do usuário http://www.asferasfc.forum-livre.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Virginia Hall em Seg 10 Dez 2012, 15:15

*** Noutro dia ***

O


Virginia estava no seu quarto, a preparar a mala para a missão. O seu cabelo era agora loiro nas pontas, e a roupa que usaria no dia seguintes já estava empilhada no sofá: calças de ganga, T-shirt dos Ravenclaw e uma réplica do Time-turner.
Vougan tinha acabado uma reunião com o diretor quando recebeu um sms da Virginia: "Logo que puderes anda ao meu quarto, preciso de falar contigo. Beijos, Virginia.". Começou-se a dirigir para o quarto dela, mas pelo caminho parou para comprar uma sandes. Bateu a porta do quarto dela e esperou.
-Entra. - disse Virginia.
Ele entrou e sentou-se no sofá, comendo. Quando olhou para ela, disse:
- Pintaste o cabelo?
-Pois...teve de ser. - Respondeu Virginia, hesitante. - Hum, eu tenho uma coisa para te contar...
- Porque acho que não vou gostar?
-Porque talvez não vás mesmo gostar...
- Continua. – Disse Vougan, olhando-a fixamente.
-Bem, o Bruce veio ter comigo hoje, depois da 1ª aula... - começou ela.
- E?
-Ele deu-me uma missão...
- Onde?
-Confidencial!
- Não sou um agente.
-Bem, eu não conheço bem o regulamento quanto a isso...
- Quem vai?
-Eu, a Dabi, o Finn, a Sarah e a Bia. Ah, e o Bruce, claro.
- Isso quer dizer que ainda faltam pessoas.
-Como sabes?
- Tenho que ler a maior parte das informações.
-Então já sabias da missão....
- Sim, mas não sabia quem iam ser os agentes.
-Bem, a missão começa amanha... - revelou Virginia, mordendo o lábio.
- Amanha?
- O avião parte ás dez.
- Mais umas horas e via-te a partir!
-Porque?
- Estou a dizer que podias ter dito mais cedo.
-Eu só soube hoje, e passei o dia a preparar a missão...não dava para ter contado antes.
- Isso vai-me estragar os planos – Sussurrou Vougan para si mesmo, então continuou mas com uma voz normal. – Vais levar esse tipo de roupa?
-Ordens expressas do Bruce.
- Ele tem com cada ideia! – Comentou Vougan rindo – Estou para ver o que os outros têm que vestir! Gosto mais do cabelo vermelho em ti.
-Oh, as madeixas também foram ideia dele. - Acrescentou Virginia.
- Quando voltares vais tirá-las?
-Claro!
- Aproveita bem o tempo que vais ter sem mim.
-Aproveitar para…? - Perguntou Virginia, franzindo a sobrancelha.
- Para não te fartares de mim!
Virginia sorriu.
-Eu nunca me fartaria de ti! - Prometeu ela, beijando-o.
- Nunca digas “desta água não beberei”!
-Dificilmente eu me fartaria de ti.- Corrigiu ela.
- Eu vou fazer de tudo para que tenhas sempre alguma coisa para descobrir sobre mim! – Comentou Vougan com um sorriso travesso.
-Uh, eu sei que sim. - Comentou Virginia, com um beijo feroz.
- Andas com saudades?
-É para prevenir das possíveis saudades que terei durante a missão. - Esclareceu ela.
- Temos que tratar disso. – Disse Vougan dando-lhe um beijo – Já comeste?
-Ainda não. - Respondeu ela. -Estava afazer as malas.
- Queres ir à cidade?
-Pode ser. - Respondeu ela - Deixa-me só acabar isto
- Queres ajuda a despir-te?
-Despir-me? - Perguntou Virginia, confusa.
- Vais levar a roupa de missão?
-Deixa-me acabar de preparar as malas.
- Ok, eu vou aproveitar para ver as vistas.
-Ok....
Virginia começou a dobrar o resto das roupas e a colocar na mala. Vougan alevantou-se e puxo as costas dela contra o seu peito, agarrando os seus braços, e beijou-a no pescoço. Virginia virou-se, para beijar Vougan nos lábios.
- Não estavas a arrumar?
-Sim, estava. - Respondeu Virginia.
- Já terminaste?
-Ainda não.
- Estas a espera de quê? - Perguntou Vougan ainda agarrando-a.
-Que tu me largues, porque não consigo fazer nada contigo agarrado a mim. - Respondeu ela.
- Já tentaste?
-Vou tentar... - Resmungou Virginia, fazendo o que dizia.
Vougan riu-se ou ver as tentativas dela, colocou os braços ao redor da sua cintura, provocando-a com beijos.
-Se não parares, nem amanhã esta mala estará pronta... - Avisou Virginia.
- Não vejo qual é o problema no meu ponto de vista.
-Eu tenho uma missão…
- E isso afeta-me como?
-EU TENHO MALAS PARA PREPARAR!
- Então prepara ninguém te impede!
-Impedes tu...
- EU?
-Sim, és tu que me estás a provocar...
- Onde?
-Em tudo o que é sitio.
- Sê mais especifica.
-No pescoço, nos peitos, nas partes íntimas...
- Ainda não é específico o suficiente para mim.
-Acho que já foi suficientemente específico...
- Bem eu diria assim. - Disse Vougan puxando-a - Nos lábios. - beijo-a - Nas orelhas - Beijo-as - No pescoço - Beijo-o - No meio do peito - Beijo - No peito direito - Retirou a camisola e beijo-o - e no esquerdo - Beijo-o - Do meio dos peitos até ao umbigo - Fez uma linha de beijos. - Queres que continue?
Virginia pegou no queixo de Vougan, para o afastar de si.
-Agora não, Vougan...

- Não o que? - Perguntou ele como se fosse um miúdo.
-Não me provoques.
- Com o que?
-Com os teus lábios, a tua lingua, e as tuas mãos.
- Eu fiz isso? - Perguntou Vougan com cara de santo.
-Sim, fizeste. E não faças cara de santo, porque nãos és santinho nenhum.
- Não me lembro de nada! Eu só estava a beijar a pele macia de uma pessoa.
-Essa pessoa tem malas para preparar.
- Eu pensava que as malas já vinham feitas!
-Ah, sim, e os perús nascem assados...
- Claro! - Afirmou Vougan rindo.
-Agora afasta-te para eu acabar isto.. - pediu Virginia.
- Queres ajuda? - Perguntou Vougan com o duplo sentido.
-Não, obrigado.
- Tens certeza?
-Tenho.
- Depois não digas que eu não te ajudo.
-Senta-te aí e deixa-me fazer as malas...
- Como a mileide mandar
Virginia passou a próxima meia hora a fazer as malas, certificando-se que não se esquecia de nada (incluindo preservativos).
- Linda menina, mas espero que quando voltares estejam os 12 por abrir. – Comentou Vougan.
Virginia sorriu.
-Pode ser que tenha de seduzir alguém na missão, não prometo nada...
- Já somos dois.- Comentou Vougan puxando-a para si e envolvendo-a com os seus braços. - Vamos ao restaurante?
-Sim, mas diz-me uma coisa, Vougan. Só por curiosidade quando começa a tua próxima missão?
- Assim que sair com os querubins pelo portão.
-Anda lá Vougan, estou a falar a sério...
- Ainda não temos uma data mas é para ser o mais rápido possível.
-Vais cá estar daqui a uma semana?
- Talvez.
-É que a minha missão deve durar no máximo uma semana, e gostava de te ver aqui quando voltasse... - Confessou ela, beijando-o.
- Se voltares daqui a uma semana, eu espero por ti.
-Obrigado!
- Mas quero algo especial.
-O quê? - Perguntou Virginia, sorrindo.
- Deixo ao teu critério.
-Ok.
- Que vais fazes?
-Isso é segredo...- disse Virginia, piscando-lhe o olho.
- Então esperarei para ver.
-Acho bem.
- Vais mudar-te ou não?
-Vou só trocar de camisola.
- Ok!
Virginia foi ao seu armário, e rapidamente encontrou a camisola que queria. Vougan levantou-se e agarrou-a pela cintura mas só para ver que camisola ela ia vestir. Virginia puxou Vougan para si, beijando-o. Ele correspondeu com o beijo ardente, e usou as mãos para a puxar mais, deixando que seus corpos sentissem um ao outro. Virginia enterrou as suas mãos no cabelo de Vougan, aprofundando o beijo. Vougan beijou-a suavemente enquanto retirava-lhe a camisola lentamente, aproveitando para lhe ir massajando o corpo. Virginia suspirou, e mordeu levemente o lábio inferior dele. Ele deixou-a brincar, separando-se dela só por um momento para retirar a camisola. Com a palma da mão acariciou a barriga dela enquanto voltava para os seus lábios. As mãos de Virginia introduziram-se lentamente sob a camisola de Vougan.
- Nao ias só trocar de camisola? - Perguntou Vougan, entre beijos, sorrindo.
-Ia, e vou. - Respondeu Virginia, mordendo o lábio.
- Agora?
-A ideia era daqui a 5 minutos, mas se quiseres visto a outra agora. -respondeu Virginia, sufocando o riso.
- Não!
-Não o quê?
- Não a vistas já... Eu não me importo de fazer esperar o restaurante.
-Tens de pedir com jeitinho...
- O que é pedir com jeitinho para ti?
-Vais ter de descobrir isso sozinho...
- Malandra.
-Eu sei!
Vougan beijou-a animalescamente e então agarrou-a ao colo.
- Já que não me vais dizer, vou ter que fazer-te dizeres-me!
-Não vais conseguir! - Disse Virginia, sorrindo.
- É uma aposta?
-Não eras tu que não te davas bem com apostas?
- Sou, por isso mesmo!
-Não, não era uma aposta, mas pode-se tornar numa...
- Não, gracias.
-Lo siento...
Vougan colocou-a na cama e beijou-a possessivamente. Ela correspondeu ao beijo, as suas mãos subindo mais sob a camisola dele.
Vougan traçou uma linha de beijos passado pelo queixo, indo para a orelha, descendo o pescoço e retirando alças com os dentes, todos os seus movimentos foram lentos e provocadores. Virginia mordicou levemente o orelha dele.
-Assim não vais lá... - Sussurrou.
- Quem disse que eu queria ir lá? - Perguntou Vougan, rindo.
-Uh, então não queres mesmo ir lá? - Perguntou Virginia.
- Primeiro, o Primeiro. - Disse Vougan começando a retirar-lhe o sutiã.
-Ahn?
- Vamos fazer o que temos em mãos e o depois logo se vê.
Virginia soltou uma gargalhada.
-Ok, tu é que sabes...
- Mas não te vais escapar do restaurante, minha menina.
-Não te preocupes, eu não fujo.
- Vais fazê-lo amanha!
-Isso não é exatamente fugir...
- O que significa fugir para ti?
-Correr de algo que não gosto.
- É quase a mesma coisa.
-Não é não, porque eu gosto de ti...
- Por isso disse quase.
-Como queiras....
- Te quero a ti.
- E eu a ti...
- Então continuamos ou vais-te por o vestido para irmos ao restaurante?
-Não era uma camisola?
- Não acho que era mesmo um vestido.
-Mas antes do vestido ainda há algo que temos de acabar...
- De te tirar a roupa que falta.
-Talvez....
- Queres mais?
-Quero!
- Tipo isto? - Perguntou Vougan começando acariciar os peitos dela.
-Sim!- respondeu Virginia, gemendo levemente.

Ele começou a beija-la lentamente e aumentado o ritmo, com as mãos a cariciava cada ponta do seu corpo. Os gemidos de Virginia aumentavam de intensidade, enquanto que as suas mãos escorregavam por entre o cabelo de Vougan. Ele começou a retirar as calças devagar com umas das mãos e com a outra massajou as pernas dela. Ela inclinou a cabeça dele com uma mão, beijando-o profundamente. Vougan dobrou umas das pernas dela para tirar o sapato e então a outra sem nunca quebrar o beijo. Ela até podia tê-lo ajudado na tarefa, mas convenhamos, ele sabia o que fazia, e ela deixou-o continuar... Agora so faltava retirar o resto das roupas intimas dela, ele começou a beijar o seu corpo ate chegar as cuecas onde começou a toca-la lentamente.
-Vougan, o que estás a fazer? - perguntou Virginia.
- Queres trocar a roupa intima?
-Acho que não é preciso....
- Eu vou confirmar.
Virginia riu-se. Vougan começou a retirar as suas cuecas lentamente e então disse:
- Estão molhadas, deves-las trocar.
-Ok, escolhe umas.- ordenou ela.
- Queres que eu as escolha, ja?
-Leva o tempo que necessitares....
- Como a senhora desejar. - Disse Vougan começando a lhe dar prazer onde ela mais queria.
Virginia começou a gemir audivelmente. Vougan foi aumentando e ritmo e começou a penetra-le com um dedo. Virginia contorcia-se sob Vougan, enquanto os seus gemidos aumentavam. Vougan colocou um segundo dedo enquanto aumento o ritmo da penetração retirando a boca e começando a fazer uma fila de beijos até aos peitos dela.
-Vougan, por favor! - pediu Virginia.
- Por favor o que? - Perguntou Vougan parando o que estava a fazer por instantes.
-Por favor apressa-te!
- Ok mas só desta vez. - Disse vougan - Onde os guardas?
-Tu sabes onde eles estão.... - disse Vorginia, impaciente.
- Sei mas gosto de te provocar. - Comentou Vougan saído dela por um momento e retirar um preservativo no pacote que ela tinha na mala.
-Parece que já não chego de missão com os 12 por abrir, como tu tanto querias. - comentou Virginia.
- Este eu não me importo. - Disse Vougan abanando o pacote do preservativo. - Mas os outros ainda me importam.
-Ok. - disse Virginia, rindo-se.
Vougan beijou-a enquanto desapertava o fecho das suas calças, retirando-a para fora e começando a colocar o preservativo. Virginia correspondeu ao beijo, enquanto puxava Vougan mais para si. Vougan a voltou a penetra mas desta vez com três dedos assim que já tinha colocado o preservativo, ao mesmo tempo que colocava o beijo ao mesmo ritmo que usava os dedos. Ela começou a gemer mais e mais, até que chegou ao orgasmo. Vougan para o que estava a fazer com os dedos e capturou sua boca num beijo ardente. Virginia correspondeu ao beijo e guiou Vougan para dentro de si. Ele entrou dentro dela lentamente, como perguntando se podia, enquanto leva as mãos para os peitos dela para os mimar. As mãos de Virginia passaram lentamente por todos os músculos do tronco de Vougan, apalpando-os. Ele começou a movimentar-se dentro dela num ritmo normal enquanto o beijo deles se quebrava e ficavam a olhar-se quando ela conseguia. Virginia olhou Vougan nos olhos enquanto lhe acariciava os mamilos, dando-lhe prazer. Vougan começou a aumentar o ritmo ao mesmo tempo que se baixava para a beijar no pescoço aproveitando para lhe fazer alguns chupões. Os gemidos de Virginia ecoavam pelo quarto enquanto ela mordiscava a orelha de Vougan. Vougan deu um pequeno sorriso voltando a aumentar o ritmo para o ritmo mais ferroz e possessivo, usando a língua para brincar com a orelha dela. Ela aproveitou para beijar os muscúlos do peito dele. Vougan mordeu levemente a orelha dela e disse:
- És preciosa.
Virginia corou levemente. Vougan beijou-a na boca aproveitando para lhe mordiscar os labios. Virginia capturou a boca de Vougan, num beijo profundo. Ele cortou o beijo começando a fazer um caminho de beijos até ao peitos dela onde mordeu a parte mais sensível deles, sem nunca parar o ritmo ao entrar e sair dentro dela. Ela soltou um gritinho, ao mesmo tempo que encostava Vougan mais a si. Ele agarrou-a na cintura começando a mover-se como se não houvesse amanha. Virginia gemia mais e mais. Vougan voltou a capturar a boca dela puxando-a mais para si até que ambos chegaram ao orgasmo ao mesmo tempo. Virginia correspondeu ao beijo, e ambos engoliram os gemidos um do outro. Vougan respirou ofegantemente enquanto a abraçava e rodava para que ela ficasse em cima dela, já que a cama era apertada. Quando a respiração de Virginia voltou ao normal, ela beijou Vougan carinhosamente. Ele retirou o cabelo da cara dela e a beijocou enquanto a apertava mais a ele. Virginia abraçou-o.
- Pronta para colocar um vestido?
-Sim... - suspirou Virginia.
- Tens certeza?´
-Sim, daqui a 5 minutos....
- O que vias fazer nos 5 minutos, até la?
-Podíamos ficar aqui abraçadinhos....
- Parece-me ser uma boa ideia.
-Ainda bem que achas...
Vougan a beijou e a conchegou em seus braços. Ela correspondeu ao beijo. Ele aprofundou o beijo e começou a agarras o seu cabelo para os juntar mais. Ela aproveitou para explorar as costas dele com as maos. Vougan não retiro os olhos dela. Ela devolveu o olhar. Vougan parou de a beijar e mordicou o pescoço dela enquanto falava palavras amorosas.Virginia retribui sussurrando palavras quentes ao ouvido dele. Vougan beijou no ombro dela e disse:
- É melhor começares a vestir antes que não consigas sair da cama.
-Vais ter de me ajudar...
- Ainda mais?
-Sim.
- Queres que eu escolha o que vais vestir? Pode ser uma lingerie.
-Quero.
- Com um vestido por cima....
-Claro! Não tenciono jantar em lingirie!
- Eu não me importava...
-Eu sei que não. - disse Virginia, rindo-se.
- Vais me mostrar ou vais ficar aqui a noite todinha agarradinha a mim?
-A 2ª proposta é tentadora.....
- Sim, mas a primeira não impede a 2 enquanto a 2 impede a primeira.
Virginia sorriu.
-É um bom argumento....
- Qual vai escolher? - Perguntou Vougan com um sorriso.
-A 1ª.
- Cor?
-Da lingerie ou do vestido?
- Dos dois
- Que tal a preta que esta na 4 gaveta do lado direito?.
https://s3-us-west-1.amazonaws.com/sweeper-production-contestimage/504889b173c8233ff5000053-medium.jpg
-Boa escolha.
- Podes vestir sensualmente?
Virginia sorriu, e caminhou até ao guarda-fatos como se estivesse sobe uma passerelle. Vougan se sentou e fixou o seu olhar em todo o seu corpo. Virginia retirou as cuecas da gaveta e começou a vesti-las muito lentamente. Vougan apreciou cada movimento. Ela passou para o soutien, enquanto movia as ancas como na dança do ventre.
- Ui... alguém anda a aprender coisas muito inspiradoras.
Virginia sorriu, e começou a vestir uma meia, apoiando o pé na cadeira da secretária. Vougan se levantou e ando devagar até ela. Virginia fez de conta que não o viu, e continuou com o que estava a fazer. Vougan ajudou ela a colocar a 2 meia.
-Alguém esta a gostar do que vê... - comentou Virginia.
- Nunca disse que não gostava.
Virginia sorriu e começou a afivelar as ligas. Vougan deu um beijo no ombro dela e continuou observando.
-Agora falta o vestido..- comentou Virginia, virando-se.
- Qual vais vestir?
-Escolhe!- ordenou Virginia, abrindo as portas do guarda-vestidos.
- Tens fé em meu gosto?
-Tenho....
- Então que tal este. - Disse Vougan que já se tinha dirigido ao armário dela para dar uma vista de olhos e escolhido um vestido.
http://images.fashion.me/Sets/Set-2249380-500.jpg
-Parece-me bem...
- Não mereço mais nada?
Virginia sorriu, e presenteou-o com um beijo escaldante. Vougan correspondeu ao beijo enquanto a puxava mais para si. Ela desceu dos lábios de Vougan para o pescoço. Vougan percorreu com as mãos a lingerie dela, lentamente.



_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Blaine Anderson em Seg 10 Dez 2012, 20:21

Estava a verificar todos os preparativos para a missão de Bruce, Finnick pintara o seu cabelo para loiro para a missão, para imitar o cantor dos One Direction, Niall Horan, e a coloração estava errada, então eu ajudeio a pintar novamente, após verificar o resto dos agentes faltava ir verificar a agente Virginia Hall.
Comecei a dirigir-me para o quarto da Virginia
Subi no elevador, e dirigi-me para o seu quarto.
Bati á porta.
-Virginia Hall, é o Blaine Anderson posso entrar ? - perguntei eu.
Como vi que ninguém respondia decidi entrar de rompante.
-OH MEU DEUS - gritei eu - Não precisava de ver isso !
Dou de caras com caricias menos proprias entre Vougan e Virginia.

Blaine Anderson
T-Shirt Branca
T-Shirt Branca

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 80
Reputação : 4

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Vougan Morte em Ter 11 Dez 2012, 19:54

Vougan e Virgnia estavam muito envolvidos no beijo e nas caricias que davam um ao outro quando de repente ouviram uma voz dizer:

- OH MEU DEUS – Ambos se separaram no instante que viram uma T-Shirt Branca - Não precisava de ver isso!

- Aferrolhas os olhos e não veras! – Disse Vougan chateado por se ter esquecido de serrar a porta e por ser interrompido.

Virginia colocou-se atrás de Vougan, envergonhada por Blaine a ver naqueles preparos.

- Vougan que tal primeiro que tudo, tapares-te também? - Perguntou Blaine.

- Pensava que tinhas uma destas. – Respondeu Vougan fechando o fecho das suas calças.

- Tenho sim, mas não preciso de ver a dos outros - disse Blaine

- Desculpa mas acho que já é tarde para te queixares!

- Bem, pelo menos ver outra vez Vougan - Retroquio Blaine.

- Bem, o que é que vieste fazer ao meu quarto? - Perguntou Virginia.

- Estou a ver se está tudo em ordem para a missão do Bruce, e neste caso penso que está tudo mais que em ordem, e bem queria falar com o Vougan no gabinete dele sobre a minha missão - Disse Blaine.

- A missão mais importante agora é que feches a porta antes que algum querubim nos veja! – Disse Vougan olhando para a porta.

- Tens razão, não queremos traumatizar ninguém... - Disse Blaine, fechando a porta.

- Agora dás uma voltinha de 180º! – Afirmou Vougan fazendo um gesto com a mão.

- A propósito, bela lingerie, Virginia. - Comentou Blaine, sorrindo, enquanto fazia o que Vougan dissera.

- Quero os teus olhos fixos na parede! – Disse Vougan bruscamente. Virou-se para Virgínia. – Acho que é melhor vestires o vestido.

- Eu sei... - Disse secamente Virginia, obedecendo.
http://images.fashion.me/Sets/Set-2249380-500.jpg

- Veste-te rápido que a surpresa aparece mais depressa – Sussurrou Vougan ao ouvido dela.

Virginia sorriu, e virou-se, para ele apertar o vestido. Vougan pensou duas vezes o que ia fazer antes de começar a apertar o vestido e lhe beijar o ombro. Virginia beijou-o, antes de escolher uns sapatos, e calça-los. Vougan sorriso e perguntou:

- Vamos?

-Então e tu vais assim? - Perguntou Virginia.

- Estou mal?

- Não é que estejas mal, mas podias estar melhor...

- Como?

- Um fato, por exemplo...

- So falta a gravata que não vou colocar e o casaco! – Disse Vougan.

- Ai isso é que vais...afinal de contas tu adoras gravatas, Vougan. - Comentou Virginia, com um sorriso maroto.

- Sim, eu ADORO gravatas mas não para eu as vestir. – Disse Vouga com um sorriso.

- Então e o casaco?

- Esta no carro. – Respondeu Vougan e então picou – Blaine gostas do cantinho?

- Vougan que tal ires apanhar no rabo - disse Blaine chateado - Até parece que nunca vi uma mulher nua, até porque eu não quero comer a Virginia é menor de idade e eu tenho mais que fazer do que isso.


- Como vai a tua relação com o Richie? – Perguntou vougan

- Não tenho nenhuma, e nunca tive meu caro Vougan, ele nunca foi nada, apenas um mero beijo - disse Blaine

- Pena... Mas não precisas cair-me em cima.

- Então não venhas com assuntos que não interessam a ninguém - Disse Blaine já chateado - Até porque estas entre a espada e a parede comigo, estás a tocar em assuntos que não te dizem respeito.

-Hey, rapazes, tenham calma!

- Se tu o dizes... Desculpa se pensava que os amigos falavam!

-Sim claro - Disse Blaine - Eu vim ver se estavas pronta para missão, e é tudo para mim por aqui, até porque já fiquei aqui demasiado tempo, xau. - Blaine sai porta fora e bate com a mesma.

- Hey, que foi isto? - Perguntou Virgínia

- Não sei mas terei que falar com ele. – Respondeu Vougan preocupado.

- Bem, não havia uma surpresa qualquer? - Perguntou Virginia, sorrindo.

- Talvez...

-Talvez?

- Sim, se vamos a agora ou não! – Respondeu Vougan com um sorriso.

- Vamos agora!

- Vamos… - Disse Vougan começando a sair do quarto e ela segui-o.

Vougan foi buscar as chaves enquanto virgínia se dirigia para o carro dele e depois foi ter com ela.



_________________

Vougan Morte
T-Shirt Branca
T-Shirt Branca

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 77
Reputação : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Virginia Hall em Sex 24 Maio 2013, 16:39

*** Depois do quarto do Vougan ***

Virginia estava...ela nem sabia como é que estava... Chocada, confusa, revoltada? Mal chegou ao quarto, enfiou-se debaixo do chuveiro, com roupa e tudo, e ligou a água fria, ainda a tentar processar tudo.
1 - O Vougan tinha um irmão gémeo. Ok, aquilo era normal, pronto.
2 - O Vougan fizera sexo com o irmão gémeo. Agora isto é que não era tão normal....
3 - Isso significava que ele a traíra...depois de tudo o que tinham feito nas ultimas 24h...ele traíra-a....
"Virginia tem calma...era uma relação aberta! Aberta? O colar não significava nada? Quando lhe perguntei se era especial...aquela reação.....". Ela deixou-se cair, sufocada em lágrimas. Como é que ele pudera? Como?

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Dabila Nami em Dom 26 Maio 2013, 17:44

Estava um belo dia mas alguns amigos meus ião partir para a missão, por isso estava um pouco triste. Decidi ir falar com o Vougan sobre um incidente do dia anterior que queria que ele me explica-se. Antes de ir tomei um banho para colocar as ideias em dia e me vesti:


Assim que me encontrava pronta comecei a dirigir para o quarto dele, para lhe pregar um susto. Quando levei um encontram da Virginia, era para protestar sobre o encontrão mas reparei que ela estava a chorar.

"Que raios se passou?? Eu nem devia ligar... ela sempre demonstro que não gostava de mim... hÁ que se lixe... só espero que ela não me mate."

Pensei enquanto comecei a ir atrás dela, chegando ao quarto parei a frente da sua porta durante alguns minutos antes de bater a porta e de perguntar:

- Posso entrar? - Alguns momentos de pois continuei. - Posso entrar?

Como não tinha resposta decidi entrar e ver o que se passava. Assim que entrei fechei a porta e ouvi a agua a escorrer, devagar fui ter com ela. Respirei fundo varias vezes antes de dizer:

- Virginia estas bem?

_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Virginia Hall em Dom 26 Maio 2013, 18:15

Vírginia estava a tremer, devido á água fria que corria pelas suas costas.
-Dabila? - perguntou ela, confusa.
- Sim, sou eu... com mais uma marca negra que me fizeste quando correste contra mim. - Disse tento parecer o mais normal possível. - Porque estas dentro de um chuveiro vestida e a chorar? O que aconteceu. - Tentei ajuda-la a sair do chuveiro.
-Foi o Vougan! Aquele idiota, cretino, desgraçado! Ele e o filho da mãe que está na cama com ele!
- O Vougan está na cama com outra pessoa? - Perguntou Dabila, um pouco espantada. - Colocaram-te alguma coisa na água? Tens a certeza que não bebeste nada?
-Eu toquei-os! Estavam lá! Eram reais! - disse Virginia, respirando fundo para se acalmar. - O Vougan tem algum irmão gémeo chamado Vince?
- VINCE TA CÁ!? - Perguntou Dabi, ainda sem acreditar e então disse baixinho para si mesma. - Vou os matar. - Voltou a sua atenção para ela. - Bem... Acho que tenho muito para te dizer... sim Vougan tem um irmão gémeo chamado Vince. Mas antes de o teu bombardeamento de perguntas e de te dizer mais alguma coisa... vamos-te secar, colocar uma roupa e sentarmos.
-Começa a falar!- pediu Virginia, saindo do chuveiro.
- Não quero ser a culpada se te constipares. - Disse ela, tentando ficar calma e agarrando uma toalha aproveitando para coloca-la na cabeça da Virginia. Começou a ajuda-la a despir-se. "Espero que ela não se lembre que sou bi, e comece a imaginar coisas!", pensou Dabi.
Virginia atirou as roupas molhadas para um canto do quarto, e enfiou-se numas lavadas. Não estava com vontade para discutir.
-Melhor assim? - perguntou, depois de secar o cabelo.
- Muito melhor. - Respondeu Dabila com um sorriso enquanto se dirigia para o quarto e se sentava na cama, esperando que Virgínia fizesse o mesmo. Assim que ela se sentou continuou. - Bem... por onde vou começar... Como viste ou quase viste... não sei. Eles não são irmão... normais. A relação deles sempre foi assim, eles não conseguem viver um sem o outro por muito tempo... Eles dividem tudo.. tudo mesmo... Eles fazem parte um do outro...
-Tu pareces saber bastante sobre o assunto... - comentou Virginia, sarcástica.
- Foram eles que me trouxeram para a Cherub... e eles tiveram algumas missões sendo eu um dos alvos deles. - Disse Dabila, desviando o olhar e engolindo o seco. - Eles os dois tem algo que muitos não tem... uma conexão entre gémeos muito poderosa... Digamos eles conseguem saber o que o outro sente mesmo não estando ao pé um do outro e outras coisas.
Vírginia pegou numa almofada e atirou-a com força contra a porta, tentando aliviar a raiva.
Dabi deu um pequeno salto, pois não estava a espera que fosse conta a porta e sim que fosse conta ela.
-Eu percebo que ele goste muito do irmão, o problema é a relação entre nós os dois......é como se ele não agisse conforme o que sente... - confessou Virginia.
- Verdade! Acho que nunca conheci ninguém tão imprevisível como ele. Devias falar com ele, com mais calma e tentar compreender melhor a... situação dele.
- Acho que quando eu voltar da missao vou ter de ter uma longa conversa com ele, isto assim não pode continuar....

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Dabila Nami em Seg 27 Maio 2013, 16:21

- E vais conseguir fazer a missão com alguma concentração? Ainda tendo tanta duvida? - Perguntei sabendo que isso não era assim tão fácil.
-Bem, eu vou dar o meu máximo...
- Tens a certeza que é isso que queres? - Perguntei só para ter a certeza.
-Tenho outra opção?
- Falar com ele, agora...
-Ele estáa dormir....e ele não gosta nada de ser acordado....
- Verdade, mas por muito que ele não goste de ser acordado! Tu não gostas ver o teu homem com outro na cama sem saberes de anda...
-Ele não é meu.... - suspirou Virginia.
- Pois... mas alguma parte é! Se não não teriam ficado fora do acampamento sozinhos... Neh?
-Como é que sabes....?
- Digamos que me deixo pendura no escritório com o trabalho dele! - Disse bufando. - O que vale é que ja toou habituada... mas ja agora com foi?
-Foi... - Virginia suspirou, e esboçou um sorriso tímido. - Foi fantástico.
- Uiii... Olha quem saio das cascas! - Disse com o sorriso provocador. - A final a menina certinha e dura pode ter recaídas de emoção.
-O problema é que o Vougan é super querido quando está comigo, mas depois acontecem coisas destas.... - continuou ela, fingindo que não ouvira o que Dabila dissera.
- Tu gostas dele! Então luta por ele, se forte e fala como ele resolve as coisas...
-E eu não disse que ia falar?
- Tas a espera do que!? - Perguntei tentando-lhe dando força. - Sei como se não fores tu a acorda-lo, serei eu.
-TU NÃO ÉS MINHA MÃE! DEIXA-ME DORMIR! - disse Virginia, no gozo, tentando imitar a voz de Vougan quando acordara naquela manhã.
- Isso fui otimo. - Disse enquanto ria as gargalhadas. - Muito boa imitação...
-Como é que sabes se foi boa ou não? - perguntou Virginia, desconfiada.
- Deves a achar que és a única a acordar cedo por aqui! - Disse com um sorriso maroto. - Acordo-o 2 ou 3 vezes por mês só mesmo para o chatear! Alem disso assim posso-me vingar das vezes que ele me deixa sozinha com o seu trabalho.

Virginia riu-se e perguntou:

-E ainda sobreviveste para contar a história?
- Digamos que ele não me pode matar! Se me matar quem fará o trabalho dele, quando lhe da na tenha ir dar uma volta sem dizer a ninguém?
-Quer dizer, ele mata-se a trabalhar e continua sempre cheio de trabalho....
- É o que da ser o braço direito do director.
-Mesmo asim.....
- Ele tambem um monte de responsabilidades... Acho que tem até a mais. Não sei porque ele tem tantas.
-Pois.
- O problema e que sou eu que faço maior parte. - Disse num tom maio zangado.
-Porque é que aceitas sempre fazer isso?
- Sinceramente não sei! - Disse com o enconher de ombros. - Só tenho a sensação que lhe devo muito... mas não sei porque.
-Então depois não te queixes. - disse Virginia, sorrindo.
- Eu não me queixo.. muito! Gosto mais de me vingar. - Disse com um sorriso maldoso. - Devias experimentar acorda-lo com um balde de gelo, é espetacular.

Virginia esboçou um sorriso assassino, imaginando-se a ir ao quarto do Vougan naquele preciso momento e atirar um balde de gelo aos dois rapazes....ia saber bastante bem.....mas também sabia que se o fizesse não se contentaria com um balde de gelo, e aquilo acabaria mal.

- O que estas para ai imaginar com esse sorriso maléfico? - Perguntei olhando-a nos olhos e imaginando o que ela podia tare a imaginar.
-O nariz do Vougan com um ângulo um pouco diferente...- respondeu ela.
- É bom saber que não sou a única a ter uma mente maléfica. - Disse com um sorriso amigável. - É pena que tenha mais azar no amor que tu.
-Pela quantidade de namorados que tens tido ninguém diria..
- Ai ta o problema! Tenho tido muitos amores mas todos acabam mal. - Disse suspirando. - Tenho azar nas relações...
-E achas que o Vougan é sorte?
- Sim.
-Se for apanhada, sou expulsa da CHERUB. Sorte?
- Como se fosse possível ser apanhada! - Disse com um suspiro. - Não te esqueças que Vougan foi uma dos melhores agentes da cherub. Ele e seu irmão eram e foram espectaculares nas missões deles, acho pouco provável de ser apanhado e mesmo que seja todos são amigos dele. Ninguem o ia denunciar. É o que eu acho.
-E depois há o facto de ele não querer uma relação fechada....
- Acho que isso é mesmo por causa do irmão.
Virginia ficou em silêncio, pensativa.
- Sabes isso pode ser bom para ti... - Disse um tom baixo com receio de que não deveria falar o resto.
-Bom como?
- Bem... tipo.. - Comecei a dizer antes de morder o lábio. - Um dia saberás, acho melhor ir andando.
-Dabila Nami, bom como?
- Lembras-te de eu dizer que compartilham tudo... Tudo mesmo até no sexo. - Disse com um sorriso malandro. - Podes ter novas experiencias.
-E tu tiveste novas experiências com eles? - perguntou Virginia, direta.
- Não! Digamos que ouve vezes que entrei na altura errada... - Disse ficando um pouco corada ao recordar.
-Ah...sim.- disse Virginia, céptica.
- Vamos não falar disso! - Disse rapidamente e abanando as mãos. - Por favor.
-Bem, acho que é melhor irmos dormir, amanha temos missão....
- Sim, verdade. - Disse comendo-me a dirigir a porta. - Boa noite e boa sorte. Amanha te vejo na partida.
-Xau.

Sai do quarto e fechei a porta com cuidado.

"Correu melhor do que esperava." Pensei para mim antes de me dirigir para o jardim.

_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Virginia Hall em Seg 27 Maio 2013, 21:00

Mal Dabila saiu, Virginia atirou as restantes almofadas contra a parede e deitou-se na cama, dando um murro de frustração no edredon. Sinceramente nem sabia o que pensar. Ela gostava muito de Vougan... aquilo que eles tinham era especial, e quando estavam juntos ele era super querido...mas faltava sentimento...ele era um livro fechado...é como se estivesse apenas a atuar... e apanhá-lo na cama com o irmão...ninguém merecia. Se ele aparecesse á sua frente naquele momento, o mais provável é que lhe partisse o nariz. E ela nem o queria fazer. Virginia levantou-se, foi até ao guarda-jóias e segurou com força entre os dedos o colar que ele lhe dera. Depois apanhou as almofadas do chão e colocou-as em cima da cama, aterrando em cima dela. E chorou.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Vougan Morte em Seg 27 Maio 2013, 21:55

O

Vougan acordou e deu um beijo ao de leve no pescoço do seu irmão entre de sair da cama lentamente sem o acordar. Olha para o relógio e vir que ainda tinha muito tempo antes da sua namorada partir e como queria aproveitar o tempo ao máximo vestiu-se o mais rápido que pode. Antes de sair do quarto e se dirigir para o quatro te Virgínia deu mais um beijo a Vince e preparou-lhe o pequeno almoço. Pelo caminho passou pala cantina e troce o pequeno almoço a sua bela adormecida. Entrou no quarto sem bater a porta e fazendo o menor barulho possível, colocou o tabuleiro em cima da secretaria e colocou-se de joelhos ao lado da cama.

- É hora de acordar bela adormecida - Disse Vougan fazendo-lhe cocegas ao de leve na cara e acariciando-a. - Anda sai dos teus sonhos e vem para a minha realidade.

Virginia tinha sono pesado, e como ainda não era hora de acordar resmungou qualquer coisa e virou-se para o outro lado. Vougan começou a beija-la no pescoço e dando-lhe mordidas enquanto dizia:

- Princesa acorda.

Mas ela continuou na mesma... Vougan respirou bem fundo antes de lhe tirar os lençóis lentamente e subir para cima dela sem lhe tocar. Ele virou-a de barriga para cima e beijou levemente antes de começar a acariciar o seu corpo. Virginia soltou um leve gemido. Vougan deu um pequeno sorriso antes de começar a fazer-lhe chupões no pescoço e tirar-lhe lentamente as calças. "Vougan", sussurrou ela. Devia estar a ter algum sonho erótico com ele, porque continuava a dormir. Vougan começou a beijar-lhe o corpo até as cuecas dela, as quais tirou com os dentes antes de começar a fazer um minete. Virginia só acordou quando o seu orgasmo chegou.

-Vougan? - perguntou ela, alarmada e ainda ofegante, abrindo imediatamente os olhos.

Ele continuo mas antes deu-lhe um olhar provocador.

- Acordar-te. - Respondeu Vougan.

-Desgraçado! - praguejou ela, baixinho.

- Por estar a cuidar de ti? - Perguntou prometedoramente.

-Não me podias ter acordado de forma decente?

- Eu tentei, mas tu continuas-te a dormir. - Disse Vougan se aproximando dos lábios dela para lhe beijar docemente.

Virginia correspondeu, mas assim que se afastaram, as marcas de chupão no pescoço de Vougan entraram no seu ângulo de visão, e ela lembrou-se da noite anterior.

- Que se passa? - Perguntou Vougan ao ver o olhar meio matador meio triste de Virginia. - Estas bem? Fiz alguma coisa que não gostas-te?

-Nós precisamos de falar, Vougan. - suspirou ela.

- Podes começar. - Disse Vougan se afastando até que bateu contra a parte de cima da cama - Ai!

Virginia soltou uma risada, antes de respirar fundo e dizer:

-Ontem á noite fui ao teu quarto para me despedir de ti...e a porta estava aberta.

- Hum. - Disse Vougan. - E viste o meu irmão gémeo na cama comigo.

-Sim, vi. - disse Virginia.

- Pergunta o que quiseres. - Disse Vougan respirando fundo. - Mas antes deixa-me dizer-te que eu te... Que és especial para mim.

-Porque é que não pode ser sempre assim, Vougan? - perguntou ela,acariciando-lhe a face.

- Eu sou, mas quase nunca digo tudo.

-Sabes que tornas tudo muito mais complicado?

- Sei, mas sou assim.

Virginia soltou um longo suspiro.

-Porque é que não me deixas conhecer-te melhor?

- Por medo. - Disse Vougan agarrando a mão de Virginia que estava a tocar na cara e dando-lhe um beijo na sua face.

-De quê que tens medo, Vougan?

Vougan respirou fundo e se levantou.

- Vamos comer o pequeno almoço.

-Vougan!

- Não perguntes.. não estou preparado para lar e estou proibido fazer o fazer. - Respondeu com frustração.

Virginia puxou Vougan para si, abraçando-o, e deu-lhe um beijo na testa. Vougan a abraçou com alguma força antes de dizer:

- Te prometo que algum dia contarei-te tudo mas não agora. - Deu-lhe um beijo ao de leve nos lábios doces dela. - Agora o único que te posso dizer é que tenho medo que percas a memoria.

-Há alguma coisa que me querias contar sobre o que eu vi ontem á noite?

- Sobre isso, eu e meu irmão temos uma relação são especial. Não vai interferir com a nossa relação e podes ter uns boas experiências, se quiseres. - Disse Vougan apalpando-lhe o cú e aproveitando para lhe dar um pouco de prazer.

-Porque é que toda a gente diz isso? - perguntou Virginia, irritada.

- Toda a gente?

-Tu e a Dabila.

- Quando a Nami falou contigo?

-Ontem á noite...

- O que ela teve a fazer aqui?

-Veio falar comigo.

- Porque?

-Porque hoje temos uma missão. - mentiu Virginia.

- Não me lembro de ela ir na tua missão... - Disse Vougan pensativamente.

-Eu disse-te que ela também ia...

- Não me lembro de tara o nome dela nas fichas. - comentou Vougan.

-Bem, então andas muito esquecido...

- Talvez. - Concordou Vougan. - Os preparativos para a tua surpresa costume muito tempo.

Virginia beijou-o possessivamente. Vougan correspondeu ao beijo e algum tempo depois disse ao ouvi:

- Alguém gosto bastante da surpresa.

-Tirando a parte de me teres atirado abaixo de uma varanda até foi bastante bom...

- Eu gostei muito dessa parte, principalmente da tua cara envergonhada. - Comentou Vougan com um sorriso. - Não sei do que te queixas.

-Não era para comer o pequeno almoço?

- Sim, minha princesa. - Respondeu Vougan começando a rir enquanto a dirigia para a mesa.

Virginia levantou-se e vestiu as cuecas.

- Ohh! - Disse Vougan.

Foi a vez de Virginia se rir.

- Vem. - Disse Vougan estendendo a mão. - Vem para o meu colo para poder-te provocar e tirar o que colocas-te.

-Vais ter de ser mais persuasivo! - disse Virginia, desafiando-o.

- Eu podia o fazer a força, se preferires! - Respondeu Vougan com um sorriso provocador.

-Tenta!

- Estas-me a desafiar? - Perguntou Vougan se aproximando sedutoramente dela.

-Eu, não!

- Hum, pensei! - Afirmou ele enquanto andava a volta e tendo sua mão a roçar ligeiramente na cintura dela. - Porque se fosse assim.. eu teria que tomar medidas muito mas com os alimentos que troce para comeres.

-Que género de medidas?

- Daquelas que te tiram o pensamento e cantas para meus ouvidos. - Disse Vougan colocando-lhe um beijo no pescoço.

-Não estou a ver quais são...

- Sendo que não tas a ver... - Começou a dizer ele antes de a colocar as costas dela contra seu peito e levar uma das suas mãos para dentro das cuecas acariciando-a e a outra mão a um dos seus peitos.

-Eu não vejo nada, estas atras de mim....

- Não é para tu veres... é para tu sentires. - Respondeu ele enquanto começava a mudar de ritmo a cada minuto.

-Uh, podes crer que eu sinto... - murmurou ela, com uma voz rouca.

- E quero que sintas ainda mais. - Disse Vougan enfiando dois dedos com o mesmo tipos de ritmo que estava.

Virginia nao conseguiu conter um gemido. Vougan continuou o que estava fazendo até sentir que ela estava próxima do orgasmos parando de repente e dizendo:

- Vamos tomar o pequeno almoço.

-Não vamos, não! - protestou ela.

- Porque não! Se tem que comer, pá eu te comer.

Virginia virou-se de frente para Vougan, empurrando-o para a cama com o pé, e deixando-o descansar sobre a sua masculinidade.

-Quem disse isso? - perguntou, com um sorriso sedutor.

- Disse eu! Ou ta mais alguém aqui? - Perguntou ele com um sorriso.

-Mas tens mesmo a certeza disso? - perguntou ela, começando a estimulá-lo com o pé.

- Sim, tenho. - Responder Vougan agarrando a perna dela com suavidade.

Virginia não desfez o sorriso, enquanto aumentou o ritmo do pé. Vougan deixou-a fazer o que ela queria largando a perna dela e colocando as mãos no colchão.

- Alguém esta a queres mais. - Sugeriu Vougan.

-E alguém está a gostar bastante disso.... - continuou Virginia, aumentando sempre o ritmo.

- Tenho que gostar de tudo o que me fazes...

-Podias ter tentado levantar-te.... - Virginia ia já com um ritmo frenético

- Ainda posso... sei me controlar.

-Não estou a ver nada.....

- Queres que eu saia daqui?

-Eu não...

- Então que queres que eu faça?

-Que fiques aí quietinho...

- Por muito tempo? - Perguntou Vougan com um olho fechado e tentando não gemer.

-O tempo que for necessário... - respondeu Virginia, aumentando aínda mais.

Escavou um gemido ao Vougan e ele sem mais demoras retirou o pé dela puxando-a para si e dando-lhe um longo beijo.

- Disseste que eu não podia sair do lugar, não que tu tinhas que ficar no mesmo lugar. - Disse Vougan depois do beijo.

-Eu sei o que é que disse. - disse Virginia, continuando o que estava a fazer, apenas substituindo o pépela coxa.

- Se não me parares de provocar, eu vou entrar. - Disse Vougan com um gemido.

- E o que é que te impede? - perguntou ela, mordendo-lhe a orelha.

- Não ter um preservativo na minha mão.

-Mas eu tenho 11 na minha mala....

- 11?

-Só gastamos 1....

- Hum... - Disse Vougan antes de a colocar sentada na cama e ir buscar o preservativo a mala. - Então temos que usar os outros.

-Não temos tempo para os usar todos....

- É pena... mas um para agora chega. - Disse ele se aproximando dela e colocando-a deitada na cama. - Não achas?

-Perfeitamente!- respondeu ela, puxando-o para si e beijando-o.

Vougan começou-lhe a tirar a roupa enquanto aprofundava o beijo. Virginia começou a desapertar as calças dele. Ele interrompeu o beijo e começou a traçar uma linha de beijos até ao peitos dela onde começou a acaricia-los com a língua. Ela soltou um leve gemido. Vougan continuo e levou umas das mãos a parte intima dela onde acariciou ser clitóris.

-Se desta vez parares, dou cabo de ti!- avisou ela.

- Gostava de ver isso!

-Não querias não!

- O que me farias? - Perguntou Vougan enfiando-lhe dois dedos lentamente.

-Eu até dizia, mas não te quero pressionar. - respondeu Virginia,mordendo o lábio para não gemer.

- Então talvez tenha que parar para saber.

-Ou então talvez querias continuar para depois saberes do que te livrastes... - sugeriu ela.

- Não sei... - Comentou ele enquanto colocava o preservativo. - Realmente não sei o que vou fazer...

-Precisas de ajuda para decidir? - perguntou Virginia, voltando a estimulá-lo.

- Se continuares assim não será muito difícil de decidir.

-Ai não? - perguntou ela, apertando-o ainda mais.

Vougan soltou um leve gemido antes de a beijar e retirar a mão dela do seu membro. Ele esperou alguns minutos antes de entrar nela devagarinho e começar num ritmo lento e doloroso.

-Nós não temos o dia todo, sabias? - disse virginia.

- Sei, mais isso não significante que não possa aproveitar o máximo de ti. - Respondeu Vougan enquanto-lhe beijava o pescoço.

-A mim está-.me a parecer que o teu irmão te deixou enferrujado...

- Me picar desse jeito não vai fazer-me mudar de ideias. - Disse Vougan um pouco picado.

-Então e o que é que te faria mudar de ideias?

- Talvez isto... - Disse Vougan colocando-a em cima dele - Agora decides tu.

Virginia sorriu, e começou a mover-se como se não houvesse amanha, empalando-se por completo no membro dele, enquanto o beijava com luxuria. Ele deixou-a fazer o que quisesse enquanto apreciava a cada momento. Virginia continuou, fazendo-lhe um chupão do lado oposto ao do Vince, mas bem maior.

"Vês Vougan, como gostas quando estás comigo?", pensou ela. "Será que ele te deixa tão louco como eu deixo? Será que ele te satisfaz mais do que eu te satizfaço? Não, pois não?"

Vougan colocou as mãos na cintura dela para ajudar a aumentar o ritmo enquanto seus próprios gemidos escapavam varias vezes entre a respiração forte. Virginia estimulou os mamilos dele, beliscando-os e beijando-os, determinada em dar-lhe o melhor orgasmo da sua vida. Vougan não se quis deixar atrás e levou as mãos até aos peitos dela fazendo de todo neles. Virginia gemeu de prazer. Ele sorriu e provocou os peitos dela ainda mais. Ela aumentou um pouco mais o ritmo da penetração, sentindo o orgasmo a caminho. Vougan a puxou para si enquanto se movia para entrar mais dentro dela e em poucos momentos ambos chegaram ao clímax juntos. O orgasmo deles foi tão poderoso que fez Vince acordar com com uma enorme ereção matinal. (Ver pormenores no quarto dos gémeos)

_________________

Vougan Morte
T-Shirt Branca
T-Shirt Branca

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 77
Reputação : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Virginia Hall em Seg 20 Jan 2014, 18:01

1 SEMANA DEPOIS

Virgínia estava a desfazer as malas quando ouviu baterem á sua porta e foi abrir. Lá fora estava um rapaz com um ramo de orquídeas na mão.

Um rapaz om T-shirt Branca, 1,80m, cabelos escuros e olhos verdes. Uma cara bem familiar.
-Virginia.. - ia ele começar a dizer. Mas a querubim não o deixou acabar a frase, saltando logo para os braços dele e beijando-o profundamente. "Canela? Canela, e não menta com uma sugestão de tabaco?"
-Olá Vince. - disse ela, decepcionada.
Vince clareou a voz.
-Virgínia, como eu ia dizer, o Vougan pediu para te entregar isto. - disse entregando o ramo. - Belo beijo, já agora...
Ela deu-lhe um olhar assassino.
-Há também uma carta. - continuou ele, tirando-a do bolso de trás das calças e entregando-a. A querubim rapidamente rasgou o envelope, para a ler.

"Olá,
Querida desculpa mas tive que ir para a missão mais cedo do que o combinado. Esperei o maximo que pude mas tive que ir, surgiu um imprevisto.
Desculpa-me,
Vougan Morte"

Vírginia soltou um suspiro e foi colocar o ramo na cómoda, com a carta ao lado.
-Sabes quando ele volta? - perguntou.
-Não...
Eles ficaram a olhar um para o outro duarante um longo tempo, sem dizer nada.
-Parabéns pela missão. - disse Vince, cortando o silêncio. - Recuperar a Mona Lisa... - E depois começou a divagar sobre a Mona Lisa, Da Vinci e o Renascimento. Virginia sorriu.
-Tu e o Vougan são tão parecidos, e tão diferentes...

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Virgínia Hall

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 11:41


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum