[Missão] Meltdown

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Missão] Meltdown

Mensagem  Dabila Nami em Seg 16 Jul 2012, 20:53

A família que era alvo dos querubins  tinha-se mudado a 1 mês para Benidorm, uma cidade de Espanha sitiada a sul de espalha ao pé de uma praia. Esta cidade é uma das cidades mais ricas e mais cheias de criminales, é pouco segura as noites, ah muita prostituição e no tempo de Verão torna-se pior tenho mais adolescentes pelas ruas. Neste caso foi comprado um apartamento de meio luxo sendo que a família alvo e rica. Este apartamento tem um quarto para cada um, uma sala de estas, uma sala de jantar, uma cozinha, uma WC individual para cada quarto e mais 2, também ah um escritório, e uma grande varanda. Juntamente com este apartamento e com os outros existe 3 piscinas, uma subterrânea e duas ao ar livre, um ginásio, um bar, uma sala de convívio, e outras coisa.

Benidorm:



" />


(voltem a ir a ficha da Missão algumas coisa foram mudadas por haver menos um membro)

_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Virginia Hall em Seg 16 Jul 2012, 21:29

Contrariamente ao que era habitual, Vírginia Hall acordara de muito bom humor. Iria partir de missão! Para muitos agentes, o ambiente de missão era pesado, e não conseguiam lidar bem com todo o stress, mas Virgínia adorava aquilo, e era lá que se sentia bem. Naquele dia em especial, estava com uma vontade infernal de espancar criminosos.
A viagem correu muito bem, e o ambiente entre todos era bastante bom. Todos se riam, e contavam anedotas. Todos? Bem, todos não. Havia uma certa pessoa que permanecia, como sempre, bastante calada...Vougan Morte. A verdade é que Vírginia achava Vougan um rapaz bastante interessante, e achava que a missão seria ideal para se conhecerem melhor.
Já no apartamento, que era francamente espectacular e deixou todos os agente de boca aberta, começou a primeira reunião de missão. Vírginia, como fora a primeira a ser mencionada, foi também a primeira a responder.
-Eu posso chamar-me Maria. Vougan, tenho uma dúvida.
-Diz......
-Então estás a planear passar um mês sem falar?
Entretanto, a música que passava no televisor chegara ao refrão, e Vírginia não pudera evitar sorrir. Ela aprendera Japonês na CHERUB, de modo que entendia a música, e reparou que o título, traduzido, era Meltdown. Não conseguiu evitar sorrir....

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Catherine Hitomi em Seg 16 Jul 2012, 21:42

Esta seria a minha segunda missão. Surpresa, surpresa...também tinha algo relacionado com drogas . Depois de uma agradável viagem, chegámos finalmente ao hotel. Reunimo-nos todos num quarto para começar a discutir os pequenos detalhes que eram necessários. A primeira coisa a decidir seria o nome que cada agente iria tomar nesta missão:

- Bem, então eu chamar-me-ei Cecília

Catherine Hitomi
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 161
Reputação : 0
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  David Jackson em Seg 16 Jul 2012, 22:05

O apartamento era muito melhor do que Dave estava habituado, apesar da sua tia ser milionária antes de morrer, Dave nunca a tinha visto e apenas tinha herdado parte da sua fortuna porque ele a sua irmã eram os parentes mais próximos.
Dave quis logo entrar no seu quarto mas primeiros tinham de combinar alguns detalhes.
- Ok, Vougan é Roberto, Virg é Maria, Cath é Cecilia, eu posso ser Ruben?

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Vougan Morte em Seg 16 Jul 2012, 22:36

Virginia Hall perguntou:
-Então estás a planear passar um mês sem falar?

Vougan não disse nada, simplesmente esperou que os outros dissessem os seus nomes. Ele decidiu dar a honra de responder a senhora Virginia Hall, porque nunca a tinha visto de tão bom humor. Vougan sabia a razão do riso de Virginia, por isso não ligou muito. Então passado pouco tempo os outros querubins responderam:

- Bem, então eu chamar-me-ei Cecília – Disse Catherine Hitomi
- Ok, Vougan é Roberto, Virg é Maria, Cath é Cecilia, eu posso ser Ruben?
- Sim, Ruben! Maria durante 2 anos e 9 meses não disse uma única palavra, um mês para mim não é nada. Por favor escolham o apelido e cada um diga-me o que já sabe do seu alvo. - Disse Vougan calmamente.

_________________

Vougan Morte
T-Shirt Branca
T-Shirt Branca

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 77
Reputação : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Missão Meltdown

Mensagem  Inês Ramos em Ter 17 Jul 2012, 15:22

Já todos tinham escolhido os seus nomes, só faltava eu... Estava indecisa mas tinha de ser rápida, acabei então por dizer:
-O meu nome vai ser Liliana, mas vou pedir aos meus alvos para me tratarem por Lili acho que parece mais informal, em relação ao apelido a mim tanto me faz escolham vocês por mim está óptimo aquilo que for escolhido!-enquanto dizia isto pensava que na verdade era a única que era inexperiente em missões e tinha medo de falhar em algo que a comprometesse! E saber que o meu chefe de missão era mais mudo que outra coisa também não ajudava!
-Ok, agora que já temos os nomes de todos vamos escolher o apelido vá láa-disse Vougan com cara de quem preferia ter ficado calado.-Que tal...Diaz?!
Todos acenaram com a cabeça dando então o sinal de confirmação de apelido, então a minha querida maninha Maria começou a reparar que estava nervosa e perguntou-me:
-Estás assim tão assustada com isto?
-Não, achas?-disse mostrando um ar de ofendida quando por dentro me sentia tal como Virginia tinha dito.
-Pois, pois, deve ser, não tenhas vergonha de admitir, acho que já todos ficámos assim!
-Maninhas, podem calar-se e começar a falar sobre os vossos alvos?-disse o meu mano querido, Ruben

-Bem como já escolheram o nome e apelido, vou inscreve-los! - Disse Vougan se alevantando - Podem continuar. Eu estarei a ouvi-los.

Inês Ramos
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 109
Reputação : 0
Idade : 17

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Virginia Hall em Ter 17 Jul 2012, 16:30

-A Aimee é filha do Harrinson e da Ellen e irmã da Freya e do Dylan. Tem 18 anos, um metro e 70, olhos verdes escuros, cabelo encaracolado preto com madeixas roxas, é gótica, um bocado esquelética, nunca teve namorados, e está sempre sozinha por causa do seu constante mau-humor. Passa os dias a praticar ginástica, sendo já uma atleta federada, uma das melhores da sua idade. Relativamente á escola, anda no 12º ano, em ciências, e é uma aluna mediana.
O Dylan é irmão da Aimee, logo, filho do Harrinson e da Ellen. Tem 17 anos, 1,77m, cabelo castanho, estilo militar, e é musculado. O seu melhor amigo é o Joel, embora ambos tenham personalidades um pouco diferentes. Por falar em personalidades, o Dylan é um bocado bruto, e mais burro do que bruto, tendo sido já por varias vezes apanhado sob o efeito de drogas leves. E se a irmã passa os dias a treinar ginástica, ele passa os dele no ringue de box. Por ser burro, já chumbou varias vezes na escola, e está só á espera de atingir a maioridade para ir para o exército. Como isso exige que ele tenha o 12º ano, ele está a fazer um curso de equivalência. Pronto, acho que é tudo o que estava nos dados de missão.

Enquanto Vírginia acabava de dizer isto, Vougan tinha voltado, e a querubim desviara-se um pouco no sofá, para dar espeço para ele. No entanto, o rapaz sentou-se noutro sofá desconfiado, e Vírginia encolheu os ombros.
-Uh, Vougan, 2 anos e 9 meses sem falar deve-te ter dado muitos problemas, não? - perguntou ela.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Catherine Hitomi em Ter 17 Jul 2012, 23:36

- Bem sendo assim, os meus são...Ah aqui está! Joel Aletha Bliss, 18 anos mede 1,82m, um pouco musculado, olhos castanhos, o cabelo até um pouco antes das orelhas espetado e sua cor é castanha. Seu Hobby favorito é tocar na sua banda. Filho de Alfie Aletha Bliss e de Charlotte Bliss. Irmão de Isaac Aletha Bliss. Melhor amigo de Dylan Aletha Bonny. É uma pessoa sensível e bastante sensata, embora goste de cometer umas quantas loucuras de vez em quando. O outro alvo é o Dylan. Sobre ele não há nada a acrescentar ao que a Virginia disse.

Catherine Hitomi
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 161
Reputação : 0
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  David Jackson em Qui 19 Jul 2012, 21:41

- Bem já percebi que sou o único que nao sei os promenores de cor. Bem, o Ewan tem 15 anos e gosta de tocar guitarra e passar as tardes em tabernas. Também sei que é gordo, desculpem o termo. A Freya tem 16 anos, o cabelo até à cintura castanho claro, olhos verdes, boa estratura, e gosta de concertos o que me vai ajudar, pois adoro música. - disse Dave um pouco atrapalhado. - desculpem se não me lembro de todos os promenores mas mais uma hora e está tudo nesta cabecinha.
- Dave, não estás a começar muito bem a tua missão - disse Vougan.
- Eu sei peço desculpa e prometo que vou saber os outros promenores todos.

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Missão Meltdown

Mensagem  Inês Ramos em Sex 20 Jul 2012, 09:04

-Os meus alvos são Isaac e Chloe, estes são primos e para minha infelicidade não se dão muito bem Sad ! O Isaac tem 14 anos, é filho de Alfie Aletha Bliss e Charlotte Bliss, olhos parecidos com os meus, magrito e o cabelo tem zonas rapadas e é castanho, parece estranho mas uma das coisas que mais gosta de fazer é pintar e desenhar, para além de estar com os amigos, já chumbou uma vez o que faz com que ande no mesmo ano que eu e a Chloe(8º ano), nunca foi acusado de nada apesar de já ter sido suspeito de alguns assaltos a lojas de conveniência, ainda não tem futuro escolhido e não deve fazer tensões de pensar nisso já, pois detesta a escola, excepto aulas de desenho, arte e assim e tudo o que envolva trabalhar.
A Chloe tem 13 anos, é filha de Melissa Aletha Caris e Leon Caris, ao que parece estes ainda não se casaram, tem a mesma idade que eu(na missão) e a mesma altura, olhos castanhos claros e cabelo comprido e preto, só tem um hobbie e felizmente tem em comum também isso comigo, estar num pc, nunca chumbou na escola, aliás até é uma aluna "classe alta", nunca foi suspeita de assaltos ou coisas do género como o primo, mas já foi apanhada a fazer coisas indecentes através da webcam, com uma pessoa desconhecida o que me faz crer que deve ser uma pessoa muito afastada das pessoas/não tem amigos quase nenhuns, em relação ao seu futuro gostava de ser psicóloga!!

Inês Ramos
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 109
Reputação : 0
Idade : 17

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Vougan Morte em Sex 20 Jul 2012, 16:09

Vougan ouviu tudo com bastante atenção, chegou a reclame um pouco com Dave mas sabia que não era fácil saber tudo em tão pouco tempo. Quando todos acabaram de falar ele disse:

- Estão todos relativamente bem. As aulas começam na próxima 4 feira, o que vos dá ainda 4 dias para fixar o que não tenham fixado. – Vougan para de falar durante um momento – Neste tempo quero que andei os locais que os vossos alvos costumam ir. – Parou mais um momento enquanto se alevantava – Por favor não me acordem as tantas da manha só para dizer que vão sair.

Vougan começou a ir para o escritório quando se lembrou da pergunta de Virg, virou-se e disse:
- Irmã Maria foi nos primeiros dias mas depois abitei-me. Por isso é que eu estou no encargo dos mudos e surdos. – Vougan parou porque viu que estava a falar de mais mas depois continuou – Durante esse tempo aprendi a ler lábios e a falar por gestos. Estas satisfeita ou queres mais alguma coisa?

_________________

Vougan Morte
T-Shirt Branca
T-Shirt Branca

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 77
Reputação : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Virginia Hall em Sex 20 Jul 2012, 17:22

-Bem, quero mais uma coisa, já agora. Não me trates por irmã Maria. Chama-me só Maria. Irmã Maria parece freira, e eu odeio freiras.
-Porque é que achas que te chamei irmã Maria? - perguntou Vougan
-Porque somos supostamente irmãos....
- Porque os irmãos gostam de picar-se uns aos outros. - respondeu ele.
-Vaí á m**** Roberto! - disse Vírginia, sorrindo. - A coisa é que eu fui criada num colégio de freiras, e nunca recuperei do trauma.... - revelou ela.
- Agora entendes o que eu sinto quando querem saber da minha vida? - perguntou o T-shirt Branca.
-Não, nao entendo. Eu não tive problemas em contar-te isto. Fi-lo para que percebesses as minhas razões... - explicou a querubim.
- A tua vida e personalidade sempre serão diferentes das minhas. Por isso é que o mundo é tão interessante.
-Sem dúvida. Nisso concordamos ambos...
Vírginia respirou fundo. Será que continuava, será que não? Que se lixasse....
-E é por isso que gostava de saber mais sobre ti. Para te compreender. - declarou ela.
- Bem, sinceramente, detesto estar contigo de bom humor! - Vougan começou a caminhar para o escritório. - Fazes-me falar demais.
-Vá lá, Vougan, caraças, podes tentar passar esta missao inteira fechado nesse escritório, mas juro por Deus que não te vou deixar! - declarou Vírginia, indo atrás de Vougan.
- Tens trabalho para fazer! - Disse Vougan parando bruscamente e olhando-a fixamente.
-5 minutos a mais ou a menos não fazem lá grande diferença em 4 dias que tenho para o fazer....
- Maria... - começou Vougan a dizer mas desistiu e continuou o seu caminho
-Roberto! Esta coversa ainda não acabou.
-Sabes que vai ser dificil arrancar-me mais que aquilo que ja arrancaste!?
-Veremos!
- Bem... posso te dizer que só há três pessoas que sabem tudo sobre mim. Eu, o diretor e a Nami.
-Eu também não planeava saber tudo tudo sobre ti.... mas o que sei agora está longe de ser suficiente.
- Estara assim durante um longo tempo - sussurrou Vougan continuou com a voz normal - Sera que vais conseguir!?
Descobrir coisas sobre outras pessoas era essencial para um espião. E se Vougan soubesse um pouco mais cobre a colega, saberia que ela tinha sangue de espia.
-Vai uma aposta? - perguntou Vírginia, divertida.
- Desculpa, mas eu e apostas não nos damos bem. Agora, desculpa-me, mas tenho trabalho a fazer. - disse Vougan, fechando a porta do escritório.

Vírginia sorriu, e foi até ao seu quarto. Pegou num papel e numa caneta e começo a escrever::
_________________


COISAS QUE EU SEI SOBRE VOUGAN MORTE

1ª - Odeia falar sobre si.
2ª - Já passou 2 anos e 9 meses sem falar.
3ª - Sabe ler lábios e falar por gestos.
4ª - Detesta falar comigo de bom humor Very Happy
5ª Protege-se com o trabalho quando vê que alguem lhe pode arrancar informação.
6ª - Só há 3 pessoas que sabem tudo sobre ele: Ele, o Diretor e a Nami.
7ª - Tem problemas com apostas. (Trauma de infância?)



"Já são umas coisinhas!", pensou Vírginia, antes de começar a arrumar as suas coisas no quarto.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Catherine Hitomi em Sex 20 Jul 2012, 22:11

Virginia tinha estado bastante tempo a falar com Vougan. Provavelmente nunca Vougan tinha tido um conversa tão longa, pensava eu

- Bem, isto foi....sinceramente nem eu sei o que é que isto foi - disse eu

Segundo o que Vougan tinha dito, tínhamos estes 4 dias para dar uma vista de olhos pelos sítios onde os nossos alvos iam frequentemente. Portanto...um dos meus objectivos era tornar-me namorada de Joel. E ele gostava de tocar com a sua banda. Bem pelo menos e já um ponto que temos em comum... Segundo os registos ele frequenta um bar de Rock aqui perto

- Bem, pessoal, eu vou já fazer algum trabalho de reconhecimento. Quem quiser vir comigo está a vontade

Catherine Hitomi
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 161
Reputação : 0
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  David Jackson em Dom 22 Jul 2012, 19:55

- Quem quiser vir comigo está a vontade.
- Bem se não te importares eu vou. Se a Freya gosta de concertos, pode ser que esteja lá. Deixa-me só ir vestir uma t-shirt.
- Ok, tens 20 segundos - disse Catherine.
Dave vestiu a camisola, num instante e desceu.
- Estou pronto, bora?

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Missão Meltdown

Mensagem  Inês Ramos em Dom 22 Jul 2012, 20:21

-Não-disse eu-Eu também vou, talvez o Isaac esteja lá, como gosta de estar com os amigos...
-Ok! Mas despacha-te!-disseram os meus dois maninhos.
-Sim!, mas se calhar devíamos perguntar à Maria se ela queria vir não?
-Não é preciso, porque eu perguntei-lhe quando me fui vestir e ela disse que queria ficar a fazer umas coisas em casa que talvez aparecesse lá mais tarde!
-Ok, então vamos que já estou pronta
Quando chegámos ao tal bar encontrámos imensa gente, mas consegui logo destacar o meu principal alvo. Todos olhavam para nós e por isso senti-me um pouco envergonhada, começaram a mandar "bocas" , mas nós estávamos treinados para fazer os possíveis para ignorar. Decidi então tentar aproximar-me do meu futuro amigo/namorado despedindo-me dos meus irmãos:
-Adeus, vemo-nos mais tarde ok?
-Sim, nós devemos estar por aqui portanto se precisares de algo...-disseram eles.
-Sim, obrigada! Very Happy

Inês Ramos
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 109
Reputação : 0
Idade : 17

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Virginia Hall em Dom 22 Jul 2012, 21:57

Vírginia não fora com os colegas, mas isso não queria dizer que ela não ia trabalhar. Só o fizera porque já tinha um plano traçado. A sua prioridade, naquele momento, era encontrar Dylan. Seria através dele que chegaria a Aimee. E, pelo que lera nos dados de missão dele, tinha uma boa ideia de onde ele poderia estar: o ringue de boxe.
Boxe era um dos desportos que se aprendia na CHERUB, e Vírginia nem era má lutadora.
-Roberto, vou saír! - avisou ela, ao passar pela porta do escritório de Vougan.
Chegada ao clube de boxe que o seu alvo frequentava, a querubim fez logo a inscrição com os seus dados pessoais da missão, e pagou a taxa daquele mês. De certeza que teria de ir lá muitas vezes....
Uma vez equipada, Vírginia entrou no ringue. Não deveria ser muito dificil reconhecer Dyllan...

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Catherine Hitomi em Dom 22 Jul 2012, 22:37

David e Inês juntaram-se a mim. Provavelmente os seus alvos também poderiam ter ligações com aquele. Quando chegamos lá, Inês foi a primeira a separar-se.

- Adeus, vemo-nos mais tarde ok? - perguntou ela
-Sim, nós devemos estar por aqui portanto se precisares de algo... -disse eu

Olhei para a todas as pessoa. Assentado numa mesa ao canto e com outras pessoas, estava um rapaz que correspondia exactamente á descrição de Joel.

- Bem maninho, já arranjei trabalho para fazer. Encontramos-nos depois. - disse a Dave

Agora teria de pensar em como atrair a atenção de Joel. Não podia simplesmente chegar lá e apresentar-me. Não seria natural. Também não poderia usar o argumento de ser fã da sua banda, pois era praticamente desconhecida, apenas o circulo de amigos já os tinha ouvido. Tinha de haver uma forma de captar a sua atenção. Felizmente, acabei por ouvir que hoje se iria realizar um concurso de guitarristas. Fui-me informar sobre isso. Pelo que ouvi ainda tinha tempo para me inscrever, e o bar forneceria uma guitarra a quem não trazia a sua própria. Quando chegou a minha vez, já muitos guitarristas tinham passado pelo palco. Alguns deles extremamente bons. Eu teria de me esforçar.

Subi ao palco. O que me tinham fornecido era uma Epiphone e alguns pedais. Nada de especial portanto. Pedi a um dos empregados do bar que me acompanha-se com uma guitarra acústica, e por grande sorte minha, ele sabia exactamente a música que eu queria. Liguei-a ao amplificador e ao pedal e comecei a tocar.



Quando acabei, vi todas as pessoas do bar aplaudirem. Desci do palco e imediatamente Joel veio ter comigo.

- Peço desculpa se estou a ser incómodo, mas aquilo foi divinal. Por momentos pensei que era o próprio Chuck Schuldiner a tocar! - disse ele
- Oh, a sério não foi nada de especial. Mas ainda bem que gostaste...
- Eu chamo-me Joel. E tu?
- Cecilia. Muito prazer.


Catherine Hitomi
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 161
Reputação : 0
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  David Jackson em Qui 26 Jul 2012, 22:38

Depois da actuação espetacular da Cath, agora Cecília, Dave decidiu procurar algum dos seus alvos até que encontrou Freya com um grupo de amigas.
Dave decidiu tentar aproximar-se, tocou-lhe no braço e disse:
- Sabes onde é o wc?
- Sim é por ali - apontou Freya, e virou a cara desinteressadamente.
Dave percebeu que ia ser complicado conquistar atenção do seu alvo, mas não ia desistir.

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Missão Meltdown

Mensagem  Inês Ramos em Sab 28 Jul 2012, 19:34

Não sabia bem como faria ver ao Isaac que estava ali para ele falar comigo, pelos vistos Cecília já tinha começado a fazer o seu trabalho e tinha sido bem sucedida, estava agora com um dos seus alvos:Joel, e este era irmão de Isaac, foi aí que me lembrei: porque não fazer de irmã que ficou muito afectada com a mudança que não queria que tivesse acontecido, comecei então a aproximar-me deles quando Cecília interrompeu a sua conversa e me perguntou:
-Que se passa Liliana?
-Oh! Não é nada, é só que não deveria ter vindo, sinto-me sozinha e não conheço ninguém aqui e...-disse cabizbaixa quando Joel me interrompeu dizendo:
-Anda para ali connosco, aproveito e apresento-te ao meu irmão Isaac, vocês devem ser da mesma idade não?
-Não sei-menti eu
-Vá anda então, vais conhecer gente nova, deve ser mau estares aqui sem conheceres ninguém realmente...-disse Joel enquanto caminhava em direcção à mesa-Pessoal, esta é a...
-Liliana-completei eu vendo que Joel não sabia o meu nome e estava a ficar atrapalhado
-Exacto, Liliana, e esta é a Cecília a irmã mais velha, espero que não se importem que elas fiquem aqui connosco, Isaac, porque não levas a Liliana para junto das pessoas da vossa idade?
-Pode ser-respondeu encolhendo os ombros-Anda!

Inês Ramos
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 109
Reputação : 0
Idade : 17

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Virginia Hall em Sab 04 Ago 2012, 17:20

Quando Vírginia entrou na sala de treino, só lá estava um rapaz, tirando o instrutor. A querubim olhou-o de alto a baixo. Só poderia ser o seu alvo. Dyllan esmurrava o saco de pancada como se ele o tivesse tentado matar.
"Não admira que ele não vá longe no boxe...ele assim está a desperdiçar as energias todas.", pensou ela. E o instrutoor também já o percebera, mas Dyllan teimava em ignorá-lo. O homem, que deveria ter os seus 30 anos, veio logo ter com ela e mandou-a fazer exercícios. Abdominais, dorsais, flexões, saltar á corda....esse tipo de coisas. Devem estar a imaginar o que aconteceu depois. Como é natural para um querubim, Vírginia fez tudo com bastante facilidade, e não demorou muito até o instrutor mandá-la parar de dar murros ao saco de pancada para a colocar num combate com Dyllan, que ainda não tirara os olhos do saco desde que ela entrara. O rapaz olhou-a de alto a baixo e sorriu com superioridade, como se Vírginia fosse um adversário fácil.
-Ó "stor", quer mesmo que eu lute com uma rapariga? - perguntou ele. - Ainda a mando para o hospital, ou coisa assim, e depois fico com remorsos.
-Tu vais mas é ficar com remorsos por teres dito essa frase! - comentou Vírginia, com um olhar assassino.
-Vá lá, tentem não se matar um ao outro! - pediu o instrutor.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Catherine Hitomi em Sex 10 Ago 2012, 21:07

Estava a conversar com o meu "alvo", quando reparei que Inês aproximava-se de nós. Muito provavelmente ela devia estar á procura de algum gancho com que pudesse iniciar uma conversa com Isaac. Quando ela se aproximou, perguntei:
- Que se passa Liliana?
-Oh! Não é nada, é só que não deveria ter vindo, sinto-me sozinha e não conheço ninguém aqui e...-disse ela cabisbaixa quando Joel interrompeu:
-Anda para ali connosco, aproveito e apresento-te ao meu irmão Isaac, vocês devem ser da mesma idade não?
-Não sei - disse ela
-Vá anda então, vais conhecer gente nova, deve ser mau estares aqui sem conheceres ninguém realmente...-disse Joel enquanto caminhava em direcção à mesa-Pessoal, esta é a...
-Liliana - disse ela
-Exacto, Liliana, e esta é a Cecília a irmã mais velha, espero que não se importem que elas fiquem aqui connosco, Isaac, porque não levas a Liliana para junto das pessoas da vossa idade?

Ines e Isaac tinham-se afastado. Estava agora sozinha com Joel

- Então e tocas com alguma banda? - disse Joel, para continuar a conversa
- Não
- Ninguem agarrou um talento como tu? Custa-me a acreditar.
- Não é que não tenham tentado. Eu é que estou num nível bastante superior.
- Estou a ver que modéstia não te falta. - disse Joel, dando um pequena risada
- É verdade, o que é que queres que diga? Não sou daquelas que dizem que não são nada de especial. Se eu sei que sou especial, faço questão que as pessoas saibam também.
- Ui...então e a que horas é que vais embora?
- Não sei, tenho de ver isso com os meus irmãos
- Mesmo assim posso-te pedir uma coisa?
- O que é?
- Podes-me dar o teu número? Para se combinar algumas coisas.

O plano estava a funcionar.

Catherine Hitomi
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 161
Reputação : 0
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Missão Meltdown

Mensagem  Inês Ramos em Dom 09 Set 2012, 19:30

Ok, agora estava sozinha no meio de não sei quantos adolescentes rapazes e de uma rapariga, isto ia ser bonito, nunca me tinha dado muito bem na minha infância com rapazes e agora estava num grupo em que quase só eles é que existiam, mas apesar disso, Isaac até foi bastante simpático, assim que chegámos apresentou-me logo aos seus amigos e amiga :s, como seria de esperar sentei-me ao lado da rapariga, o que mais tarde vim a descobrir que não tinha sido muito boa ideia porque já parecia haver um romancezinho no grupo e para variar claro tinha de ser contra mim:Isaac e Rachel, a tal rapariga.
-Tenho de ir ali à casa de banho gente, já volto!-disse eu com o acenar de cabeça daqueles que me ouviram.
Não estava a acreditar naquilo que tinha de fazer para fazer ver ao Isaac que era para mim que ele tinha de olhar e não para a sua"namorada de um dia", comecei a puxar a mini-saia para que ficasse mais mini ainda, desapertei alguns dos butões da minha blusa e retoquei o baton, ainda treinei um bocadinho na casa de banho fazer um andar mais...sei lá sexy talvez, mas não deu muito bom resultado, fui então para perto do meu grupo novamente.
Quando me comecei a aproximar deles reparei que alguns olhares caíram sobre mim e comentários também, e para minha felicidade o Isaac virou-se e mostrou-se algo...interessado!
O resto da noite foi muito interessante, realmente um decote mais aberto e uma saia mais atrevida faz toda a diferença no minúsculo cérebro de um rapaz adolescente, e principalmente no do Isaac, uma vez que os outros não me interessam.
-Bem pessoal, já é um bocado tarde e o meu irmão mais velho já deve andar preocupado comigo, portanto acho que vou ter com os meus irmãos e me vou embora, adeus até amanhã ou assim!
Grande parte deles despediu-se com um "adeus" e portanto levantei-me e fui andando, a pensar que devia ter feito algum progresso na minha relação com o Isaac.
-Liliana, espera!-disse alguém que tinha vindo atrás de mim
Virei-me e vi que era nada mais nada menos do que Isaac, diz uma cara de surpreendida e disse:
-Sim?!
-Ah! Eh! Bom, eu gostava de te conhecer melhor e tal, estava a pensar, que tal falar com o meu irmão e se ele aceitar podíamos fazer uma saída a quatro, a Cecília, tu, eu e o meu irmão, que te parece?
Sentia-me super contente, apetecia-me dar pulos de alegria, afinal se essa tal dia fosse muito bom na opinião deles, poderia entrar na casa dos Aletha, o que seria óptimo para a missão!
-Sim, fala com o teu irmão, a minha irmã não se deve importar de ir dar uma volta a quatro, afinal depois da escola o que se tem para fazer, ou mesmo durante a escola não é?
-Exactamente, bem, gostava de te ver por aqui mais dias, vens cá amanhã?
-Se os meus irmão também vierem claro!-disse dando meia volta para me ir embora
Fui ter com Cath e fiz-lhe sinal para irmos.
-Claro vou já-disse, deixa-me só dar aqui uma informação ao Joel se faz favor!
Acenei
-Pronta já está podemos ir-disse ela despedindo-se também do seu grupo-Então a noite correu bem?Estou a ver que o teu visual normal teve de ser um bocadinho alterado...

Inês Ramos
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 109
Reputação : 0
Idade : 17

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Virginia Hall em Seg 17 Set 2012, 20:04

Vírginia e Dyllan ocuparam as suas posições no ringue. A verdade é que a querubim não gostara nada do que o rapaz lhe dissera, e, uma vez que ainda não podia espancar criminosos, achava que dar uma tareia no boxe a filhos de criminosos era uma boa opção...

(15 minutos depois)
-Chega! - ordenou o treinador. - EU DISSE CHEGA, MARIA!
Maria já fizera um Dylan que já estava com dificuldades bastante sérias na defesa recuar até ao limite do ringue.
-1ª lição de boxe: nunca subestimes o inímigo! - disse Maria, piscando o olho. Agora que já tinha libertado o stress, Vírginia voltara ao seu bom humor.
-Por hoje é tudo, podem ir. - disse o treinador.

-Porra, onde raio aprendeste a lutar assim? - perguntou Dyllan, admirado. - Tu és mesmo boa!
-Pratico já há alguns anos. - respondeu Maria, simplesmente.
-Tu não és de cá, pois não? Não te tenho visto nas competições.....
-Eu mudei-me hoje mesmo, com a minha família.
-Moras aqui perto?
-Sim, se calhar até vamos frequentar a mesma escola! Eu tenho de ir, encontramo-nos aqui amanhã?
-Por mim é na boa!
-Ok!

Depois de saír do balneário, Vírginia voltou para casa. Os seus "irmãos" ainda não tinham chegado. Resolveu bater à porta do escritório de Vougan.
-Roberto? Estás aí?

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  David Jackson em Dom 30 Set 2012, 20:20

Quando Dave ia a caminho da casa de banho, viu um rapaz que correspondia exatamente a descrição do seu alvo com outros rapazes.
Dave decidiu-se aproximar.
- Olá, eu sou Ruben, sou novo por aqui e pensei que podia começar a fazer alguns amigos.
- Na boa meu, eu sou o Ewan, o pessoal vai estar aqui pouco tempo, a seguir vamos para o parque beber algo e conviver se quiseres ir é na descontra.
- Ok por mim pode ser. Vou só mandar uma mensagem ao meu irmão.
Dave, agora Ruben apressou-se a mandar um sms a Vougan, a Virginia e a Catherine a dizer "VOU COM UM AMIGO NOVO AO PARQUE, NÃO SEI A QUE HORAS CHEGO. Ruben"
- Já posso ir. Só por acaso aquela rapariga - disse Dave a apontar para Freya - não vai?
- A minha prima Freya ?
- Não sei como se chama, a dos olhos bonitos.
- Sim é a Freya, deve ir mas nós não costumamoos andar muitas vezes juntos, mas se tiveres interessado nela posso te ajudar.
- Aceito. - disse Dave e depois sairam juntos do bar.

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  David Jackson em Ter 23 Out 2012, 01:33

Dave recebeu a notícia que a sua irmã tinha chumbado na recruta. Dave queria concluir a missão mas acima de de tudo estava a sua irmã por isso depois de muito pensar e decidiu retirar-se da missão.
Tinha pensado durante a tarde toda, fechado no seu quarto. Quando teve a certeza da sua decisão foi ter com o chefe de missão Vougan.
- Posso falar consigo? - pediu Dave.
-Progressos na missão?
- Infelizmente não, quero abandonar a missão. A minha irmã chumbou na recruta e precisa do meu apoio.
- Estás seguro da tua decisão?
- Sim pensei bastante, provavelmente vou me arrepender mas agora para me sentir bem comigo tenho de fazer isto. Seja quais forem as consequencias.
- Okay, vou tratar do teu regresso ao campus.




(esta historia toda foi para abandonar a missão, o motivo de eu abandonar a missão é o facto de ninguém postar. Por isso abandono esta para me poder inscrever noutra)

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Vougan Morte em Ter 23 Out 2012, 23:57

- Okay, vou tratar do teu regresso ao Campus. - Disse Vougan - Mas o que não compreendo é como um agente de alto rango e quase a consegui a sua T-Shirt Azul-Escura, desiste de uma missão só porque a sua Irmãzinha falhou a recruta. Ela não deve ter sido a única a falhar e tal como ela, muitos não tem qualquer apoio dos irmãos que estão em missões, o que faz de ti diferente deles? Diz-me porque haveria de te deixar voltar para o campos por uma ração não convincente?

_________________

Vougan Morte
T-Shirt Branca
T-Shirt Branca

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 77
Reputação : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Missão Meltdown

Mensagem  Inês Ramos em Qua 24 Out 2012, 21:28

Tínhamos chegado a casa ainda não estava lá mais nenhum dos outros irmãos, a não ser Roberto claro, quando todos chegaram, as raparigas perceberam que David, agora Ruben, queria desistir da missão, não dava jeito nenhum, o que seria da missão sem ele?
Era a minha primeira missão, e estava preocupada porque não estava a ir pelos melhores caminhos, decidi sentar-me na minha cama a ler um pouco para ver se relaxava, e acabei por adormecer com o livro sobre mim,
Quando acordei calcei-me e desci as escadas, queria ver se já havia novidades.
-Já há novidades?-disse entrando de rompante na sala, assustando as minhas irmãs, Maria e Cecilia.

Inês Ramos
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 109
Reputação : 0
Idade : 17

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Virginia Hall em Qui 25 Out 2012, 19:02

Depois de chegar da aula de boxe, Vírginia tinha comido qualquer coisa rápida e adormecera mal aterrara na cama. A verdade é que tinha dado tudo por tudo no combate contra Dyllan, uma vez que o queria impressionar, e isso deixara-a exausta. Assim, quando acordara no dia seguinte, estava esfomeada, e descera logo para tomar o pequeno almoço.
A querubim estava a falar com Cath sobre os avanços na missão quando Inês entrou de rompante pela sala.
-Então, já há novidades? - perguntou ela.
-Acho que o Dave sempre continua na missão...- comentou Cath.

Nessa tarde, Virginia voltou a ir praticar boxe. Como era Domingo, o instrutor estava de folga, e só lá estava Dyllan. O rapaz ficara bastante impressionado com a exibição que a colega fizera no dia anterior, e pediu-lhe para ajudá-lo nos treinos. No final, foram para o ringue e Vírginia deixou que o seu oponente quase lhe ganhasse, sem que ele percebesse que fora propositado, para lhe dar mais confiança nela.
Quando chegou a casa, já era noite e os seus "irmãos" preparavam-se para voltar ao bar onde tinham estado na noite anterior, afim de se encontrarem de novo com os seus alvos. Afinal não haveria aulas no dia seguinte, e toda a gente estaria lá.
A querubim aqueceu o seu jantar no micro-ondas e comeu em silêncio, pensando nos progressos na missão. Depois do jantar meteu a loiça na máquina e foi para o sofá, enroscou-se num cobertor e pôs a dar um filme na televisão. Quando o filme acabou eram 11 da noite, e ela não tinha sono... Vougan estava ainda a trabalhar no escritório, e ela resolveu ser simpática e ir levar-lhe um café...bem que ele deveria estar a precisar...
Foi á cozinha, preparou o café e bateu á porta do gabinete do T-shirt branca.
-Entra! - disse ele.
Virginia fez como ele lhe dissera, e entrou.
-Achei que precisavas de um café... - disse ela, pousando a razão da sua visita ao gabinete em cima da secretária. - Muito trabalho? - perguntou.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  David Jackson em Sex 26 Out 2012, 11:09

Dave tinha tido vários dias para pensar na decisão que tinha tomado. No dia antes das aulas começarem, tinha de ter a certeza do que ia fazer e assim foi. , na noite anteerior ao primeiro dia de aulas Dave decidiu ficar. Foi dormir cedo para descansar completamente.
No dia a seguir Dave acordou cedo para ir correr um pouco. Quando chegou a casa foi tomar banho e vestiu uma sweat da Wesc preta, umas calças cinzentas, calçou os seus vans pretos e pôs o seu "cap" da OBEY. Decidiu ir mais cedo para a escola para ver se encontrava Freya e falava um pouco com ela.
Dave tinha conseguido convencer Vougan a dar-lhe uma mota para ele ir para a escola, pois Dave tinha descoberto que Freya gostava de motas.
Quando chegou a escola encontrou Freya à entrada e tentou meter conversa:
- Desculpa chatear mas conheces alguem do décimo primeiro A?
- Sim é a minha turma porquê?
- Eu sou novo na escola e essa também é a minha turma. Sabes onde vamos ter aula?
- Sim sei, espera 5minutos e vou contigo.
Dave esperou que Freya acabasse de falar com as amigas e depois foram juntos para a sala.
- Eu não conheço ninguém, importaste que fique ao teu lado?
- Não, podes ficar. Acho que ainda não nos apresentamos, eu sou a Freya.
-Sou o Ruben.
Depois o professor chegou, os alunos ocuparam os seu lugares. Dave e Freya passaram a aula inteira a conversarem para se conhecerem melhor.
ter][/color][/b][/size]


Última edição por David Jackson em Sab 27 Out 2012, 00:22, editado 1 vez(es)

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Vougan Morte em Sex 26 Out 2012, 23:35

- Não sabes quando voltaram a chamar-te para uma missão e nos precisamos de ti aqui. – Disse Vougan suspirou – Promete que vais pensar melhor antes de tomares uma decisão.

- Eu prometo. – Prometeu David Jackson.

- Agora vai comer e dormir. – Pediu Vougan.

David Jackson saio do gabinete silenciosamente e envolvido nos seus pensamentos, enquanto Vougan voltou ao trabalho assim que ouviu a porta a fechar. Começou por voltar a ver alguns pormenores da missão e a confirmar se os aparelhos estavam a funcionar bem. Algum tempo depois estava a fazer um relatório sobre todas as novas informações e aproximações que os querubins tinham feito. Bateram a porta quando Vougan ia a metade desse trabalho, respirou fundo e disse:

- Entra!

A porta abriu-se e apareceu Virginia que disse:

- Achei que precisavas de um café... - Pousou o tabuleiro na secretaria. - Muito trabalho?

- Algum. Obrigado pelo café! – Disse Vougan dando um gole na chávena de café – Precisas de alguma coisa?

-Não, e tu? – Respondeu Virginia.

- Relaxar e conversar.

- Queres conversar sobre o que? - Perguntou Virginia, divertida.

- Qualquer coisa serve! - Disse pensativamente Vougan - Tens alguma coisa em particular que queiras falar?

- Pode ser sobre ti?

- O que te faz quer saber?

- A curiosidade. Tu és tão fechado que despertas o mistério...

- O que queres saber?

- Para quem dizia ontem que não iria saber mais sobre ele, parece-me que vamos ter um avanço significativo… O que me queres contar?

- Não te quero contar nada! - Disse ofensivamente Vougan – Mas, conheço as pessoas como tu não vais parar até saberes quase tudo.

Virginia riu-se e aproximou-se mais de Vougan e perguntou:

- Por acaso estás com medo de mim?

- Deveria ter? - Perguntou Vougan sem se afastar.

- Acho que não, afinal o que é que eu te poderia fazer? - Virginia riu-se, e levantou as mãos, em sinal de paz. Os joelhos de ambos já se tocavam.

- Acho que a verdadeira pergunta é o que eu poderia fazer! - Disse Vougan seguindo o jogo.

- Como assim? Há alguma coisa que me querias fazer? - Perguntou Virginia.

- Oficialmente não! - Disse Vougan tentando esconder o sorriso.

- Eh lá! Então há algo não oficial que me queiras fazer... – Disse Virginia sorriu, colocou uma mão no ombro de Vougan, e levantou o queixo dele com a outra.

- Quem sabe! – Disse Vougan encolhendo os ombros despreocupado, ao mesmo tempo que agarrava na mão que lhe tinha levantado o queixo e colocava um beijo suave nela – Digamos que ainda não sou cego.

- Com que então não és cego, hem... Bem, parece que somos dois... – Disse Virgínia não esperava aquele desenrolar da história, mas até estava a gostar. Sorrindo, sentou-se no colo de Vougan, e deu-lhe um ousado beijo no pescoço.

- Não sei se isto estar a ir por um bom caminho! – Disse Vougan afastando-a para poder olhar nos seus olhos – Virgínia tu sabes o que pode acontecer se continuarmos.

- Foste tu que começaste...- Disse inocentemente Virginia. - Mas diz lá o que pode acontecer...

- Não és uma rapariga burra sabes bem do que eu estou a falar! - Disse Vougan com um sorriso - Mas pelos vistos não estas interessada nas consequências.

-Talvez saiba... - Disse amargamente Virginia. - Mas fui ensinada da pior maneira possível... Estava com esperança que me apagasses essas más memórias.

Virginia estremeceu, e encostou-se mais a Vougan. - Por favor! Pediu-lhe.

- Terei todo o gosto... - Disse Vougan abrasando-a – Mas não, posso prometer que consiga tirar os teus maus recordos. – Com a mão puxou o seu queixo e beijo-a – Posso tentar melhora-los.

- Obrigado! Agora deixemos de falar de coisas tristes. – Disse Virginia esforçou-se por sorrir. - Então ao onde é que nós íamos?

- Eu por acaso não estava a pensar sair do escritório! - Disse Vougan completamente clamo - Mas se quiseres podemos ir a um bar conhecer pessoas.

- Really? - Perguntou Virginia, irónica. - Bem, acontece que eu tinha planos melhores... Mas também não envolviam o escritório. - E, dizendo isto, beijou Vougan, tentando elucidá-lo.

- Não entendo que tipo de planos esta a pensar! – Afirmou Vougan com um sorriso e correspondendo ao beijo - Principalmente por estarmos completamente sozinhos nesta casa.

_________________

Vougan Morte
T-Shirt Branca
T-Shirt Branca

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 77
Reputação : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Virginia Hall em Sab 27 Out 2012, 17:29

-Ai não? - perguntou Virginia, tirando a camisola de Vougan, enquanto continuava com os beijos.
"Caraças, que corpo....", pensou ela.
- Não tenho ideia! - Afirmou Vougan alevantando-se e agarrando-a ao colo sem cortar o beijo. – Acho que devias-me mostrar o que planeias fazer.
-Mas não eras tu que dizias que havia algo não oficial que me tencionavas fazer? - Virginia também não quis acabar com o beijo. A verdade é que estava a gostar bastante...
- Que eu me lembre nunca disse isso! – Respondeu Vougan com um sorriso e começou a andar na direção da porta com ela ao colo – Posso ter insinuado.
-Então vou aceitar as tuas insinuações como um sim.....-disse Virginia, agarrando-se mais a Vougan.
- Podes, ninguém te impede! – Afirmou Vougan dando-lhe mais um beijo – Agora para onde queres ir?
-Talvez para o teu quarto...
- Porque eu tenho a sensação que estas a tentar descobrir mais de mim? – Preguntou Vougan com um olhar desconfiado e um ligeiro sorriso.
-Não, por acaso a escolhi o teu quarto porque não tenho preservativos no meu. - disse Virginia, beijando Vougan outra vez.
- Deverias ter contigo! – Ralhou Vougan enquanto se dirigia para seu quarto. – Não deves andar desprotegida!
-Bem eu não planeava ir para a cama com alguem durante esta missao... - desculpou-se Virgina.
- Eu não planeava ir para a cama com ninguém… - Disse Vougan olhando-a – Mas promete-me que vais começar a andar com eles.
-Prometidissimo!
- Este é o meu quarto! – Disse Vougan colocando-a no chão e fechando a porta do quarto – Como vez nada de monstros com sete cabeças.
-Eu também nunca imaginei que haveria monstros de sete cabeças no teu quarto...mas acho que agora também não é altura para falar-mos de decorações. - Virginia atacou Vougan com uma saraivada de beijos.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Missão Meltdown

Mensagem  Inês Ramos em Sab 27 Out 2012, 20:48

Fiquei aliviadíssima quando as probabilidades de David deixar a missão começaram a descer, estava realmente contente!

Não tinha fome, portanto fiquei toda a tarde fechada no quarto a entrar "em contacto" com os dispositivos que tinhamos na casa dos nossos alvos, para descobrir os sites mais usados pela Chloe, com o objectivo de criar uma amizade virtual com ela, e depois avançar para a vida real, afinal já tinha conquistado a confiança de Isaac, precisava de conquistar a de Chloe, como consegui descobrir os sites que esta mais visitava na net, decidi criar algumas contas com nomes falsos e nem dei pelo tempo passar, estava na minha cama sentada enquanto criava uma conta numa página que o meu alvo costumava visitar frequentemente quando, a certa altura enquanto ainda explorava o site, para ver como funcionava etc. ouvi duas vozes, pensava que só Roberto estava em casa, mais ninguém, mas pelos vistos enganei.me, pousei o pc em cima do edredão e encostei o ouvido à porta do meu quarto.
-Bem! O que eu...
-Shuu-interrompia a outra voz
-Andei a perder...
(Beijo)
-...Durante todo este tempo
-Não faz mal, a recompensa está a valer o esforço que eu fiz, eu sabia que esta missão ia correr bem!
"Não posso acreditar no que estou a ouvir Surprised , pensei" "A Maria conseguiu mesmo fazer o que queria, quem sabe mais ainda!"-continuei-"Tenho de fazer alguma coisa para estragar o momento, desliguei o computador, vesti-me novamente com uma roupa mais atrevida, pois tinha tenções de sair do quarto, para ir ter com Isaac, peguei no telemóvel e escrevi:"Não vos aconselhava a entrar dentro de casa nas próximas pelo menos 2 horas, as coisas aqui estão mesmo muito quentes,beijinhos Liliana" e enviei para os meus outros dois "irmãos", guardei o telemóvel no bolso dos calções, abri a porta e fui até ao escritório, se alguma das coisas estivesse espalhada não era eu que as ia arrumar, assim que entrei vi logo uma t-shirt, a de Virginia, una passoa mais À frente a camisola de Vougan, decidi procurar melhor para ver se encontrava um soutien ou uns boxers, mas não aconteceu, depois encostei-me à porta do quarto de Vougan disse:
-Robertooooo, vou sair, ver se encontro o Isaac, até logo!
Foi hilariante, calaram-se os dois de repente, gostava de ser mosca para ver as suas caras, caminho em direcção as escadas quando me lembro de voltar a interrompe-los dizendo:
-Já agora, não está mesmo mais ninguém em casa, podem andar por aqui nus à vontade, porque quando algum de nós chegar vai logo para o seu quarto, bons treinos! Ah! E já agora Roberto, depois, quando estiveres um pouco mais liberto dos assuntos da misssão precisava de te dar uma palavrinha sim?-Tudo tinha ficado silencioso outra vez. Ainda pensei em voltar a interromper para dizer algo do género:"Quem diria, a morte e o diabo a darem.se assim tãããão bem!" mas isso seria razão para que os exercícios lá dentro parassem e a Virginia me aparecesse à porta do quarto pronta para me estrangular.

Quando cheguei ao bar as primeiras pessoas que vi foram os meus maninhos!
-Que se passou?-perguntaram em coro
-Ah, nada de especial, é só a Maria que está bastante aterefada- e baixando o tom de voz e olhando em volta- E o Roberto também não está menos!-pisquei-lhes o olho e fui.me embora.
Ficaram boquiabertos, acho que a mensagem tinha sido compreendida!


Última edição por Inês Ramos em Dom 28 Out 2012, 16:51, editado 1 vez(es)

Inês Ramos
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 109
Reputação : 0
Idade : 17

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  David Jackson em Sab 27 Out 2012, 23:24

Depois da aula toda a conversarem Dave deu boleia a Freya para casa. Dave e Freya já se conheciam bastante bem. Mas Dave ainda não tinha perguntado uma coisa importante, ganhou coragem e perguntou:
- Tens namorado?
- Não e tu tens namorada?
- Népia. Isso é bom saber.
- É?
- Sim.
- Então?
- Sei lá, acho te piada. És bonita, querida e simpática. Tudo o que um rapaz pode querer.
- Vai com calma, conhecemos nos há meia dúzia de horas, também te acho querido mas acho que temos de nos conhecer melhor.
- Está bem. Mas há uma coisa que eu gostava de fazer. - depois de dizer isto Dave beijou-a e ela correspondeu.
Passados alguns minutos aos beijos, Freya falou:
- Isto não pode voltar a acontecer pelo menos tão cedo. Quero te conhecer melhor, para não me magoar.
- Ok respeito. - dito isto Dave deu um beijo na testa de Freya e antes dela entrar em cas Dave perguntou-lhe se queria que no dia seguinte a fosse buscar e ela respondeu que sim.


Dave, acho melhor esperares que os teus colegas acabem de postar o que aconteceu nos dias anteriores.....

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Vougan Morte em Dom 28 Out 2012, 21:37

O


- Bem eu podia falar de outras decorações... – Disse Vougan puxando-a para si e beijando-a com doçura.

- Que tipo de decorações? - perguntou Virginia, com um sorriso matreiro.

- Gostas de morangos com chantilly?

- Prefiro chocolate. - Respondeu Virginia, enquanto beijava Vougan na curva do ombro. Como ele era 25 cm mais alto do que ela, só dava para chegar até ali.

- Faz mal aos dentes! – Disse Vongan com um sorriso – Mas, posso sempre ver se há.

- Mas faz bem ao coração! - Defendeu Virginia, piscando o olho.

- Pensava que era mais a tristeza. – Disse Vougan agarrando em sua cintura e puxando-a mais para ele.

- Acho que o chocolate serve para tudo... - Disse Virginia, pensativa, enquanto abraçava Vougan.

- Bem, conforme o chocolate! – Disse Vougan aproximando-se do seu ouvido e mordendo-o levemente.

- É por isso que eu prefiro o amargo! - Respondeu Virginia, que agora já chegava ao queixo de Vougan.

- Amargo... – Disse Vougan pensativamente – O que achas do café? Responde-me com adjetivos.

- Amargo, exótico, excitante. - Respondeu, Virginia, fazendo enfase a cada palavra com um beijo.

- Hum... Interessante. – Disse Vougan empurrando-a suavemente para que caísse na cama.

- A sério? - Perguntou Virginia, aproveitando agora que podia finalmente beijar os lábios de vougan para recuperar o tempo perdido com outros sítios.

- Sim, sabias que o café pode representar o sexo. – Disse Vougan respondeu-o ao seu beijo e começou a retirar o seu top de desporto.

- Acho que nunca mais olharei para um café da mesma maneira! - declarou Virginia, rindo.

- Também não é para olhar que ele serve! – Disse vougan rindo e levando uma das suas mãos ao peito dela.

Virginia riu-se mais uma vez, enquanto começa a tirar as calças de Vougan. Ele a ajudou ao mesmo tampo que ia provocando o seu corpo. Virginia soltou um leve gemido. A verdade é que nunca antes alguém lhe tentara dar prazer. Apareceu um sorriso na cara de Vougan quando viu que o corpo dela estava a reagir ao seu toque. Uso sua boca para mordiscar o seu pescoço, enquanto utilizava uma das suas mãos para retirar o seu sutiã sem a aleijar. Virginia beijou Vougan com mais intensidade, enquanto se livrava das suas calças.

- Alguém aqui esta com pressa! – Disse Vougan rindo ao ver o que ela fazia – Sabes que temos uma longa noite pela frente.

- Cala-te! - Disse Virginia, envergonhada.

- Ficas tão linda quando estas envergonhada – Disse Vougan beijando suavemente na ponta dos seu lábios – Queres que eu vá mais depressa?

- Leva o tempo que quiseres...- respondeu Virginia, retribuindo o beijo.

- Como quiser? – Perguntou Vougan com uma foz profunda e um olhar maroto.

- Sim, - Respondeu Virginia, impaciente - eu confio em ti.

- Ainda bem! – Disse Vougan se afastando até chegar a comoda e utilizando o seu corpo para que ela não pode-se ver o que ele retirava.

Voltou para ela e beijo-a agarrando em suas mão e colocando-as atras da sua cabeça, então prendeu-as a cama com uma gravata.

-Hey, o que é que vais fazer? - Perguntou Virginia, curiosa, aproveitando o momento em que ele a tapava para explorar outra zonas do corpo dele com os lábios.

- Pensava que já tinhas te apercebido que íamos fazer sexo! – Disse Vougan rindo – Não sabia que era assim tão lenta e que nem te apercebias do que o teu próprio corpo faz.

- Ainda bem que me elucidaste! - Disse Virginia, beijando-o.

- Então queres parar? – Preguntou Vougan enquanto provocava os seus peitos.

- Mas.. é ..que nem... tentes! - Ameaçou Virginia, gemendo.

- O que farias? – Preguntou Vougan sem parar de provocar o corpo dela e mordiscado novamente o seu pescoço. – Tentarias dar-me um murro?

- Murros não...... Mas ainda sei dar pontapés! - Ameaçou ela.

- Se eu me afastar – Disse pensativamente Vougan enquanto saia da cama e se colocava na outra ponta do quarto a vela – Acho que não aconteceria isso.

- Vougan! Anda lá, não sejas chato e anda para aqui.... - Pediu Virginia.

- Tu sabes que queres isto tanto como eu! - Disse ela

- Verdade... Mas estas a minha merce! – Respondeu Vougan com um sorriso e se aproximando, ficando ao lado dela.

- Parece que sim... Então, continuamos?- Pediu Virginia.

- Não queres pedir com mais amor? – Provocou Vougan.

- Vougan, meu lindo, queres ter a bondade de continuar? - Pediu Virginia.

- Se eu contasse isto a alguns dos teus amigos, eles não ima acreditar. – Disse Vougan rindo e apreciando a vista.

- Seu grandessissimo estupido! – Disse Virginia.

- Aqui temos a velha Virginia que toda a gente conhece. – Disse Vougan sentando-se ao seu lado e percorrendo uma das suas pernas com a mão.

- De qualquer modo acho que não serias capaz de admitir que levaste para a cama alguém que supostamente estás a vigiar. - Disse Virginia, troçando-o.

- Era capas de admitir mas duvido que alguém acreditasse. – Disse Vougan um pouco frio e tirando o olhar dos olhos dela.

- Porquê? - Perguntou ela, curiosa.

- Digamos que eles não iram quer acreditar! – Disse Vougan com um pequeno sorriso – Onde é que nos íamos? Já sei. – Começou a mordiscar a barriga dela enquanto suas mãos explorava e provocavam os lados das suas partes intimas.

Virginia aumentou ligeiramente os gemidos.

- Por favor, Vougan, solta-me. Preciso de te tocar. - Pediu ela, com urgência na voz.

- Esta bem, mas só desta vez. – Respondeu Vougan com um sorriso e desatando o nó na gravata lentamente.

- Obrigado! - Agradeceu ela, enquanto tocava em tudo o que era corpo de Vougan.

- Alguém estava mesmo com desejos! – Disse Vougan dando um pequeno gemido.

- E parece que alguém está a gostar! - Comentou Virginia, autocongratulando-se por finalmente ter dado prazer a Vougan.

As mãos de Virginia foram lentamente descendo até ás joias da coroa do T-shirt branca. Vougan gemeu mas não se deixo ficar para trás atacando suavemente no ponto mais sensível dela com uma das mão e uso sua língua para provocar seus seios. Virgínia gemeu, mas não quis parar o que estava a fazer. Vougan apreciou o seu gesto por isso aumento o ritmo, das suas mãos penetrando-a com os dedos. Durante um tempo procurou o lugar certo até que o achou, o lugar sensível que a fazia gemer mais e dar mais prazer. Vougan estava a fazer coisas que Virginia nunca julgara possíveis. O grau de prazer que sentia aumentava a cada segundo que passava. Apesar de ela nunca ter tido um orgasmo na vida, sabia que estava a chegar o primeiro.

- Vougan, estou a chegar lá! – Avisou Virginia.

- Então deixa-te ir. – Disse Vougan satisfeito e sem parar o que fazia.

Virginia fez o que Vougan disse, e aumentou instintivamente o ritmo do que lhe fazia. Os beijos aumentavam de intensidade a cada momento que passava, e quando o orgasmo chegou, gemeu audivelmente. Vougan não se veio por pouco, ela o estava a provocar bem e ouvir e ver la a vir-se tinha sido muito excitante. Ele retirou suas mãos e disse:

- Não preciso que me toques mais, já é o suficiente. – Puxo-a para si e beijo-a – Gostas-te?

- Muito! - Respondeu Virginia, retribuindo o beijo.

- Ainda bem! – Afirmou Vougan afastando-se o suficiente para poder vela – Mas sabes que ainda só começamos.
[/b]

_________________

Vougan Morte
T-Shirt Branca
T-Shirt Branca

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 77
Reputação : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Virginia Hall em Seg 29 Out 2012, 18:41

O


-Ai sim? - perguntou Virginia, curiosa, enquanto puxava Vougan para mais perto de si e o beijava.
- Sim! – Respondeu Vougan, dando-lhe um beijo na testa – Acho que te vou dar um prémio.
-Então eu estou-me a portar bem? - perguntou Virginia, beijando-lhe o peito.
- Acho que podemos dizer que podias ser melhor – Provocou Vougan com um sorriso.
-Ohhhhhh- disse Virginia, triste.
- Mas digamos que temos uma longa noite para descobrir se realmente és melhor. – Disse Vougan inocentemente.
-Vais ver que não te vou desapontar!- prometeu Virginia.
- Isso parece ser uma promessa muito apetecível – Disse Vougan enquanto traçava uma linha de beijo pelo seu corpo – Queres o teu premio?
-Muito! - respondeu Virginia.
- Ok! – Respondeu Vougan enquanto se deitava na cama e agarrava nela colocando-a em cima dele. – Vou-te dar o comando durante algum tempo.
-Decisão sábia! - elogiou Virginia, enquanto procurava a gravata pela cama e atava Vougan, da mesma forma que ele lhe fizera a ela.
- Estou a ver que há pessoas que não tem ideias novas – Disse Vougan ao vê-la como ela o atava, aproveitando para beijar seus peitos.
-Nisso, meu caro, é que tu te enganas! - disse Virginia, sorrindo.
- Então o que a minha vingativa esta a planear? – Preguntou Vougan, curioso.
-Isto! - disse ela, enquanto tirava outra gravata da cama e o amordaçava. -Agora posso fazer-te o que quiser! - disse Virginia, satisfeita, enquanto começava a traçar uma rabuscada linha de beijos e suaves mordidelas pelo corpo de Vougan, que ficou quieto a observar cada movimento dela, tentado imaginar o que ela iria fazer. Seu prazer aumentava com cada toque dela. A linha de beijos de Virginia foi até ás partes íntimas de Vougan, e só parou quando sentiu que ele estava perto do orgasmo, afastando-se nesse momento. Ele tentava resistir ao seu orgasmo enquanto sentia o toque dela sendo-lhe mais e mais prazer. Ela parou no momento H, mais um pouco e ele não poderia resistir mais. Suspirou de frustração, pois por um lado queria vir-se. Virginia aproveitou o momento para desatar a gravata que o amordaçava.
- Tirando-me a gravata! Queres assim tanto ouvir a minha voz? – Perguntou Vougan com a vos um pouco roca.
-Quero! - respondeu Virginia, beijando-o, com o cuidado de se afastar do seu membro, que estava bastante duro.
- E o que queres mais?-perguntou ele.
-Por acaso eu queria fazer-te essa pergunta a ti. - respondeu Virginia, com mais um beijo.
- O que? – Perguntou Vougan curioso.
-O que mais queres tu? - perguntou Virginia, sedutoramente.
- Queres que seja direto? – Preguntou Vougan divertido pela pergunta.
-Sim.
- Neste momento quero estar dentro de ti por completo – Disse Vougan com uma voz profunda e prometedora – Depois quero voltar a estar dentro de ti até te tirar o reconhecimento.
-Até me tirares o reconhecimento? Bem que pedes pouco! - disse Virginia, irónica, enquanto retirava a gravata que prendia Vougan, seduzida pela sua voz.
- Bem podia pedir mais mas acho que seria um pouco mau para os nossos “irmãos” – Disse Vougan enquanto se sentou rapidamente e a puxou para si, assim que ela o soltou.
-Ok, não quero saber no que vai nessa pervy mind!- comentou Virginia, enquanto abraçava Vougan.
- Melhor para os dois – Disse Vougan quando verificava com os dedos como ela estava. – Estas completamente enxercada, não tens vergonha?
-Olha quem fala! -respondeu Virginia, divertida, ao olhar para o seu membro.
- Todos temos as nossas fraquezas – Disse Vougan com um sorriso perverso – Hoje és tu a minha.
-E tu a minha! - completou Virginia.
- É bom saber! – Disse Vougan enquanto explorava sua parte mais íntima com seus dedos – Não sei se não te devia tortura mais um pouco como fizeste a mim!
-Eu acho que deviamos deixar as torturas de lado e passar para a próxima parte. - disse Virginia, gemendo.
- Só dizer isso porque já te divertiste com o meu corpo. – Disse Vougan mordiscando seu lábio.
-Tu já te tinhas divertido com o meu... - defendeu-se Virginia.
- Não o suficiente para o meu gosto. – Respondeu Vougan com um sorriso maldoso.
-Se tu o dizes...talvez também mereças a tua recompensa... - disse Virginia, pensativa.
- Talvez, não estás segura? – Disse Vougan provocando mais sua parte íntima.
-Ok, mereces! - gemeu Virginia.
- A minha escolha? – Preguntou Vougan desconfiado.
-Sim. - respondeu Virginia, impaciente.
- Neste momento só quero uma coisinha muito pequenina! – Disse Vougan com um olhar muito perverso para o seu corpo. - Achas que és capaz de ma dar?
-Acho que sim! O que é? - perguntou Virginia, curiosa.
- Neste momento só quero uma coisinha muito pequenina! – Disse Vougan com um olhar muito perverso para o seu corpo. - Achas que és capaz de ma dar?
-Acho que sim! O que é? - perguntou Virginia, curiosa.
- Gostava de ver... – Disse Vougan afastando-se dela – a masturbar-te para mim.
-Não! Desculpa, mas isso não consigo fazer! - disse Virginia.
- Porque? – Preguntou Vougan com maior naturalidade - Não e nada de outro mundo e é um bom premio.
-Desculpa, mas não consigo. Escolhe outro prémio.- respondeu Virginia.
- Não sabes como se faz? – Provocou Vougan.
-Saber, sei.- respondeu Virginia. - Mas neste momento não me quero a mim. Apenas a ti, Vougan.
Vougan a agarrou com cuidado e a colocou suas costas em seu peito e disse: - Mas gostaria ver na mesma como te tocas. – ele deu beijos ao de leve no seu pescoço, agarrou numa das suas mãos e a levou sobre a parte intima dela – Mostra-me como gostas que te toquem.
-Bem, ainda tens de te esforçar um pouco mais. - respondeu simplesmente Virginia. A verdade é que a ideia de masturbar-se para alguém não encaixava nela....
- Estas com medo? – Disse Vougan com uma voz seria.
-De que teria eu medo, Vougan? - perguntou Virginia, virando-se para ele. - É só que....da minha primeira vez......ele também me pediu para me masturbar....
- Estás magoada com ele? O que te fez? – Preguntou Vougan preocupado e beijando-lhe a mão.
-Foi na recruta...-começou Virginia-Nós tinhamos de fazer o teste da loira... E no primeiro dia vieram buscar as outras duas raparigas que estavam comigo para irem ter com o chefe da organização.. - Virginia estremecia ligeiramente, e falava a olhar para a parede, para Vougan não lhe ver a cara. - Eu queria muito saír-me bem, e acabei por fazer mais do que o que era pedido....
- Eu não sou ele! Acho que já provei isso. – Disse Vougan tentando acalmá-la e puxando-a mais para si queria a proteger – Vez aqui estas segura.
- Eu sei que não, Vougan. - disse Virginia, passando a mão pela cara dele - Mas eu não me consigo voltara masturbar.
- Bem pela intensidade do teu orgasmo a alguns minutos atras ninguém o diria – Disse Vougan com um sorriso provocador.
-Foi diferente! - explicou Virginia, beijando-o.- Fostes tu.
- Se fosses tu seria só outra mão com outra grossura. – Disse Vougan começando-a colocá-la debaixo de si – Acho que já não há mais tempo.
-Pois não! - concordou Virginia.
- Estava a ser muito divertido provocar teu corpo! – Continuo vougan começando a posicioná-la onde ele a queria. – Mas estou a ver que sentes o mesmo.
-Foram umas preliminares e tanto. - comentou Virginia.
- Acho que podemos chamar preliminares a isso! – Disse vougan sorrindo e agarrando em seu membro para o colocar no lugar. – Pronta?
-NÃO! - disse Virginia, muito depressa. - Então queres assaltar o forte sem proteçao? Quer dizer, dás-me um sermão sobre a importancia de andar sempre com preservativos, chega a hora H e esqueces-te....
- Linda menina! – Disse Vougan rindo – Estou a ver que estas com atenção. Vougan foi até a comoda e retirou um preservativo, voltando logo de seguida ainda com um sorriso na cara.
-Estúpido! - disse Virginia, chateada por Vougan ter feito de proposito.
- Posso ser mas tu gostas! – Contrapôs Vougan enquanto colocava o preservativo e voltava onde estava a alguns momentos atrás. – Então e agora estas pronta?
-Anda lá, despacha-te! - pediu Virginia, ansiosa por sentir Vougan dentro de si.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Vougan Morte em Seg 29 Out 2012, 23:40

O


- Estas com muita pressa! Sabes o último comboio só parte lá para a 7 horas da manha. – Disse Vougan com um sorriso – Não precisas ter pressa.

- 7 da manhã? - Perguntou Virginia, rindo-se. - Deves estar a sonhar...

- Pois tens razão! – Disse Vougan rindo. – É só la para as 8 horas... Deves ser tu que me fazes sonhar!

- Quero ver a desculpa que vais dar para não aparecer-mos amanha de manhã para o pequeno-almoço! - Comentou Virginia.

- Desculpem, estive no excretório até tarde e foi então que apareceu um imprevisto muito importante no qual passei a noite toda a resolver. – Disse Vougan mudando para o seu tom de voz normal pela manhã – Por isso se alguém fizer barrulho durante o resto do dia quando chegarem ao campos espero que estejam prontos para correr e lavar wc.

- Egoísta! - Comentou Virginia, ao ver que a desculpa não a incluía a ela.

- Realista! – Emendo Vougan – Perguntas-te que desculpa dava, é esta... Digamos que não é uma desculpa é só a verdade.

- Então digamos que o Dyllan me convidou para um combate de boxe ilegal durante a noite. - Disse Virginia.

- Tens medo que eles saibam a verdade? – Preguntou Vougan por curiosidade.

- Eu não, mas parece que tu tens... - Respondeu Virginia.

- Por mim... – Disse Vougan, deixando uma pausa antes de continuar – Tento me faz, só não quero que te magoes.

- Porque me haveria de magoar? - Perguntou Virginia. - Não sou comprometida, e tenho mais de 15 anos...

- Não sei! – Disse Vougan com um pequeno sorriso e desviando os olhos dela – Mas eu também não entendo as mulheres. Muitas delas se magoam sem motivo, acho que é por depois saberem que também aprecio homens.

- És bissexual? A serio? - Perguntou Virginia, surpreendia.

- Sim... – Disse Vougan ficando desanimado – Vais fugir agora?

-Nem penses! - Respondeu Virginia, divertida. - Como diria a Bonnie Tyler, vai ser preciso um super-homem para me tirar daqui, agora.

- A serio? - Perguntou Vougan espantado e com um sorriso que não podia esconder.

- Lá me importa as tuas preferências, neste momento estás aqui, comigo. - Respondeu Virginia.

- És uma das muitas mas mesmo muitas das poucas que achas isso! – Disse Vougan satisfeito – Quero dizer raras.

- Olha, mas vamos ficar a discutir a opinião das mulheres a respeito da tua bissexualidade até ás 8 da manha, ou vamos voltar ao que estávamos a fazer? - Perguntou Virginia, irritada.

- Não sei, esta a ser divertido e estavas a dar-me muitas informações sobre ti! – Disse Vougan rindo.

- Agora começo a ser eu a pensar que estás a fazer isto tudo para saberes mais sobre mim...- comentou Virginia.

- Provavelmente! – Disse Vougan encolhendo os ombros - Tens que saber mais do teu adversário para saberes como te defenderes. – Começou a explorar novamente o corpo dela que estava ansioso pelo seu toque.

Virginia soltou um leve gemido. Mal podia esperar por sentir Vougan dentro dela. Ele começou a entrar devagar para que ela pudesse ajustar-se ao seu tamanho.

- Agora és minha! – Disse Vougan rindo quando já estava completamente dentro dela.

-Pois sou! - Gemeu Virginia. - Já te tinha dito que não ia fugir...

- Sim, mas agora tenho a certeza – Disse Vougan com a voz fraca enquanto começava a mover-se lentamente nela.

- Não confias em mim?- sussurrou Virginia. Os seus gemidos começavam a aumentar.

- Sim, mas gosto de confirmar as coisa. – Sussurrou Vougan antes de a beijar e engolir seus gemidos, começando aumentando o ritmo.

Virginia não disse mais nada. A mãos dela roçagavam levemente o tronco de Vougan, e os seus beijos eram mais ferozes. Vougan persuadia os peitos dela com as mãos, movendo-se mais rápido e mais profundo enquanto ouvia e sentia cada gemido dela. Virginia sentia que o 2º orgasmo vinha a caminho, mas não disse nada porque sabia que desta vez chegariam lá juntos. Vougan veio-se juntamente com ela pois não podia aguentar mais, ouvindo o grito dela por cima do seu gemido. Ele se deixo cair em cima dela mas tentando não a magoar com o seu peso.

- Bem! O que eu... – Começou Virginia a dizer.

- Shiuu - interrompia Vougan.

- Andei a perder... – Disse Virginia fazendo uma pausa para o beijar, só então continuo. – Durante todo este tempo.

- Não faz mal, a recompensa está a valer o esforço que eu fiz, eu sabia que esta missão ia correr bem! – Disse Vougan fazendo-se de convencido, dando-lhe de seguida um longo e ardente beijo.

_________________

Vougan Morte
T-Shirt Branca
T-Shirt Branca

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 77
Reputação : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Dabila Nami em Seg 29 Out 2012, 23:58

Estas postes seguidos só serram tolerados porque alguém está a persuadir o revisor desta missão e também esta a diverti-lo. Além disso como há pessoas que estão mais a frente na missão terão que espera até que os outros membros cheguem ao mesmo dia. Relembrando que a bolinha vermelha significa que os postes são para adultos ou para pessoas pouco sensíveis.
Por favor continuem.

_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Virginia Hall em Ter 30 Out 2012, 20:27

O


-Então, planeias ficar-mos aqui abraçados até ás 8 da manhã? - perguntou Virginia, algum tempo depois.
- Não, estava a pensar que seria bom passar pela cozinha. – Disse Vougan pensativamente e com um sorriso perverso.
-O que é que tencionas fazer na cozinha? - perguntou Virginia, fazendo-se de esquecida.
- Não sei! – Respondeu Vougan – Talvez ir buscar alguma coisa para ir comer, já que é lá que a comida se encontra. Se os outros agente não se lembraram de arrumar a comida noutro lugar.
-Porque raio haveria alguém de mudar a comida de lugar?- perguntou Virginia, desconsertada.
- Para pregar uma partida. – Respondeu Vougan com um sorriso.
-Desculpa, mas acho que ninguém tentaria pregar-te uma partida! - disse Virginia, rindo-se.
- Vê-se que não trabalhas com todo o tipo de crianças. – Disse Vougan divertido – Passo por cada experiencia.
-Tipo o quê? - perguntou Virginia, divertida.
- Acordarem-te com baldes de água fria, ou colocarem Ketchup nos sapatos, ou trocarem o sal pelo açucare, ou fazerem um bigode falso na cara, etc. – Respondeu Vougan enquanto se lembrava dos acontecimentos com um sorriso.
-Coitado! - disse Virginia, beijando-o.
- É divertido, principalmente quando tens que fingir que não sabes. – Disse Vougan puxando-a para aprofundar o beijo.
-Se fosse eu punha toda a gente pagar! - comentou Virginia, sem parar o beijo.
- As vezes também tens de ser tu a fazê-las mas fazendo com que outro tenha a culpa. – Disse Vougan inocentemente.
-Maroto! - brincou Virginia.
- Sabes que tenho que fazer de conta que sou responsável – Disse Vougan, com se fosse um segredo.
- És tão responsável que agora até me estás a vigiar de perto. - acrescentou Virginia, puxando Vougan mais para si e beijando-o.
- Diz antes que estou a fazer uma espeção médica. – Disse Vougan com um sorriso maroto – Digamos que tempos em tempos temos que ver se os vossos corpos estão em bom funcionamento.
-Então diga lá, senhor doutor, - pediu Virginia, provocando Vougan - eu estou a funcionar bem?
- Ainda tenho que provar varias vezes só para ter a certeza do seu funcionamento. – Disse Vougan entrando no jogo.
-Então o doutor está á espera de quÊ? - perguntou Virginia.
- Estou a espera que a doente me de autorização para ir buscar as ferramentas. – Respondeu Vougan dando uma olhada quente para o corpo dela e então beijando-a ferozmente.
-Está completamente autorizado, senhor doutor.- respondeu Virginia.
Vougan saiu de cima dela e dirigiu-se para a WC privada do seu quarto. Alguns minutos depois voltou com uma esponja na mão.
- As ferramentas de um doutor podem variar conforme o tratamento, tal como as ferramentas espalhadas por este quarto. – Informou Vougan com um sorriso maléfico.
-Então e qual será o primeiro tratamento, doutor?-perguntou Virginia, curiosa.
- Estava a pensar ver como está as suas partes íntimas! – Disse vougan – Acho que está um pouco fria de mais.
-Então eu aconselhava-o a aquecer-me! - provocou Virginia.
- Tentarei o possível minha senhora – Disse Vougan aproximando-se e subindo a cama – Mas não posso garantir que não lhe saiam gemidos neste teste. Esta a senhora com vergonha?
-De maneira nenhuma, senhor doutor! - respondeu Virginia.
-Ainda bem! Não queria que ficasse envergonhada por qualquer lindo gemido que pode-se vir a fazer – Disse Vougan se aproximando lentamente dela.
-O senhor doutor hoje está muito falador.... - comentou Virginia.
- Tenho que entreter as minhas pacientes, não posso deixar que elas tenham medo ou receio de mim. – Disse Vougan enquanto começava a passar a esponja na parte mais dura dos seus peitos.
Virginia não disse mais nada, apenas deixou que Vougan fizesse o seu jogo. Vougan estava-se divertindo com o corpo dela, provocando, parando, começando a provocar de novo, juntando a outra mão, retirando, explorando. Virginia começava a gemer cada vez mais. Ele começou a fixar-se só num ponto, o mais sensível do seu corpo, tendo sua cabeça no meio das suas pernas enquanto olha-a e provocava-a com a esponja. Virginia estava cada vez mais perto do 3º orgasmo. Quando sentiu que bastava apenas mais um toque de Vougan para ele chegar, ouviu-se uma voz:
-Robertooooo, vou sair, ver se encontro o Isaac, até logo!
Vougan parou instantaneamente, ficou espantado e a olhar para ela. Virginia gemeu de frustação. Só lhe apetecia esganar o autor da brincadeira.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Vougan Morte em Qui 01 Nov 2012, 19:11

O


Vougan tentou esconder o sorriso pela frustração dela.

- Acho que não vamos poder usar as nossas desculpas.

- Deixa lá... - Disse Virginia. - Talvez seja melhor assim...

- Espero que estejas pronta para as bocas que vão mandar amanhã. – Disse Vougan rindo.

- Neste momento só há uma boca que me importa. - Comentou Virginia. - Amanha logo se vê.

- Isso parece ser muito interessante – Aprovou Vougan começando a fazer o que estava a fazer antes de ter sido interrompido.

- Ainda bem que achas...

- Já agora, não está mesmo mais ninguém em casa, podem andar por aqui nus à vontade, porque quando algum de nós chegar vai logo para o seu quarto, bons treinos! Ah! E já agora Roberto, depois, quando estiveres um pouco mais liberto dos assuntos da missão precisava de te dar uma palavrinha sim? – Disse a mesma voz da primeira interrupção.

Vougan ficou chateado pela segunda interrupção, mas não disse nada para confirmar se ela saia ou não. Virginia estava a pensar ter uma conversa bastante seria com Inês no dia seguinte sobre interrupções... Ouviu-se a porta da casa a fechar, ele se alevantou vestiu um robe e foi confirmar se ninguém estava em casa mas antes de sair disse:

- Já volto!

- Despacha-te! - Pediu Virginia.

Vougan em pouco tempo confirmou que não estava mais ninguém em casa, começava a voltar ao quarto quando lhe surgiu uma ideia antiga. Dirigiu-se para a cozinha e procurou pelos morangos, chantilly e chocolate. Passado algum tempo na cozinha dirigiu-se ao quarto e disse:

- Desculpa a demora mas tive um pouco ocupado.

- Estás desculpado. - Declarou Virginia

- O Chocolate não se aquece sozinho. – Respondeu Vougan com um sorriso e mostrando o que trazia.

- Mas não havia nada que tínhamos de acabar? - Perguntou Virginia.

- Havia não, há! – Respondeu Vougan colocando o que tinha trazido em cima da comoda – Mas assim não terei que voltar a sair.

- Inteligente! - Elogiou Virginia.

- E não só! – Disse Vougan um pouco convencido e subindo para cima da cama.

- Então o que mais é que és? - Provocou Virginia.

- Acho que já vais descobrir – Disse Vougan agarrando na esponja e se aproximando dela.

- Acho bem! - Disse Virginia.

- Vamos ver se é desta vez que vamos conseguir acabar o tratamento? – Disse Vougan começando pela terceira vez a fazer o que ainda estava inacabado.

- Se alguém interromper, juro que não sobreviverá para contar a história. - Ameaçou a querubim.

- Não sei porque mas concordo contigo. – Disse Vougan com um sorriso e começando a usar a mão desocupada para provocar ou peitos dela.

Virginia riu-se, e deixou-se levar pelo toque de Vougan. Os movimentos que ele fazia iao cada vez mais depressa, mais precisos e mais provocantes. Os gemidos de Virginia começaram a aumentar. Vougan sabia que ela estava perto, por isso parou de repente e disse:

- Ainda não! Ainda é muito cedo.

- Por amor de deus! Não achas que isto atrasou mais do que o suficiente? – Preguntou Virginia entre gemidos.

- Não, simplesmente porque não fui eu que parei. – Disse Vougan com um sorriso malvado – O medico aqui, sou eu.

- Ok, sr. doutor, voce é que manda. - Declarou ela.

- Acho bem! – Disse Vougan começando a provocar a parte de baixo dela com a esponja e com os seus dedos.

Virginia começou outra vez a gemer. Ele sempre que via que ela estava quase a chegar ao clímax parava e começava tudo de novo, fez isso varias vezes. Virginia gemia sem parar, mas Vougan insistia em retardar o seu orgasmo. Ela não sabia quento tempo mais aguentaria. Vougan estava-se a divertir com o comportamento do corpo dela mas achava que o seu corpo já estava mais que pronto para o verdadeiro orgasmo. Ele desta vez quando começou a dar-lhe prazer não parou. Quando o orgasmo de Virginia finalmente veio, foi tão grande que ela teve de gritar. Vougan deu-lhe um beijo e então perguntou:

- Quem tinha razão?

- O Sr Doutor. - Respondeu Virgina, com uma voz fraca.

- Agora vamos passar ao tratamento da alimentação! – Disse Vougan – Esta pronta ou quer espera um pouco para se aclamar?

- Talvez seja melhor esperar um pouco... - Respondeu Virginia.

- Se encontra venerável! – Provocou Vougan – O teste anterior foi excessivo?

- Digamos que eu não tenho queixas. - Respondeu Virginia, com um sorriso.

- Ainda bem! – Disse Vougan com um sorriso e beijando-a – Ia detestar que assim não fosse.

- Acho que já podemos passar para o próximo tratamento... - Comentou Virginia, com mais um beijo.

- Tens a certeza? Não te quero magoar.

- Absoluta. - Respondeu Virginia.

- Queres começar por qual ingrediente? – Preguntou Vougan aproximando-se da comoda – Morangos, chocolate ou chantilly?

- Não sei, o que é que o doutor recomenda? - Perguntou Virginia.

- Todos!

- Então que seja como o doutor manda. - Declarou ela.

- Como queira! – Disse Vougan agarrando nos morangos e dando uma trinca. – Estão doces, quer um?

- Quero! - Respondeu Virginia.

- Queres como? – Preguntou Vougan aproximando-se com a taça de morangos na mão.

- Como o doutor mos quiser dar! - Respondeu Virginia.

Vougan colocou um morango na boca se aproximou e o deu a ela aproveitando para aprofundar um beijo. Virginia trincou o morango que Vougan lhe deu. O sumo dele escorreu para o queixo de Vougan, e ela lambeu-o com avidez. Ele agarrou no chantilly e chocolate e colocou alguns em cima dos morangos, depois voltou a dar-lhe um morango. Virginia nunca fora grande apreciadora de morangos, mas tinha de admitir que aqueles lhe estavam a saber bastante bem, sabiam a Vougan! Ele começou a colocar morangos e chantilly espalhado pelo corpo dela fazendo um desenho.

- Acho que vou saborear mais um pouco o teu corpo! – Afirmou Vougan com um sorriso esfomeado.

_________________

Vougan Morte
T-Shirt Branca
T-Shirt Branca

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 77
Reputação : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Virginia Hall em Sex 02 Nov 2012, 23:55

O


-Fazes bem! - disse Virginia.
- Mas primeiro queres mais algum? – Perguntou Vougan apontando para os morangos que estava em cima dos peitos dela.
-Não. - respondeu Virginia. - Esses sao teus!
- Isso e mais que óbvio que estes são meus! – Disse Vougan e comeu um para o demonstrar. – Queres algum morando com chocolate?
-Quero! - respondeu Virginia.
Vougan agarrou num dos morangos que ainda estava na taça e deu-lhe, aproveitando para lamber o chocolate que lhe escoria pelo pescoço. Virginia mordeu o morango que Vougan lhe deu, e de passagem lambeu um bocado de chantilly que ele tinha na ponta do nariz.
- Ainda faminta? – Preguntou Vougan enquanto comia um morango que estava no umbigo dela.
-Não tanto como tu, pelos vistos! - respondeu ela.
- Eu não como há algum tempo. – Defendeu-se Vougan – Não para me saciar completamente.
-Não comes no sentido literal ou figurado? - perguntou Virginia, curiosa.
- Deixo a resposta para a tua imaginação! – Respondeu Vougan com um sorriso enquanto lambia e comia tudo o que se encontrava na barriga dela.
Virginia sorriu, enquanto observava Vougan, e não conseguiu deixar de pensar numa coisa: ele parecia um tigre. Um tigre bastante sexy, diga-se de passagem. Vougan sentiu os risos dela enquanto lambia a sua barriga, começou a lamber mais próximos doa peitos dela e aproveitando para mordiscar sua pele. Virginia soltou um leve gemido e enterrou as suas mãos no cabelo de Vougan, para ele se aproximar mais. Vougan correspondeu aos movimentos e pedidos de Virginia, aproximando-se mais ta parte sensível dos seus seios e comendo tudo o que la se encontrava. Os gemidos de Virginia aumentaram ao sentir o desejo de Vougan. Ele lambeu os lábios então se aproximou e a beijou animalescamente, enquanto levava as suas mãos para o seu pescoço e constas e puxava mais para si. Virginia deu o seu melhor para corresponder a intensidade do beijo de Vougan, enquanto se encostava mais a ele. Vougan só parou o beijo para respirar e morder a ponta do seu lábio. As mãos dele se deslizaram pelas suas costas até poder apalpar o rabo. O desejo de Vougan só aumentava o desejo da propia Virginia, que tentava descobrir com as mãos todos os recantos escondidos do corpo dele. Vougan colocou um dedo entro do buraco de trás enquanto com a outra mão afastava e apalpava as nadegas dela. Virginia normalmente nao colocaria aquele buraco no aparelho sexual, mas pelo que vira, Vouga sabia o que fazia, por isso deixou-o continuar, enquanto os seus gemidos aumentavam. Vougan agarrou num pouco de chantilly que ainda estava no corpo dela e o colocou no novo lugar que explorava, aproveitando para lamber partes onde ainda se encontrava vestígios de chantilly, chocolate ou morangos. Virginia não sabia ao certo o que é que Vougan ia fazer com o chatilly, mas se iria servir de lubrificante tinha de admitir que era bastante inventivo.
- Estas muito doce – Disse Vougan assim que enfiava o segundo dedo. – Tanto doce pode fazer mal mas não me importo com as consequências.
-Então não me culpes se ficares com dores de dentes! - disse Virginia, entre gemidos.
- Preferia culpar-me a mim mesmo por não resistir do que a ti! – Afirmou Vougan mordendo o pescoço dela e movendo mais os dedos indo mais fundo.
-Sou assim tão irresistivel? - perguntou Virginia, rindo.
- Talvez. – Disse Vougan encolhendo os ombros e colocando mais beijos suaves nos lábios dela – Quem sabe!
Virginia aproveitou para aprofundar o beijo. Vougan estava cada vez mais duro e queria estar dentro dela mas ainda não estava pronta para si. Uma das mãos dele vou para os seus lábios de baixo e a penetrou com três dedos, aproveitando para explorar mais a boca dela. Virginia gemia mais e mais, mas a verdade é que também tinha medo. Sinceramente, ela não sabia como Vougan caberia naquele buraco... Vougan deixo os lábios da boca de virgínia e traçou uma linha de beijos e mordidas até dia parte íntima, onde começou a dar prazer com sua língua e levando suas mãos a acariciar o outro lugar mais atras. Virginia deixou de ter medo. Ela podia sentir a dureza de Vougan. Que se lixasse o tamanho do buraco...ela queria-o dentro dele. Vougan não parou o que fazia e já cabiam 3 dedos no rabo dela. Começou a aumentar o ritmo que da língua quer dos dedos, pouco tempo depois começou a fazer-lhe um chupão no pescoço dela. Virginia aproveitou para morder levemente a orelha de Vougan. Ele soltou um leve gemido quando senti-o a mordida dela, assim que ela acabo a mordida ele a virou de costas para seu peito em um gesto suave e tentando não a magoar. Separou as nadegas dela e começou a penetra-la lentamente até ao fundo, deixando-se ficar dentro dela com um gemido suave. Virginia soltou um leve grito quando ele a penetrou por trás.
- Doí-te? – Preguntou vougan preocupado – Estas bem?
-Eu estou bem.- respondeu Virginia. - É só que...nunca ninguém tinha entrado por aí. - acrescentou ela, timidamente.
- Vou ter mais cuidado! – Disse Vougan depositando um beijo no ombro dela – Sou o teu primeiro – soltou o sorriso – isso explica algumas coisas.
-Obrigado! - agradeceu Virginia.
- Não tens de que! – Disse Vougan automaticamente – Estas a agradecer-me de que?
-Por teres cuidado...
- Pensava que já te tinha provado que não estou aqui para te magoar! – Disse Vougan apalpando um dos seios dela.
-Eu gosto sempre de verificar! - respondeu Virginia, repetindo o que Vougan lhe dissera ha uma hora atrás.
- É bom saber! – Disse Vougan começando-se a mover a um ritmo muito lento.
Virginia começou a gemer. Ela não sabia como, mas parece que aquilo até estava a resultar...

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Vougan Morte em Dom 04 Nov 2012, 00:50

O


Vougan começou a aumentar o ritmo mas não muito enquanto explorava o corpo com suas mãos e lhe traçava linhas de mordidas pelas costas dela. Os gemidos de Virginia aumentavam mais e mais. Ele colocou dois dedos de uma das mãos na parte intima e húmida dela, dando-lhe mais prazer e tocando no seu pondo G. Virginia sentia que estava quase a gozar. Vougan aumentou o ritmo enquanto ia mais fundo, mais profundo, mais rápido e mais perto de se vir. Virginia gritou com o orgasmo, ele não se veio muito depois. Vougan retirou-se e colocou-se ao seu lado, aproveitando para a enrolar nos seus braços junto ao seu peito. Virginia abraçou Vougan.

- Acho que isto foi a melhor coisa que me aconteceu na vida... - Sussurrou ela.

- Fico agradecido mas tenho a certeza que te aconteceram coisas melhores daqui para a frente. – Sussurrou Vougan ao ouvido dela.

- Obrigado por dizeres isso.

- Deverias descansar. – Disse Vougan aproximando-a mais dela. – Amanhã tens trabalho para fazer.

- Ok, chefe. - Respondeu Virginia, adormecendo pouco depois.

Vougan ainda ficou alguns minutos a observa-la enquanto mexia no seu cabelo, depois levantou-se sem acorda-la e arrumou o quarto. Lavou a loisa na cozinha, arrumou o escritório aproveitando para rever alguns pontos antes e voltou para o quarto, devagarinho juntou-a a si e colocou o lenço de cama em cima dele pouco tempo depois estava a dormir.

As sete e meia, Vougan acordou com Virginia nos seus braços, deu-lhe beijos suava para a acordar e ao mesmo tempo que ia apalpando os peitos com as mãos.

- Bom dia! - Disse Virginia sonolenta.

- Bom dia, dormiste bem?

- Lindamente! E tu?

- Acho que posso dizer que bem. – Respondeu Vougan com um sorriso – Não é costume dormir com 55 kg em cima.

Virginia riu-se e então disse:

- Eu também costumo dormir com um colchão debaixo das costas, e não uma pessoa, mas também não me queixei...

- Eu não me queixei mas também não disse que era bom. – Disse Vougan dando-lhe um beijo na testa – Vou dizer agora que é bastante agradável.

- Ainda bem que achas!

- Ainda falta 25 minutos até as 8 horas... – Comentou vougan enquanto começava a beijar o pescoço dela e a levar a mão as partes intimas delas – O que queres fazer nestes 25 minutos?

- Havia muitas coisas que gostava de fazer... - Respondeu Virginia, com um sorriso matreiro. - Mas 25 minutos não dá para isso tudo...

- É verdade mas da para o mais simples e sem grandes jogos. – Respondeu vougan quando começou a lamber os peitos dela e a preparar a sua parte intima – Ainda estas doce.

- Não admira. - Respondeu Virginia. - Gastaste o frasco todo de chantilly...

- Não tenho pena nenhuma do frasco, nem do teu corpo. – Disse Vougan com um sorriso e um olhar esfomeado. – Ele se portou bastante bem. – Penetrou-a com dois dedos fazendo-a gemer para provar o que acabava de dizer. – Vês.

- Ainda bem que achas. - Virginia riu-se e comentou.

- Acho que devíamos apreçar o teu corpo! – Afirmou Vougan começando a dar-lhe prazer de várias maneiras. – O tempo está a acabar.

- Tens razão. - Gemeu Virginia.

Vougan a lambeu e a preparou até que ela tivesse o primeiro orgasmo, só então é que colocou o preservativo e a penetrou com o ritmo rápido. Ele a beijou como se não ouve-se amanhã. Virginia correspondeu a cada beijo de Vougan e os dois chegaram juntos ao orgasmo. Ambos ficaram aos beijos até que o despertador começou a tocar indicando que eram 8 horas.

- Como eu disse demoramos até as 8 horas – Comento Vougan com um sorriso. – Não estava nem um pouco errado.

- Parece que sim...

- Que queres fazer agora? – Preguntou Vougan olhando-a nos olhos. – Consegui melhorar os teus recordos?

- Digamos que os melhoraste exponencialmente. - Respondeu Virginia. - Um banho era boa ideia...

Vougan mostrou um sorriso, então a agarrou ao colo e levou-a para a WC onde a colocou dentro da banheira com muito cuidado. Ligou a água morna depois colocou próximo o champô e o sabão, então agarrou duas toalhas que colocou em cima de uma cadeira perto da banheira.

- Precisas mais alguma coisa? – Perguntou Vougan a um passo da banheira.

- Talvez uma mãozinha ou duas fossem úteis... - Respondeu Virginoa, piscando-lhe o olho.

- Todo o que desejar! – Disse Vougan entrando entrava na banheira e agarrava no chuveiro para a molhar.

- Mesmo tudo? - Perguntou Virginia, na brincadeira.

- Melhor, só quase tudo. – Disse pensativamente Vougan – O que deseja minha senhora?

- U.u, tão romântico. - Comentou Virginia e então respondeu - Desejos que me banhes.

- Como a senhora desejar! – Disse Vougan como se fosse um mordomo, agarrou no sabão e começou a espalha-lo pelo corpo dela.

Virginia não conseguiu resistir a puxar Vougan mais para si e beija-lo. Ele correspondeu ao beijo e começou a para o sabão pelas costas dela aproveitando para a abraçar. Virginia não sabia se aquele momento algum dia se repetiria, e decidiu aproveitar ao máximo aquele banho. Ao fim de algum tempo ela estava cheia de sabão por todos os lados, por isso Vougan começou a colocar champô no cabelo dela muito devagar enquanto a olhava nos olhos.

- Há alguma coisa que me queiras dizer? - Perguntou Virginia.

- Eu nada – Disse Vougan começando a colocar champô no seu cabelo. – Querias que eu disse-se alguma coisa?

- Não. - Respondeu Virginia. - É só que da maneira que estas a olhar para mim, parecia...

- Parecia? – Perguntou Vougan enquanto se aproximava mais dela.

- Sim. - Respondeu Virginia, envergonhada.

- Parecia o que? – Disse Vougan aproximando-a mais dele. – Que achas que parecia?

- Que ias dizer alguma coisa. - respondeu ela, beijando-o.

- Posso dizer que acertaste na parte que ia dizer alguma coisa! – Disse Vougan com um sorriso, beijando-a animalescamente.

- Então e o que ias dizer? - Perguntou Virginia, quando parou o beijo para respirar.

- Que o fruto proibido é o mais apetecido. – Respondeu Vougan com um sorriso e começando a colocar sabão a si mesmo.

- O que é que queres dizer com isso? - Perguntou Virginia.

- Que aquilo que não podemos ter é aquilo que mais desejamos obter! – Explicou Vougan enquanto pegava no chuveiro e começava a ver a temperatura da água.

-E o que é que queres ter e não podes? - Perguntou Virginia.

- A ti! – Disse Vougan finalmente olhando para ela.

- E quem disse que não me podias ter? - Perguntou Virginia, com um olhar doce.

- Tens um futuro pela frente não te posso, nem quero te prender a mim! – Respondeu Vougan – Tens que viver e descobrir aquilo que não aprendes-te, eu só iria estorvar-te! Não estás pronta para compartilhares a vida com alguém. – Colocou a mão na cara dela – Quero que sejas feliz.

_________________

Vougan Morte
T-Shirt Branca
T-Shirt Branca

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 77
Reputação : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Virginia Hall em Dom 04 Nov 2012, 21:35

-Vougan, - Virginia prendeu as mãos dele entre as suas, - eu sei que é compicado...que podemos passar vários meses sem nos ver-mos, mas nós também não temos que ficar presos um ao outro...podiamos tentar uma relação aberta, a ver o que dá....
- Tens certeza disto?
-Desde que eu não saiba que andas com outros... - respondeu Virginia.
- O mesmo!
Virginia beijou efusivamente Vougan.
-Combinado! Eu não posso é evitar nas missões.....
- Eu tentarei controlar a situação... o mais que poder – Disse Vougan com um sorriso malandro.
-Vê lá.... - avisou Virginia, com um beijo afetuoso no nariz
- Tou a ver-te por completo – Comentou vougan com um olhar penetrante para ela.
-E eu a ti! - avisou ela.
Vougan deu-lhe mais um beijo longo e depois disse:
- É melhor despacharmo-nos. Ainda estamos numa missão. Tens coisas a fazer.
-Sim, eu sei. A missão ainda agora começou... - disse Virginia, voltando á realidade.
- Tens alguém para seduzir. – Disse Vougan secamente enquanto passava os corpos por água.
-Sim, tenho. - respondeu secamente Virginia. "Uau, primeira crise de ciumes um minuto depois do inicio da relação...deve ser recorde...", pensou ela.
- Anda anima-te! - Disse Vougan com um sorriso enquanto lhe acertava com o dedo na testa dela e continuo com uma voz de gozo – Pode ser que te apaixones e te livres de mim.
-Duvido muito. - respondeu Virginia, rindo-se. - Mas queres assim tanto livrasres-te de mim?
- Não, se quisesse já o teria feito. – Disse Vougan ajudando-a a levantar-se e colocando uma toalha a volta dela.
-Então ainda bem que não o fizeste. - comentou Virginia, beijando Vougan.
- Tens que saber viver. – Disse Vougan colocando-a fora da banheira e retirando uma toalha para si.
-E eu sei viver... - respondeu Virginia, franzindo a sobrancelha.
- Antes de ontem não tanto. – Comento Vougan com um sorriso e beijando-a ao mesmo tempo que saia da banheira.
-Mas agora já sei. - disse ela, piscando o olho.
- Ainda bem! – Disse Vougan depois de secar o cabelo com a toalha. – O que deseja para o pequeno-almoço?
-O mesmo de sempre. - respondeu Virginia.
- O que é o mesmo de sempre? – Preguntou Vougan – Eu não tenho visto-vos a comeres ultimamente.
-Leite com cereais e uma maçã. - respondeu Virginia.
- Bom pequeno-almoço. – Disse vougan pensativamente enquanto caminhava para dentro do quarto – Mas eu acho que vou comer um pequeno-almoço ah inglesa.
-Tens assim tanta fome? - perguntou Virginia, rindo-se.
- Conforme de que fome estás a falar. – Provocou Vougan quando a puxou para si e então a beijou.
- Parece que alguém tem um apetite de leão. - comentou Virginia, correspondendo ao beijo.
- Conforme a pessoa.
-Tu por exemplo.... - disse ela.
- Verdade! – Disse Vougan começando a vestir suas roupas – Vou por algumas roupas tuas.
-Ok, obrigado.
- Não agradeças... – Disse Vougan enquanto abria a porta com cuidado – Não me custa nada. – olha-a mais uma vez antes de sair.
Virginia esperou por Vougan, rezando para que ele não descobrisse um certo e determinado papel.... Pouco tempo de pois chegou com a roupa dela na mão e disse:
- Aqui tens. Os nossos irmãos estão ainda a dormir .
-Ainda? Que dorminhocos...- comentou Virginia, vestindo-se.
- Sabes como é... vida de estudante – Disse Vougan com um sorriso – Começa a guardar melhor as coisas que não queres que os outros vejam.
-Que coisas? perguntou Virginia,fazendo-se de desentendida.
- Quem sabe! – Disse vougan com um sorriso, encolhendo os ombros e com as mãos nos bolsos. – Agora está mais na hora de ir comer.
-Realmente o exercicios de ontem deixaram-me esfomeada. - comentou Virginia, rindo.
- Pode ser que se volte a repetir um dia mas dessa vez comeres no quarto. – Disse vougan beijando-a.
-Boa ideia. - disse Virginia, retribuindo o beijo.
- Agora vamos ver se mereces!
-Porque é que não haveria de merecer? - perguntou Virginia.
- Para ter coisas boas deves merece-las e mima-las.
-Eu vou mimar, não te preocupes. - disse Virginia, pondo em pratica o que dizia.
- Estou para ver isso. – Disse Vougan abraçando-a e contínuo num sussuro junto da orelha – E muito de perto.
-Não duvido. - disse Virginia.
- Farei todo o que poder para não duvidares. – Comento Vougan beijando-a suavemente nos lábios – Vamos acordar os roncões?
-É melhor... - suspirou Virginia.
- Tem autorização para os acordar da pior maneira enquanto eu estou na cozinha. – Disse Vougan piscando o olho.
-Ok, tu é que mandas! - declarou Virginia.
- Depois quero saber pormenores!.

Off-tipic: Os restantes participantes da missão já podem postar normalmente.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Missão Meltdown

Mensagem  Inês Ramos em Sex 23 Nov 2012, 18:31

Virginia tinha-me acordado de uma forma horrenda, adorava saber onde é que ela foi buscar as colunas que pôs a berrar com musica rock aos meus ouvidos enquanto estava a ter um sonho delicioso!
-Estás parava ou quê?!-gritei para ela, que se ria que nem uma louca
-Oh, vá lá, não tives-te pior na recruta?
-Posso ter tido, mas isso acabou, só vou precisar daqueles cem dias quando estiver em perigo ou assim, não para acordar, portanto antes que faças algumas sai já do meu quarto!-disse ainda a berrar empurrando-a em direcção à porta e abrindo-a-Agora!
Pelos vistos não fui a única a acordar com parvoíces como esta, quando descemos para a cozinha, depois de mais uma discussão sobre quem ia primeiro usar a casa-de-banho, ouvimos Virginia a contar a Vougan como nos tinha acordado e que saíra mázinha como ela, com uma voz bastante atraente.
O dia foi normal, mas a meio da tarde Isaac tinha-me questionado sobre uma ida a casa dele nessa noite, para vermos um filme, respondi-lhe que tinha de falar com o meu irmão mais velho, Roberto, mas que este devia deixar. Isaac ficou super feliz!
Assim que cheguei a casa corri para o escritório para contar as novidade a Vougan, bati à porta e entrei quando este me respondeu

Inês Ramos
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 109
Reputação : 0
Idade : 17

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Virginia Hall em Dom 02 Dez 2012, 16:29

Depois do pequeno almoço, Virginia foi até ao seu quarto e pegou no papel com as anotações sobre Vougan. Aquilo fêz-la pensar nos acontecimentos recentes....fora uma revira-volta e tanto. A verdade é que ela não esperava mesmo aquele desenvolvimento quando fora levar o café ao T-shirt branca...mas não poderia dizer que se arrependia. A verdade é que ela até gostava dele. A maneira como a tratara..sempre carinhoso... tão diferente dos rumores que se ouviam sobre ele. Virginia riu-se, rasgou o papel e colocou-o no lixo.


***Alguns dias depois***

Era o 1º dia de aulas, e Virginia fora para a escola com as "irmãs", já que Dave fora de mota. A querubim acabou por encontrar Dyllan fora da sala de aula.
-Não acredito! - disse ele. - Vais ser da minha turma?
-Parece que sim. - sorriu ela.
Acabaram por se sentar na mesma mesa, e Virginia passou a aula a rir-se de todas as piadas nojentas dele. No seu interior só lhe apetecia mandar-lhe um valente murro, mas seguiu em frente com a missão.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  David Jackson em Seg 17 Dez 2012, 16:22

Dave tinha sido o primeiro a chegar a casa. Estava satisfeito por se ter conseguido aproximar dev um dos seus alvos, mas triste porque depois de conhecer Freya, não a queria magoar, provavelmente se fosse noutras circunstancias talvez se tornassem bons amigos. Mas Dave sabia como era, tinha de se concentrar na missão. Todos os agentes tinham identidades falsas e para isso também criavam contas falsas em redes sociais. Dave teve algum tempo no computador, no facebook da sua identidade falsa e depois decidiu ir comer cereais e ver televisão para a sala. Depois ficou algum tempo das suas colegas ou de Vougan.

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Meltdown

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 22:03


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum