Recruta nº20

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Recruta nº20

Mensagem  Virginia Hall em Sab 17 Nov 2012, 20:58

James Adams, Ray Dominic, Asac, Maria Kledis Balzay, Richie Harper e Jake Parker acordaram a tiritar de frio, e com os ouvidos a doer devido aos gritos de Kazakov e Smoke:
-TOCA A ACORDAR, RECRUTAS! BEM VINDOS AO MATTERHORN! CASO NÃO SAIBAM, ESTAMOS A 4 QUILÓMETROS DO CHÃO! TêM ATÉ AO MEIO DIA PARA CHEGAR LÁ ABAIXO! TENTEM NÃO CONGELAR OS VOSSOS RABOS PREGUIÇOSOS PELO CAMINHO...OU PARTIR O PESCOÇO!


Última edição por Virginia Hall em Dom 18 Nov 2012, 11:49, editado 1 vez(es)

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Recruta nº20

Mensagem  Jake Parker em Sab 17 Nov 2012, 22:26

Estava a dormir profundamente quando foi acordado por uns gritos:
-TOCA A ACORDAR, RECRUTAS! BEM VINDOS AO MATTERHORN! CASO NÃO SAIBAM, ESTAMOS A 4 QUILÓMETROS DO CHÃO! TêM ATÉ AO MEIO DIA PARA CHEGAR LÁ ABAIXO! TENTEM NÃO CONGELAR OS VOSSOS RABOS PREGUIÇOSOS PELO CAMINHO...OU PARTIR O PESCOÇO!
Depois de ouvir estas palavras é que percebi, os 100piores dias da minha vida tinham começado.
Olhem à volta estavam comigo James Adams, Ray Dominic, Asac, Maria Kledis Balzay, tambem estavam tao desorientados como eu.
Levantei - me e calcei as botas e mais um casaco.
Peguei na mochila e comi duas barra energeticas para me dar forcça para conseguir descer a montanha e preparei - me mentalmente e fisicamenta para o que me esperava nestes proximos 100 dias.
Sai da tenda e deparei - me com uma bonita paisagem, mas nao havia tempo para estar a admirar tinha que me despachar se queri chegar a tempo.
Olhem para o relogio, eram 8.h00mim tinha precisamente 4 horas para fazer o percurso.
Peguei no mapa que se encontrava dentro da minha mochila e segui conforme o mapa me indicava.
Fiz o percurso todo a pe.
Estava a andar à 3h os meus pes e as minhas pernas ja nao aguentavam mais, mas tinha de conseguir.
Enganei - me uma vez no percurso e reparei tarde demais, quer dizer ainda tinha tempo, mas mesmo assim tinha de me despachar tinha 40minutos para chegar ao primeiro posto de controlo.
Andei mais 30minutos até que me depara com o instrutor Kazakov e a instrutura Smoke.
Cheguei ao pe deles e eles começaram logo a barafustar comigo.
- ISTO SAO HORAS DE CHEGAR? - Gritou Kazakov.
A minha intençao era responder lhe mas era melhor nao, porque senao ainda me mandava fazer bastates flexoes ou algo do genero, simplesmente repondi:
- Desculpe senhor.
- AQUI NAO HÁ DESCULPAS. - gritou Smoke. - 80 FLEXOES, JÁ.
Tirei a mochila pos era bastante pesada e o instrutor Kazavov disse:
- Temos aqui um espertinho. - Disse enquanto olhava para Smoke. - METE JA A MOCHILA E FAZ AS 80 FLEXOS COM A MOCHILA AS COSTAS.
Tou lixado, pensei para mim proprio.
Comecei a fazer as flexoes, cheguei as 50 e o corpo doia - me imenso, mas eu tinha de ser capaz de fazer isto.
Acabei de fazer as 80 flexoes e o copo doia - me todo, mal me podia mexer.


Última edição por Jake Parker em Dom 18 Nov 2012, 02:56, editado 2 vez(es)

Jake Parker
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 140
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Campus da Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Recruta nº20

Mensagem  James Adams em Sab 17 Nov 2012, 22:29

Acodei com os gritos.-TOCA A ACORDAR, RECRUTAS! BEM VINDOS AO MATTERHORN! CASO NÃO SAIBAM, ESTAMOS A 4 QUILÓMETROS DO CHÃO! TêM ATÉ AO MEIO DIA PARA CHEGAR LÁ ABAIXO! TENTEM NÃO CONGELAR OS VOSSOS RABOS PREGUIÇOSOS PELO CAMINHO...OU PARTIR O PESCOÇO! Então apercebi-me que os 100 dias de recruta tinham começado.
Comessei aler as intruções que os instrutore me tinham dado. 500m mais a frente voltei a olhar para o mapa e vim que podia passar por um atalho. O atalho era um pouco ingre-me mas poupavame tempo muito tempo.Depois de chegar ao final do atalho ja so faltava mais 1K para chegar ao fim. Esse ultimo Kilometro foi mais difissel tive que passar por muitos obstáculos e possas de lama mas pensei a recruta e mesmo assim.
Cheguei as 11H30 e a Maria ja la estava a fazer flexões. E ainda faltava 30 minutos para o tempo esgotar mas fiquei chatiado por Maria ter chegado ptimeiro.
-Olha chegou mais um. gritou Kazakov para Smoke.
-Bom dia senhor Kazakov e senhora Semoke pesso desculpa pelo o atraso. Que castigo tanho de fazer?
-Podes começar a fdazer flexões com a tua colega. Gritou Kazakov.
-Sim senhor. Gritei eu em resposta mostrando que não tinha medo.


Última edição por James Adams em Dom 18 Nov 2012, 10:07, editado 1 vez(es)

James Adams
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 78
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Campus da Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Sab 17 Nov 2012, 23:33

-TOCA A ACORDAR, RECRUTAS! BEM VINDOS AO MATTERHORN! CASO NÃO SAIBAM, ESTAMOS A 4 QUILÓMETROS DO CHÃO! TÊM ATÉ AO MEIO DIA PARA CHEGAR LÁ ABAIXO! TENTEM NÃO CONGELAR OS VOSSOS RABOS PREGUIÇOSOS PELO CAMINHO...OU PARTIR O PESCOÇO!
Estava cheia de frio e sentia-o a penetrar-me até aos ossos. Estava-mos no Matterhorn, uma montanha nos Alpes cuja fama era de ser difícil de escalar, mesmo para os alpinistas mais experientes.
-Sim senhor! - disse eu mostrando autoridade pelo nosso instrutor.
Pus uma camisa de malha polar e umas calças de fato de treino mas estava com frio na mesma, mas era a única coisa que eu tinha para vestir.
Estava assustada com o que me esperava nestes 100 dias e muitos pensamentos assustadores invadiam a minha cabeça mas não quis perder tempo e pus-me a fazer o trajeto indicado por Kazakov e Smoke. Era uma descida íngreme e lamacento por isso tentei não escorregar, o que era difícil se queria chegar lá a baixo a tempo, mas era a esse tipo de risco que a recruta tentava por os querubins à prova e eu estava disposta a tudo para conseguir a tão desejada T-Shirt cinzenta.
Estava esfomeada e sabia que não podia estar à espera de um manjar quando chegasse lá a baixo. O meu relógio marcava as 8:52 da manhã. Estava a caminhar à 1 hora e 52 minutos! No entanto ainda 3 horas e 8 minutos para chegar ao meu destino mas no entanto os instrutores não ficariam felizes se não chegássemos pelo menos 20 minutos antes do tempo indicado. Por aquele andar chegaria lá mais ou menos 30 minutos antes do tempo. Escorreguei.
-Bolas! - gritei eu.
Ouvi o eco nas montanhas. Sorri pela primeira vez naquele dia. Já à montes de tempo que não ouvia o som do eco.
Cada vez sentia mais o peso da mochila e a dor nas pernas visto que o cansaço se acumulava. Eram 9 horas e 10 minutos.
Saquei do meu cantil e bebi um gole de água gelada. Senti os meus dentes a doer devido à temperatura da água. Tentei-me concentrar-me em imaginar-me em missões, em mim a receber a T-Shirt Azul-Escura e depois a Preta. Quando dei por mim eram 10 horas e 4 minutos. Reparei que havia uma rocha pelo caminho e sentei-me. Aproveitei para beber alguma água que tinha aquecido ao longo da caminhada e verificar a minha localização no mapa. Estava altamente adiantada! Retomei a minha caminhada e fui vendo como o ambiente à minha volta mudava à medida que descia a montanha: riachos, plantas de frutos silvestres, esquilos e fezes de animais que grande porte. No entanto calculei que não fosse nenhum animal muito perigoso caso contrario os instrutores não nos teriam enviado para ali.
Cada vez o tempo passava mais devagar e quando fui verificar o relógio eram apenas 10 horas e 31 minutos e ainda me faltavam caminhar 2 km. Basicamente estava a meio do caminho e ainda tinha 1 hora e meia de viagem.
Tinha as pernas doridas de caminhar estava cada vez a andar mais devagar. O piso começou a ficar menos íngreme e o piso mais seco, por isso comecei a correr. Se não corresse ficaria dorida na mesma por isso não tinha nada a perder. Passados 30 minutos abrandei e andava num passo rápido. Passado algum tempo eram 11 horas e 10 minutos e avistei as bandeirolas que marcavam a chegada. Senti-me feliz por ter sido a primeira a chegar. Quando cheguei ao pé de Kazakov e de Smoke eram 11 horas e 23 minutos. Tinha chegado 37 minutos antes da hora indicada!
-Ninguém estava à espera que chegasses mais tarde! Só os falhados chegariam ao meio dia. A lesma fedorenta pensa que é a maior só por ter chegado mais cedo? Por causa disso vais ficar a fazer flexões até às 12 horas. Se não tiveres feito 1500 flexões até essa hora ficam todos os recrutas sem almoço! - gritou Kazakov.
-Sim senhor! - gritei.
Comecei a fazer as flexões, entretanto os outros recrutas começaram a chegar.

Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Ray Dominic em Sab 17 Nov 2012, 23:41

Estava eu a dormir quando acordei com berros.
-TOCA A ACORDAR, RECRUTAS! BEM VINDOS AO MATTERHORN! CASO NÃO SAIBAM, ESTAMOS A 4 QUILÓMETROS DO CHÃO! TêM ATÉ AO MEIO DIA PARA CHEGAR LÁ ABAIXO! TENTEM NÃO CONGELAR OS VOSSOS RABOS PREGUIÇOSOS PELO CAMINHO...OU PARTIR O PESCOÇO!
Eu estava com medo da recruta mas acordei, vesti-me e puz-me a andar para descer a montanha.
Cheguei lá muito cansado quando eram 11:45 e os instrutores puzeram-se logo a reclamar comigo:
-Dominic, Ray!-berrou Kazakov
-Diga instrutor!-respondi.
-15 minutos antes do previsto?! O que acha do seu desempenho seu verme?
-Peço desculpa instrutor! Fui miseravel!
-Diga: ''Eu sou um verme horrivel fedorento estúpido e lento'' 100 vezes enquando faz 100 flexões!
E assim fiz.

Ray Dominic
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 62
Reputação : 0
Idade : 16
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Asac em Dom 18 Nov 2012, 00:41

Estava a ter um sonho simplesmente maravilhoso. Recordo-me que estava num jardim, de uma bela mansão, junto dos meus pais. Eles sorriam e estava realmente feliz, queria continuar assim, para sempre. Mas como todos os sonhos terminam, também este teve o seu fim.
Os gritos roucos de Kazakov e Smoke, fizeram com que aquele mundo de perfeição se despadaçasse num ápice.
-TOCA A ACORDAR, RECRUTAS! BEM VINDOS AO MATTERHORN! CASO NÃO SAIBAM, ESTAMOS A 4 QUILÓMETROS DO CHÃO! TêM ATÉ AO MEIO DIA PARA CHEGAR LÁ ABAIXO! TENTEM NÃO CONGELAR OS VOSSOS RABOS PREGUIÇOSOS PELO CAMINHO...OU PARTIR O PESCOÇO!
A minha garaganta estava seca e a ponta do nariz gelada. Na realidade, todo o meu corpo era percorrido pelo frio que se fazia notar, sendo este perfeitamente normal para o local onde nos encontravamos.
- Sim senhor - respondi, levantando-me.
- DEPRESSA RECRUTA!!- ordenaram- E ARRUMA BEM OS TEUS PERTENCES.
Fiz a cama o mais rápido que conseguia. Os outros recrutas, James Adams, Ray Dominic, Maria Kledis Balzay e Jake Parker, também estavam atarantados. Aqueles 100 dias não seriam faceis para ninguém.
Apressei-me a vestir a minha roupa. Dei graças por ter uma t-shirt e um par de collans térmicos, uma camisola polar, um par de calças confortaveis e leves e um impermiavel de penas, que vesti rapidamente. Um par de luvas, um gorro e uns óculos de montanha, estavam entre os meus pertences. Talvez tivessem sido alí colocados pelos instrutores.
Retirei uma barra energética da mochila, recheada com comida, àgua, um saco de primeiros socorros, cordas, picarretas, e todo o tipo de material de escalada, que corregava aos ombros, e pos-me a caminho.
Do cimo da montanha, observava-se um belo cenário, um manto branco e fofo, cobria e escondia, os perigos que se encontravam à espreita, daquele local. Se não fosse o frio, poderia mesmo dizer que me encontrava no paraíso.
O caminho que percorria era ingreme, e os passos dos meus colegas começavam a desaparecer devido à neve que bailava à minha volta.
Tinha de ser rápida. Preparei-me para descer da forma mais rápida possivel. Rapel. Comecei a apalpar o terreno, colocando cuidadosamente e de forma segura os "pregos" ( dos quais desconheço onome) na montanha.
Foi descendo, assim, até à zona em que a neve reinava. Apartir daí o caminho tenhi de ser feito a pé.
Comi um barra, e de seguida, ingeri um gole de àgua do meu cantil. As pernas começavam a pesar, mas tinha de continuar, tinha de fazer aquilo.
O pinheiros, eram agora os senhores da paisagem, dificultando a minha precepção. Não tinha nenhuma bussola em minha posses, sendo assim recorri aos meus recorsos, procurar musgo, nos troncos. Finalmente conseguira encontrar um rasto de musgo, já sabia onde o norte ficava.
Continuei correndo. Até encontram um pequeno riacho. O melhor mesmo era seguir o seu leito, levaria de certo a uma comunidade de alpinistas ou assim, mas claro que o meu percorso seria atormentado por predadores, talvez encontrasse um urso.
Já tinham passado várias horas, o meu corpo estava mais mole que gelatina, mas mesmo assim a minha conficção fez-me seguir em frente.
A minha comida estava a acabar e a àgua também. Recolhi um pouco de água do riacho com o meu cantil, mas não poderia ser ingerida assim. Era demasiado imprudente, tinha de ferve-la, caso contrario poderia ficar sériamente doente e nunca ser encontrada. Sendo assim fi-lo.
E prossegui caminho. O meu estomago começava a andar às rodas, felizmente encontrei um colmea.Agilmente, como um urso pardo, retirei alguns favos. O mel era optimo e delicioso.
- Gruuuuu- ouvi, lentamente, virei-me. Estava mesmo diante de um urso.
-Ok... mantem a calma - disse para mim mesma - ele só quer o teu mel, nada mais- atirei s favos que se encontravam em minha posse para o mais longe possivel. O animal, que me pareceu mais pachorrento do que deveria ser, talvez devido a estar ahabituado a alpinistas, seguiu o seu lanche.
Quando o animal se afastou, larguei numa corrida incessável. Sem notar, tropecei num galho, começando a rebolar pela montanha abaixo.
-Haaaaaaa - gritei.
Quando finalmente parei, reparei que Kazakov e Smoke e os restantes recrutas olhavam para mim, toda cheia de lama, folhas e galhos.
- Muito bem recruta - felicitou Kazakov- a pontualidade é uma virtude.
- Bem em cima da hora - disse Smoke, apontando para o relógio, este marcava 12 horas - visto que foi tão pontual, mas que está nesse estado, tem de fazer 200 flexões.
Não poderia recusar, sendo que assim o fiz.

Asac
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 145
Reputação : 0
Localização : Campus Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Dom 18 Nov 2012, 10:13

Eu sentia-me injustiçada por ter sido a primeira a chegar e ser a mais castigada. Mas sabia que os instrutores arranjariam qualquer pretexto para nos castigar. Já eram 12 horas por isso parei com as flexões.
-RECRUTA! QUEM MANDOU PARAR AS FLEXÕES? - gritou Kazakov.
-Ninguém, senhor! - gritei eu.
-ENTÃO PORQUE PARASTE?
-Já é meio dia, senhor! - esclareci.
-EU É QUE SEI QUANDO É MEIO DIA! DESTA VEZ É SÓ UM AVISO, MAS AO PRÓXIMO DESLIZE FICAM TODOS SEM DIREITO A ALMOÇO! - gritou Kazakov.
Estava aliviada por ter sido só um aviso mas estava nervosa pois sabia que não podia cometer mais nenhum erro. Doíam-me os braços de fazer flexões e as pernas de caminhar e correr e para além disso tinha o estômago vazio o que dificultava muito a concentração.
-RECRUTAS! - gritou Smoke.
-Sim senhor! - dissemos todos em simultâneo.
-HORA DO VOSSO BANQUETE! - disse com um ar irónico.
Finalmente chegava a hora de comer.
Conduziram-nos até ao meio da mata onde havia madeira cortada e algumas limas de cortar madeira.
-MAS PRIMEIRO VÃO TER DE IMPROVISAR, CONSTRUIR E DESINFECTAR OS VOSSOS PRATOS E TALHERES. A NÃO SER QUE QUEIRAM COMER DO CHÃO. - disse Smoke com ar mafioso.
Claro que nenhum de nós queria comer do chão, por isso pusemos-nos ao trabalho.
-HÁ... E, RECRUTAS! - chamou Kazakov.
-Sim, senhor! - dissemos em simultâneo.
-COMO A MINHA CULTURA ME ENSINOU QUE A HORA DE ALMOÇO É ÁS 13 HORAS... TÊM EXATAMENTE ATÉ A ESSA HORA!
Eram 12 horas e 20 minutos, e estávamos exaustos, para não falar da fome.
Eu pus as mãos à obra e cortei uma ''fatia'' de um tronco de árvore de forma a ter um círculo de madeira e tirei a casca da árvore. Com a lima raspei a rezina que estava colada à madeira mas não me preocupei com os insectos, pois ao desinfectar a madeira fervendo-a eles morreriam.
Os talheres foram mais difíceis de fazer. Fiz um espeto com um galho afiado e uma espécie de colher com uma ''fatia'' de um galho mais fino que parecia uma versão do meu prato em miniatura. Com a lima fiz uma cavidade na madeira de modo que esta pudesse suster líquidos. Já estava um recipiente grande com água a ferver à beira dos instrutores e já se encontravam alguns recrutas a ferver a sua madeira e submergi lá a minha ''louça''. Passados 5 minutos já estava desinfectada e retirei-a da água.
Já todos nós tínhamos feito a louça e por isso estávamos prontos para comer.
-RECRUTAS! - gritou Smoke. - JÁ SÃO 13 HORAS POR ISSO AGORA COMEM COM O QUE TÊM!
Foi-nos servida uma espécie de puré mas que não era de batata nem de maçã, por isso desconhecia totalmente o que estava a comer. Até acho que preferia não saber. O espeto foi totalmente inútil visto que não havia nada para espetar, por isso enrolei-o em folhas das árvores para não espetar e guardei-o na mochila pois poderia ser-me útil mais tarde. Quando acabei de comer fiz o mesmo com a colher enquanto os instrutores não nos mandavam fazer mais nenhuma tarefa.


Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Recruta nº20

Mensagem  James Adams em Dom 18 Nov 2012, 11:17

Já tínhamos comido e aguardávamos instruções ate que o Kazakov gritou.
-Recrutas esta na hora de voltar ao campus por isso preparem-se para a viagem.
Ja no campus da Cherub(zona de recruta).
Chegamos já eram 5h00 mas sabiamos que íamos ter de fazer outro percursos.
-Recrutas por alguns terem chegado a horas miseráveis vamos todo fazer uma corrida de 10K, com muchilas de 20Kilos. Gritou Kasakov.
- Podem ir buscar as michilas. gritou Smok.
Fomos buscar as muchilas e começamos a correr atrás de Kazakov.


James Adams
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 78
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Campus da Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Dom 18 Nov 2012, 11:44

Ainda tinha as pernas doridas da caminhada pela montanha, agora a ultima coisa que eu queria era uma corrida de 10 km!
Peguei na mochila Sabia que pesava 20 kilos, mas estava tão cansada que parecia pesar uma tonelada.
-RECRUTAS! - gritou Kazakov.
-Sim instrutor! - gritámos simultâneamente.
-Temos exatamente 1 hora para fazer a corrida. Qualquer atraso implica ficarem todos sem jantar. - disse Kazakov calmamente.
Começamos a correr. Estávamos a meio da corrida quando comecei a ficar com dor de burro. Era muito incómodo, mas não podia parar ou o meu castigo doeria mais que 50 dores de burro.
Tinha o corpo tão dorido que já nem notava os 20 kilos às costas.
Tínhamos começado a corrida ás 5 horas e 30 minutos e já eram 6 horas e 10 minutos, e tínhamos corrido apenas 6 km, o que significava que estávamos ligeiramente atrasados. Virei-me para os outros recrutas e disse:
-Pessoal bora lá acelerar um bocado, senão o Kazakov mata-nos!
E assim fizemos. Quando eram 6 horas e 25 minutos já tínhamos chegado e estávamos estafados.
-COMO CHEGARAM TÃO CEDINHO, VAMOS APROVEITAR O TEMPO QUE OS PESTINHAS MALCHEIROSOS POUPARAM PARA FAZER SALTOS DE CANGURU! - gritou Smoke.
-Sim chefe! - gritámos todos.
Começamos os saltos. As pernas latejavam e quase já não me aguentava em pé.


Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Convidado em Dom 18 Nov 2012, 12:07

Como era a 2ª vez que eu estava na recruta, tinha desenvolvido alguma resistência aos desafios dos instrutores:
-Olhem quem é ele...Não te via desde a última recruta.-riu-se Kazakov- Como a princesa voltou tome mais 2 kilos para a sua mochila e comece a correr.
Pus a mochila ás costas e cuspi para o chão, muito perto das botas de Kazakov e comecei a correr o mais rápido que conseguia com as pernas a começarem a desgastar. Kazakov olhava para mim e sussurrou:
-Seu puto insolente, nem tu sabes o que te espera...
Quase uma hora e meia depois cheguei ao acampamento atrás de Maria. Como fomos os primeiros fomos obrigados a fazer saltos de canguru com as mochila. A barriga das minhas pernas ardia e os tendões pareciam que se iam romper com mais um esforço. Eu suava como um porco e Kazakov olhava para mim com ódio até que sussurrou algo para Smoke, que também olhou para mim e para Mary, e deu um ligeiro sorriso. Entrou na cabana e alguns minutos depois saiu com dois pratos a fumegar:
-Podem parar meus doces, aqui têm as vossas papinhas. Comam-nas depressa e não digam nada aos vossos amiguinhos.
Algo de errado estava ali. Nós os dois fomos buscar os pratos e sentámos-nos na mesa da cabana. Quando ninguém nos ouvia disse para Mary:
-Não comas essa trampa.
-O quê? Estás parvo? Estou a morrer de fome, deixa-me comer.
Quando ela ia a levar a colher á boca agarrei-lhe o pulso:
-Eu conheço bem o olhar que eles fizeram. É a segunda vez que aqui estou por causa daqueles dois otários. Acredita, eles puseram alguma coisa na comida.
Mary pensou e pousou a colher no prato:
-Mas tens provas?
Levantei-me e procurei rapidamente por algum frasco que os incrimina-se. Não demorei até encontrar, no caixote do lixo, um pequeno frasco com o nome "Doce Alívio" e na descrição dizia: Apenas tomar se tiver prisão de ventre. Não tome se estiver saudável, provoca dores intestinais e diarreia. Manter longe do alcance de crianças. Mostrei o frasco a Mary que esbugalhou os olhos:
-Tinhas razão...eu não como esta porcaria.
Agarrámos no prato e despejámos-los na parte de trás da cabana e saiu-mos da mesma:
-Hum, estava uma delícia-disse lambendo os lábios.
Kazakov deu um livro com imensas páginas a mim e a Mary:
-Para passar o tempo...mas também tem outros efeitos...
-Otários...-sussurrei a Mary-Hey queres fazer dupla comigo?

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Dom 18 Nov 2012, 12:24

-Otários...-sussurrou Richie a Maria- Hey queres fazer dupla comigo?
-Pode ser. És astuto e inteligente. - disse eu. - Ainda é o primeiro dia e já estou farta deles. Espero que não tenham posto nada na comida do almoço.
A corrida tinha sido difícil e quando os outros recrutas chegaram os instrutores mandaram-nos fazer os mesmos saltos. O relógio marcava as 7 horas. Foi-nos indicado para irmos para a aula de técnica individual de combate.
Ensinaram-nos uns quantos golpes e tivemos de os treinar contra um saco de boxe. Imaginava que o saco era o Smoke e o Kazakov o que me deu muita motivação. Estava a pingar em suor, o que me fez esquecer o frio.
-Agora - disse o instrutor. - Vão-se juntar em pares e lutar. Não vale puxar cabelos, utilizar algo além do corpo tal como outros objetos, ou bater nas partes íntimas.
Eu juntei-me com Richie Harper e fomos para cima de um colchão azul.
Richie pontapeou-me os pés, o que me fez cair.
Retribuí com um soco no estômago.
Não o queria aleijar nem ele a mim, mas sabíamos que se os instrutores nos apanhassem a não lutar a sério ficaríamos de castigo.

Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Ray Dominic em Dom 18 Nov 2012, 12:38

Quando cheguei da corrida estava muito cansado e mal cheguei perto dos instrutores tudo piorou quando ele me mandou fazer saltos de canguru. Estavam me a doer os músculos como se tivesse agulhas a espetarem. A comida tinha sido pouca e sabia muito mal e ouvi o meu estomago a roncar.
Quando acabei de fazer os saltos de canguru o instrutor Kazakov disse:
-Agora recrutas, vamos para a aula de técnica individual de combate.
Chegamos ao sitio onde ia ser a aula e eu estava a suar muito da caminhada e dos saltos e ensinaram-me alguns golpes de luta e treinamos em sacos de boxe.
Então, mandaram-nos fazer pares para lutar Eu fiquei com a Asac e começamos a lutar. Ela lutava bem e eu estava a levar coça.

Ray Dominic
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 62
Reputação : 0
Idade : 16
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Dom 18 Nov 2012, 17:42

Quando a aula acabou eram 19 horas e 30 minutos e fomos fazer a ''corrida noturna''.
-MINHAS FOFINHAS LESMAS HORRÍVEIS. - disse Kazakov.
-Sim, instrutor! - gritámos.
-AGORA VÃO TODOS FAZER UMA CORRIDA DE 20 QUILÓMETROS À VOLTA DA PISTA. SE NÃO ACABAREM ÁS 21 HORAS E 20 MINUTOS NÃO HÁ JANTAR NEM LENÇÓIS E COBERTORES PARA NENHUM DE VOCÊS!
-Sim, instrutor! - voltámos a gritar.
Eu eu estava habituada a correr com o meu iPod e aquela corrida não me soube da mesma maneira, e eu até gostava de correr.
Corremos todos a distância que 20 km o que equivalia a 50 voltas à pista, visto que esta tinha 400 m de perímetro. Como não tínhamos os nossos relógios connosco, não sabíamos como nos estava a correr a corrida, mas não desanimamos e continuámos a correr.
Quando finalmente acabámos fomos ter com os instrutores, e tínhamos a certeza que tínhamos conseguido chegar antes do tempo. Chegámos ao pé dos instrutores e Smoke disse.
-MEUS QUERIDOS VERMEZINHOS PEQUENINOS. - disse ele sarcasticamente - ESTÃO ATRASADOS!
Smoke mostrou-nos o seu relógio e este marcava as 21 horas e 21 minutos.
-HOJE OS NOSSOS VERMEZINHOS TEM DUAS HIPÓTESES PARA O JANTAR - disse Kazakov mafioso - LESMAS ACABADINHAS DE SAIR DO MEIO DOS ARBUSTOS, OU ESTA AREIA TÃO SABOROSA! - disse ele apontando para a areia no meio do mato.
-OU ENTÃO NÃO COMAM... - disse Smoke - MAS DEPOIS NÃO DIGAM QUE VOS ALIMENTAM MAL!
Smoke e Kazakov desataram a rir desenfreadamente.
Obviamente não íamos comer nada do sugerido, por isso fomos dormir sem comer.
Tínhamos todos a certeza de que os instrutores tinham manipulado o relógio só para nos dar um castigo.
''Pelo menos não se lembraram de nos tirar os lençóis e os cobertores'' - pensei eu para mim mesma.

Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Jake Parker em Dom 18 Nov 2012, 20:15

O Primeiro dia da recruta foi mesmo horrivel, tivemos de descer a montanha, depois correr com uma mochila de 20quilos, feito saltos de canguru ate cair para o lado feito aula de tecnica individual de combate, correr 20km e ainda por cima ficamos sem jantar.
Foi me deitar, estava cheio de fome e ao mesmo tempo de sono.
Adormeci rapidamente.
Amanha seria um novo dia.
Fomos acordados às 5h da manha pelo instrutor Kazakov:
- LEVANTE - SE SUAS LESMA HORRIVEIS DORMINHOCAS. - Gritou Kazakov com um sorriso maldoso.
- COMO DORMIRAM TAnTO ESTA NOITE, E DEVEM ESTAR CHEIOS DE ENERGIA. - Continuou Smoke. - VAO FAZER UM EXERCICIO DE SOBREVIVENCIA, O QUE ACHAM?
- AH JA NOS ESQUECIAMOS DE VOS DIZER, COMO ONTEM COMER TANTA COMIDA, HOJE NAO VAI HAVER PEQUENO ALMOÇO PARA NINGUEM. - Disse Kazakov.
- Sim senhor. - dissemos todos em conjunto.
Pensei para mim proprio: " Só podem estar a gazar comigo, estou a morrer de fome e de sono", Mas nao podia contrariar os intrutores por isso vesti - me, calcei - me e agarrei numa mochila que tinha o meu nome escrito, nao sabia o que esta continha, mas logo veria.
Quando todos estavamos prontos os intrutores levaram - nos para dentro de uma carrinha de caixa fechada, sem janelas, e disse - nos para entrarmos la para dentro.
Andamos cerca de 1hora ate que a carrinha parou e abriram as portas.
- Bem agora deixo - vos aqui, e quero - vos no campus de treino às 13horas sao 7horas e um quarto por isso ainda tem 5horas e 45minutos.
- Tem os mapas dentro da mochila. - disse Smoke. - Os mapas de cada um complementam os outros.
Smoke e Kazakov entraram na carrinha e deixaram - nos ali.
Tiramos os mapas de dentro das mochilas.
- O meu nao esta completo. - disse.
- Nao ouviste o que disseram? - perguntou James.
- Yah, os nossos mapas estam ligamos, ou seja cada um tem um bocado e esse bocado, de cada um, vai dar o mapa.
- Pois ja me tinha esquecido. - disse um pouco envergonhado.
- Agora temos de juntar os mapas. - disse Ray.
- Esse é que vai ser o nosse grande problema. - disse Maria.
- Porque? - perguntou Richie.
- Porque se o "montamos" mal o caminho vai estar errado. - disse Maria.
- Yah, vamos colocar os bocados do mapa que cada um tem ali em cima daquela pedra grande. - disse enquanto apontava para uma pedra grande.
- Jake antes disso vamos ver se temos alguma coisa para comer dentro da mochila, ja nao comemos à muito tempo e assim o nosso cerebro nao vai pensar tao bem. - disse Richie.
- Duvido que tenha alguma comida dentro das mochilas. - disse James.
Abriram todos a mochila e para espanto de todos tinha la duas sandes.
- Afinal sempre tem. - disse Ray surpreendido.
- Eu vou comer uma sande e vou guardar a outra. - disse Maria.
- Eu tambem vou fazer isso. - disseram os restantes querubins em coro.
Olharam todos uns para os outros e riram- se encquanto comiam a sandes.

Jake Parker
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 140
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Campus da Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Dom 18 Nov 2012, 22:06

Aquela sandes soube-me pela vida. Enquanto comíamos fomos vendo o que havia nas mochilas. Reparámos que todos tinham coisas diferentes que sendo utilizadas em conjunto nos levariam de volta ao local indicado.

A minha mochila continha:
-Um pedaço do mapa;
-As duas sandes;
-Cantil com água;
-Uma bússola;
-Uma corda.

A mochila de Richie continha:
-Um pedaço do mapa;
-As duas sandes;
-Cantil com água;
-Um kit de primeiros socorros;
-Um relógio.

A mochila de Jake continha:
-Um pedaço do mapa;
-As duas sandes;
-Cantil com água;
-6 casacos impermeáveis;
-Um canivete suíço.

A mochila de Ray continha:
-Um pedaço do mapa;
-As duas sandes;
-Cantil com água;
-Um molho de chaves (que não sabíamos de onde eram);
-Spray inseticida e gás pimenta.

A mochila de James continha:
-Um pedaço do mapa;
-As duas sandes;
-Cantil com água;
-Um isqueiro e fósforos;
-Uma rede.

A mochila de Asac continha:
-Um pedaço do mapa;
-As duas sandes;
-Cantil com água;
-Instruções de salvamento em Inglês;
-Pé de cabra.

Começamos a juntar os pedaços o mapa e quando pensamos que estava bem montado seguimos caminho







Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Recruta nº20

Mensagem  James Adams em Dom 18 Nov 2012, 22:55

O caminho era muito lamacento até um pouco díficel de caminhar.
Então vireime para Jake e disse: Ei Jake não disseste que tinhas ai 6 impermeáveis?
-Ia. respondeu Jake.
-Então destribui ai pela malta uma vez que o esta parte do caminho e assim tão lamacena. Que acham malta?
Todos concordaram.

James Adams
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 78
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Campus da Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Asac em Seg 19 Nov 2012, 00:21

- HORA DO BANQUETE!- gritou um dos instrutores, começando a andar.
Tal como os outros segui-o. Numa clareira, encontravam-se recipientes que calculei que contivessem o nosso almoço.
- TERAM DE FAZER OS VOSSOS UTENSILIOS PARA ESTA REFEIÇÃO... - disse Smoke- E COMO AS BOAS MANEIRAS ENSINAM, O ALMOÇO É ÀS 13.00H... NADA DE ATRAZOS.
O relógio marcava as 12.20h, tinha de ser rápida, pois a fome que me atacava corruia-me cada vez mais por dentro. Felizmente, tinha levado o meu canivete, ou seja, não tinha que me preocupar com os talheres, o que faltava mesmo era um prato. Observei em meu redor, poderia utilizar um pouco de fraguemento de àrvores que se encontravam no chão, como a madeira era seca seria muito facil de faze-lo. Retirei o meu canivete, começando a cortar um cubom de madeira do tamanho da palma da minha mão, era obvio que àquilo não serviria de nada assim, então, começei a retirar a parte central do cubo, de modo a que este forma-se uma cova onde podesse manter a comida. Pouco depois, coloquei o "prato" e também o meu canivete numa panela onde a àgua fervia. Depois de ferver, e ter a certeza de que estava esterelizada, retirei todo da àgua. Também os outros o tinham feito, sendo que estavamos prontos para a refeição.
Eram 13.00h em ponto quando começou a ser servida uma paparoca, à qual decidi chamar "O TERRIVEL GUISADO SURPRESA DE SMOKE E KAZAKOV", o que não comentei com ninguém. De qualquer modo agradeci pela refeição, pois de certo que morreria de fome, literalmente, se não ingerisse nada, e as minhas rezervas à muito que tinham terminado. Depois de limpar tudo, guardei os instrumentos no minha mochila.

Uns minutos depois, já Kazakov gritava:
-Recrutas esta na hora de voltar ao campus por isso preparem-se para a viagem.
O percurso pareceu mais fácil do que quando o fizera inversamente, o caminho não era tão ingreme e o corpo mesmo cansado, parecia querer chegar o mais rápido possivel, para que podesse descançar duranto o tempo que consseguisse no meu acolhedor quarto. No entanto, assim que chegámos ao campus, já novas ordens nos eram dadas.
-Recrutas por alguns terem chegado a horas miseráveis vamos todo fazer uma corrida de 10K, com muchilas de 20Kilos - Gritou Kasakov.
Seguindo as suas ordens, corremos atrás de Smoke, para que fossemos buscar as respectivas mochilas.
As mochilas pareciam pesar toneladas e poderia jurar que a cada minuto que passava a minha coluna vertebral movia-se um pouco para trás devido ao peso que lhe era exercido. As minhas pernas estavam pior que gelatina, o meu cerbero parecio ter virado papa, a minha respiração era cada vez mais rápida e ofegante, mas tinha de continuar. Com muita força e convicção, lá consegui terminar o percurso, tal como os meus colegas, muito antes do tempo pervisto. E o jantar, tão merecido estava-nos garantido.
-COMO CHEGARAM TÃO CEDINHO, VAMOS APROVEITAR O TEMPO QUE OS PESTINHAS MALCHEIROSOS POUPARAM PARA FAZER SALTOS DE CANGURU! - gritou Smoke.
-Sim chefe! - gritámos todos.
O suor começava a correr-me pela face, incanssavelmente, quase que não sentia os musculos das pernas. Só me apetecia cair para o lado e dormir durante séculos, mas esse meu comportamento só me causaria ainda mais dor, decerto que seria prejudicial para os meus companheiros também. Com toda a força que consegui encontrar no meu amago, lá realizei o exercicio o melhor que pode.
Reparei que Maria e Richie estavam muito complices. Tereriam formado uma aliança? Tinha de averiguar isso mais tarde e sem levantar qualquer tipo de suspeitas. O ódio que os dois imanavam pelos instrutores também era óbvio, mas os outros não pareceram notar, talvez devido ao cansaço que se apoderara das suas capacidades e prespicácia.
- PRINCESAS... - gritou Smoke- ESTÁ NA HORA DO BALLET, JÁ PARA O GINÁSIO.
Corrermos para o ginásio, o local onde teriamos aulas não de ballet mas de técnica individual de combate.
- Vão-se juntar em pares e lutar. Não vale puxar cabelos, utilizar algo além do corpo tal como outros objetos, ou bater nas partes íntimas - ordenou Kazakov.
Combates, a minha especialidade, podia não parecer mas eu sou bastante forte. Não sabia quem escolher como parceiro, Maria juntara-se a Richie, restava apenas Ray, James e Jake, como o primeiro era aquele que se encontravam mais próximo de mim, juntei-me a ele.
Ray investiu com um soco, mas como era mais ágil que ele, desviei-me sem qualquer dificuldade. Este desvio originou uma abertura na sua posição, agora defensiva, aproveitei a oportunidade e soquei-o no estomago com a maior força que consegui. Ray controcei-se de dor, para além disso, também a fome, que atacava todos, deveria pesar-lhe. Com o pé, acertei-lhe no joelho esquerdo, fazendo com que este caisse. Mirei, e com o joelho acertei-lhe mesmo no meio da costas, o que fez com que este soltasse um grito de dor, mesmo assim levantou-se. Sem que podesse tomar a sua posição de defesa, soquei-o no nariz, de novo no estomago, coloquei um pé atrás do seu o que fez com que caisse.
- MUITO BEM LADYS- gritou Kazakov, fazendo com que todos parassemos- VEJO QUE AS MULHERES ESTÃO EM ALTA. MUITO BEM ASAC.
- Obrigada - agradeci ofegante.
-VEJO QUE ISTO NÃO FOI SUFICIENTE... - disse Smoke- JÁ LÁ PARA FORA.
Dirigimo-nos para a pista de corridas.
-MINHAS FOFINHAS LESMAS HORRÍVEIS. - disse Kazakov.
-Sim, instrutor! - gritámos.
-AGORA VÃO TODOS FAZER UMA CORRIDA DE 20 QUILÓMETROS À VOLTA DA PISTA. SE NÃO ACABAREM ÁS 21 HORAS E 20 MINUTOS NÃO HÁ JANTAR NEM LENÇÓIS E COBERTORES PARA NENHUM DE VOCÊS!
-Sim, instrutor! - voltámos a gritar.
Comecei a correr, só queria um banho reconfortante e claro uma bela soneca, mas para merecer isso teria de terminar as tarefas.
Quando finalmente acabámos fomos ter com os instrutores, e tínhamos a certeza que tínhamos conseguido chegar antes do tempo. Chegámos ao pé dos instrutores e Smoke disse.
-MEUS QUERIDOS VERMEZINHOS PEQUENINOS. - disse ele sarcasticamente - ESTÃO ATRASADOS!
Smoke mostrou-nos o seu relógio e este marcava as 21 horas e 21 minutos.
-HOJE OS NOSSOS VERMEZINHOS TEM DUAS HIPÓTESES PARA O JANTAR - disse Kazakov mafioso - LESMAS ACABADINHAS DE SAIR DO MEIO DOS ARBUSTOS, OU ESTA AREIA TÃO SABOROSA! - disse ele apontando para a areia no meio do mato.
-OU ENTÃO NÃO COMAM... - disse Smoke - MAS DEPOIS NÃO DIGAM QUE VOS ALIMENTAM MAL!
Smoke e Kazakov desataram a rir desenfreadamente.
Obviamente não íamos comer nada do sugerido, por isso fomos dormir sem comer.
Tínhamos todos a certeza de que os instrutores tinham manipulado o relógio só para nos dar um castigo.
Dirigi-me para o dormitório. E dormi que nem uma pedra.

O primeiro dia da recruta fora muito duro mas de certo não fora o pior.
Fomos acordados às 5h da manha pelo instrutor Kazakov:
- LEVANTE - SE SUAS LESMA HORRIVEIS DORMINHOCAS. - Gritou Kazakov com um sorriso maldoso.
- COMO DORMIRAM TAnTO ESTA NOITE, E DEVEM ESTAR CHEIOS DE ENERGIA. - Continuou Smoke. - VAO FAZER UM EXERCICIO DE SOBREVIVENCIA, O QUE ACHAM?
- AH JA NOS ESQUECIAMOS DE VOS DIZER, COMO ONTEM COMER TANTA COMIDA, HOJE NAO VAI HAVER PEQUENO ALMOÇO PARA NINGUEM. - Disse Kazakov.
- Sim senhor. - dissemos todos em conjunto.
Ok, ele estava de certo a gozar com a cara de todos, não tinhamos comido nada e a noite de sono não fora das melhores de qualquer maneira, vesti-me rapidamente e peguei na mochila que me estava designada.
Quando todos estavamos prontos os intrutores levaram - nos para dentro de uma carrinha de caixa fechada, sem janelas, e disse - nos para entrarmos la para dentro.
Andamos cerca de 1hora ate que a carrinha parou e abriram as portas.
- Bem agora deixo - vos aqui, e quero - vos no campus de treino às 13horas sao 7horas e um quarto por isso ainda tem 5horas e 45minutos.
- Tem os mapas dentro da mochila. - disse Smoke. - Os mapas de cada um complementam os outros.
Smoke e Kazakov entraram na carrinha e deixaram - nos ali.
Tiramos os mapas de dentro das mochilas.
- O meu nao esta completo. - disse Jake.
- Nao ouviste o que disseram? - perguntou James.
- Yah, os nossos mapas estam ligamos, ou seja cada um tem um bocado e esse bocado, de cada um, vai dar o mapa.
- Pois ja me tinha esquecido. - disse um pouco envergonhado.
- Agora temos de juntar os mapas. - disse Ray.
- Esse é que vai ser o nosse grande problema. - disse Maria.
- Porque? - perguntou Richie.
- Porque se o "montamos" mal o caminho vai estar errado. - disse Maria.
- Yah, vamos colocar os bocados do mapa que cada um tem ali em cima daquela pedra grande. - disse Jake enquanto apontava para uma pedra grande.
- Jake antes disso vamos ver se temos alguma coisa para comer dentro da mochila, ja nao comemos à muito tempo e assim o nosso cerebro nao vai pensar tao bem. - disse Richie.
- Duvido que tenha alguma comida dentro das mochilas. - disse James.
Abriram todos a mochila e para espanto de todos tinha la duas sandes.
- Afinal sempre tem. - disse Ray surpreendido.
- Eu vou comer uma sande e vou guardar a outra. - disse Maria.
- Eu tambem vou fazer isso. - disseram os restantes querubins em coro.
Olharam todos uns para os outros e riram- se encquanto comiam a sandes.
Numa situação normal, teria vomitado aqueles pedaços de pão com qualquer coisa no seu interor que desconheço, mas estava deveras faminta, por isso comi com prazer.
Enquanto comíamos fomos vendo o que havia nas mochilas. Reparámos que todos tinham coisas diferentes que sendo utilizadas em conjunto nos levariam de volta ao local indicado.

A mochila da Maria continha:
-Um pedaço do mapa;
-As duas sandes;
-Cantil com água;
-Uma bússola;
-Uma corda.

A mochila de Richie continha:
-Um pedaço do mapa;
-As duas sandes;
-Cantil com água;
-Um kit de primeiros socorros;
-Um relógio.

A mochila de Jake continha:
-Um pedaço do mapa;
-As duas sandes;
-Cantil com água;
-6 casacos impermeáveis;
-Um canivete suíço.

A mochila de Ray continha:
-Um pedaço do mapa;
-As duas sandes;
-Cantil com água;
-Um molho de chaves (que não sabíamos de onde eram);
-Spray inseticida e gás pimenta.

A mochila de James continha:
-Um pedaço do mapa;
-As duas sandes;
-Cantil com água;
-Um isqueiro e fósforos;
-Uma rede.

A minha mochila continha:
-Um pedaço do mapa;
-As duas sandes;
-Cantil com água;
-Instruções de salvamento em Inglês;
-Pé de cabra.

Começamos a juntar os pedaços o mapa e quando pensamos que estava bem montado seguimos caminho. Era obvio que teriamos de trabalhar em equipa, e isso era o que estava a ser testado.
Depoisd de tantas voltas à cabeça lá conseguimos construir o mapa e assim começamos o nosso caminho. Seguimos por uma encosta ingreme e lamacenta e a chuva que nos fustigava não ajudava em nada.
-Ei Jake não disseste que tinhas ai 6 impermeáveis?- opinou James
-Ia. respondeu Jake.
-Então destribui ai pela malta uma vez que o esta parte do caminho e assim tão lamacena. Que acham malta?
Todos concordaram.
Vestimos apressadamente os impermiaveis, eram de um tons castanho-esverdeado ridiculo e completanmente retrogado, já para não falar que eram ridiculamente largueirões.
Continuamos o nosso caminho.
- Diz aqui -proferi ao analizar o m- que temos de seguir para oeste, seria melhor retirares a tua bussola, Maria.
- Sim tens razão- concordou ela.
Cominhamos durante algum tempo, seguindo o mesmo camio lamacento, visto que nenhuma alternativa nos era dada, até que nos deparamos com um trifurcação.
- Por onde devemos ir? - perguntou James.
- Pela direita- opinou Ray.
-Naõ, temos de seguir pela esquerda- discordou Jake.
- O melhor caminho é de certo o do meio - disse Maria.
O confusão tomou conta do grupo, pois nenhum sabia ao certo que caminho seguir. Começaram então a descutir.
- Chega- gritei, fazendo com que todos olhassem para mim admirados e que alguns passaros voassem para longe - temos de nos manter unidos, de trabalhar em equipa, o que eles querem é virar-nos uns contra os outros...
- Sim, tens razão - concordou Richie - Eu sei perfeitamente como isto funciona... Pensando bem, pelos objectos que possuimos, que sozinhos em si não servem para nada, mostram perfeitamente que temos de trabalhar em equipa...
Os restantes anuirão.
-Mas como saberemos qual o caminho a seguir?- questionou Maria.
Tive uma ideia, as instruções que trazia na mochila, ainda não as tinha lido. O melhor mesmo era fazê-lo. Retirei apressadamente um monte de papel começando a ler para mim mesma as frases que se seguiam ao número 1.
- Isto deve ajudar... - disse - mas está em forma de enigma.
- E qual é ? - perguntaram em unissono.
- Pelas asas voarás, no caminho que o anjo escolheu, tendo a proteção de um Querubim que há muito desapareceu. Espera-vos num sonho, espera-vos no céu, trazendo sempre consigo, a amizade que um dia fanecei. A corda que se quebrará, a bussolaque se desorientará, mas o sussuro da àgua será para sempre o vosso guia.
- Que quererá isto dizer?- perguntou Ray.
-Talvez tenham deixado uma pista no terreno, talvez um anjo - sugeriu Richie.
- O melhor mesmo é começarmos aprocurar - disse Jake.
Começamos à procura, escavando a lama que nos atolava. Meia hora depios, encontramos um pequeno anjo que apontava para o meio.
- Temos de seguir o caminho central- disse.
Todos concordamos, sendo que começamos a caminhar. O percurso era cada vez mais lamacento e o tereno escorregadio, sem saber como, escorreguei, pensei que ia mesmo cair e rolar pela encosta abaixo quando alguem me agarrou pelo braço, puxando-me para junto dos outros.

Asac
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 145
Reputação : 0
Localização : Campus Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Recruta nº20

Mensagem  James Adams em Seg 19 Nov 2012, 08:28

-Ei pessoa-disse-olhem para este buraco não vamos passar la por dentro iria tiranos muito tempo.
-Sim- responderam os restantes em coro
-Maria dá-me a corda que tens na mochila-pedi eu-eu fosso um nó a caboi e atiro par ver se se prende e assim atravessamos pela corda.
-Isso não é uma beca perigoso?-perguntou Asac.
-É mas uma vida sem riscos não tem piada.
Depois de atirar a corda vi se esta estava bem presa dizendo aos outros para atravessar.
-Bora pessoal não temos tempo a perder já devem ser 9h00.
Os outros concordaram.
Depois de termos atravessado o buraco continuamos pelo caminho íngreme e difícil.
-Pessoal e agora seguimos para onde esquerda ou direita.
-O mapa diz que devemos seguir pela direita-Respondeu Maria.
-Então vamos-disse
Mais a frente .
-Ei pessoal olhem ali uma casa abandonada. Ray da-me o molho de chaves que tens na tua mochila-disse eu
-Toma-respondeu Ray.
Entrei dentro de casa e disse:-Bem esta casa esta cheia de mantimentos. Alguém tem foem perguntei?
-James não comas isso- disse Richie Harper-fisemos um exercício parecido na outra recruta e caímos na tentação, isso deve ter calquer coisa para os indestinos ou assim parecido.
-Assério meu. Nesta comida niguem toca. Ok pessoal?
todos responderam sim continuamos.
Chegamos ao Campus faltava 1h00 para as 13h00.
-Olha que chegou- disse Kasakov-Bem se já chegarm está na hora de ir comer.
-Sim senhor- respondemos todo.


James Adams
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 78
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Campus da Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Seg 19 Nov 2012, 10:41

Finalmente chegamos ao campus depois do exercício de sobrevivência que tinha sido relativamente fácil. Mandaram-nos ir comer. Cada vez desconfiava mais da comida que nos davam, visto que nos tinham tentado fazer ingerir laxantes duas vezes antes.
Desta vez não tivemos de fazer os nossos talheres, mas tivemos de ficar a ver o instrutor Kazakov a comer uma costeleta de vitelão com ovo estrelado e batata frita e o instrutor Smoke a comer lagosta, salada de alface com romã e camarão, o que foi uma autêntica turtura. Acabámos de comer.
-QUERIDOS RECRUTAS - disse Smoke - COMO TENHO SIDO TÃO GENTIL PARA VOCÊS, AGORA TÊM DE RETRIBUIR O FAVOR. ACABEI DE PERDER UM PENDENTE COM UM GATINHO, O MEU PREFERIDO. ERA MAIS OU MENOS DESTE TAMANHO. - disse ele mostrando um espaço de 2 centimetros entre os dedos. - AGORA TÊM DE PROCURA-LO. NAQUELE MONTE DE TERRA. TÃO ALI AS PÁS.
Só podiam estar a gozar connosco!

Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Recruta nº20

Mensagem  James Adams em Seg 19 Nov 2012, 13:41

Pegamos nas pás o monte de terra de via ter pelo menos 1,70m
Então eu virei-me para o pessoal e disse:-Bora la começar a escavar, sabemos que isto e a recruta e avisaram-vos antes de entrar para a Cherub que isto ia ser duro. Portanto quero todos a trabalhar para encontra o gato. Somos uma equipa ou não?
Todos assentiram e depois de eu ter falado todos estavam mais empenhados.
-Ei pessoal disse a Maria ja encontrei o gato.
Chegamos-nos todos ao pé para confirmar.
-Boa Maria vamos todos juntos entregar isso ao instrutores.
Assentimos todos.
-Olha já encontraram o teu gato-disse Kasakov gosando-Bem agora podem dar 50 voltas a este percursos que nos montamos, são 3h00 têm até as 5h00 para o concluir.-disse Kasakov com um sorriso maléfico. Que só apetecia espancar



James Adams
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 78
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Campus da Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Seg 19 Nov 2012, 15:01

-Olha já encontraram o teu gato-disse Kasakov gosando-Bem agora podem dar 50 voltas a este percursos que nos montamos, são 3h00 têm até as 5h00 para o concluir.-disse Kasakov com um sorriso maléfico, quem nos apetecia espancar.
Coeçamos as voltas. O precurso não era muito grande mas também não era propriamente pequeno: primeiro tinhamos fazer sprints entre cones, depois tinhamos de rastejar porum tubo lamacento, depois saltar barreiras a pés juntos e depois tinhamos de prosseguir por uma sequência de barras de elevações.

Depois das voltas ( que cumprimos dentro do tempo ) fomos para a aula de armamento e tiro. Estivemos a ouvir uma explicação sobre tipos de armas e as suas funcionalidades, vantagens e desvantagens. Depois encaminharam-nos para um campo de tiro com alvos onde deveriamos experimentar diferentes armas e assim foi.

Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Convidado em Seg 19 Nov 2012, 19:01

Rapidamente agarrei Asac e puxei-a para cima. Eu olhava intrigado para Mary até que depois arregalei os olhos:
-Ei malta é óbvio, "o sussurro da água"! Já temos o anjo, mas temos de seguir para um sítio onde corra água, ou seja o rio!
-Sim, mas o anjo apontava para o meio.-disse alguém
-Como podemos nós nos guiar por uma figura de pedra, no meio da lama? O movimento de animais pode ter mudado a posição do anjo. Juntem os mapas aí.
Juntámos os mapas e olhei atentamente para lá:
-Mary dá-me a tua bússola se faz favor.
Ela deu-ma e comecei a fazer uns cálculos:
-Eu tinha razão!-gritei- Vêem?! Se seguimos por este trilho iremos ter ao rio e logo a seguir temos aqui uma área povoada- Bati na testa- O rio do Campus perto do campo de corridas.
Tirei o meu relógio que apontava para 10:57:
-Temos 3 horas e mais alguns minutos. Se seguirmos pelo meu caminho chegamos lá um pouco mais cedo. Confiem em mim. Asac e alguns querubins ainda estavam um pouco pé atrás:
-E porque havemos nós de confiar em ti? Se chumbaste na recruta anterior é porque és parvo.-disse Asac
Olhei para ele irritado:
-Ouve bem puto, eu queria levar-nos para o Campus o mais depressa possível. Se queres perder-te por mim tudo bem, mas tu sabes o meu nome, não sabes a minha história! Por isso cala a boca ou eu enfio-te o mapa pela garganta!
Agarrei na minha metade e segui caminho. Maria olhou para Asac com desprezo e disse:
-Tu és tão parvo...
Veio atrás de mim com a sua bússola para nos guiarmos:
-Bom, temos de ir sempre para Noroeste. Let's go!
-Ok. Está tudo bem contigo?-perguntou Maria
-Está, não te preocupes.
Alguns querubins vinham atrás de nós e no fundo vinha Asac de braços cruzados e com ar de zangado.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Seg 19 Nov 2012, 21:41

Depois da aula de tiro foi-nos ordenado tomar banho, de água gelada, claro. Sentia que estava a chocar alguma. Tinha o nariz entupido e doía-me a garganta. Talvez estivesse a ficar com gripe.
Jantámos batatas cozidas (segundo os instrutores, pois todos os recrutas viram que estavam literalmente cruas só que estavam mornas) sem nada a acompanhar. Pelo menos era comestível fomos fazer a corrida noturna que desta vez era e 22 km que equivalia a 55 voltas ao campo e depois fizemos uma sequência de 500 flexões, 500 abdominais, 500 dorsais e 100 elevações. Fomos dormir às 23 horas.
Fomos acordados ás 5 horas e 30 minutos da manhã.
-RECRUTAS! - gritou Smoke
-Sim senhor! - gritamos ensonados.
-500 FLEXÕES PARA ACORDAR. JÁ! - ordenou.

Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Ray Dominic em Seg 19 Nov 2012, 22:03

-500 FLEXÕES PARA ACORDAR. JÁ! - ordenou.
-500 flexões?! - sussurrei eu.
Para meu azar, Kazakov ouviu e disse:
-Para si são 700, Dominic. Á mesma velocidade que os outros.
Fizemos todos as flexões e fomos fazer levantamento de pesos durante duas horas.

Ray Dominic
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 62
Reputação : 0
Idade : 16
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Asac em Seg 19 Nov 2012, 22:11

Reparei então que fora Richie que me agarrara. Este arregalou os olhos a Mary dizendo:
-Ei malta é óbvio, "o sussurro da água"! Já temos o anjo, mas temos de seguir para um sítio onde corra água, ou seja o rio!
-Sim, mas o anjo apontava para o meio.-disse alguém
-Como podemos nós nos guiar por uma figura de pedra, no meio da lama? O movimento de animais pode ter mudado a posição do anjo. Juntem os mapas aí.
Juntámos os mapas e olhemos atentamente para eles:
-Mary dá-me a tua bússola se faz favor – pediu Richie
Ela deu-lha fazendo com que o rapaz começasse a realizar alguns cálculos.
-Eu tinha razão!-gritou- Vêem?! Se seguimos por este trilho iremos ter ao rio e logo a seguir temos aqui uma área povoada- Bateu na testa- O rio do Campus perto do campo de corridas. Temos 3 horas e mais alguns minutos. Se seguirmos pelo meu caminho chegamos lá um pouco mais cedo. Confiem em mim.
Olhei para ele, desconfiada. O enigma não estava completo, tinha-se esquecido completamente que não nos deveríamos guiar pela bussola. Mas seria aquela parte do enigma verdadeiro ou apenas uma armadilha? De qualquer modo proferi:
-E porque havemos nós de confiar em ti? Se chumbaste na recruta anterior é porque és parvo.
Olhou-me de soslaio, com uma centelha de ódio nos olhos.
-Ouve bem miúda, eu queria levar-nos para o Campus o mais depressa possível. Se queres perder-te por mim tudo bem, mas tu sabes o meu nome, não sabes a minha história! Por isso cala a boca ou eu enfio-te o mapa pela garganta!
Ele devia achar-se um durão, só por ser rapaz. Machista- gritei mentalmente, pois não poderia fazer mais nada para piorar a nossa relação. Não queria problemas, mas ele parecia querer semear a discórdia entre nós, de certo que não seriamos propriamente amigos. Maria pareceu ficar muito irritada, a sua aliança com o rapaz ficava cada vez mais evidente, mas como é que os outros não se apercebiam? Se eles não conseguiam faze-lo, usaria então esta informação para meu beneficio.
-Tu és tão parva...
Maria seguiu Richie com a sua bússola para guiá-lo:
-Bom, temos de ir sempre para Noroeste. Let's go!
Eu segui-os, um pouco mais atrás, matutando no que aconteceria, enquanto os aliados cochichavam algo.
Depois de muito caminharmos deparamo-nos com um buraco.
Ele queria descer, o que era deveras imprudente, mas não deveríamos ficar separados, sendo segui-os. Caminhamos durante o que me parecera séculos até nos depararmos com uma velha casa abandonada.
Ao entrarmos, encontramos uma mesa com um farto banquete. Richie aconselhou-nos a não comer. Assim o fizemos. Estava arrependida por tê-lo tratado daquela maneira, mas só me desculparia quando estivéssemos apenas os dois.
Assim que saímos da cabana, fora-nos revelado um caminho para o acampamento, que percorremos calados, cada um preso nos seus pensamentos.
Ao chegarmos ao campus, foi-nos dito que era hora de jantar. Não poderia chamar-se jantar àquela mistela, mas que alternativa teria eu senão comer aquilo. Já Smoke e Kazakov deliciavam-se com ricas iguarias, de qualquer modo não me importei, não estava habituada a luxos.
Depois de jantarmos e arrumar-mos tudo, já Smoke tinha uma tarefa para nós.
-QUERIDOS RECRUTAS - disse Smoke - COMO TENHO SIDO TÃO GENTIL PARA VOCÊS, AGORA TÊM DE RETRIBUIR O FAVOR. ACABEI DE PERDER UM PENDENTE COM UM GATINHO, O MEU PREFERIDO. ERA MAIS OU MENOS DESTE TAMANHO. - disse ele mostrando um espaço de 2 centimetros entre os dedos. - AGORA TÊM DE PROCURA-LO. NAQUELE MONTE DE TERRA. TÃO ALI AS PÁS.
Sem mais demora, começamos a escavar o terreno árido e duro que nos fora indicado.
Algum tempo depois e com muito esforço, Maria conseguiu encontra-lo. Voltamos para junto de Smoke triunfantes.
-Olha já encontraram o teu gato-disse Kasakov gosando-Bem agora podem dar 50 voltas a este percursos que nos montamos, são 3h00 têm até as 5h00 para o concluir.-disse Kasakov com um sorriso maléfico, quem nos apetecia espancar.
Coeçamos as voltas. O precurso não era muito grande mas também não era propriamente pequeno: primeiro tinhamos fazer sprints entre cones, depois tinhamos de rastejar porum tubo lamacento, depois saltar barreiras a pés juntos e depois tinhamos de prosseguir por uma sequência de barras de elevações.

Depois das voltas ( que cumprimos dentro do tempo ) fomos para a aula de armamento e tiro. Estivemos a ouvir uma explicação sobre tipos de armas e as suas funcionalidades, vantagens e desvantagens. Depois encaminharam-nos para um campo de tiro com alvos onde deveriamos experimentar diferentes armas e assim foi.

Peguei numa sniper negra, a arma que se encontrava mais próxima de mim. Depois de colocar os óculos de proteção e os auscultadores, comecei a disparar feita maluca, descarregando toda a minha fúria por Smoke e Kazakov.

Depois do treino de tiro, foi-nos indicado que tomássemos um duche rápido. A àgua estava super gelada, mas isso não me incomodou. Despachei-me o mais rápido que pode, tinha de falar com Richie.
Certifiquei-me que já todos estavam deitados quando o chamei.
- Hey, acorda- sussurrei.
- O que queres- disse resmungão.
-Preciso de falar contigo.
- Não pode ficar para amanhã?
-Não tem de ser agora.
-Ok, ok, relaxa… já vou ter contigo lá fora.
Quinze minutos depois apareceu.
- Desculpa o atraso – disse Richie- o que é tão importante assim para me acordares?
Sentia-me embaraçada, era demasiado orgulhosa, mas tinha de fazê-lo.
-Desculpa- pedi- eu não deveria ter dito aquilo, naquela hora.
Richie, olhou-me embasbacado, já eu esperei que ele disse-se alguma coisa.

Asac
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 145
Reputação : 0
Localização : Campus Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Convidado em Seg 19 Nov 2012, 22:28

Olhei para Asac e sorri:
-Na boa. Eu também excedi-me um bocado.
Asac deu-me um abraço e quando ela me ia dar um beijo rápido na bochecha, sem querer virei a cara para também lhe dar um na bochecha dela, mas os lábios tocaram-se durante alguns segundos e foi o suficiente para criar uma faísca em mim. Rapidamente "soltámo-nos" e pedidos desculpas um ao outro embaraçados. Entrei na cabana e deitei-me rapidamente e senti alguém de é perto de mim e depois ouvi uma cama a levar com peso em cima:
-ACORDEM!-berrou Smoke.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Seg 19 Nov 2012, 22:33

-ACORDEM - berrou Smoke - HORA DAS FLEXÕES E DEPOIS VAMOS LEVANTAR PESOS.
As flexões foram fáceis, mas levantar pesos não era o meu forte e sempre que deixava cair os pesos, Smoke mandava-me fazer 100 flexões, que completava em cerca de um minuto e meio. Tinha os braços a doer imenso, tanto das flexões como do levantamento de pesos. Quando acabámos mandaram-nos fazer um percurso a rastejar pelo chão com pesos de 5 quilos amarrados às pernas e as braços.
Fomos almoçar. O almoço eram papas.
-Que porcaria é esta que estamos a comer? - perguntou Ray.
-Papas ''não-sei-de-quê''. - disse eu - Comida típica da região. - disse eu com sarcasmo.
Rimos os dois.
Senti vontade de vomitar. Não sei se era das papas ou se era da gripe.
-Estás um bocado branca. - disse Richie
-Estou um bocado doente. - esclareci eu.
Mas não era uma mera gripe que me ia estragar a recruta.
Com a maior da delicadeza dirigi-me aos instrutores e disse:
-Instrutores. Desculpem-me estar a incomodar, mas estou-me a sentir um pouco mal e acho que estou a ficar com gripe. Será que me era autorizado a tomar um comprimido?
-Hahaha! - riram os dois.
-Comprimido? - riu Kazakov - Só por essa são 100 flexões.
Fiz as flexões calada. Tinha abusado da sorte desta vez.
Kazakov falou para Smoke durante algum tempo.
-RECRUTA! - gritou Kazakov
-Sim, instrutor! - gritei fortemente.
-JÁ QUE ESTÁ ASSIM TÃO DOENTINHA VENHA COMIGO ALI À ENFERMARIA QUE EU DOU-LHE UM COMPRIMIDO. - ordenou.
Segui-o. Estava desconfiada mas também não podia desobedecer depois de ter tido a lata de pedir comprimidos.
Quando cheguei à enfermaria, Kazakov foi ter a um pequeno frigorífico e tirou uma embalagem pequena com a forma de paralelepípedo. Tirou de lá o seu conteúdo e para minha surpresa tirou de lá uma seringa e uma agulha. Será que sabia do meu pavor a agulhas?
-VAMOS LÁ TOMAR A VACINA DA GRIPE!
Subi a manga e só me apetecia chorar mas engoli as lágrimas e senti a agulha a espetar fortemente.
-AIIIII!!!! - gritei eu.
-Doeu? - perguntou Kazakov de forma autoritária.
-Não instrutor! - disse eu quase a chorar.
-Ainda bem. Como quase chorou agora faz 100 flexões.
Fiz as flexões e como tinha acabado de levar a injeção o braço ficou inchado.
Quando voltei para o recinto onde estavam a almoçar todos os outros estavam a fazer saltos de canguru.

Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Convidado em Seg 19 Nov 2012, 22:48

Fui o primeiro a acabar os saltos e ao ver Maria com os olhos vermelhos e o braço inchado aproximei-me, discretamente, dela:
-Estás bem?
As lágrimas vinham-lhe aos olhos:
-Aquele idiota espetou-me uma seringa para a gripe e depois mandou-me fazer 100 flexões. Tenho o braço a arder e está cada vez mais inchado.
Levantei-lhe a manga e vi que aquilo estava roxo:
-Isto não fica assim...Anda.-disse agarrei
Agarrei-lhe na mão e levei-a até Smoke. Mostrei-lhe o braço e disse:
-Eu vou com ela à enfermaria e o que está a ver foi o Kazakov que fez. Tire-me da recruta, faça o que quiser, mas ela não continua neste estado sem ser vista.
Smoke parecia entender a situação e disse:
-Vai com ela, mas aí de vocês que comam alguma coisa ou se comunicam com alguém. Não vão ser expulsos, mas que isto não se repita Sr. Richie Bom-Samaritano. E não me achem coração mole.
Levei Maria com cuidado até à enfermaria e fiquei cá fora à espera que ela acabasse de ser tratada.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Asac em Ter 20 Nov 2012, 00:13

-Na boa. Eu também excedi-me um bocado.-disse Richie.
Estava feliz, não iria existir um clima de tenção entre nós. Sendo que abracei-o, estava prestes a despedir-me com um beijo na bochecha, quando Richie teve a mesma ideia, virou a cara e os nossos lábios tocaram-se. Confesso que o contacto não me foi indiferente. De qualquer modo fiquei super embaraçada. Richie voltou para a cabana, já eu permaneci na rua, observando o céu estrelado e pensando nos sentimentos que começavam a aflorar. Pouco deppois dirigi-me para a minha cama e deitei-me como se nada tivesse acontecido.
Estava prestes a adormecer quando a rouca e irritante de Smoke ecoou pelos quatros cantos.
-ACORDEM. HORA DAS FLEXÕES E DEPOIS VAMOS LEVANTAR PESOS.
Comecei os exercicios, as flexões não infligiam dificuldade a ninguém sendo que fora executadas rapidamente e na perfeição.
Dirigimo-nos então para a sala de pesos. Cada um foi ocupado com um exercicio diferente. a muito custo lá consegui fazer o meu sem que deixa-se que caissem e evitando as flexões.
Depois de todos acabarmos os nossos exercícios fomos almoçar.
E a ementa era...(rufo dos tambores) PAPAS!!!!! ou Papas, ou papas. Decidi escolher uma tigela com a menor quantidade daquela paparoca.
-Que porcaria é esta que estamos a comer? - perguntou Ray.
-Papas ''não-sei-de-quê''.Comida típica da região. - gracejou Maria com a voz enbargada de sarcasmo, o que fez com que ambos se rissem. Tão depressa dizia isto como ficava branca como cal.-Estás um bocado branca. - disse Richie
-Estou um bocado doente. - esclareci Maria.
PArecia mesmo estar doente mas a nossa relação não era propriamente a de amigas mais chegadas. No entanto, quando decidi oferecer-me para ajudá-la, já esta se dirigia para junto de Smoke e Kazakov. Não sei o que lhes disse mas tivera de fazer flexões. Depois de se levantar, Kazakov ordenou que a seguisse.
Desapareceram durante algum tempo, enquanto que eu e os restantes executamos saltos de canguru.
Quando reapreceu os seus olhos continham indicios de dor e o braço estava super enchado. Richie que já tinha terminado, foi ter com ela. AO levantar-lhe a manga, apercebi-me que aquilo estava realmente horrivel. Mesmo assim continuei o exercicio.
Os dois dirigiram-se aos intrutores e depois de uma longa conversa, Richie e Maria dirigiram-se à enfermaria, o que me despertou uma centelha de ciúmes..
-PRINCESAS-gritou Smoke- PARECE QUE ALÍ O BEBEZINHO FICOU DOENTE, MAS ALGUÉM ACHO QUE PRECISA DE UMA INJEÇÃO E DE MUITOS FLECÇÕES PARA RECUPERAR OU PODEREMOS QUANTINUAR O TREINO?~
-Não senhor- gritamos em unissono - continuaremos o treino.
Dirigimo-nos para o ginásio, que nos fora indicado, seriam horas de acrobacias.
-MUITO BEM LADYS, ENQUANTOS AS VELHINHAS ESTÃO OCUPADAS COM O TRICÔ VOCÊS IRAM DROBAR OS OSSOS. - informou Kazakov.
-DURANTE ALGUMAS DAS MISSÕES É PROVÁVEL QUE SE DEPAREM COM SEGURANÇA DE INFRA-VERMELHOS, POR ISSO TEM DE CONSEGUIR CONTRONA-LAS-prosseguiu Smoke.
Pelo ginásio estava espalhado um circuito de estações que teriamos de fazer. Sem qualquer dificuldade executei todos os exercicios.
De Maria e Richie nem sinal.

Asac
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 145
Reputação : 0
Localização : Campus Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Recruta nº20

Mensagem  James Adams em Ter 20 Nov 2012, 08:13

Para mim contornar os infravermelhos era fácil porque antes de entrar para a Cherub já praticava parkour e tinha que passar as vezes a fugir de fazer asneira na rua por coisas um pouco mais complicadas. Fui o primeiro a passar pelos infravermelhos.
-Senhor Kasakov já passei.
-Já! então e não tocastes em nenhum infravermelho?
-Não.Praticar parkour da muito jeito.
-Muito bem, podes começar a fazer flexões enquanto as lesmas dos teus colegas acabam de passar pelos infravermelhos.
-Sim chefe-respondi mostrando algum animo. E começando a fazer flexões habilmente.

James Adams
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 78
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Campus da Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Ter 20 Nov 2012, 12:00

Fui à enfermaria com Richie.
-Obrigada. - disse eu.
-Porquê? - perguntou.
-Por me ajudares.
-Ah... de nada.
Depois de me ligarem o braço e de me porem gelo no braço fomos para o recinto da recruta de novo.
Estava a começar a ficar melhor da gripe e do braço.
Quando chegámos ao recinto, tivemos de passar o percurso de infravermelhos e eu e Richie fizemo-lo em metade do tempo dos outros. No entanto, como tinhamos começado mais tarde, fomos os últimos e mandaram o Richie fazer 100 flexões, e a mim 100 abdominais por causa do braço.
Depois do percurso, mandaram-nos ir para a aula de socorrismo, onde aprendiamos técnicas de salvamento de de primeiros socorros. Farta de agulhas já estava eu, e fui observada sob o olhar sarcastico de Kazakov o tempo inteiro.

Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Recruta n°20

Mensagem  Jake Parker em Ter 20 Nov 2012, 12:50

Depois da aula de socorrismo os instrutores mandaram nos ir correr vinte quilômetros, a volta do campo, mas quando estávamos quase a começar a correr o instrutor smoke disse:
- Recrutas, esqueceram se das mochilas.
- Sim senhor. - dissemos enquanto agarravamos as mochilas. Estavam bastante pesadas.
Comecamos a correr com alguma dificuldade, mas depois fomos habituando.
Estava eu a ir descansadamente com os outros recruta,quando derrepente o instrutor Kazakov apareceu me a frente. Achei estranho mas continuei. Estava a passar pelo instrutor quando ele me põem o pé a frente e eu caio. A minha vontade era bater lhe mas depois podia prejudicar me, portanto levante me e segui caminho ao lado dos outros recrutas.


Jake Parker
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 140
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Campus da Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Ter 20 Nov 2012, 15:03

Vi o que Kazakov fez ao Jake.
Corri mais e fui ter com ele.
-Não ligues Jake. O Kazakov não passa de um canalha.
Como não podíamos ser vistos a conversar, dispersei e corri.
Eu ia na 48ª volta quando Kazakov me fez o mesmo.
Kazakov era sem dúvida o pior entre ele e Smoke, mas Smoke também não era pêra doce.
Quando acabámos as voltas, fomos para o recinto onde iríamos jantar.
-MAS ONDE PENSAM QUE VÃO? - disse uma voz atrás de nós que não reconhecemos.
Atrás de nós estavam alguns agentes mais velhos e os instrutores com armas carregadas de balas de treino. Fiquei com medo mas já estava a ver onde eles queriam chegar.
-VOU CONTAR ATÉ 10. TÊM ESSE TEMPO PARA FUGIR, ATÉ COMEÇARMOS A DISPARAR. - disse Smoke.
Comecei a correr como uma barata tonta e corri para me tapar com o balcão.
-1,...2,...10!! - disse Smoke começando a disparar.
Ainda não estava tapada, por isso levei com 3 balas nas costas que me doeram imenso. Peguei numa panela de metal e pú-la na cabeça para a proteger e escondi-me atrás do balcão. Levei com mais uma bala na perna. Com uma mão tapava o local da vacina para proteger o local do inchaço. Entretanto a chuva de balas parou. Levantei-me e levei com uma bala na cabeça, ou melhor, na panela, e ouvi o ecoar do metal.
-HEADSHOT! - gritou Kazakov.
Smoke e os outros agentes riram que nem doidos.

Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Ray Dominic em Ter 20 Nov 2012, 16:04

Depois de comer fomos para a aula de socorrismo. Aprendemos a desengasgar pessoas, a fazer curativos, a indentificar uma fratura e uma entorse e como as tratar antes de chegar a um hospital, a fazer respiração boca a boca e outras coisas.
Depois estavamos a ir jantar quando apareceram os instrutores e agentes mais velhos com armas com balas de treino e despararam contra nós. Maria protegeu a cabeça com uma panela, vi que era boa ideia e imitei-a e escondime debaixo de uma mesa tapado com uma cadeira.
Levei com bues balas que doiam muito e pareciam que nos prefuravam.
Jantamos papas outra vez e fomos obrigados a lavar a loiça toda, e como tinham sido partidas algumas peças de loiça fomos obrigados a pagar 1500 flexões.

Ray Dominic
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 62
Reputação : 0
Idade : 16
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Ter 20 Nov 2012, 16:23

Embora os pratos partidos terem sido partidos pelos instrutores, ou melhor, pelos seus tiros, fomos obrigados a fazer flexões. Mil e quinhentas.
Comemos as papas e lavamos a loiça.
-AGORA, RECRUTAS... - disse Smoke - VÃO FAZER A CORRIDA NOTURNA. HOJE SÃO 24 QUILÓMETROS.
Fomos correr e eu estava mais partia que em qualquer outro dia. 24 quilómetros equivaliam a 60 voltas à pista de 400 metros. Estava a ficar com mais resistência por isso cada vez me custava menos fazer as voltas, mas para compensar, cada dia estávamos a fazer mais voltas. Quando acabámos, pensávamos que finalmente íamos tomar banho e dormir quando Kazakov nos chamou.
-AGORA... - disse ele - VAMOS PARA A PISCINA DE 100 METROS E VAMOS NADAR 2 QUILÓMETROS, O QUE SÃO 20 VOLTAS À PISTA.
Não era muito mas já estávamos bastante cansados.
Obedecemos e fomos para a piscina. Vestimos os fatos de banho e entrámos na piscina. De água gelada.
Nadámos e nadámos e ao fim da segunda volta já me estavam a arder os olhos, pois não conseguia nadar de olhos fechados.
Fiz os 2 quilómetros e sentia que tinha os músculos todos presos, quando acabámos todos, fomo-nos vestir e depois íamos dormir, quando, pelo caminho, fomos raptados por uma carrinha conduzida por Kazakov e Smoke e levaram-nos para um parque de estacionamento onde se encontravam 6 carros do campus: 6 Ford fiesta pretos do ano de 1996.
-TÊM AQUI OS MAPAS DO PERCURSO RODOVIÁRIO ATÉ AO DORMITÓRIO. AS ESTRADAS TÊM INFRAVERMELHOS NAS LATERAIS, PARA DETETAR SE LHES TOCAREM. - disse Smoke atirando 6 mapas e as chaves dos carros.
-TÊM UMA HORA PARA CHEGAR AOS DORMITÓRIOS. CADA VEZ QUE TOCAREM NOS RAIOS INFRAVERMELHOS, VÃO FICAR A DEVER-ME 500 FLEXÕES.


Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Convidado em Ter 20 Nov 2012, 18:14

OFF TOPIC: Oh pessoal, a recruta é má, mas não TÃO MÁ! 1500 flexões? Não se esqueçam que não somos super-heróis que aguentam treino após treino. Não se esqueçam de se "magoar". E como é que nós fomos parar do Matterhorn para o Campus...em Londres?

-Os dois primeiros têm jantar surpresa-disse Smoke
Agarrei numa chave e disse para Maria:
-Consegues conduzir?
-Acho que sim...
-Vem atrás de mim.
-Ok.
Entrámos no carro e liguei-o. Não pegava. Nenhum dos carros pegava. Depois vi que o ponteiro de combustível estava em baixo:
-Só podem estar a gozar comigo.
Saímos do carro e ao olhar de relance, vi alguns garrafões com gasolina. Eram 13, por isso suspeitei que um garrafão enchia 1/4 do depósito e dois iriam encher metade, o suficiente para chegarmos ao destino. Toquei levemente no braço de Maria e depois fiz um gesto para ela olhar e sussurrei:
-Trás dois. 1 não chega.
Ela assentiu:
-Hey pessoal, tentamos de novo. Pode ser que estejam a pegar mal.-disse eu
Os querubins entraram, mas deixaram a porta aberta. Eu e Maria começámos a andar rapidamente para os garrafões e cada um agarrou em dois, mas Maria não conseguia levar o segundo:
-Esconde esse atrás daquele arbusto e depois vai lá buscá-lo.
Começámos a correr para os carros e enchemos os depósitos. Eu fui o primeiro e quando Maria terminou de esvaziar o primeiro garrafão correu para o arbusto e trouxe o outro, quando Ray viu-nos:
-Hey! O que estão a fazer? Isso é gasolina? E não diziam nada?
Todos os outros começaram a correr para o monte de garrafões. Maria acabou de encher o seu e já Asac começava a esvaziar o segundo. Entrámos nos carros e ligámos. Pusemos o pé no acelerador e fomos rapidamente para a estrada. A estrada estava com obstáculos para nos fazer ir contra os infra-vermelhos, mas eu e Maria conseguimos ultrapassá-los. Chegámos aos dormitórios ainda faltavam 23 minutos para completar a hora exigida:
-Como foram os primeiros podem ir comer o jantar surpresa.
Eu e Maria fomos para a sala e vimos dois pratos tapados. Aproximámos-nos e retirámos a tampa. Um prato era esparguete com carne e outro era legumes com batata cozida e um pouco de atum. Esse era o prato que tinha calhado a Maria. Olhei para ela e disse:
-Queres trocar?
-Não é preciso obrigado.
Um carro estacionava e nós começámos a comer.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Recruta nº20

Mensagem  James Adams em Ter 20 Nov 2012, 18:45

-Senhor Kasakov pesso desculpa por ter chegado tão tarde.
-Assério, então podes começar a encher 50 flexões
-Sim-gritei
Momentos mais tarde
-Já acabei.
- Então vai comer.
-Ei pessoal estamos mesmo a precisar de umas horas de sono.
Maria e Richie assentiram.

James Adams
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 78
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Campus da Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Ter 20 Nov 2012, 18:50

-Será que eles puseram alguma coisa nisto? Estou assustada. - disse eu meia no gozo, meia a falar a sério.
-Não sei... - respondeu Richie.
-Tivemos sorte por não termos tocado nos infra-vermelhos. Acreditas que eu nunca tinha conduzido um carro na vida?
-A sério? - estranhou ele.
-A sério!
Comemos tudo e quando os outros recrutas chegavam, os instrutores obrigavam-nos a ver-nos comer. Estava com pena deles, mas devorei tudo num ápice como se nada fosse, de tanta fome que estava.
-Richie. - chamei. - Lembras-te das sandes que guardámos no exercício de sobrevivência?
-Sim.
-Ainda não as comemos. Amanhã quase que aposto que não vai haver pequeno almoço. Praticamente nunca há. Guardamos para amanhã?
-Guardamos. Boa ideia.
A seguir á seia fomos dormir. Estava uma frio de rachar porque Kazakov ''acidentalmente'' se esqueceu de fechar a porta do dormitório que dava para lá fora e nos tinha proibido de nos levantar a meio da noite sem autorização. Dava graças por ter tomado a injeção da gripe.



Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Asac em Ter 20 Nov 2012, 18:51

Depois de todos passarmos os infravermelhos foi-nos indicada uma sala, na qual teriamos a aula de socorrismo.
A sala era enorme e assemelhava-se a um bloco operatorio, no seu interior encontravam-se seis macas nas quais estavam deitados bonecos para os nossos exercicios. Aprendemos vários técnicas de socorrismo que seriam muito úteis em missões.
A seguir à aula tivemos de correr novamente com as mochilas.
Quando acabamos a corrida estavamos prestes a dirigiro-nos para o recinto do refeitorio, Smoke proferiu:
-VOU CONTAR ATÉ 10. TÊM ESSE TEMPO PARA FUGIR, ATÉ COMEÇARMOS A DISPARAR. - tinha pegado nas armas de treino e começara a carrega-lo.
Ok, estava prestes a entrar em pânico, mas tinha que me manter calma, o melhor mesmo era escorderme atrás de umas árvores do pinhal que limitava o campus. Assim fiz, corri o mais rápido que pôde, mesmo assim foi atingida com uma bala do tornuzelo, o que não bastou para me parar, continuei a correr. Smoke foi atrás de mim, e atingi-me no estomâgo, curvei-me com a dor que sentia, o que fez que que fosse atingida novamente, no ombro esquerdo e na perna direita.
Finalmente pararam e eu estava completamente dorida e decerto que ficaria cheia de marcas negras, podemos então jantar descansadamente. Depois de comermos as paparocas todas, tivemos que limpar o refeitório. E visto que alguns pratos tinham sido partidos, tivemos que pagar, com 1500 flexões, que na verdade deveriam ter sido feitas por Smoke e Kazakov, mas visto que não existe justiça na recruta, tivemos de executar o exercicio sem reclamar.
-AGORA, RECRUTAS... - disse Smoke - VÃO FAZER A CORRIDA NOTURNA. HOJE SÃO 24 QUILÓMETROS.
Fomos correr e eu estava mais partia que em qualquer outro dia. 24 quilómetros equivaliam a 60 voltas à pista de 400 metros.
A resistencia de todos começara a aumentar, sendo que executamos o exercico facilmente.
Quando acabámos, pensávamos que finalmente íamos tomar banho e dormir quando Kazakov nos chamou.
-AGORA... - disse ele - VAMOS PARA A PISCINA DE 100 METROS E VAMOS NADAR 2 QUILÓMETROS, O QUE SÃO 20 VOLTAS À PISTA.
Ele só podia estar a gozar conosco.Só me apetecia atar-lhe uns pesos ao corpo, atira-lo à àgua e esperar que se afogasse.
Mas os exercicios teriam de ser cumpridos. Vestimos os fatos e esperamos ordens.
- mUITO BEM PRINCESAS- disse Kazakov- qUANDO EU FIZER SINAL ENTRAM NA ÀGUA.
Eles deviam querer matarnos de hipotremia, a àgua estava mais que gelada, no entanto todos entramos começamos a nadar.
Sentia-me como um ursinho de goma, feita de gelatina, completamente mole. Só me apetecia fechar os olhos e relaxar, mas se o fizesse não conseguiria terminar a recruta, como tal esforcei-me.
Tinha finalmente acabado, dó queria um banho quente e a minha fofa cama, o que era pedir demais, visto que Smoke e Kazakov tinham uma armadilha perparada.
Dirigiamo-nos para os quartos,quando, pelo caminho, fomos raptados por uma carrinha conduzida por Kazakov e Smoke e levaram-nos para um parque de estacionamento onde se encontravam 6 carros do campus: 6 Ford fiesta pretos do ano de 1996.
-TÊM AQUI OS MAPAS DO PERCURSO RODOVIÁRIO ATÉ AO DORMITÓRIO. AS ESTRADAS TÊM INFRAVERMELHOS NAS LATERAIS, PARA DETETAR SE LHES TOCAREM. - disse Smoke atirando 6 mapas e as chaves dos carros.
-TÊM UMA HORA PARA CHEGAR AOS DORMITÓRIOS. CADA VEZ QUE TOCAREM NOS RAIOS INFRAVERMELHOS, VÃO FICAR A DEVER-ME 500 FLEXÕES.
Oh diabos, eu nem sequer sei conduzir.
- Desculpem - disse num fio de voz- eu não sei conduzir.
Os instrutores riram-se na minha cara.
- SE NÃO SABES, APRENDES. - gritou Smoke - ENTRA NO CARRO. JÁ!
Sem protestar entrei no Ford que o instrutor me indicara. O seu interior estava completamente desgastado. Coloquei a chave e liguei o motor, nãpo parecia ser muito diferente dos simuladores que costumava jogar. nÃO PEGAVA, NENHUM PEGAVA. oH DIABOS.
Reparei que os outros começavam a pegar em garrafões de gasolina, fiz o memso e enchi o deposito o mais rápido que pode.
Começei a conduzir dee qualquer modo decidi ir mais devagar, sendo que era a última na fila.
Minutos depois, mal via os outros mas não me importava, ainda não tinha tocado em nenhum dos infravermelhos, o que me salvaria de uma data de flexões.
Quando cheguem aos dormitórios, já todos se encontravam a fazer as flexões que tinham de "pagar" a Smoke.
-MUITO BEM RECRUTA ASAC!- berrou irónico-NÃO TOCOU EM NENHUM DOS INFRAVERMELHOS, SENDO QUE MERECE UM PRÉMIO!
Raios, estava em apuros, não seria nada de bom decerto.
- O que tenho de fazer, senhor? - questionei preocupada e um pouco medrosa.
- MUITO BEM, JÁ QUE INSISTE DIRTIEI - informou Kazakov - AQUI Q RECRUTA, SERÁ ENVIADA PARA UM LOCAL QUE APENAS EU E SMOKE CONHECEMOS. VOCÊS TERAM DE ENCONTRÁ-LA.
- eSQUECESTE-TE DE UM PROMENOS - prossegui Smoke- ELA CORRERÁ RISCO DE VIDA! NESTE EXERCÍCIO TERÃO DE UTILIZAR O QUE APRENDERAM NAS AULAS.
-E LEMBRAM-SE - conclui Kazakov - SE ALGO LHES ACONTECER A CULPA É VOSSA. AGORA, VÃO DORMIR, AMANHÃ SERAM MELHOR INFORMADOS.
Segui os restantes, mas Smoke agarrou-me.
- TU NÃO! - disse - vens connosco!
Oh diabos o que me irá acontecer?

Asac
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 145
Reputação : 0
Localização : Campus Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Ter 20 Nov 2012, 19:22

Fomos dormir todos muito preocupados com Asac. Provavelmente, quando disseram que ela corria perigo de vida, estavam a exagerar, e não sei qual era o interesse de um recruta perder tempo de treino á espera que a viessem salvar, mas os instrutores provavelmente sabiam o que estavam a fazer. Dormi com tanto sono que estava e no outro dia acordámos com trompetes a tocar. Levantei-me com um salto pois havia me assustado. Vestimo-nos num ápice e quando olhámos em volta, já não estava ninguém no dormitório, mas sabíamos que nos estavam a observar por câmaras.
Encontrámos um papel com um enigma:

'' Seja meu livro então minha eloquência,
Arauto mudo do que diz meu peito,
Que implora amor e busca recompensa.
Shakespeare
''

-O que é que isto significa? - perguntou Ray.
-Fala em livro... Não há uma espécie de biblioteca onde se encontram os manuais para as aulas práticas aqui perto? - disse eu.
-Sim. - respondeu Jake.
-Então vamos para lá. - respondi eu.
Comemos as sandes que tinam sobrado do exercício de sobrevivência e dirigimo-nos a essa espécie de biblioteca. Lá encontrámos mais um enigma:

'' Ser livre é querer ir e ter um rumo
e ir sem medo,
mesmo que sejam vãos os passos.
É pensar e logo
transformar o fumo
do pensamento em braços.
É não ter pão nem vinho,
só ver portas fechadas e pessoas hostis
e arrancar teimosamente do caminho
sonhos de sol
com fúrias de raiz.
É estar atado,amordaçado,em sangue,exausto
e,mesmo assim,
só de pensar gritar
gritar
e só de pensar ir
ir e chegar ao fim.
Armindo Rodrigues
''

-E isto... O que significa? - perguntei eu.

Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Ray Dominic em Ter 20 Nov 2012, 19:36

-E isto... O que significa? - perguntou Maria.
-Isso fala na liberdade.. e em ''chegar ao fim''. Por onde é que saímos quando acabamos a recruta?-perguntei.
-Pelo portão principal.-exclareceu James
-Bora pra lá pessoal.-disse eu-Tenho quase a certeza que é lá.
Fomos todos para lá. Quando estavamos a ir para lá deparámo-nos com uma rampa enorme e começámos a descer cuidadosamente. Eu escorreguei e esfolei um joelho todo. Ironicamente no fim da rampa estava um kit de primeiros socorros. Os meus colegas ajudaram-me a tratar o joelho e seguimos acaminho.

Ray Dominic
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 62
Reputação : 0
Idade : 16
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Ter 20 Nov 2012, 19:58

Os instrutores tinham feito tudo para que alguém caísse alí: o piso era íngreme e estava húmido. O que vale é que o piso era em terra e não em asfalto ou teria sido muito pior.
Depois de tratarmos de Ray, seguimos até ao portão principal onde estava o próximo enigma:

'' Último enigma:
Crepita o fogo na lareira.
Um incêndio nos queima.
O calor do fogo...
Dos nossos corpos.
Nossas mãos inquietas se entregam às carícias.
Nossa pele, nossos olhos, nossa boca.
As chamas se inflamam.
Nossos olhos se desgrudam e por um instante se prendem nelas.
Mas em seguida voltam a se procurar.
E se afundam num fogo interior que não tem pressa alguma de se apagar...
Anónimo
''

-Estamos tramados. - disse eu.
-Espera... - disse Richie com um ar pensativo. - A lenha para todas as fogueiras de onde vem?
-Da cabana de jardinagem. - disse James como se não estivesse a perceber.
-É isso! - disse Richie.
-Eureka! - gozei eu com uma voz de cientista louco.
Rimo-nos todos.
-É isso! - retomou Richie. - Todos os outros recrutas estão proibidos de lá entrar, daí terem dito que levariam Asac para ''um local que só eles conheciam''. Depois, no poema fala em fogo e lareira, e na cabana há lenha. E depois fala em calor, pois essa cabana armazena os sistemas de ar condicionado. Vamos o ficam aí a olhar? - perguntou Richie.
Ninguém respondeu. Era uma brilhante ideia.
Dirigimo-nos lá e quando chegámos o relógio marcava as 11 horas e 53 minutos. Batemos á porta. Ninguém respondeu. Decidimos arrombar a porta. Quando a porta caiu, vimos Asac presa a uma cadeira amordaçada. Soltámos-la.
-Eles disseram para estarmos no dormitório até às 12 horas. Que horas são? - disse Asac.
-Meio dia menos cinco. - respondeu Jake.
Automaticamente começámos a correr e demorámos dois minutos a chegar ao local. Os instrutores estavam lá e mal nos viram chegar a tempo Smoke disse:
-Afinal os putos ranhosos conseguiram...


Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Jake Parker em Ter 20 Nov 2012, 20:41

Depois de salvar - mos Asaxc tivemos de correr rapidamente para chegar a horas.
Quando chegamos o instrutor Smoke disse:
-Afinal os putos ranhosos conseguiram...
Fiquei feliz por termos enervado os instrutores, mas nao o podia demonstrar porque senao ainda tinha de correr, ou fazer flexoes, ou qualquer coisa parciada.
- Bem como hoje se portaram tao bem. - disse o instrutor Kazakov com um sorriso, que era para desconfiar. - Vao ter de me mostrar mais uma coisinha.
Ficamos todos alarmados, pois esperavamos o pior.
- Hoje nao há almoço para ninguem. - disse Smoke.
Todos ficaram admirados e ao mesmo tempo com raiva de lhes bater.
- Vao ter de fazer o vosso proprio almoço, nao sei como, mas arrangem - se. - disse Kazakov. - Quero vos aqui as duas e meia, senao estiverem vao ter de fazer 500 voltas a correr à pista.
Reunimo - nos todos e richie disse:
- Eu aho que há ums esquilos e mais animais ali, mais em baixo. - disse Richie apontando para um pinhal bastante grande.
- Entao estamos há espera de que? - disse Asac. - Vamos.
Começaram todos a correr.
Quando chegamos ao pinhal o James disse:
- Entao como é que vamos apanhar um esquilo ou uma pomba?
- Com uma fisga. - disse.
- Com uma fisga? - perguntou Maria um pouco espantada. - Tens ai alguma?
- Nao, Mas podemos fazer. - disse.
Comecei a procurar um pau em forma de "V".
Demorei pouco mais de 2 minutos ate emcontrar um.
- Alguem tem um fio ou um elastico? - perguntei.
- Haa, ja tou a perceber a tua ideia. - disse Ray. - E nao nao tenho.
- Eu tenho um elastico com que prendo o meu cabelo. - disse Maria, Dando - me o elastico.
- Obrigada. - disse enquanto começava a montar a fisga.
- Bem a fisga ja temos, quem é que tem melhor pontaria? - perguntei. - É que eu nao tenho la muito jeito.

Jake Parker
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 140
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Campus da Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Ter 20 Nov 2012, 21:24

-Eu tenho boa pontaria. Fiz 97 pontos em 100 na aula de tiro. Deixa-me experimentar. - disse eu.
Atirei uma pedra, e como a pomba estava em movimento falhei. Tentei outra vez, mas desta vez numa pomba que estava pousada. Acertei.
-Acho que isto não chega para todos... Vou matar mais algumas.
Acertei em mais duas o que fez com que houvesse uma pomba a cada dois recrutas. Tirámos as tripas e outros órgãos internos das pombas até ficar só a carne. Também depenámos as aves. Espetámos as pombas num pau, fizemos uma fogueira e cozinhámos as pombas. Depois de as preparar comêmo-las. A carne não era má e como tínhamos fome comemos tudo.
Demorámos metade do tempo e fomos ter com os instrutores.

Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Jake Parker em Qua 21 Nov 2012, 16:01

Depois do nosso almoço fomo ter com os instrutores.
Chegamos e os instrutores nao estavam la.
Achamos muito estranho.
- Devem de estar a preparar alguma coisa para nos tramar. - disse Richie
- Pois devem. - disse Ray.
- Temos der ficar atentos.
- INSTRUTOS KAZAKOV. - Gritei - INSTRUTOR SMOKE.
- Achas mesmo que nos vao responder? - perguntou Asac.
- Nao sei, mas nao costa tentar. - respondi.
Estavamos todos virados de para a "casinha" onde os instrutores dormem, mas nada, Até eu sinto que me tinham agarrado e postou um saco na cabeçada e me tinham pegado ao colom, começei a gritar desesperado.
Os outros recrutas tambem gritavam, pelos visto tinha acontecido a mesma coisa ao outros.
Deixaram - me cair e depois fecharam uma porta, parecia ser a porta de uma carrinha.
Tentei libertar - me mas nao consegui.
- O que se passa? - Perguntou James.
- NAO TEM NADA A VER COM ISSO. - disse uma voz da que desconheciamos.
- QUANDO CHEGAREM AO VOSSO DESTINO LOGO VERAM. - DISSE OUTRA VOZ.
Nao estavamos sozinhos, pareciam ser uma t - shirt brancas ou pretas que estavam a ajudar os instrutores na recruta.
Fomos ao sulavancos durante a viagem toda.
Andamos bastante tempo.
Dentro da carrinha ninguem disse uma unica palavra, o que se tornava bastante assustados.
-Nao nos podem tirar os sacos ou la o que isto é? - perguntei.
- NAO. - gritou uma outra voz. - QUANDO TIVEREM DE TIRAR NOS É QUE TIRAMOS.
Ninguem disse mais nada.

Jake Parker
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 140
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Campus da Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Qua 21 Nov 2012, 21:49

Estava muito assustada e não sabia o que havia de fazer.
''Não tínhamos nada a ver com isso? Nós é que estamos a levar com cem dias de recruta!'' pensei eu, mas mantive-me calada.
Qual seria o tal destino misterioso de que nos falavam?
De repente a carrinha travou bruscamente o que fez com que fossemos impulsionados contra a parede da mesma. Mandei uma cabeçada na parede e fiquei meia atordoada mas logo recuperei os sentidos. A porta da carrinha abriu-se e, como estávamos habituados à escuridão, a luz fez-nos arder os olhos. Que local era aquele? Não o conhecia, nunca o tinha visto antes e pela cara dos outros querubins não era a única que não fazia a mínima ideia em que lugar é que estávamos. Os instrutores também não estavam lá.

Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Asac em Qua 21 Nov 2012, 23:10

Enquantos os outors caminhavam e,m direcção de uma noite de descanço, eu continuava imóvel, junto de Smoke, que me agarrava um braço, com uma mão firme, e de Kazakov. O que estaria à minha espera? Era a pergunta que se propagava na minha mente. Uma pontada de medo propagou-se pelo meu amâgo, querendo dobrar toda a minha confição.
Engoli em seco, tenatando espantar os pensamentos pesimistas que se apoderavam da minha mente, e esperando pelos ordens dos instrutores.
-Muito bem recruta- disse Kazakov, numa voz mais suave do que a que conhecia mas mesmo assim amealçadora - As luzes ficaram apagadas durante algum tempo - ao disse-lo, Smoke cobriu-me a cabeça com um saco de pano negra.
Apartir daí não poderia utilizar mais a minha visão. Senti que me amarraram os pulsos e os tornozelos, com tamanha força que as minhas mãos e os meus pés ficaram dormentes imediatamente. Um par de braços fortes pegou-me e atirou-me para dentro do que mais tarde soube tratar-se de uma carrinha.
Continuei às escuras durante o que me pareceu uma eternidade, escorregando e embatendo nos cantos do automóvel. Quando finalmente o meio de transporte parou, retiraram-me das transeiras da carrinha, levando-me para o exterior e removeram o pano negro que impedia que visse alguma coisa. Assim que abri os olhos lá estava ela, a lua, senhora da noite, a rir-se da minha triste figura e iluminando a cabana de jardinagem, uma das zonas em que a nossa presença era interdita.
- MUITO BEM RECRUTA - começão Smoke - ENQUANTO OS TEUS COMPANHEIROS DESFRUTAM DE UMA AGRADAVÉL NOITE DE SONO, TU IRÁS PAGAR PELA TUA MISERÁVEL PRESTAÇÃO NA ÚLTIMA PROVA.
Oh, diabos, o que viria para aí. Maldita a hora em que decidi ser a última, neste presizo momento, não me importava nada de pagar em flexões.
- VAMOS COMEÇAR COM FLEXÕES, QUE ME DIZ A 1000? sEGUIDAS DE 1000 ABDOMINAIS? - proferiu Kazakov, enquanto cortava as cordavas que me prendiam - Prepara-te que não ficará só por aqui.
AMssagei os pulsos e preparei-me para começar os exercicios. Os braços doima-me como tudo e ameaçavam ceder.
«tens de ser forte!» pensei para mim mesma, se não conseguisse fazer àquilo, que decerto era apenas o início de uma noite de tormenta, daria parte de fraca e a recruta ficaria perdida. Sorvi o ar gelado que me queimava a garganta e me secava a boca, tornando a saliva numa mistela seca e horrivel.
Terminei as flexões, só faltavam os abdominais, o que para mim era mais facil, no entanto depois de completar algumas, os meus abdominais pareciam estar constatemente a serem picados com pequenas agulhas. Reuni a força sufuicente e terminei o exercicio.
O cansaço acentuavam-se, o suor empapava cada vez mais as minhas roupa imundas, com a lama que cobria o chão.
- SURPREENDEsTE-ME... - ironizou Kazakov - PENSEI QUE DESISTISSES à PRIMEIRA - parou, esperando que a boca que me lançara me afectasse, comprimi todo o meu ódio, não iria dar-lhe esse prazer, continuei imóvel, sem lhe responder - PARECE QUE A GATO TE COMEU A LINGUA - gracejou.
SMoke emitiu um sorriso estridente e prosseguiu:
- QUE TAL UM BANHO, ESTÁ IMUNDA. IRÁS NADAR DURANTE UMA HORA, ALI NO RIO.
Entrei na água, que me gelou até aos ossos, tentei movimentar-me mas os meus músculos e os meus tendões estavam perros.
-DE QUE É QUE ESTÁS À ESPERA - berrou Kazakov da margem.
Tinha de poupar forças sendo que não lhe respondi, com muita dificuldade, comecei a nadar.
Os membros pesavam-me cada vez mais e a àgua teimava em entrar-me pela boca, engasgando-me, não podia parar senão decerto que seria obrigada a fazer mais flexões.
- MAIS DEPRESSA- ordenou Smoke.
Aumentei o meu ritmo, tentando agradar o máximo que conseguisse aos instrutors, o que significa o minimo ou mesmo nada para eles.
Meia hora depois, sai da àgua, completamente mole, com o estomago a roncar, visto que não ainda não tinha comido nada e muito ofegante. Sorvi a ar, tentando captar o máximo de oxigénio que conseguia.
- ATÉ A MINHA MÃE CONSEGUIA SER MAIS RÁPIDA QUE ISSO - gracejou Kazakov - E ELA JÁ TEM 90 ANOS.
- E QUE TAL PASSARMOS À LUTA - sugeriu Smoke, entre riso.
Ele só podis estar a gozar com a minha cara, eu estava completamente esgotada, faminta, já para não falar que os instrutores eram bem mais fortes que eu.
Sem avisar, Smoke investiu, socando-me no estomago. Contruci-me de dor. Smoke pontapeou-me nas costas, gritei. Estava mesmo fraca, a todo o custo, levantei-me, começando a socar o ar. Finalmente consegui atingir o instrutor.
-SABES QUE ISSO SÓ FAZ COCIGAS? -ironizou.
Irritei-me completamente, ele não tinha imposto regras por isso iria utilizar todos os meus trunfos. Dei-lhe um pontapé mesmo no mei das pernas. Ele gemeu, controcendo-se, já KAzakov, ria-se como um louco. Soquei SMoke no nariz, o estomago, de novo o nariz, pontapiei-o nas costas.
- HEY, MIUDA - chamou KAzakov - CHEGA DE BRINCAR COM ELE. AGOTRA É A MINHA VEZ.
Kazakov era ainda mais rápido e ágil que Smoke, sendo que tive maior dificuldade em acertar-lhe mas assim que consegui dectar uma abertura na sua posição ofensiva ataquei-o com a maior força que consegui, mas não teve o mesmo efeito que no primeiro. Tombou-me, assim que investiu. Cai, batendo com o nariz no chão.
- ESTAVA A SER DIVERTIDO - começou Kazakov - MAS A ALVORADA NO CAMPUS JÁ COMEÇOU, OS TEUS COMPANHEIROS, DEVEM TER COMEÇADO A BUSCA... POR TI.
Nem sequer tinha reparado, mas alguns raios começavam a iluminar o céu. Mesmo antes que podesse levantar-me, já Smmoke me agarrava enquanto Kazakov me prendia novamente os pulsos e os tornozelos.
Não protestei porque sabia que se o fizesse, ficaria numa situalção bem pior.
Os instrutores, caminharam para a cabana, levando-me consigo.
Quando entremos, deparei-me com um local horrivel, cheio de ferramentas enferrujadas e cheias de pó. No centro da divisão encontrava-se uma cadeira de metal, que suspentei ser o local onde ficaria sentada.
Smoke pousou-me na cadeira, amarrou com força os meus tornozelos aos pés da cadeira, enquanto que Kazakov ia buscar algo, quando se aproximou apercebi-me de que era uma tigela com a clássica paparoca, que nos constumavam dar.
-COME - ordenou.
O meus estomago estava dorido e roncava feito maluco, já não comida à horas, memso com as mãos atadas devorei a paparoca com satisfação.
- JÁ QUE TENS A BARRIGA CHEIA, ESTÁ NA HORA DA CESTA... - ironizou KAzakov, colocando-me uma mordaça.
- FICARÁS AQUI ATÉ QUE OS TEUS AMIGUINHOS TE VENHAM BUSCAR - disse SMoke - É VERDADE, TEM DE CHEGAR AO CAMPUS ÀS 12.00H EM PONTO.
Sairam e bateram com a porta. Eram apenas 5.00h da manhã. Sabia que estaria alí durante muito tempo, não é que não tivesse fé nas capacidades dos meus companheiros, mas de certo que os instrutores não iriam facilitar.
Talvez fosse melhor dormir um pouco. Fechei os olhos e tentei dormi. PRimeiro o encomodo atacou-me mas estava tão cansada que me rendi ao sono.
Dormi o que me pareceu serem apenas alguns segundos, visto que estava morta de cansaço, mas na verdade fiz uma soneca de horas.
Relembrei o que tinha acontecida até àquele momento, todos os exercicios,as minhas relações com os outros, do beijo.
Estava tão abstraida nos meus pensamentos que só me apercebi que alguém se aproximara da cabana, quando tentaram arrombar a porta. Queria gritar, mas ninguém me ouviria. Rezei para que fosse algum dos meus companheiros.
As minhas preces foram atendidas pois pela porta irromperam todos os meus companheiros, que me desataram sem demora.
-Eles disseram para estarmos no dormitório até às 12 horas. Que horas são? - disse massajando os pulsos.
-Meio dia menos cinco. - respondeu Jake.
Automaticamente começámos a correr e demorámos dois minutos a chegar ao local. Os instrutores estavam lá e mal nos viram chegar a tempo Smoke disse:
-Afinal os putos ranhosos conseguiram...
-Bem como hoje se portaram tao bem. - disse o instrutor Kazakov com um sorriso, que era para desconfiar. - Vao ter de me mostrar mais uma coisinha.
Ficamos todos alarmados, pois esperavamos o pior.
- Hoje nao há almoço para ninguem. - disse Smoke.
ELe só podia estar a gozar comigo, o meu estomago roncava tão alto como um vulcão prestes a entrar em eupção.
- Vao ter de fazer o vosso proprio almoço, nao sei como, mas arrangem - se. - disse Kazakov. - Quero vos aqui as duas e meia, senao estiverem vao ter de fazer 500 voltas a correr à pista.
Reunimo - nos todos e richie disse:
- Eu aho que há ums esquilos e mais animais ali, mais em baixo. - disse Richie apontando para um pinhal bastante grande.
- Entao estamos há espera de que? - disse . - Vamos.
Começaram todos a correr.
Quando chegamos ao pinhal o James disse:
- Entao como é que vamos apanhar um esquilo ou uma pomba?
- Com uma fisga. - disse jake.
- Com uma fisga? - perguntou Maria um pouco espantada. - Tens ai alguma?
- Nao, Mas podemos fazer. - proferiu jake, começando a procurar por algo, apercebi-me então que procurava um galho em forma de V, quando apanhou um.
- Alguem tem um fio ou um elastico? - perguntou jake.
- Haa, ja tou a perceber a tua ideia. - disse Ray. - E nao nao tenho.
- Eu tenho um elastico com que prendo o meu cabelo. - disse Maria, Dando - lhe o elastico.
- Obrigada. - agradeceu jake, enquanto começava a montar a fisga.Bem a fisga ja temos, quem é que tem melhor pontaria? É que eu nao tenho la muito jeito.
-Eu tenho boa pontaria. Fiz 97 pontos em 100 na aula de tiro. Deixa-me experimentar - disse Maria, começando a atirar pedra, no inicio falhou, mas quando tentou de novo, conseguiu acertar numa pomba.
Era óbvio que não chegaria para todos, sendo que Maria acertou em mais algumas. Depois de apanhama-las, começamos a desventrá-las para que conseguissemos retirar os orgãos internos, enquanto alguns depenavam as aves.
Quando ficaram completamente limpas começamos a assa-las.
Devorei a que me coubera, estava faminta e embora não tivesse um paladar muito ag´rdavel todos comemos com satisfação.
Depois de acabarmos a nossa refeição fomos para junto dos instrutores, no entanto eles não se encontravam no local indicado.
Estranho, muito estranho que estaria eles a tramar?
- Devem de estar a preparar alguma coisa para nos tramar. - disse Richie
- Pois devem. - disse Ray.
- Temos der ficar atentos.
- INSTRUTOS KAZAKOV. - Gritou jake - INSTRUTOR SMOKE.
- Achas mesmo que nos vao responder? - perguntei
- Nao sei, mas nao costa tentar. - respondeu-me.
Observei o local que servia de dormitório para os instrutores, tal como os outros. Nada, simplesmente nada. Estava prestes a virar-me para encarar os meus companheiros, quando bem emboscada. Alguém colocara-me um saco na cabeça.
«outra vez?» pensei « Só podem estar a gozar comigo, ainda agora saí d'uma e já me querem meter noutra embrulhada».
Ao contrário dos outors não gritri, sabia que tinha de poupar energias para algo mais importante do que gritos.
O que se passa? - Perguntou James.
- NAO TEM NADA A VER COM ISSO. - disse uma voz da que desconheciamos.
- QUANDO CHEGAREM AO VOSSO DESTINO LOGO VERAM. - DISSE OUTRA VOZ.
Nao estavamos sozinhos, pareciam ser uma t - shirt brancas ou pretas que estavam a ajudar os instrutores na recruta.
Fomos ao sulavancos durante a viagem toda.
Andamos bastante tempo.
Dentro da carrinha ninguem disse uma unica palavra, o que se tornava bastante assustados.
-Nao nos podem tirar os sacos ou la o que isto é? - perguntou jake.
- NAO. - gritou uma outra voz. - QUANDO TIVEREM DE TIRAR NOS É QUE TIRAMOS.
Ninguem disse mais nada.
Eu só pensava em manter-me calma, atrofiar n~eo ia ajudar em nada. Racioncinio, era o que tinha de utilizar.
«Para onde diabos eles nos levam?» perguntei a mim mesma.
De repente a carrinha travou bruscamente o que fez com que fossemos impulsionados contra a parede da mesma.
Fui contra alguém, que gesticulou um gemido.
-Desculpa - sussurei.
A porta da carrinha abriu-se e, como estávamos habituados à escuridão, a luz fez-nos arder os olhos. Que local era aquele? Não o conhecia, nunca o tinha visto antes e pela cara dos outros querubins não era a única que não fazia a mínima ideia em que lugar é que estávamos. Os instrutores também não estavam lá. .
- MUITO BEM PUTOS - gritou alguém - LEVM ISTO COMO UMA PRAXE.
- UM PRESENTINHOS DOS MAIS VELHOS - continuou outro.
Observei mais atentamente o local, estavamos à beira de... rigorosamente nada. Era um descampado, onde a poeira se levanta-va com o vento que por ali corria e o que encomudava tanto como o sol tórrido que brilhava no céu.
Olhei finalmente para aqueles que nos "raptaram" tinham as máscaras tapadas com máscaras do Guy Fawkes e envergavam t-shirts brancas e pretas.
- MUITO BEM - começou o que se encontrava no centro - OS INSTROTORES DEIXARAM-VOS POR NOSSA CONTA.
- NÃO PENSEM QUE SÓ POR NÃO SERMOS NEM O SMOKE NEM O KAZAKOV QUE A VOSSA VIDA VAR SER FACILITADA - gritou outro.
E desataram a rir que nem loucos. Oh diabos, o que se aproximava de certo que não era coisa boa.

Asac
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 145
Reputação : 0
Localização : Campus Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Maria Kiedis Balzary em Qui 22 Nov 2012, 17:52

MUITO BEM - começou o que se encontrava no centro - OS INSTRUTORES DEIXARAM-VOS POR NOSSA CONTA.
- NÃO PENSEM QUE SÓ POR NÃO SERMOS NEM O SMOKE NEM O KAZAKOV QUE A VOSSA VIDA VAI SER FACILITADA - gritou outro.
E desataram a rir que nem loucos. Oh diabos, o que se aproximava de certo que não era coisa boa.
-BEM... - disse um deles. - HOJE VAI SER UM DIA DIVERTIDO. VAMOS JOGAR Á APANHADINHA.
Estranhámos. Jogar à apanhadinha?
De repente sacaram das suas armas de paintball e de um saco de capacetes. Percebemos que de que apanhadinha se tratava.
-ENQUANTO NÓS DISPARAMOS CONTRA VOCÊS, VOCÊS TÊM DE CORRER FEITOS DOIDOS PARA FUGIR DAS BALAS. PARA PARARMOS VÃO TER QUE ENCONTRAR AS VOSSAS PRÓPRIAS ARMAS E CADA UM TEM DE ACERTAR EM DEZ DAQUELES ALVOS.
Pusemos os capacetes e começámos a correr. Senti uma bala acertar-me no braço e senti a tinta a escorrer-me. Depois outra bala nas costas, e outra no capacete. Á medida que nos afastávamos deles, menos balas nos acertavam. Passado algum tempo, ouvi Jake dizer:
-Encontrei uma arma!
Corremos para o felicitar. Combinámos entre nós que Jake ficaria a atacar os T-Shirts Brancas e Pretas com a sua arma e com a caixa da mesma protegeria o corpo. Continuámos a busca. Procurávamos no interior dos arbustos pois fora aí que Jake encontrara a sua. Levo com uma bala no pescoço.
-Porra! - gritei. - Auch! Esta vai ficar marcada!
Foi aí que James encontrou a sua arma no cimo de uma árvore.
-Pessoal! - chamou ele. - Procurem também nas árvores! Encontrei a minha!
Depois de ter dito isso, James juntou-se a Jake atacando os ''ajudantes'' dos instrutores. Por falar em instrutores... onde estariam aqueles dois sacanas nesse preciso momento? E o que estariam a preparar?

Maria Kiedis Balzary
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 536
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Convidado em Qui 22 Nov 2012, 18:55

Comecei a correr e sinto uma bala a raspar-me no braço:
-Esta foi por pouco.
Virei á esquerda e vi uma caixa com uma arma presa, numa telha de um telhado, por uma corda. Corri para a ir buscar, mas algo cheirava mal. Agarrei numa pedra e aproximei-me da caixa. Quando a agarrei e puxei a caixa, um T-shirt preta saiu de cima do telhado pronto a atirar, mas eu fui mais esperto e mandei-lhe a pedra contra a cabeça. Com o choque o rapaz deixou cair a arma dele. Agarrei nas duas armas e disparei contra ele:
-Ei, tenho duas armas!-gritei
Maria veio ter comigo e eu dei-lhe a que estava dentro da caixa e de seguida corri para os alvos. Comecei a disparar. Acertei 7 vezes no centro e 3 na cabeça:
-Acertei 10 vezes!
Corri para os T-Shirts brancas e pretas e escolhi um bom ponto para disparar sem ser visto e comecei a atirar.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta Nº20

Mensagem  Jake Parker em Qui 22 Nov 2012, 21:15

Eu, James, Maria e Richie ja tinhamos as armas.
Estavamos todos afastados para conseguir conseguir acertar em mais T- Shirts Brancas e/ou Pretas sem sermos tantas vezes acertados.
Eu estava em cima de uma arvore, James estava atras de um arbusto bastante alto e tambem bastante denso assim se mandassem para aquele sitiu a bala de tinta nao acertava em James, Maria estava dentro de uma arvora com o tronco oco, cabia la dentro porque era magra e tambem nao era muito grande e o Richie estava em cima do telhado de uma casa.
Passado algum tempo Asac grita alegremente:
- PESSOAL ONDE QUER QUE ESTEJAM JA ENCONTREI UMA ARMA, ESTAVA POR BAIXO DE UM ARBUSTO.
Pensei para mim "Boa ja temos todos armas menos o Ray".
Asac escondeu - se detro da casa onde richie estava(no telhado), as janelas estavam partidas, quer dizer nao exestiam nenhumas, mas as que existissem estavam partidas, Asac começou a disparar de uma janela da casa onde estava, acertou em alguem T - Shirts Brancas/Pretas, eles nao sabia de onde tinha vindo a Bala de tinta mas continuaram, Asac ia mudando de janela para nao ser descoberta.
Passados mais ou menos 30 minutos Ray grita de satisfaçao:
- TAMBEM JA ENCONTREI UMA, JA NAO ERA SEM TEMPO. - Gritou Ray enquanto se trepava para uma arvore, teve a mesma ideia que eu pois era a mais segura.
Começamos a mandar bastantes balas de tenta para eles, uma acertou me num braço, mas eu nao gritei de dor, porque tinha medo de ser descoberto.

Jake Parker
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 140
Reputação : 0
Idade : 17
Localização : Campus da Cherub

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recruta nº20

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 03:58


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum