[Missão] Operação língua azul!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Andre Cavalheiro em Dom 08 Abr 2012, 00:01

O dia em Las Vegas, era fraco. Ao contrário do  do resto do mundo, esta cidade nascia á noite! O director mal podia acreditar quenhavia de facto uma missão naquela cidade que ele tanto gostava! Como disfarçe, O director, era André Doofenshmirtz, um ez cientista que tinha problemas mentais devido a uma experiênçia que tinha corrido mal. Como casa, a familia Doof, tinha um pequeno T3.

Ao entrarem na casa estava tudo sujo, estava na altura de uma nova missao!

_________________
André Cavalheiro
Director da CHERUB!

Andre Cavalheiro
Admin

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 108
Reputação : 2
Idade : 19
Localização : Localização secreta

Ver perfil do usuário http://cherub-portugal.forumportugues.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Dabila Nami em Dom 08 Abr 2012, 00:07

Dabila ainda não podia a creditar que ia mesmo ter que fazer uma tatuagem na língua era repugnante e a casa não se podia falar esta completamente seja e cheia de pó tinha que fazer umas boa limpezas ali.


Última edição por Dabila em Dom 08 Abr 2012, 00:13, editado 1 vez(es)

_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  seddnerd em Dom 08 Abr 2012, 00:08

(wtf, a tatuagem azul e o ritual de passagem para entrarem no gangue ainda nem fizeram contacto)
ok mester Ass: DABILA
Mester i liked that!

seddnerd
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 26
Reputação : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Luke Heavens em Dom 08 Abr 2012, 18:13

Estavam todos na casa onde iriam viver nas próximas semanas ou, possivelmente, meses. Luke tinha várias dúvidas sobre a missão e depois da habitual discussão sobre quem ficava com que quarto. Havia um problema. Apenas haviam 3 quartos. O Diretor ia ficar com um quarto só para si, mas dois querubins tinham que dormir juntos. Parecia não ser um grande problema porque as raparigas queriam dormir juntas, mas Luke queria tentar a sua sorte e disse que queria partilhar um quarto. Isso valeu-lhe de duas bofetadas na cara. Assim, todos arrumaram os seus pertences pela casa e depois de tudo pronto e de Dabila ter aspirado o pó, sentaram-se todos no sofá da sala de estar.

- Bem, temos que definir os objectivos de cada um vocês, os nomes, as histórias, etc ... - disse o Diretor.
- O meu nome pode ser Luke Montanelas. - disse Luke soltando um riso.
- Não sejas estúpido. - disse Kerry. - Dúvido sequer que consigas fazer amizade com uma rapariga. És demasiado estúpido.
- Challenge Accepted! - disse Luke em tom de gozo. - Posso ser estúpido, mas ninguém resiste a esta cara laroca. - disse Luke fazendo o som de beijos para Kerry.
- Já chega! Isto é um assunto sério! Comportem-se! - disse o Diretor em tom de autoridade.
- Desculpe. - disseram Luke e Kerry ao mesmo tempo.
- Desculpas aceites. Agora vamos lá definir isto.

Luke Heavens
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 112
Reputação : 0
Localização : Nem eu sei '-'

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Andre Cavalheiro em Seg 09 Abr 2012, 01:13

- Dabila ficas com o filho de do Nicolas, Dabilo, Luke tu ficas com a irma mais Velha Sonia. Quanto a ti Kerry, ficas com o filho de um outro membro da operação, grande amigo de Nicola, o Kaz, que tem um filho o Sam, que já partiçipa nas actividades do grupo. Assim que se tornarem grandes amigos, podem levar me a casa de Kaz, esse é o primeiro com quem quero falar, depois Nicolas, e então, poderemos entrar todos na organização boa sorte!

_________________
André Cavalheiro
Director da CHERUB!

Andre Cavalheiro
Admin

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 108
Reputação : 2
Idade : 19
Localização : Localização secreta

Ver perfil do usuário http://cherub-portugal.forumportugues.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Dabila Nami em Seg 09 Abr 2012, 02:24

- Andre o meu nome aqui pode ser Nami Doofenshmirtz. - Disse Dabila- Vou para o quarto chão.

Dabila foi para o quarto sem espera uma resposta, ligou o Pc e começou a pesquisar se avia algum blogue dos seus alvos. Passado algumas horas como ela já esperava não encontrar nada. Dabila pensou:

- A partir de hoje vou começar a usar o meu segundo nome Nami. Era muito fixe estar em Las Vegas a cidade do ouro. Quem diria que alguma vez veria a esta cidade, era como um sonho parecia tão real e amanha quando acorda-se não estaria la. Mas isso agora nao era o mais importante, tinha de encontra Dabilo.

Nami sabia que Dabilo um filho de uma família doida varrida por sangue, não deveria ser assim tão normal também mas mesmo assim este ele ia frequente mente a um Bar. Nami tentou sua sorte, trocou de roupa e vestiu:



e quando terminou de se trocar, Kerry entrou e disse:

- Onde vais assim vestida?
- Tentar apanhar minha preça!
- Com essa roupa?
- É o meu estilo e alem disso, um filho de um psicopata não se deve importar, não achas?
- Sim a verdade, mas o que eu estava a tentar dizer é não estas produzida de mias!?
- Sim, mas apetece-me sair não ah muitas hipótese do encontrar.
- Tens razão, mas não estas cansada?
- Sim, mas sei que não vou conseguir dormir numa cama "nova". Por isso mais vale ir dar uma volta e conhecer os redores a "casa".
- Sim, tens razão! Vou contigo!
- A isso e que não vais!
- Porque não?
- Não me digas que não viste o que eu vi?
- O que tu viste?
- O Luke queria partilhar o quarto contigo e o que valeu o sacrifício e vergonha? Duas estaladas, podias ter sido mais meiga!
- Eu sei mas foi o instinto!
- Agora usa o teu instinto trás-o para aqui e beijo aproveita e dorme com ele!
- Tas doida eu não vou fazer sexo com ele!
- E quem falo em sexo, dormir não significante fazer o amor.
- Desculpa estava a pensar que estavas a dizer..
- Não, não estava e quando voltar vou para o quarto do Luke. Portanto aproveita esta hipótese.
- Mas eu...
- Tu nada agarra-o miúda antes que outro a agarre.
- Dabila estives-te muito calada agora estas muito agressiva! Estas a pensa no passado?
- Primeiro chama-me Nami, Segundo sim estive e traseiro quando voltar vou para a cama do Luke aviso-te já! - Disse Nami sem espera pelo que Kerry ia-lhe dizer, saio disse ao director que ia dar uma volta e este não se importou ao saber que ia ver se via Dabilo.

Passei por Luke que tinha ido a WC e ele ainda tinha a cara mascada com as estaladas e disse:
- Aproveita a noite, pois não sabes quanto terras outra oportunidade!
- O que?
- Xau! - disse Nami saindo.


Nami foi caminhado ate ao bar pelo caminho, observou que mesmo sendo 23horas ainda avia muito movimente pelas ruas e com pessoas de todos os géneros e feitios. Quando chegou ao bar pediu uma coca-cola e sentou-se numa das mesas, fez que estava a falar ao telemóvel enquanto via se Dabilo estava por ali ou então Kaz o seu grande amigo, pois se um estava por ali o outro não estaria longe. Nami ate se levantou para ver todos os cantos passives mas nada nem um nem outro, voltou-se a sentar enquanto via a pessoas a Dançarem e ouvia musica. Passado pouco tempo um rapaz veio convida-la para dançar, ela não aceitou não estava de ânimos.

As 4 da manha reparou que Sonia estava a dançar. Nami pensou:

- Se o Luke estive-se aqui a sua "presa" estava bem vulnerável estava sexy e sem companheiro. Neste momento deveria esta a dormir com Kerry. Eles deveriam estar muito juntinhos.

Alevantou-se ao fim de algum tempo com alguma inveja de Sonia por se estar a divertir enquanto ela só perdia tempo estando desanimada e foi dançar. As 5horas fartou-se de espera obviamente que ele não vinha naquela noite, por isso foi para casa. Estava tudo escuro e ouvia-se o director a ressonar tinha adormecido no mini escritório da sala feito a presa e com a TV ligada. Nami pensou:
- Deves ter trabalhado muito com a Tv ligada. Todos tem direito ao seu descanso.

Nami foi buscar o cobertor fofinho e colou em cima do director, a seguir abri a porta do seu quarto e viu que Luke e Kerry dormiam profundamente e apaixonadamente juntos e pensou "Finalmente! Aleluia! Estava a ver que vos tinha de trancar em algum lugar!". Fechou a porta devagarinho e foi para a cama que supostamente era do Luke. No dia seguinte acordou ao meio dia, cheirava a carne com batatas fritas. Mal saio do quarto o Luke disse:

- Só a esta hora dormi-lona?
- Sim, e não dormi mais porque veio o cheiro a comida muito boa. - Disse Nami correndo e sentando-se no lugar que faltava da mesa.

_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  KERRY1 em Seg 09 Abr 2012, 18:20

Esquesito, a Dabila estar um pouco calada e depois ficar assim violenta. Acho que deve estar a preparar o seu perfil para a missao. Eu tambem deveria fazer o mesmo mas isso ficaria para mais tarde. Decide ouvir o concelho violento que a dabila me deu e fui ter com luke.
Estavamos deitados na cama com a tv ligada, a conversar.
- Desculpa pelos estalos. - disse eu
- Nao faz mal. - disse ele
- Faz sim. Tu só estavas a tentar ficar comigo e eu simplesmente nem reparei. - disse eu
- Pois mas agora estamos juntinhos, sozinhos... aqui no quarto... - disse luke olhando-me
- Ah, nem penses luke.
- Tava a brincar, nao me batas.
- Eu nao ia bater-te.
- Nunca se sabe. Da ultima vez saiu-me duas estaladas na rifa. De qualquer das maneiras apetece-me ficar apenas a conversar contigo. - disse luke dando-me um beijo na testa
Ficamos até ás duas da manha a conversar, estavamos a rever o Titanic o meu filme preferido. Acabei por adormecer nos seus braços.

Era de manha e luke acordou-me suavemente.

- Minha abelhinaaaa, acordaaaa. - disse ele baixinho agaixando-se á minha veira
- Abelhinha é a tua tia. - disse eu sonolenta
- Ora vá lá só estava a ser simpatico. O almoço esta pronto daqui a hora e meia. É bom que estejas a pé antes se nao depois nao comes nada. - disse luke
- Está bem - disse eu levantando-me. Peguei nas minhas roupas para me vestir quando vi que luke ainda estava no quarto.
- Hum, importaste? Preciso de me vestir. - disse eu com a roupa nas maos.
- Eu a pensar que poia ficar. - disse luke a dirigir-se para a porta fechando.
- E nao espreites pela fechadura. - disse eu aos berros.

Estavamos todos na mesa quando dabila chegou.

- Entao como foi ontem. Conseguiste caçar a tua presa?
- Nao ele nem sequer apareceu. Mas o luke teria sorte se tive-se ido.
- Entao porque? - disse luke
- Porque encontrei lá o teu par a dançar forever alone durante a noite toda. - disse dabila a rir-se
- Pois, acho que apartir de hoje ele nao vai ficar forever alone. - disse luke
- Mas nao te intusiasmes muito, estou de olho em ti. Já agora diretor, acabei á pouco de escolher o meu nome. - disse kerry
- Entao qual é? - disse o diretor a limpar a sua boca num pano.
- Será Stefani Scott.

KERRY1
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 57
Reputação : 0
Localização : top scret

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Luke Heavens em Seg 09 Abr 2012, 23:37

(Antes de estarem juntos na mesa)

Luke acordou cedo no dia seguinte. Andou pela casa em boxers e bebeu um copo de leite. Foi procurar o horário escolar. A sua primeira aula era Matemática. Luke não gostava nada de Matemática. Kerry e Nami entraram no corredor onde Luke estava a ver o horário.

- Blagh! Veste alguma coisa! - queixou-se Kerry.
- Sim, que nojo. Não te queremos ver a andar por aí quase nu. - disse Dabila com um sorriso.
- Claro que querem! É a vossa maior fantasia! - respondeu Luke. Antes que alguma delas se pudesse queixar, Luke entrou na casa de banho. Tomou banho e saiu da casa de banho com a toalha enrolada em volta da cintura. Passou de propósito pela porta do quarto de Kerry e quando ela olhou, Luke abriu a boca e fez vários movimentos com a língua. Começou-se a rir e entrou rapidamente no seu quarto.

- Juro que quando saíres daí ... - gritou Kerry a dar murros na porta.

Luke vestiu-se rapidamente. Vestiu uma t-shirt dos Blink 182, vestiu umas caças verdes e prendeu-as com um cinto que tinha escrito "Jack Daniels". Calçou umas sapatilhas e penteou-se. Saiu da porta e viu Kerry parada à porta.

- Então? Gostas do meu novo estilo, Kerry?? - perguntou Luke esperançoso.
_____________________________________

Spoiler:
Roupa:
T-shirt: http://img.gscontent.net/400x400/26458-1-400x400.jpg
Calças: http://bombod.com/wp-content/uploads/2011/11/green-jeans-by-zara-COLOURED-STRETCH-TROUSERS-1.jpg
Cinto: http://img.gscontent.net/400x400/14905-1-400x400.jpg
Sapatilhas: http://img.gscontent.net/400x400/26328-1-400x400.jpg
Bracelete: http://urbancharmjewelry.com/images/bracelet3.jpg

Luke Heavens
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 112
Reputação : 0
Localização : Nem eu sei '-'

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Dabila Nami em Ter 10 Abr 2012, 13:32

quando Luke entao na casa de banho e Stefani (Kerry) estava furiosa, Nami disse:

- Vamos ter Tic!
- O que?
- Aula de informática, muito fixe na achas?
- Sim, assim podemos falar com os nosso alvos mais facilmente.
- É bom tare quase nas mesmas aulas que ti.
- Sim.

Quando Luke saio da WC e falou com a Stefani (Kerry), Nami ja tinha vertido:

Spoiler:

Passei por eles e sem interromper a conversa fiz uns movimentos a dizer ola, adeus e estamos atrasados. Sai Stefani veio a correr atrás de mim juntamente com Luke. Chegamos no primeiro dia da escola atrasados e pior era enorme a escola, era tão grande e que sabia se tinha entrado pela porta certa. Stefani e Nami encontramos a aula 20 depois do toque por acaso a professora não levou a mal e virou-se para os alunos e disse:
- Bem meninos, estas alunas serram as vossas novas companheiras. Por favor a presentem-se.
- Ola! Meu nome e Stefani Scott, tenho 11 anos, meu pai e um cientista e esta é minha prima.
- Ola! Meu nome e Nami Doofenshmirtz, tenho 12 anos e o resto já sabem.
- Bem vindas - disseram todos os alunos.
- Podem ir para aqueles computadores do fundo! - Disse a Professora.

Deslocamos-nos ate la, e eu sentei-me ao lado de Dabilo e kerry de Sam. Eu disse:

- Ola!
- Ola, eu sou o Dabilo. Queres que te guie pela escola? - disse Dabilo com um olhar que quem preste ia ganhar a lutaria.
- Fixe, isso seria muito bom.

Nami e Dabilo durante o resto da aula falaram de um pouco de tudo; noitadas, roupa, desporto, comida, da escola, etc.
Quando saíram da aula, Dabilo mostro-me a escola e comentou-me algumas das brigas que teve e alguns esconderijos e cantos menos frequentados. Então levou-me a aula seguinte.


Última edição por Dabila em Ter 10 Abr 2012, 19:32, editado 1 vez(es)

_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Luke Heavens em Ter 10 Abr 2012, 19:24

Luke não sabia qual podia ser o seu nome. Achava que Dooffenschirtz era um nome estúpido e preferia ter outro.

- Eu vou-me chamar Luke ... Smith?
- Ok. - respondeu o Diretor. - Então Vocês são primos uns dos outros. A Nami é minha filha e vocês são primos afastados. Agora está na hora de irem para a escola.

Os querubins levantaram-se e entraram no autocarro. Saíram e seguiram caminhos diferentes até à sua sala. Luke entrou na sala de Matemática de rompante. Viu uma cadeira livre ao lado de Sofia. Era a sua oportunidade. Andou até lá e atirou a mala para cima da mesa e recostou-se para trás da cadeira. Começou a tirar o mp4 do bolso.

- Parece que o nosso novo colega já chegou à sala. - disse a professora desagradada. Luke não respondeu. - Poderia então vir resolver este exercíco?

Luke olhou para o quadro. O exercício era fácil mas ele não queria nada ser o menino certinho.

- Não. - respondeu. Logo de seguida voltou a colocar os phones nos ouvidos.
- Venha aqui fazer o exercício. Se não sabe fazer eu ajudo. - disse a professora desgradada com a atitude de Luke.

Ele levantou-se. Não tinha livro.
- O exercício é do livro?
- Sim, página 24 exercício 5. - respondeu a professora. Luke curvou-se para a mesa de Sofia.
- Emprestas o teu livro? - sussurrou Luke parecendo desinteressado.
- E se eu disser que não? - respondeu Sofia com um sorriso.

Luke sorriu-lhe. Pegou no livro e andou até ao quadro. Folheou-o até às última páginas, onde estavam as soluções. Procurou o exercício e depois de o encontrar pegou no giz e escreveu o resultado. Fechou o livro e começou a andar até à sua cadeira. A turma começou a rir.

- Era suposto resolver o exercício. - gritou a professora que já estava muito irritada.
- Foi isso que eu fiz. - respondeu Luke sem olhar para ela. Curvou-se de novo sobre a mesa de Sofia e deixou cair o livro na sua mesa.
- Obrigado. - disse ele com um sorriso irónico. Sofia esboçou um sorriso travesso a Luke e pegou no livro.

O Querubim sentou-se e colocou de novo os phones nos ouvidos. Passaram-se vários minutos. Luke viu que Sofia estava a mascar pastilha. Tocou-lhe ao de leve no braço.

- Podias-me dar uma pastilha? - perguntou num sussurro. Sofia sorriu para ele.
- Não. - disse dando um risinho. Luke encolheu os ombros e voltou-se a recostar na cadeira. Passado um minuto, uma pastilha foi atirada para a sua mesa. Ele pegou-lhe e meteu-a na boca. Olhou para Sofia. Sorriu quando viu que Luke a olhou, mas baixou a cabeça como se estivesse a resolver um exercício.

A aula acabou e Luke foi o primeiro a sair da sala. Encostou-se a um poste que estava à entrada do pavilhão e começou a mexer no telemóvel. Sofia apareceu pouco depois. Estava com algumas amigas mas desviou caminho para passar por Luke.

- Então? Não me agradeces por te ter dado uma pastilha? - perguntou com um sorriso.
- Obrigado. - respondeu Luke ainda a mexer no telemóvel.
- Sofia! Anda lá! - disse uma amiga dela puxando-a pelo braço.
- Ok, ok! - ela foi-se embora. Quando estava a virar a esquina, inclinou a cabeça para observar Luke. Tinha um sorriso no rosto.

Luke sentou-se ao lado de Sofia em todas as aulas e começaram a fazer mais conversa.
Iam agora para uma aula de Educação Física. Luke pensou que apenas iam fazer uma espécie de apresentação e não trouxe roupa de desporto. Não queria que a t-shirt ficasse suada. Pediu uns calções vermelhos a uma funcionário e foi descalço e em tronco nu para o ginásio. Luke usava os calcões puxados para baixo, deixando os seus boxers pretos à vista. As raparigas olhavam para ele e soltavam risadas entre si. Sussurravam e apontavam para Luke. Ele não se importava. Sabia que tinha um bom físico para alguém da sua idade. Era esguio mas tinha músculos definidos. Passou a mão pelo cabelo e sorriu para as raparigas. Elas soltaram mais risadas e começaram a correr pelo ginásio. Luke apenas andou à volta das linhas brancas desenhadas para limitar uma espécie de campo.

- Ok, podem parar de correr. - disse o professor. - Eu vou ali buscar uns colchões e o trampolim. Façam aquecimento.

Luke sentou-se no chão e começou a alongar as pernas. Viu 3 rapazes a andar na sua direção. Levantou-se antes que eles chegassem perto de si.

- Olha a bicha! Vem pr'aqui sem t-shirt! - disse o rapaz do meio. - O miúdo novo quer mostrar o corpo ham? Vou-te ensinar umas coisinhas ou duas! Sua bicha! - o rapaz tentou empurrar Luke, mas era demasiado lento. Luke desviou-se para o lado e acertou com um pontapé da perna direita na barriga do rapaz. O pé caiu para a frente enquanto o ele se agarrava à barriga e Luke aproveitou o impulso para desferir um soco com a mão esquerda no maxilar do seu adversário, que caiu para o chão agarrado à barriga e à cara. Os outros dois rapazes começaram a correr contra Luke, mas ele era mais rápido e desviou-se para a esquerda. Ao fazê-lo, pregou uma rasteira ao rapaz mais perto e acertou-lhe com um pontapé nas jóias de família. O único que ainda estava de pé ficou a olhar para Luke.

- Então, também queres? - perguntou Luke com um sorriso. Fez um movimento brusco para a frente e o rapaz assustou-se tanto que escorregou e quase caía no chão.

O professor chegou e os rapazes estavam-se a levantar. Olhou para Luke com algum desagrado. Montaram o trampolim e os colchões á frente deste.

- Parece que o vosso novo colega gosta de se exibir. Então pode ser já o primeiro a saltar. Qual é teu nome?
- Luke. - disse olhando desinteressado para o professor.
- Fazes o que quiseres, os teus colegas têm que imitar.

Luke sorriu. Começou a correr devagar, saltou para o trampolim e deixou-se cair no colchão sem fazer nada. Todos imitaram. Da segunda vez, Luke correu, saltou e seixou-se cair de costas nos colchões. Todos imitaram outra vez.

- Quero alguma coisa de jeito! - gritou o professor.

Luke começou a correr para o trampolim e fez um frontflip. Algumas raparigas bateram palmas mas não tentaram. Alguns rapazes tentaram mas maior parte caiu de costas ou não aterrou bem.
Luke começou a correr de novo, ganhou impulso e saltou. Fez um double frontflip e quase se desequilibrava na aterragem, mas ninguém notou. Sorriu para Sofia e andou até ao amontoado onde estava a sua turma.

- Aquilo foi muito fixe! - disse Sofia chegando-se perto de Luke. - Porque não trouxeste t-shirt? - perguntou rapidamente, passando a mão pelos bíceps de Luke.
- Não queria transpirar a minha t-shirt. - disse Luke encolhendo os ombros.

Nenhum colega de Luke tento fazer o salto e o professor acabou por colocar o plinto atravessado. Se tivessem que saltar ao eixo, tinham que abrir muito as pernas.

- Muito bem Luke. Agora passa pelo plinto. - disse o professor um pouco divertido. O plinto era quase da altura de Luke, mas o professor tinha colocado uma espécie de tábua de chamada que dava impulsão.

Luke começou a correr e saltou. Fez um Monkey Vault por cima do plinto e aterrou nos colchões. Ouviram-se alguns aplausos e alguns rapazes ainda tentaram fazer. Maior parte parou em cima do plinto ou prendeu os pés e caiu nos colchões.
O professor tirou a tábua de impulsão e sorriu para Luke.
Normalmente, Luke impulsionava-se para cima do obstáculo e fazia um vault qualquer por cima, mas queria impressionar. Correu para o plinto e saltou. Quando estava ainda com algum impulso, curvou-se para trás de modo a fazer uma espécie de cambalhota no ar. Agarrou a parte superior do plinto e terminou a espécie de pino rotativo. Os seus músculos estavam doridos e começou a transpirar. Ouviram-se aplausos e Luke andou de novo até ao amontoado. Várias raparigas o congratularam, tal como alguns rapazes.
O professor desistiu de pôr Luke à prova e passou aos exercícios mais fáceis. Maior parte das raparigas ficou a fazê-los. Luke deitou-se nuns colchões. Estava suado e um bocado ofegante. Sofia e algumas raparigas foram para ao pé dele e dos rapazes que estavam sentados ao seu lado a falar sobre o traseiro e o peito das raparigas que estavam a saltar.

- Aquilo foi um espetáculo! Onde aprendeste a fazer isso? - perguntou Sofia chegando-se perto de Luke. Tinha o cabelo preto um pouco despenteado e os olhos amendoados. Tinha uma cara gira e um corpo fenomenal. Luke sabia que ela tinha 14 anos.
- Na rua. Comecei aos 7 anos.
- Na rua? Como assim? És daqueles malucos que sobem prédios e andam a saltar lá por cima? - disse Sofia muito espantada. Era óbvio que achava excitante o facto de Luke se poder magoar a qualquer momento com um salto mal feito.
- Chama-se Parkour. Podes vir ver se quiseres. Dás-me o teu número e eu digo-te quando for fazer. - virou-se para alguns dos rapazes. - Se quiserem também podem tentar fazer. É divertido.

Alguns concordaram e trocaram os números de telemóvel. Sofia combinou com Luke irem juntos para casa.
Luke estava transpirado e decidiu ir para casa com os calções vestidos e com a mala às costas. Portanto foi a tronco nu e com as sapatilhas calçadas. Não tomou banho, até porque não tinha trazido nada para o fazer. Estava fora do pavilhão de Ed. Física quando Sofia apareceu. Tinha o cabelo molhado e parecia muito sexy.

- Me gusta. - disse Luke com um sorriso perverso.
- Continuas sem camisola. - disse ela ignorando o comentário de Luke. No entanto, era possível ver um pequeno sorriso no seu rosto.
- Não gostas? - perguntou Luke dando uma gargalhada.
- Não disse isso. Vá, vamos andando. - disse ela pegando no braço de Luke.

Caminharam durante algum tempo e conversaram sobre várias coisas. Tanto Luke como Sofia fizeram ofereceram-se para fazerem coisas menos próprias um ao outro. Quando Luke fazia comentários sobre a belo corpo de Sofia, ela mudava a conversa ou ameaçava Luke com chapadas, sempre enquanto soltava risadinhas. Quando era ela a fazer comentários, Luke ia na conversa e voluntariava-se para fazer essas mesmas coisas ou até piores.

Chegaram à porta da casa de Sofia.

- Até amanhã. - disse ela.
- Xau! - Luke começou a ir embora. Mas Sofia agarrou-lhe o braço.
- Então? Não me dás um beijo de despedida? - perguntou ela com um sorriso sedutor. Luke inclinou-se e colocou os braços em volta da sua cintura. Apalpou o rabo de Sofia e inclinou-se lentamente, aproximando a sua face da dela. No último momento virou-se e deu-lhe um beijo na face.
- Talvez tenhas mais sorte amanhã. - disse ele com um sorriso provocador.
- Tens medo de me dar um beijo a sério é? - disse ela desafiando-o.
- Claro que não!
- Então porque não me dás agora? - perguntou Sofia inclinando a sua face até roçar na de Luke. Ele agarrou-a e deu-lhe um longo beijo. Ela passou a mão pelos bíceps de Luke enquanto se beijavam. Era o pimeiro beijo de Luke e via-se Sofia já tinha experiência no assunto. O beijo acabou e os dois despediram-se com um sorriso.

Luke deu uma pequena corrida até ao apartamento. Começou a suar um pouco de novo. Entrou em casa. As raparigas já lá deviam estar e Luke só queria que elas o vissem cheio de estilo, em tronco nu e com marcas de batom rosa suave nos lábios e na cara.
_______________________________________________________________________
Calções:
Spoiler:
http://images.nike.com/is/image/DotCom/PDP_P/Nike-Fly-Hyperspeed-Mens-Training-Shorts-477088_611_A.jpg?wid=500&hei=375&fmt=jpeg&


Última edição por Luke Heavens em Qui 12 Abr 2012, 20:45, editado 1 vez(es)

Luke Heavens
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 112
Reputação : 0
Localização : Nem eu sei '-'

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Andre Cavalheiro em Qua 11 Abr 2012, 22:35

Como tou mt cansado, n me apreçe inventar uma historia feliz em como uma nova personagem entrou por dj, ficas encarregue da outra filhade kaz, a irma de Sam: Hermione

_________________
André Cavalheiro
Director da CHERUB!

Andre Cavalheiro
Admin

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 108
Reputação : 2
Idade : 19
Localização : Localização secreta

Ver perfil do usuário http://cherub-portugal.forumportugues.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Dabila Nami em Qui 12 Abr 2012, 23:41

Dabilo tem 13 anos com 1,78m seu cabelo era curto e preto, tem olhos azuis e era um pouco musculado. A aula seguinte era de canto, Nami deu tudo de si para impressionar Dabilo com a sua voz, no final da aula ele foi ter com ela e disse:

- Tens uma grande voz!
- Obrigado mas não é assim nada de especial.
- Olha vai haver um festa no parque hoje a noite queres ir?
- Festa! Claro que sim, isso nem se pergunta! Eu adoro festas. - disse Nami sorrindo.

Dabilo e Nami falaram de muitas coisa, ele a levou a casa e disse:

- Então vais a festa desta noite?
- Sim, não a perdia por nada.

Nami viu Dabilo ir-se embora, depois entrou e viu que Dave estava sentado no sofá da sala e disse:
- Que fazes aqui?
- Vim fazer-te uma visita!
- Conta-me historias para ver se eu acredito! Estas na missão?
- Sim.
- Fixe, quem e o teu alvo?
- A Hermínio a irmã do Sam!
- Vela o que fazes! - Disse Nami rindo.
- Nada que não possa.
- Espero bem que sim. Ah, já agora o meu nome aqui é Nami.
- Hum.. vou ver se não me esqueço!
- Ja escolhes-te o teu?
- Estou a pensar nisso.
- Ok! Vou tomar banho e decidir a roupa que levo vestida.
- Vais a onde?
- Vou a uma festa deverias ver pode ser que encontres Hermínio.
- Ok!

Nami quando acabou de toramr banho viu que Stefani ja tinha chegado e disse:

- Olá Stefani Scotte! Entao como correu?
- Bem!
- Ok! Olha a uma festa hoje a noite deverias ir!
- Eu sei o Sam disse-me! Borra ir escolher a roupa que levamos?
- Claro anda dai!

Depois de uma longa conversa, finalmente decidimos o que vestir enquanto Dave ia tomar banho. Ele estava no quarto a preparasse e stefani ia para tomar banho, quando Luke apareceu estava em tronco nu e com marcas de batom rosa suave nos lábios e na cara, vinha com um ar de sopre homem. Nami ia a dar o perfume a Stefani quando o viu começou a rir a gargalhadas e depois disse:
- Ui! O menino já fez grandes progressos ou esse batom é a fingir? - mando o perfume a Stefani.
- Claro que não! Ela e bem boa.
- E já a começas-te a comer!?
- Claro sabes que aqui o conquistador tem que começar por algum lado!
- Ainda bem! Olha vai haver uma festa a noite. Tenta a conquistar mais!
- Fixe! tenho que me preparar!
- Ei! Luke.
- Sim?
- Bom corpo! - disse Nami rindo e entrado novamente no quarto.

Vestiu-se assim:



Esperou pelos outros, quando todos estavam prontos foram para festa. Os nosso alvos estavam juntos e fomos ter com eles, apresentamos-nos uns aos outros e depois Dabilo disse:
- Estas muito gira.
- Obrigada! - Disse Nami sentido o olhar penetrante de Dave nas suas costas.
- Queres alguma bebida?
- Claro pode ser um cola.

_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  David Jackson em Sex 13 Abr 2012, 12:22

Dave não tinha ido ás aulas então não sabia quem era o seu alvo. Sabia que ía haver uma festa entao ele decidiu ir.
Escolheu a sua roupa:

Spoiler:
Vestiu-se e foi para a festa.
Luke já lhe tinha dito que o seu alvo era uma rapariga mais velha que ele um ano e muito boa.
Chegou á festa e perguntou a Luke quem era, ele apontou para um grupo de raparigas e disse que era a rapariga loira, de olhos azuis, baixa e "com bons atributos". Dave gostou bastante do que viu, então foi conhecê-la. Sim ele gostava de Dabila mas tinha olhos na cara.
Chegou ao pé do grupo e disse:
- Olá o meu nome é Michael. (escolhi este nome para a missão)
Dave parecia mais velho do que realmente era então, prendeu a atenção das raparigas.
Hermione olhou para ele e disse:
- Olá eu sou a Hermione, esta a Ruth e esta é a Anne. És novo na escola não és?
- Sim cheguei à pouco tempo com a minha família. Gosto do teu nome. - dito isto foi se embora, Dave já tinha percebido que Hermione era o estilo de raparigas que gostavam de rapazes que se faziam de difíceis.
Passado algum tempo Hermione foi ter com ele.
- Tens namorada?
- Não, porquê?
- Então acho que posso fazer isto.
Hermione beijou-o e Dave correspondeu.
Dave sorriu:
- Gostei, podes repetir sempre que quiseres.
- Tem a certeza que isso vai acontecer, mas anda conhecer algum pessoal.
Hermione deu a mão a Dave e segui-a.

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Luke Heavens em Sab 14 Abr 2012, 19:50

Luke demorou algum tempo para se preparar para a festa. Sabia que Sofia ia lá estar e estava com esperança de se divertir com ela.
Assim que a viu, Luke foi para ao pé dela. Dançaram durante algum tempo e Luke até cantou uma música dedicada a Sofia. Quando a festa começou a "aquecer", Luke e Sofia foram para uma espécie de armazém da discoteca e ficaram aos beijos. Tiraram a camisola e Luke apalpou o peito de Sofia. Ficaram assim durante algum tempo, até que saíram do armazém um bocado despenteados. Sofia foi-se arranjar á casa de banho e Luke foi buscar algumas cervejas. O Barmen nem olhou para ele, apenas lhe entregou as bebidas. A noite ia ser um espectáculo. Era uma da manhã e Luke começou a distribuir bebidas a alguns amigos seus que também tinham ido à festa. Sofia voltou e ficaram todos a conversar numa mesa. Luke conseguiu ver Kerry, Nami e Dave a conversarem com os seus alvos. Era 1:30 da manhã e Luke achava que estava na altura de fazer uma maluqueira. Sussurrou aos ouvidos dos seus amigos e eles assentiram. Às duas da manhã ia começar a verdadeira festa.
____________________________________________
Roupa de Luke:
Spoiler:
http://s2.thisnext.com/media/largest_dimension/245B5B01.jpg

http://img.gscontent.net/400x400/30334-1-400x400.jpg

http://cdn103.iofferphoto.com/img3/item/211/968/194/all-star-low-men-35-44-dark-blue-converse-shoes-508b7.jpg

http://www.tactics.com/a/4bju/2/neff-icon-zip-hoodie-blue.jpg

Luke Heavens
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 112
Reputação : 0
Localização : Nem eu sei '-'

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  David Jackson em Sab 14 Abr 2012, 20:02

Dave estava a divertir se bastante com Hermione, mas também se sentia culpado por causa de Dabila, não queria magoá-la. Hermione tinha-o levado para ao pé das casas de banho e começou a despir lhe a camisola, mas Dave não deixou, ele não conseguia fazer isso a Dabila.
- Aqui e agora não.
- Não estava à espera dessa reação mas respeito. - disse Hermione um bocado atrapalhada.
Dave recompôs-se, deu lhe um beijo rápido e voltaram para a mesa onde estavam os querubins e os seus alvos.
Luke sussurrou lhe ao ouvido e Dave sorriu imediatamente.
- Eu alinho - respondeu-lhe rapidamente. - Fazemos isso quando?

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Dabila Nami em Dom 15 Abr 2012, 03:40

Dabilo troou-se a cola a Nami e falaram de farias coisas. Nami tentou esconder sua furiosa quando viu Hermione beijar Dave, nesse momento só lhe apetecia partir cada osso da Hermione e dizer que não se metesse com o seu HOMEM, mas não podia-o fazer, estavam numa missão e tinha que tolerar isso. Mas se Dave tentasse ou imaginasse mais alguma coisa do que beijos com ela, Nami tinha jurado que ia arranjar um machado para tirar as parte intimas dele. Foi então que viu ele iram para algum lado, ia para ir a tras deles quando Dabilo perguntou:

- Queres ir dançar!
Nami só queria dizer que não mas disse:
- Sim, claro temos que curtir a festa fui para isso que viemos.
- Pois foi.

Nami e Dabilo foram dançaram por um longo tempo e depois cantaram alguma musicas. Dabilo pegou na mão de Nami e levou para o bar e disse:
- Não queres um vodka?
- Sim, pode ser de morango.

Enquanto Nami bebia o Vodka de morango, Dabilo bebia uma imperial. Ele a levou para o outro lado do parque e lhe mostrou o seu carro que era uma bomba. Nami preguntou:
- Supostamente não é só aos 18 anos que se conduz bombas destas?
- Claro, mas eu não sou normal! Sou superior a eles!
- Superior! - disse com um riso nos lábios - Isso agrada-me. E a tua superioridade sabe conduzir uma bomba de baixa classe como esta?
- Baixa classe?
- Achas mesmo que todas as raparigas não percebem nada de carros?
- Ahh... não!
- Este carro e de segunda mão e modificado! Ficou muito fixe, tens jeito. Claro se foste tu que o melhoras-te!
- Achas que não presta?
- Tas a brincar certo, é uma maquina. Adorei! - disse Nami não sabia muito sobre caros mas consegui conhecer um bom carro modificado. Estava encostada no carro a ver-lo por dentro. - Devem-te o ter vendido quase novinho em folha.
- Tens razão. - disse Dabilo no ouvido de Nami e colocando-se atrás dela.
- Deverias-me dar bulia a casa com esta maquina!
- Posso fazer depois da festa acabar! - Disse Dabilo agarrando no braço de Nami e fazendo com que ela parece de olhar para o carro e ficasse de frente para ele.

Nami sabia o que ai vinha só que não o queria fazer, por isso se afastou e disse:
- É melhor irmos! Devem esta a sentir a nossa falta.
- Não te preocupes ninguém dará por ela!
- Isso é o que achas? Estas muito enganado meus primos notaram a minha falta! Eles sempre notam.
- A serio?
- Sim, eu prefiro ir! Não vais ser tu a atura-los de pois!
- Então vamos! - Disse Dabilo. Nami começo a andar e ele continuo o que estava a dizer. - Mas não sem isto! - Ele a agarrou e a beijou. Nami sabia que o deveria deixar mas o seu instinto e amor por Dave eram maiores por isso se afastou e deu-lhe um estalo dizendo:

- Quem pensas que eu sou? Alguma prostituta que anda para ai? Achas que me dou ao primeiro que aparece a frente?
- Claro que não!
- Então para que foi isto?
- Para te testar!
- Me testares em que?
- Se és fácil de controlar ou não com uma falinhas mansas!
- E por isso me beijas-te?
- Essa é uma das razoes!
- Quais são as outras?
- Alem de quer ver se eras fácil! Queria saber a tua reacção.
- Para que?
- Para ver qual seria o meu desafio em ter-te!
- Para que me queres?

Dabilo não respondeu beijou-lhe de novo e ela perdeu o controle afastou-se dele mas desta vês com um ataque de Karaté fazendo ele ficar estendido no chão. Nami preocupada, pois podia-lhe ter partido algo disse:
- Estas bem! Desculpa-me, eu só estava a tentar-me a defender não te queria magoar, estas bem?
- Sim, estou! Mas não precisas pedir desculpas. Onde aprendes-te isso?
- Minha mãe era uma treinadora de Artes Marciais, todos os meus primos também aprenderam com ela e sabem lutar.
- Isso e muito fixe!
- É eu sei. Assim sinto-me mais segura mas isso nao garante a vitoria!
- Eu sei. Vamos?
- Sim.

Começaram a ir embora e Dabilo disse:
- Eu não te vou pedir desculpas pelos beijos, já que esses não serram os últimos!
- Sabes que eu não te vou deixar!
- Eu nunca desisto, principalmente quando e uma coisa que eu realmente quero! - disse com um grande sorriso nos lábios.
- Eu não te vou por fácil!
- Isso que dizer que eu tenho hipóteses?
- Não! - disse rindo
- Eu vou contar como um sim!

Quando chegaram a festa Dabilo foi se sentar ao pé de Kerry e seu alvo e Nami foi para o palco e cantou:



Fez sinal a Dabilo a dizer que a seguinte era dedicada a ele.




Dabilo foi dançar la cima do palco com Nami que cantava, no fim da musica foram-se sentar, Dabilo contou piadas juntamente com Sam, passado algum tempo Dave e Hermione chegaram e sentaram-se. Nami voltou aos pensamentos de eles os dois estarem juntos e com o medo desse pensamento agarrou na mão de Dave sem os outros verem e apartou com força, Dave sussurro ao ouvido de Nami que a amava e isso a aclamou fazendo com que ela largasse a mão dele, não porque queria largar mais sem porque Hermione pegou no braço dele para ver a sina da sua mão. Luke aproximou-se da mesa e sussurrou o seu manhoso plano para essa noite e fez com que ela esquece-se durante algum temo do relacionamento da namorado com outra rapariga. Nami com o sorriso perverso respondeu:

- Ok! quero ver isso.


Última edição por Dabila em Ter 17 Abr 2012, 20:50, editado 2 vez(es)

_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  David Jackson em Dom 15 Abr 2012, 15:47

- Sorry amor, é um plano só de rapazes - sussurou Dave com um sorriso. - Agora tenho de ir ter com a Hermione, desculpa - disse Dave sentindo se culpado.
- Fica aqui só mais um bocado.
- Tive uma ideia melhor, vai ter as traseiras da discoteca daqui a 10 minutos.
- Ok - respondeu Dabila
Dito isso Dave foi ter com o resto dos rapazes.

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Dabila Nami em Dom 15 Abr 2012, 18:09

- Ok - respondi com muito agrado
Dave foi ter com o resto dos rapazes. Eu pós-me a falar com o Dabilo sobre a sua dança tinha sido muito boa e maior-parte das raparigas ainda estavam a olhar para ele, e disse:

- Não sabia que sabias dançar também!
- Ainda à muita coisa de mim que ainda desconheces, mas juro que esta não será a única coisa boa de mim que vais encontrar.
- Hum... Isso parece ser muito interessante e convencido da tua parte.
- Eu não sou convencido, sou realista!
- Se tu o dizes.
- Vou ter com os rapazes ele devem estar-se a passar comigo ainda não lhes liguei a noite toda. - Disse Dabilo rindo
- Ok. - disse aliviada por não ter que arranjar uma desculpa para sair dali.

Dabilo foi ter com os colegas e eu bebi mais uma cola e fui para as traseiras da discoteca e esperei por Dave. Ja tinha se passado 30 minutos e ele ainda não tinha chegado, estava a ficar muito chateada e triste. Estava prestes a chorar quando Dave apareceu e disse:
- Desculpe-me o atraso!
- Onde estiveste seu grande idiota? - perguntei batendo nos abdominais dele.


_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  David Jackson em Dom 15 Abr 2012, 18:20

- Onde estiveste seu grande idiota?
- Desculpa, tive de esperar até ter uma desculpa para sair de ao pé da Hermione. Mas agora consegui e sou teu pelo menos até ao fim da noite.
- Continuas a ser um estúpido mas amo-te na mesma! Vê-lá se para a próxima vens mais cedo...
- Prometo que vou tentar... - Dave olhou com um sorriso inocente para Dabila e disse - Então e se nos calássemos e fizessemos algo mais interessante.
- Tipo o quê?
- Tipo isto. - disse Dave, logo a seguir agarrou-a e beijou-a.
Passados alguns minutos aos beijos Dave disse:
- E se voltássemos para casa?

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Dabila Nami em Dom 15 Abr 2012, 18:45

- E se voltássemos para casa? - Disse Dave
- Não, acho que seja uma boa ideia! Por muito que eu queria, alem disso Luke teve aquela ideia maluca e nos aceitamos em fase-la, não o podemos desapontar.
- Tens razão...

Não esperei pela sua resposta queria continuar a beija-lo e foi o que fiz. Estivemos ali muito tempo a beijar-nos e a dizer palavras românticas um ao outro. Estávamos a começar a avançar para o passo seguinte quando ouvimos uma das amigas de Hermione a dizer:
- Eu tenho a certeza que o vi a vir por aqui!
- Espero bem que sim, espero que ele ainda esteja cá! Ele e um amor e parece ser tão tímido!

_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  David Jackson em Dom 15 Abr 2012, 18:57

- Espero bem que sim, espero que ele ainda esteja cá! Ele e um amor e parece ser tão tímido!

- E agora? - disse Dabila.
- Tenho uma ideia. Corre para o outro lado do armazem rápido, vou fingir que vim fazer necessidades. Até daqui a pouco - disse Dave com um beijo rápido.
Dabila foi a correr, entretanto chegou Hermione com um grupo de amigas:
- Tavas aqui fofo.
- É, acho que bebi demasiado e tive de vir verter águas.
- Aaaah tá bem. E se ficassemos aqui só nós os dois?
- Desculpa não dá, combinei uma cena com o meu primo e se não cumprir ele mata-me.

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Dabila Nami em Dom 15 Abr 2012, 19:15

- Tenho uma ideia. Corre para o outro lado do armazem rápido, vou fingir que vim fazer necessidades. Até daqui a pouco - disse Dave com um beijo rápido.
Eu foi a correr para o outro lado do armazém mas ouvi um pouco da conversa pelo menos o que me interessava, aquela parte de Dave dizer "Desculpa não dá", tinha sido um alivio. O resto do caminho fui andando e depois foi buscar mais uma vodka de morango e sentou-se, passado um tem Dabilo apareceu e disse:

- Não te fiz esperar muito tempo?
- Claro que não! Aproveitei para ir apanhar ar!
- Ainda bem! Estava muito frio la fora?
- Não, porque?
- Estas um pouco despenteada!
- Ah! isso deve ter sido da queda que teve quando esta a vir para ca!
- Estas bem? Te aleijas-te?
- Estou otima.

Ficaram a falar mais algum tempo de pois foram dançar, ele tentou-me beijar mais algumas vezes e depois foi então que o plano de Luke começou.

_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Luke Heavens em Ter 17 Abr 2012, 20:26

Já eram 2 da manhã. Estava na altura do seu plano começar. Luke fez um gesto com a mão, para chamar os seus amigos. Ficaram alguns segundos a falar com o DJ até que ele parou a música e deixou-os subir ao palco.
Luke foi para o meio e pegou no microfone. Dave tinha pegado numa guitarra que estava no palco, James sentou-se na bateria e Jack pegou no baixo. James começou a contar enquanto marcava o ritmo.

- Um, dois, três, quatro. - começaram a tocar os seus instrumentos.



Luke começou a cantar. Às vezes movia a língua e fazia movimentos tal como o vocalista original fazia no videoclip. Algumas raparigas que estavam na festa começaram a dar risadinhas e a falar umas com as outras. Os rapazes riam-se, mas todos estavam a gostar. A canção acabou e Luke, Dave, James e Jack receberam uma boa quantia de aplausos. O DJ agradeceu, mas eles disseram que ainda queriam cantar outra música. Luke até cantava bem e até já tinha pensado em fazer carreira musical. Deixaram-se ficar no palco e Dave pôs o instrumental da próxima música a tocar.



Todos sabiam qual era a música. Os 4 rapazes sabiam mais ou menos a coreografia e começaram a dançar enquanto Luke cantava. Aos 45 segundos de música tiraram a camisola e depois as calças. Estavam todos a rir e algumas raparigas desviavam o olhar, apenas para voltar a olhar. Claro que todos eles tinham boxers e não se abanava à descarada.
Nami e Kerry ja sabiam o que os rapazes iam aprontar por isso lavaram Sofia e Hermione para o melhor sitio da disco para verem bem, assobiaram, gritarem"Tirem! Que corpo meu! Continua! Da-me a tua camisola! Mostra mais!" e dançaram curtindo a musica.
A música acabou e eles saíram do palco. Vestiram as calças e as camisolas. Começaram a ser rodeados de raparigas que pediam os autógrafos ou que lhes davam o número de telemóvel. James e Jack estavam bastante contentes e até saíram da discoteca com umas raparigas.

- Aquilo foi sexy - comentou Sofia quando chegou ao pé de Luke.
- Se quiseres podemos fazer algo parecido amanhã à noite. - gracejou Luke.
- Vais ter que te esforçar mais. - disse Sofia sorrindo.
- Então pessoal? Já é tarde e acho que vocês dois vão ser assediados se não se despacharem a sair da festa. - disse Kerry com uma gargalhada. - Aquelas raparigas têm ar de quem vos quer levar para casa.
- Nós já temos as nossas raparigas aqui ao lado. - disse Dave beijando Hermione.
- Bem, então vamos lá! - disseram Luke e Nami.

Decidiram todos ir para casa. Primeiro iam parar na casa de Sofia, para levá-la a ela e Dabilo. Depois iam para casa de Hermione. A meio do caminho passaram por uma ponte. Ja estávamos nessa ponte quando Nami começou a andar no muro da ponte que era por cima de um rio com a corrente da agua fraca e Dave diz com uma voz de preocupação:

- É melhor saíres dai, ainda podes cair.
- Dabilo se eu cair ou me atira-se ias me buscar? - Disse sem ligar muito so que Dave dizia.
- Nami nem penses nisso tu nem sabes nadar - disse Kerry percebendo o que eu estava a planear.
- Eu sei prima! Não tenho intenções de cair! - disse sabia que kerry tinha percebido mas que Dave e luke nao muito. - Então me salvavas?
- Claro que sim! - Disse Dabilo sem ter qualquer duvida e com muita confiança na foz.
- Ainda bem! Que tal vermos se é verdade? - Disse no instante que mandava a minha mala a luke que tinha otimos reflexos e a apanho sem problema e então me atirei para o rio.
- NÃO, NAMI! - Disseram todos correndo para o pé da pedra ou muro de pedra da ponte.

Dabilo mandou o telemóvel e a carteira para o chão e saltou atrás de mim. Dave estava mesmo para se atirar quando kerry o pochou e disse que nao a cabeça e depois disse:
- Vamos para ali é o único sitio onde podem ir - Kerry apontava para umas escadas do lado direito da ponte, todos foram a correr para la.

Dabilo tinha conseguido agarrar em Nami e colocou-a nas escadas e disse:
- Estas doida??
- Eu sempre o fui - disse Nami rindo e tapando os olhos com o braço, estava a tremer com a adrenalina que tinha sentido, tinha nadado um pouco ate ter a certeza de que Dabilo saltava e Dave não. Nami continuou dizendo com a voz baixa - Se nao tivesse-me salvado teria dedo melhor!
- Porque? - Disse Dabilo que tinha ouvido.
- Simplesmente estava melhor morta!

Dabilo ia para dizer alguma coisa mas Kerry que estava no cimo das escadas com os outros, gritou:
- ESTAS DOIDA! QUE PENSAS QUE ESTAS A FAZER?

Nami alevantou-se subiu as escadas com Dabilo atrás, kerry afastou-se um pouco para passarem e depois Nami disse:
- Com se tu te preocupasses com o aquilo que me acontece! Mais como se algum dos meus primos se preocupassem! A única coisa que querem e um sitio para viver! Porque se tivessem pais ate me queriam morta por ser filha de um cientista maluco, lunático!

Dave e luke não percebiam o que se estava a passar, Nami devia estar loca ou então tinha algum plano, mas ficaram mais chocados quando Kerry deu um estalo na cara de Nami e disse:
- Eu não sou hipócrita! Nos todos estamos preocupados contigo! Para de agir como se todo mundo te odiasse! Eu preocupe-me...
- Comigo! Claro tanto como o gato que amavas e deixaste morrer a fome! Ou então como usas as tuas amigas e deitas fora quando já não precisas delas?
- Eu nunca fiz isso!
- Fizeste-o comigo ou já não te lembras?
- Eu... eu ja te pedi desculpas!!
- E achas que isso chega?
- Não! claro que nao mas podias pelo menos tentar perdoar-me?
- Porque o faria para me espetar uma faca na ceguinha?
- Não! Nami eu gosto de ti cometi um erro esta bem! Desculpa!

Nami foi-se embora sem dizer nada e Dabilo seguio-a. Sam preguntou:
- Kerry, estas bem? Não sabia que te davas tão mal com Nami!
- Não dou! Acho que ela esta preocupada com algo! Amanha já estaremos melhor. - disse Kerry num tom triste, e fazendo sinal a Luke para ele concordar.
- Tens certeza? - Perguntou Sam de novo.
- Elas tão sempre a brigar desta maneira mas sempre ficam melhores amigas depois! Ja e mais que habitual - Disse Luke com ar descontraído - Sinceramente estava a ficar preocupado a semanas que não discutiam uma com a outra, e isso não é normal entre elas.
___________________________________________________

[Última parte escrita por Dabila =P]

Luke Heavens
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 112
Reputação : 0
Localização : Nem eu sei '-'

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  David Jackson em Qua 18 Abr 2012, 21:31

Dave ficou preocupado quando viu Dabila saltar, mas rapidamente percebeu o quê que se tinha passado. Dave tinha de acordar cedo no dia a seguir porque ía treinar, não podia deixar de estar em forma por estar em missão. Disse aos amigos que ia apanhar um táxi e perguntou-lhes se também queriam, mas eles disseram que preferiam ir a pé. Dave chamou o táxi e ficou à espera uns 10 minutos até que o táxi chegou.
A viagem demorou mais ou menos 20 minutos, Dave pagou e foi para casa. Ainda nenhum dos seus amigos tinha chegado. Apetecia-lhe dormir com Dabila, então mandou ao Luke uma mensagem a dizer : " APETECE ME DORMIR COM A MINHA NAMORADA, IMPORTAS TE DE PARTILHARES O QUARTO COM A KERRY xD ? "

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Dabila Nami em Qui 19 Abr 2012, 00:24

Eu foi-se embora sem dizer nada e Dabilo seguiu-me. Andei sem parar nao sabia para onde ia, me enfiem em um beco em saia umas poucas de vezes a te que me sentei numa paragem de autocarros e comecei a chorar. Dabilo se sentou ao meu lado e disse:
- Não de vias ter dito aquilo a tua prima, foram palavras muito duras.
- Eu sei! Mas quando ela me bateu passei-me nem meu pai me bate porque a deixaria fazer isso! Que direito tem ela!- Disse olhando para a estrada as lágrimas já não me caiam.
- Ela estava preocupada contigo e expressou da maneira errada, mas tu tambem agiste de maneira errada.
- Eu sei! Mas explodi ok? - Disse um pouco irritada.
- Ok! mas acho que deverias pedir desculpa!
- Sim e o melhor. Vamos andando? - Disse fazendo um sorriso ligeiro e olhado para ele.
- Vamos! - Disse Dabilo me arando na mão e me encaminhado.

Passado um tempo estávamos a chegar a casa dele, e ele disse:
- Não queres que eu te leve a casa?
- Não e preciso! Ta descansado, eu ainda sei cuidar de mim!
- Ah! sim? - Perguntou Dabilo com uma cara que nao acreditava no que dizia.
- Claro que sim! - Disse não gostando nada da sua atitude.
- A mim não me pareceu! Quando te atiras-te da ponte abaixo!
- Estou aqui não estou! Isso e mais que uma prova! - disse apontando para mim mesma.
- Mas foi eu que te sal...
- Seja como for, mesmo que tu não saltasses, avia alguém que o faria.
- Não tens garantias disse!
- Tenho porque eu não morro facilmente! Ja que sou superior que muitos. - Disse rindo - A sempre alguém a olhar por mim!
- E agora sou eu. - Disse ele agarrando no meu cabelo e beijando-o, fechando os olhos. Quando acaba de o beijar, olha para mim e coloca a palma da mão a minha cara e continua - Te quero!

Dabilo começou a aproximar-se de mim, colocou o braço nas minhas costas e puxou-me para ele. Ele ia a me beijar eu sabia disso coloquei os braços no tronco dele e imporei-o, e disse:
- Que raio pensas que vais fazer?
- Te abraçar! - Disse Dabilo com um sorriso malandro no rosto.
- Abraçar a serio? - Disse olhando para ele fixamente e com uma sobrancelha mais alta que a outra.
- Sim!

Retorci os olhos mas mostrei um sorriso perverso e comecei a andar para a casa dele. Estava-nos a despedirmos, ele tinha ligado para um táxi e deu-me o dinheiro para paga-lo. Ficou comigo a espera do táxi e falamos de varias coisas. Comecei a ir ter com o táxi quando ele me agarrou, virou e me beijou sem eu poder me mexer. Nesse momento pensei "Idiota obviamente que ele ia fazer isto! Estava mais do que escrito na cara! Pensa em alguma técnica para te livrares dele.", quando ia para o atacar ele largou-me e disse:

- Sei que não vais ser fácil! Mas eu não vou desistir!
- Eu acho que deverias! - disse num tom serio e tentando me controlar para não o derreter a porrada.
- Pois, mas vais ver que te vou fazer mudar de ideias! - Disse com uma grande confiança no seu olhar e voz.
- Vamos ver! Mas duvido muito, só ouve e só à um Homem na minha vida. - Disse me afastando.
- Eu acho que te deverias a começar a preparar para outro! - Disse ele com um grande sorriso que podia ver no espelho do carro.
- Adeus! Ate amanha. - disse acenando
- Adeus! - Disse Dabilo esperou ate não me poder ver e entro em casa.

Cheguei a pensar em pedir ao motorista para parar na zona dos bares! Mas já estava cansada e queria dormir agarradinha a Dave. So que sabia que não podia, muito provavelmente já estava a dormir com Luke na cama da frente alem disso eram 3h da manha quando cheguei a casa. Estava muito silencio fio ao meu quarto e para meu espanto Kerry e Luke estavam nele e a dormir profundamente. Retirei o meu pijama com coitado e fui a casa de banho, lavai-me e vesti isto:



Depois foi para o quarto de Luke e Dave, abri a porta de vagar e fechei-a não queria acorda-lo. Quando de repente uma mão estava a minha boca e outra na minha barriga puxando-me para trás e sentido o corpo de Dave, se não fosse pela mão na boca tinha acordado todo o mundo com o susto que tinha apanhado. Dave disse rindo baixinho:
- Clama! clama não é o papão! Quer dizer tecnicamente ate é pois quero-te toda só para mim.

Eu virei-me e bati no tronco dele e disse chateada:
- Parvo! Por tua culpa ia morrendo de susto! Idiota! Estúpido! Seu grandessíssimo par..

Ele beijou-me e colocou-me mais perto dele e depois disse:
- Tas muito gira assim! Queres me provocar?
- Sim! - Disse com um sorriso malandro.
- Ainda bem! - Dave com a sua testa na minha testa - Tenha saudades tuas! Estava-me a começar a chatear, por estar a tua espera sabes! E Nem voltes a atirar-te daquela maneira de uma ponte! Sabes o susto que me pregas-te!
- Desculpa! Mas isso e bom de estares preocupado comigo. - Disse beijando-o, ele correspondeu e encaminhou-me para a cama.

Nos deitamos, nos beijamos, nos tocamos, nos sentimos, nos olhamos, nos abraçamos, e finalmente nós adormecemos agarradinhos um ao outro. Sentia-me muito confortável e sonhei com ele.

(PS: Não fizeram sexo)

_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  David Jackson em Qui 19 Abr 2012, 12:45

Dave acordou às 5h30min da manhã para ir treinar. Deixou o pequeno almoço para Dabila num tabuleiro ao pé da cama com uma mensagem "JÁ DEVO ESTAR CÁ QUANDO ACORDARES, MAS SE NÃO TIVER, AO MENOS FIZ-TE O PEQUENO ALMOÇO."
Vestiu-se só com calçoes e ténis.

Spoiler:



Ligou o seu Ipod, e foi correr.

Passado meia hora voltou a casa, Dabila ainda não tinha acordado então foi tomar banho e vestir-se:

Spoiler:



Desceu para comer e esperou que algum dos seus amigos acordasse.

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Dabila Nami em Sab 21 Abr 2012, 20:04

Eu acordei eram 7h40m, quero dizer o despertador tocou a essa hora mas eu só sai as 7h50m da cama quando voltou a tocar. O meu maior inimigo logo de manha era o despertador e depois a escola, digamos não e bem assim, o que eu realmente quero dizer é que são as aulas, que são uma grande seca, já que na cherub estou num ano avançado mas por outro lado era fixe assim podia obter mais informações do meu alvo.

Não avia outro remedio se não sair da cama, não poderia dizer que estava doente ou algo do género, pois sabia que não ia resultar. Então me levantei e vi tabuleiro ao pé da cama com uma mensagem que dizia:

"JÁ DEVO ESTAR CÁ QUANDO ACORDARES, MAS SE NÃO TIVER, AO MENOS FIZ-TE O PEQUENO-ALMOÇO."

Ri-me quando li e depois comi com mais apetite do que realmente tinha, não era todos os dias que meu namorado fazia coisas destas, tinha que se aproveitar e muito bem. Foi para a sala e vi Dave no Sofa com a Tv ligada e a dormir, deveria ter esperado muito tempo pelos outros. Dei um salto quando o André disse:
- Ele já esta assim a mais de 30 minutos! Vai chamar os outros e vais-te vestir.
- Ok! – disse, vi que o André estava a fazer o pequeno-almoço e dirigi-me ao quarto.

Kerry e luke ainda estavam deitados na cama e enquanto e a buscar as roupas para vestir disse:
- Preguiçosos alevantem-se, já esta mais que na hora.
- So mais 1 minuto – Disse Kerry
- Claro mias 1 minuto pode ser! Espero e que o Sam não se importe de te esperar mais 1 minuto.
- Ele não se importa! – Disse Kerry
- Pois é, ele não se importa e um querido! – Disse enquanto abria os estores e continuei – Mas eu me importo e muito. Va alevantem-se dorminhocos.

Fechei a porta antes que a Kerry pudesse-me acertar com a almofada que tinha mandando. Foi a WC e vesti-me em 5 minutos, depois foi ao pé do Dave e com muito carinho acordei-o, beijei-o e perguntei:
- Pronto para ir a escola?
- Agora sim. – Disse sorrindo e beijou-me.

Depois disso nos dividimos eu e Kerry fomos ter com o Sam e Dabilo que nos esperavam a frente da nossa casa e Dave e Luke foram buscar os seu alvos.

Passamos 2 semanas e conversa, ir a festas, trocarmos ideias. Dabilo tentou-me beijar varias vezes mas sempre que o fazia eu o afastava ou com qualquer coisa afiada que encontrasse a mao ou com golpes de carate. Ele quase sempre que me tentava beijar era em sítios onde não tinha muita gente, por isso eu sempre me preparava quando via que não havia muita gente a volta. Só que neste últimos dias tinham sido estranhos, ele me tinha tentado beijar no refeitório cheio de gente, ao precipito não sabia o porque mas depois quando comecei a olhar melhor em volta percebi o porque, ele queria demonstra ao outros rapazes que eu sabia artes marciais e que me podia defender sozinha sem ele por perto. Dabilo praticava kit boxing, eu tinha descoberto a uma semana e passava os dia a velo praticar, ele era muito bom era até melhor do que eu esperava já que para mim era muito fácil derrubá-lo.

Na 5ºfeira de manha no primeiro entreva-lo da escola estávamos os 8 num jardim sentados na relva e Sam estava a disser:
- Bem nos, trocemos-vos para aqui com a intenção de convidare-los a ir dormir a nossa casa amanha a noite!
- O que ele quer dizer e que vamos fazer uma festa privada só para nos 8 amanha a noite! Querem vir? – Disse a Sofia.
- Claro que vamos, eu não perderia uma oportunidades destas – Disse Luke.
- O que ele que dizer e que sim nos aceitamos – disse Kerry – Não e pessoal?
- Claro! Festa é festa seja onde for – Disse.
- Sim, eu vou! – Disse Dave.

Eu e Dave nesse dia fomos mais sedo para casa, a Hermione e a ficar com as amigas a fazer um trabalho de grupo e Dabilo ia trinar com outra equipa onde os visitantes não podiam entrar. Luke estava com a Sofia não sei a onda mas sabia que so chegaria as 24h, Kerry estava com Sam e também só chegaria a essa hora e o André tinha ido a um casino se divertir o com ele tinha dito “ire obter informações” e só chegaria as tantas da manha. Com isso queria dizer que tinha-mos a casa só para nos, como é claro não íamos jogar jogos de Ps3 ou ver Tv. Por isso eu para provoca-lo mais um bocado chateie-o para cantar uma musica comigo, e ele cantou que foi:



Fomos para o quarto dele enquanto cantávamos e começamos a despir-nos e nos beijávamos lentamente, nos tocamos em vários lugares e passado algum tempo os gemidos e o prazer ecoavam pelo quarto, e depois o clímax veio. Nos beijamos por mais algum tempo, depois fomos para a casa de banho, nos lavamos calmamente um ao outro começamo-nos a perder-nos em beijos, em gemidos, no prazer profundo, nas palavras de amor que dizíamos um ao outro e o fizemos ao ritmo da música que ele tinha cantado. Depois ficamos a dar miminhos uma ao outro e a conversar, quando já nos tínhamos lavado saímos, vestimo-nos e fomos fazer o jantar juntos, comemos e deixamos comida para o caso dos outros voltarem mais sedo e fomo-nos deitar.

Na 6ºfeira a noite antes de iremos para a casa dos nossos alvos combinamos em levar comprimidos para dormir e o material de espiagem.

Eu levei vestido isto:



Quando la chegamos eles já tinham tudo pronto e já estavam a nossa espera, nos cumprimentámos e sentamo-nos nos sofás não só para não ficarmos em pé mas também para vermos o filme de Terror que eles tinham planeado. Depois de muitos gritos e de tentar arranjara mais de 1000 e uma forma de fugir dali o filme acabou, foi 1h35m de tortura.

Começamos a comer e a contar anedotas, a seguir cantamos e então começamos a beber. Kerry pediu-me um espelho quando sam disse:
- Quem e a pessoa que tem a coragem de beber deste copo que tem 30mm de Eristoff Black com 20% de álcool?

Passei o espelho a Kerry, quando fechei a mala coloquei um comprimido para dormir na boca e sem dar chance de alguém dizer que queria, agarrei no copo e fingi beber e logo a segui agarrei numa garrafa de cerveja que tinha pouca cerveja e coloquei la o Eristoff Black juntamente com o comprimido. Sabia qual das garrafas de cerveja esta mais vazia porque estava de olho nela, desde que tínhamos começado a beber e tinha aberto um monte delas para dar menos nas vistas ao mesmo tempo que fingia estar a ficar bêbada.

- Esta coisa arte como o car****, mas e boa! – Disse rindo

Olhei para Dabilo que já tinha bebido umas poucas cervejas, com um sorriso maroto e um pouco bêbado disse:
- Se beber esta ate ao fim sem te queixares podemos fazer a seguir o que quiseres no teu quarto!!
- Ok! Mas vais fazer tudo o que eu quiser? – Disse olhado fixamente para mim.
- Tudo! Prometo. – Disse

Dabilo agarrou na garrafa e bebeu tudo até ah ultima gota. Depois agarrei na minha mala e ele conduzi-me até ao seu quarto, já la trancou a porta deixando a chave na porta, virou-se para mim, me agarrou e começou a beijar-me e me empurrou para a cama, eu preguntei:
- Sabes o que era muito giro?
- O que?
- Fazeres um strip, só para mim! – disse com um sorriso malandro.
- Hum… pode ser! – Disse se afastando-se de mim e cantando uma musica enquanto fazia o Strip.

Aproveitei quando ele mandou a camisola para cima das almofadas e coloquei uma mini camara de filmar e um microfone na almofada. Quando ele acabou o strip, já estava a sofre os efeitos do comprimido mas mesmo assim ainda teve oportunidade de me beijar mais uma vez. Retire-o de cima de mim, agarrei na minha mala e agarrei no gravador de voz e coloquei-o em cima da cama e ligue-o. O gravador começou a dar sonidos de gemidos meus e supostamente dele, começaram baixo e depois começou a aumentar a voz e comecei a mover a cama para dar mais credibilidade a cena ali representada. O gravador continha os meus gemidos e os de Dave na noite anterior sem que ele soubesse disso, eu sabia que aquilo ia-me dar muito jeito algum dia.

Quando os gemidos pararam desliguei o gravador para ninguém ouvir o que Dave tinha dito a seguir e também para não perceberem que não era o Dabilo, que já dormia como uma pedra. Coloquei os fones no gravador para o caso dele ligar sozinho e depois coloquei-o na mala, no passo seguinte espinhei a roupa pelo quarto para parecer que aquilo tinha mesmo acontecido e depois escolhi uma das camisas de Dabilo para vestir. Fiquei só com a camisa e as cuecas e depois deitei-me a espera que os outros tratassem da “saúde” dos seu alvos.

vesti esta camisa:

Passaram 3 horas quando finalmente já estava tudo em silêncio, alevantei-me, agarrei na mala saindo do quarto e dirigi-me para a sala ai sentei-me no sufá a espera dos outros. O Luke foi o primeiro a chegar de pois de mim, provavelmente tinha sido o segundo a sair da festa e as marcas de batom e o cabelo desarrumado diziam que ele tinha aproveitado bem o tempo antes do seu alvo adormecer. A Kerry vaio quase de imediato a seguir ao Luke e começamos a falar. Passado um tempo Dave apareceu e ele nem me deu um beijo, deveria tare a pensar que tinha feito sexo com dabilo, por isso agarrei-o mas ele me afastou e eu disse:
- Deverias confiar mais em mim! – e depois retirei ao fones do gravador e pós um pouco para trás e leguei-o para todos ouvirem, e coloquei a desligar e a colocar os fones. Aproximei-me dele agarrando-o no braço e continuei – Desculpa-me deveria te ter dito antes!

Dave não disse nada mas me beijou furtivamente e apaixonadamente.

_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  David Jackson em Qui 03 Maio 2012, 18:19

Dave beijou-a mas ao mesmo tempo estava chateado. Parou e afastou-se.
- Desta vez exageraste! Foi a minha privacidade que foi invadida. Gosto bastante de ti mas se contínuas com atitudes destas, isto não pode resultar.
- Mas... - Dave não deixou Dabila acabar.
- Nos últimos tempos decides tu sozinha tudo, nem me perguntas nada! Gosto muito de ti mas tratas me como um estúpido e não como namorado.
Disto isto Dave virou-se e ía sair pela porta de casa. Precisava de apanhar ar.
- Luke amanhã não precisas de dormir com a Kerry. Podes voltar para o nosso quarto!
Abriu a porta, saiu e voltou a fecha-la com bastante força.

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Dabila Nami em Sex 04 Maio 2012, 01:35

Dave abriu a porta, saiu e voltou a fecha-la com bastante força. Eu fui para ir atrás dele e disse:
- Dave esper...

Kerry agarrou-me e disse:
- Deixa-o ir!
- Mas..
- Dabila ele precisa de tempo!
- Mas...
- Vais ver que tudo vai ficar bem!
- So que eu ...
- Eu sei que não fizeste por mal!
- Kerry! - Disse com lágrimas nos olhos.
- Devias ter contado a Dave! Deverias ter visto a cara com que ele ficou quando começou a ouvir os gemidos! - Disse Kerry abraçando-me - Ele e todos nos.
- Desculpa! eu so queria...
- Sim eu sei! - Disse Kerry dado-me milhos.

- É melhor começarmos a por-nos ao trabalho - Disse luke. So me lembrei que ele estava ali quando falou, achei muito estranho não ter mandado boca nenhuma. Mas sem me importar comecei a ajudar a colocar as comeras e microfones pela casa, de vez em quando ia a janela ao lado da porta para ver Dave. Ele encostado a uma árvore olhava para a estrada, ele não olhou para a casa nem uma única vez, eu também sabia que ele não precisava olhar, pois avia um espelho daqueles para ver quem vem do outro lado da rua, soque este tinha levado uma pancada e no ângulo onde Dave estava podia ver pelo espelho o que se passava na casa.

Eu sabia que ele não ia olhar para trás mesmo assim continuava la, como uma cadela a espera do seu dono. Eu também sabia que não tinha agido correctamente mas no fundo do meu coração e tinha feito de propósito para o prover e e tirar a mascara do não me importo! Mas eu tinha ido longe de mais, e tinha de aceitar se ele já não me quisesse ver! Eu o amava muito mesmo e sabia que o que tinha feito não se fazia! Sabia que o que Dave tinha razão no que tinha dito "Nos últimos tempos decides tu sozinha tudo, nem me perguntas nada! Gosto muito de ti mas tratas me como um estúpido e não como namorado." ele acha mesmo que estava o a tratar com um estúpido! Eu estava mesmo a trata-lo como um estúpido? Eu estava assere assim tão ma que nem tinha dado por ela? Serra que eu...

Kerry interrompeu os meus pensamentos quando colocou sua mão em cima do meu ombro mas eu não olhei para ela podia ver o ser reflexo no vidro e disse calmamente:
- Nos vamos-nos deitar! Tu também deverias, ele só precisa de se aclamar. Neste momento tu não estas a ajudar ficar aqui a noite toda.
- Eu... eu sei - disse num sussurro triste - Eu já vou! Vão andando.

Kerry e Luke ja se tinha ido deitar, então eu fui buscar uma manta e um chá e colóquios a frente da porta. Eu sabia que estava frio la fora, dei uma ultima olhada e foi andando para quarto de Dabilo. Quando la cheguei apercebi-me que ia ter que dormir com ele! E não era digamos a coisa que neste momento precisava dormir com um Homem mas também não tinha escolha os quartos estavam todos ocupados e a sala por alguma razão dava-me arrepios sempre que la passava. Por isso coloque Dabilo numa ponta e deitei-me na outra, durante 2 horas não preguei olho a pensar em Dave até que adormeci. Enquanto dormia tive a sensação que alguém me tocava era uma sensação desagradável e que ficou pior a medida que um pesadelo da morte do meu irmão entrava no sonho. O sonho começava com eu não me poder mexer e saber o que vai acontecer, ver meu irmão a aproximar-se e quer o empurrar gritar e não poder, não conseguia, não podia, olhava para o lado e via o carro a aproximar-se cada vez mais perto e então ai tentava gritar para o condutar para mas mais uma vez não dava e então acontecei a morte do meu querido irmão mesmo a minha frente sem eu poder fazer ou dizer nada e as lágrimas também não me vinhão aos olhos.

Acordei de repente com falta de ar, com vontade de chorar e vomitar e com o quer interminável de ter Dave ali, mas ele não estava e sim Dabilo que olhava para mim com cara de preocupado e dizia:
- Estas bem? Estas tão branca? Parece que viste um mostro? Estas bem?

Eu sabia que não tinha gritado porque não conseguia, não disse nada estava-me a custar perceber o que ele dizia e meu coração parecia bater mais de 1000 a hora. Ele continuava a fazer perguntas e eu tentando parecer normal disse:
- Não é nada foi só um pesadelo, isto passa!
- Tens a certeza?
- Sim... - disse desviando o olhar para o espelho. - E melhor irmos ter com os out...

Dabilo me puxou para baixo e meu beijou. Fiquei em reacção o sonho não me deixava, eu sabei que algo mau ia acontecer sempre acontecia quando eu tinha aquele pesadelo. Quando Dabilo colocou a mão na minha perna, empório e disse frotivamente:
- Mas que raio pensas tu que estas a fazer?
- Eu so...
- Cala-te! - disse indo para a casa de banho e vomitei.
- Estas bem?
- Sim... Tenho que comer alguma coisa.
- Toma - Disse Dabilo me dando a pasta de dentes e um escova, eu aceitei e lavei-os. - Desculpa! Fui um pouco bruto.
- Desculpa eu! - Disse quando acabei de lavar os dentes - Eu também fui muito bruta.

Saímos do quarto e fomos para a sala todos já estavam la, e o Alvo de Dave estava agarradinha-a ele o que me fez quer esganar-los aos dois. Mas o que me fez recuar foi ver que Dave nem se quer olhava para mim e uma profunda tristeza a abandono veio a mim, Dabilo disse:
- Ola! então dormiram todos bem?
- Sim! - disseram alguns
- Mais ou menos - disseram outros
- Podia ter sido pior - Disseram ainda outros
- Oi! - Disse cansada.
- Ola! Mana grande noite ontem!? - Disse Hermione
- Não me lembro de muita coisa! - Disse Dabilo com sinceridade.
- Deve ter sido tão escaldante que ate te esqueces-te para não ficares mais excitado - Disse Sam
- Nao aconteceu nada! - Disse - Ja comeram?
- Não! - Respondeu Kerry
- Então querem um pequeno almoço a inglesa?
- Sim! - Disseram todos menos Dave.

Como Dave não respondeu e estava a começar a ficar chateada ou ver Hermione tocando o que era meu, disse:
- Então são 7 pequenos almoços! Vou fazer.
- Sao 8 o Dave também conta! - Disse Hermione
- Se ele quisesse tinha respondido! - Disse sem olhar para eles.
- Amor queres um almoço a inglesa? - Perguntou Hermione
- Sim, pode ser - Respondeu Dave. Com essa resposta fiquei pior que estragada.
- Estas a ver ele quer! - disse Hermione
- Desculpa! Eu não sei se ele quer! Eu não uso pessoas com pombos correio! Se ele queres tem que me dizer a mim a nao por qualquer outra pessoa! - Disse com mais poder do que pretendia.
- Nami fica calma!
- Desculpa Dabilo eu não me estou a sentir muito bem! é melhor ir fazer o pequeno almoço. - Disse indo para a cozinha mas ainda ouvi Sam a dizer:
- Provavelmente do-lhe o corpo com a noite de ontem! Deverias ser mais meigo na primeira ver das meninas!

Não ouvi o resto porque ja estava longe e também porque não queria ouvir. Enquanto cozinhava me ia acalmando, fiz o comer em 10 minutos, levei os 7 pratos para a a sala e comemos. Hermione deu parte do seu ao Dave na boca eu simplesmente fiz que não via.
Depois Kerry ajudou-me a lavar os pratos enquanto Sam e Dabilo alevantavam a mesa. Quando ja estava tudo feito Dabilo me levou a dar uma volta ao jardim das traseiras da casa, eu tal como os outros a reparamos que eles estavam a tentas falar com cada um sozinhos.

O Jardim era lindo tinha um labirinto assim:



e no meio do labirinto tinha isto:



com uns bancos. Pelo caminho falamos de muitas coisa evitando sempre o tema do sonho ou da noite anterior nos sentamos a ver o meio do labirinto. Ai no meio da conversa Dabilo pregunta:
- Posso te fazer uma pergunta?
- Claro! Podes e não ter a resposta que queres ou nao a tela.
- Algumas vez pensas-te em provar sangue? - Disse Dabilo com naturalidade.

Eu sabia qual era o jogo que ele estava a jogar por isso entrei precisava de informações, então disse:
- Sabes que essa não é bem uma pergunta normal!
- Sei! Não precisas responder se não quiseres.
- Se eu responder, juras que não foges de mim ou gozas comigo?
- Eu juro! - Disse Dabilo colocando a sua mão direita junto ao coração, o que me fez rir. - Assim ficas melhor.

Eu corei, não estava a espera do comentário dele e para tira da mente que ele tinha sido um querido disse:
- Sempre desejei secretamente provar sangue!
- A serio!
- Tu juras-te!! E sim a serio estou mesmo a ver agora achas que não sou normal!
- Ja achava isso dês que te atirar-te de uma ponta abaixo! - Disse Dabilo rindo.
- É verdade! Aquilo foi muito loko. - Disse rindo também.
- Sabes eu ja provei!
- Ja? A seiro? e como foi? - Disse fugindo surpreendida parte de mim estava mesmo, mas a outra parte de mim não.
- Sim, e foi otimo! É mesmo bom, não contes a ninguém!
- Claro que não! Era dose?
- Sim e muito saboroso. Queres provar? - Disse Dabilo agarrando nas minhas mãos
- Sim quero! - Disse ao mesmo tempo que pensava "Tem que ser! Achas mesmo que quero provar sangue humano!!!"
- Hoje a noite vem ter comigo ao mc donalds, as 11 horas.
- Ok! Mas o mc nao esta fechado a essa hora?
- É so o nosso local de encontro! Sabes que a mais como nos que querem provar sangue.
- A serio? Eu pensava que era a única!
- Sim, a serio! Sabes porque nos queremos provar?
- Não sei! Simplesmente quero!
- Nos queremos porque somos seres superiores e precisamos de sangue para obter os nossas forças.
- Pois claro, e eu sou o Pai Natal! Naves???
- Estou a falar a serio!
- Sim claro! Eu vou mas digo ja que não acredito nisso!
- Quando vires vais acreditar.
- Se tu o dizes!

Voltei para minha casa juntamente com os outros, o ambiente estava cada vez mais tenso entre mim e Dave. Dave tinha se despedido de Hermione com um beijo na boca o que me irritou e fez com que eu não afasta-se Dabilo. Ja sentada no sufa ao lado de Kerry, enquanto Dave estava na cadeira mais longe de mim, luke estava sentado no outro sufa com o Director a sua frente sentado numa cadeira. Explicamos a situação como suspeitamos todos tinham sido separados para serem convidado-os para irem beber sangue mas com outras palavras. Decidimos que íamos com mini microfones connosco para o caso de apanharmos alguma conversa interessante ou importante.





_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  David Jackson em Sex 04 Maio 2012, 13:07

Faltava ainda uma hora para as 11h, tomou banho e vestiu-se:

Spoiler:
[img] [/img]

Saiu e disse em voz alta:
-Vou com a Herm, encontramos nos daqui a uma hora.
Apanhou um táxi e foi.
Quando chegou à porta dela decidiu que não lhe apetecia ir para a casa dela, aquela família era um bocado estranha. Mandou-lhe mensagem: DESCE ESTOU Á TUA PORTA. DAVE
Passado cinco minutos ela desceu.
- Então hoje os teus primos não vieram contigo?
- Hoje apeteceu me estar só contigo miúda.
- Se quiseres podemos ir para a minha casa. Não está lá ninguém, já saíram todos. - disse Hermione com um sorriso maroto.
- Ok, agrada me a ideia.
Entraram e começaram aos beijos e foram assim até ao quarto de Hermione. Hermione trancou a porta do quarto e empurrou Dave para cima da cama.
*
Dave Hermione voltaram a vestir-se. Já estavam atrasados. Hermione olhou para Dave e disse:
- Não dá para irmos a pé, sabes conduzir motas?
- Sim, mas se somos apanhados estamos lixados.
- Estamos mais se nos atrasarmos muito mais.
Hermione foi buscar a chave de uma das motas do pai e mandou a Dave. Dave pôs um dos capacetes e foram.
Chegarem 10 minutos atrasados.

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Dabila Nami em Sab 05 Maio 2012, 02:26

Eu estava a tremer por todo o lado por isso no fim a reunião entrei no quarto e foi para a cama e adormeci. Desta ves sonhei com os seus amigos de infância mas no momento para o outro estava numa casa muito escura e sombria, arrepios percorram todo o seu corpo e foi então que viu uma porta todos os seu instintos diziam para não abrir, mas eu abri na mesma e mal vi o que estava dentro senti o meu coração a partir-se aos bocados, estava tão chocada e triste que não consegui a fazer nada as lágrimas caiam ao ver os meus queridos amigos de infância mortos numa sala onde so se viam sangue e corpos conhecidos, quer ressentes, quer antigos. Senti alguém a tocar-me a acordei, era a Kerry estava com um ar muito preocupado e disse:

- Estas bem? Estas a chorar porque?

Levei a mão a cara para confirmar e depois com um ligeiro sorriso disse:
- Nada so estava a ter um pezadelo!
- Era muito mau! Ja passou, nada disso vai acontecer - disse Kerry me abrasando e dando mimos.

Olhei para o despertador e vi que so faltava 1h para o encontro e eu ainda nao estava pronta. Afastei Kerry devagar e disse:
- Vou tomar banho.
- Ok!

Sai do quarto e vi Dave estava muito bem vestido esta a ir-se embora e disse em voz alta:
-Vou com a Herm, encontramos nos daqui a uma hora.

Pela janela vi que ele tinha apanhou um táxi. Ele ainda estava chateado comigo e pior que isso ia ter com outra durante 1h, respirei fundo e antes que pensasse alguma coisa que não devia fui para WC. No fim de pomar banho vesti isto:



Quando terminei Luke e Kerry ja tinha ido ter com os seus alvos. Estava seriamente a pensar não ir, tinha um pressentimento que algo de mau ia acontecer só não sabia o que! Não era nada normal ter 2 pesadelos no mesmo dia! Algo estava muito errado, ou então era só porque não tinha Dave comigo e sentia muita falta dele. Os meus pensamentos foram interrompidos com o toque da campainha, foi ate a porta e abri era Dabilo que disse com um sorriso:

- Então a princesa, ja esta pronta?
- Sim - disse rindo - O Cavaleiro veio-me buscar das garras do mal do sufá?
- Aqui o Cavaleiro veio buscar a sua princesa para um lugar mais grandioso e precioso do mundo dos Deus. - Disse ele me agarrando e colocando mais perto dele.
- Hum... O mundo dos Deus... Queres dizer o mundo dos superiores?
- Estas a ver como chegas-te la - disse Dabilo piscando-me o olho.
- Então vamos la - Disse me afastando e indo buscar a minha mala.

Dabilo me abraçou por trás e sussurrou:
- Sabes poso não me lembra da noite de ontem, mas tenho certeza que foi a mais maravilhosa da minha vida ja que o fiz com a pessoa que amo - ele me beijou no pescoço o que me deu um arrepio de prazer já que era um dos meus pontos fracos.
- Deveríamos ir - disse saindo um sussurro baixinho.
- Podia-mos ficar! - disse Dabilo dando mais um beijo no pescou-se, pois tinha a reparado que era um dos meus pontos que me dava prazer.

Com todas as minhas forças afastei-o e olhando para outro lado disse:
- Vamos!
- Ok! Desculpa é que eu... Desculpa - Disse Dabilo dando-me uma festa no cabelo e na cara, e quando chegou ao queixo virou minha cara lentamente e me beijo suavemente e continuou com uma vos triste - Vamos.
- Sim - comecei a andar sentia pena dele mas meu coração já tinha dono e esse dono estava chateado comigo.

Chagamos ao ponto de encontro 10 minutos antes da hora marcada e Luke e seu alvo ja estavam la aos beijos. Os cumprimentamos e passado algum tempo a Kerry e Sam chegaram as gargalhadas, eu sabia que eles se estavam a dar muito bem. Quando Dave e Hermione chegaram ja tinha passado 10 minutos e ele nem se tinha dignado a limpar os vestígios de bâton que tinha nos lábios e no pescoço, o que me chateou imenso mas fingi que não via.

Entramos numa casa abandonada, fomos para a cave e dela seguimos uns caminhos subterrâneos assim:



Eu agarrei a mão de Dabilo meu pressentimento cada vês mais era mais forte. Passado 2h a caminhar chegamos a uma sala secreta enorme e muito bem iluminada. Subimos uma escada e entramos numa casa, seguimos mais alguns coredores ate que chegamos a uma sala que era assim:



A sala estava maio cheia e nos fomos para os nossos lugares. Comemos uma comida e bebemos coisas normais o que era estranho para uma festa que supostamente era para beber sangue. As 2 horas fomos para uma sala bar muito mais pequena e ai Dabilo disse:
- Devem estarem-se a perguntar, para que foi o jantar! Isto e um ritual comemos e só depois e que bebemos o sangue dos seres inferior a nos.
- É como se tivéssemos a caçar, damos-lhes comer vamos a caça e depois comemos-os. - disse Sam
- Agora mais de metade dos que estavam á mesa vão para casa e um deles vai ser a vitima. Agora só temos que esperar. - Disse Sofia.
- Pois os mais vinhos que que podem caçar nos ainda nao temos idade para isso - disse Hermione.

Ficamos a espera 30 minutos e depois umas raparigas e rapazes começaram a chegar com tabuleiros que tinham copos cheios de sangue, e serviam as pessoas que estavam por ali. O nosso grupo foi o ultimo a ser servido e mal os nossos alvos pegaram no copo começaram a beber como se tivessem mesmo necessidade daquilo. Nos não podíamos ficar a olhar, por isso começamos a beber. O sangue estava quente e era assustadoramente delicioso, o que me fazia grande confusão. Como podia uma coisa ser nossas, quer dizer não era minha mas eu também tinha ser tão doce e o quente do sangue era reconfortante, ao mesmo tempo que dava vontade de vomitar e ser muito esquisito.

Todos beberam tudo para não darem nas vistas que não gostavam. Os nossos alvos ao mesmo tempo perguntaram:
- Então gostaram?
- Sim - respondemos
- Não pensei que fosse são bom - Disse para Dabilo.
- Eu sei! eu ja tive no teu lugar. Quer dizer todos nos ja tivemos.

A festa começou a bombar e no bar só avia bebidas de sangue e comidas de sangue. O que me dava vontade de vomitar pois agora e que pensava no que realmente tinha acabado de beber! Para não pensar nisso foi cantar. Durante algumas horas ou minutos nao sei bem cantamos e dançamos e quanto mais parava o tempo parecia que ficava zonza. De um momento para o outro Dabilo tinha-me colocado na parede e me beijava, eu não sabia o que se passava mas meu corpo não respondia. Foi no momento que Dabilo ia para tocar nos meus peitos que alguém mandou dou agua fria para cima de nos e que me deu forças para afasta-lo, tinha sido um homem que tinha agarrado numa mangueira e andava a atirar agua por todo o lado. Desta vês tinha sido mesmo por pouco, se nao tivesse levado um banho de agua não sei onde ele ja podia estar com as mãos.

Dabilo agarrou-me e levou-me para outra sala e foi quando sai que arreparei que avia um fumo estranho dentro do bar. Ele colocou-me no sufa e nao disse nada passado um tempo ou outros chegarem igualmente molhados e Sam disse:
- Esta na hora da diversão!
- Que diverçao - Perguntou Kerry
- Vamos a um sitio, agora ja ninguém vai dar por nossa falta - Disse Sofia com um sorriso maroto na cara e enquanto dava um beijo a Luke.

Nos os seguimos pelos toneis, até a outra sala mais sombria e escura. Um deles confirmou se ninguém vinha ou nos seguia fez sinal se afirmativo para outro que ligou a luzes. Entramos numa porta e andamos mais algum tempo e foi então que vimos o que ele queriam mostrar. Eram os corpos das vitimas as quais eles tinha retirado sangue que nos tínhamos bebido. Era só a coisa mais horrível que tinha visto. Aproximei-me das vitimas para ver se as reconhecia do jantar e reconheci algumas caras que tinha visto mas o que me parti-o a alma foi uma pessoa que não tinha visto no jantar e estava ali sem vida. O pensamento de ter bebido sangue daquela pessoa me fez quase vomitar, e teria vomitado se não tivesse usado toda a minha força para não fazer ao mesmo tempo que fazia força para não chorar ou transmitir qualquer tipo de expressão. A minha frente se encontrava Brianna uma das minha melhores amigas de infância ja sem vida e com uma expressão de terror. Eu não conseguia olhar mais e fugi dali, tinha que sair dali precisava de apanhar ar.

Os outros saíram poucos segundos depois e Dabilo perguntou:
- Estas bem! Estas muito branca.
- Doi-me a barriga acho que comi alguma coisa que nao me fez bem! - Disse rapidamente.
- Eu levo-te a casa!
- Não - Disse mais alto do que queria e depois com um tom mais normal disse - Quero estar sozinha! Preciso de pensar. Desculpa.
- Vemos-nos em casa - Disse Kerry, ao qual eu sabia que tinha lhe tirado a desculpa perfeita para sair dali.

Dabilo levou-me ate la fora e depois despedimos-nos, foi andando pelo caminha mais longo ate chegar a casa. Muitos tipos de pensamentos coiram-me pela cabeça, muitas perguntas sem respostas e a minha vontade de apanhar esta "gange" era cada ver maior, era tão grande que me apetecia mata-los a todos. Vomitei 2 vezes colo caminho e então cheguei a casa e todos ja estavam la a dormir o Director tinha saído para uma reunião urgente. Como nao conseguia dormir e queria apanhar aqueles psicopatas comecei a ver os vídeos gravados na casa, comecei pelo escritório ja que era o que me parecia mais interessante, ao fim de algumas horas, mostro-me que avia uma gaveta secreta, que teríamos que ir ver o que se encontrava la.

O resto da casa não me interessava e quando ia a fechar o ecrã veio-me a memoria 1h10m que Dave esteve fora, muito provavelmente não teriam estado ali mas pelo sim pelo não foi dar uma espreitadela.Via a Hermione que se preparou para aquela festa durante horas conseguia ouvir o que dizia ao espelho para si própria o que me fez rir. Passado um tempo saio e minutos de pois Dave juntamente com ela entraram no quarto ao beijos. Coloquei o ecrã de varias maneiras para ver se eu estava a ver mesmo bem. Ela trancou a porta e levou Dave para a cama e ele nem resistiu enquanto respondia ao seu beijos, parei o video naquela cena. As lágrimas caiam-me da cara quando vi Dave, não disse nada simplesmente virei o ecrã para ele. Enquanto clicava na tecla para continuar, eu olhava para o ecrã e virava o olhar para Dave e volta a olhar para o ecrã, as minhas lágrimas cada vez caiam mais enquanto vi ele a despir-lhe a camisola. Sentia a minha alma juntamente com o meu coração a partiram-se aos bocados.

_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  David Jackson em Sex 18 Maio 2012, 20:08

- Desculpa - disse Dave olhando para o ecrã. - Ela atrai me bastante e bem...
Dave viu Dabila começar a chorar.
- Eu não resisti desculpa! A última coisa que queria era magoar te.
- DAVE SAI SE FAZ FAVOR PARA EU NÃO TE ESPANCAR!
- Desculpa a sério. - disse Dave sentindo se culpado.

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Luke Heavens em Dom 20 Maio 2012, 17:08

Depois daquela "festa de sangue", Luke estava-se a sentir mesmo mal. Não sabia que o sangue era humano, pensava que era uma espécie de teste com sangue animal.

Os dias passaram rápido e Luke andava mais calado. Estavam agora num jardim perto da escola a treinar condição física. Estavam algumas raparigas sentadas nos bancos do jardim a ver os quatro rapazes que fazia flexões, abdominais, elevações e aquecimentos. Estava a ficar calor, embora apenas estivessem 20ºC. Luke estava a fazer a sua quarta elevação completa e assim que a completou, largou a barra e começou a alongar. Os outros rapazes já tinham tirado a camisola e Luke fez o mesmo. O treino de condição física tinha acabado. Eles puseram as mochilas às costas e as t-shirts envolta nos ombros e foram andando até um spot que tinham visto perto do parque. Deixaram as mochilas e as t-shirt enconstadas a um canto e foram analisar melhor o spot. As raparigas também foram com eles, visto que eram da sua turma e que Sofia estava entre elas.
O spot tinha três muros pequenos que davam pela cintura no local mais baixo, mas à medida que eles iam "andando", um dos muros inclinava em direção ao chão, deixando o outro muro seguinte bastante mais alto. Os muros estvam separados cerca de dois metros e meio, talvez três. Ao lado havia uma casa de electricidade com cerca de três metros e meio de altura, que estava "ligada" ao terceiro muro. A uns 3 metros de distância estavam duas caixas de electricidade. Uma delas em baixo de umas escadas com cerca que 1 metro de comprimento a descer e a outra caixa estava simplesmente num local plano. Ambas as caixas eram da altura da barriga de Luke. Também haviam alguns corrimões, com cerca de um metro e meio de altura e separados por dois metros de distância.
Luke foi o primeiro a "estrear" o spot. Saltou para cima do primeiro muro, no local mais baixo. Saltou a pés juntos para os outros dois e caminhou em equilíbrio até ao cimo da casa de electricidade. Sentou-se com as pernas a balançar no ar e ficou a olhar lá para baixo enquanto Jack e James fizeram alguns vaults na caixa de electricidade que se situava no local plano.
Luke ligou a coluna ao MP4 e pôs Pendulum e Aproaching Nirvana a tocar.
Treinou vários vaults e conseguiu fazer um bird leap por cima do segundo muro e acabar em cat no terceiro, ficou bastante feliz com isso mas quando fez o cat, agarrou com as pontas dos dedos e deslocou três unhas. Foram a uma enfermaria, onde lhe trataram dos dedos e pregaram um sermão sobre parkour ser perigoso e que tinha que ter mais cuidado.
Foram todos para casa excepto Luke e Sofia, que ficaram a falar debaixo de uma árvore que estava no jardim.

- Luke, o meu pai queria falar contigo. - disse Sofia um pouco hesitante. Luke tinha combinado com Dabila, Kerry e Dave para dizerem que o seu encarregado de educação (André) pensava em abandoná-los para formar uma nova família com uma mulher que tinha conhecido em Vegas e Luke até tinha feito algumas sugestões para se juntarem à família de Sofia.
- Ok, quando?
- Agora. - disse Sofia. Luke assentiu e foram juntos para a casa dela.

Entraram na casa e o pai de Sofia chamou Luke aos seus aposentos.

- Já deves saber que queria falar contigo. - disse ele calmamente. - Não vou estar com rodeios, tu sabes o que nós fazemos. Se quiseres juntar-te à nossa família o teu "tutor" vai ter que sair daqui.
- Não se preocupe, ele quase nunca vem a casa e está a pensar mudar-se para Manhattan com a sua nova amiga. - disse Luke dando enfâse à palavra "amiga".
- Muito bem. Sabes que todos os membros da família têm que fazer a tatuagem e participar na cerimónia. Se tu e os teus irmãos ou primos ou lá o que são quiserem fazer parte, que estejam à porta da casa abandonada na 5ª avenida daqui a uma semana às 18 horas. - deixou que Luke assenti-se e fez um gesto com o braço. - Muito bem, podes ir.
- Sim senhor. - disse Luke levantando-se da cadeira.
- Mais uma coisa. - Luke tinha acabado de abrir a porta do escritório. - Se a minha filha ou algum dos meus filhos ficar magoado por vossa causa, é bom que eu nunca vos ponha a vista em cima.

Luke assentiu. Estava a tremer um pouco. Sofia estava à sua espera no hall de entrada com um sorriso.
- Então? - perguntou beijando Luke. - Como correu?
- Talvez me junte a vocês para a semana. - disse Luke forçando um sorriso. - Tenho que ir para casa, até amanhã. - Luke beijou-a e saiu.

Caminhou devagar até casa. Era verdade que André não tinha prestado muita atenção à missão e ia ser difícil falar-lhe dos progressos que tinham feito.
Chegou à porta do apartamento. Abriu a porta da rua e entrou no elevador. Esperava que Kerry, Dabila e Dave estivessem em casa para lhes falar dos seus progressos. Abriu a porta de casa.

Luke Heavens
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 112
Reputação : 0
Localização : Nem eu sei '-'

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Dabila Nami em Ter 29 Maio 2012, 19:05

Depois de Dave ter admitido que o tinha feito, sentia-me a morrer completamente quer por dentro, quer por fora. Dave saiu para a rua e eu continuei a ver as imagens como a espera que visse que era mentira, mas não era continuei a ver e a voltar a ver, e saiam lágrimas e tristezas. De repente alguém fechou o portátil era a Kerry que me abraçou e me levou para o quarto. Durante 2 dias não comi nem bebi nem sequer falei com ninguém, simplesmente estive deitada na cama onde mais de metade do tempo chorava. Sentia-me traída quer fisicamente, quer mentalmente, quer as palavras que ele me tinha dito. Sentia-me abandonada por todos, sozinha e sem ninguém. Sentia-me perdida quer em pessoa, quer em alma.

Passado 2 dias o Dabilo foi me buscar literalmente aos lençóis, obrigo-me a tomar banho e a vestir:



Era uma roupa que ele tinha comprado para mim. Depois levou-me a um parque de diversões onde me reaveu o meu sorriso. Depois de 2 horas a rir Kerry e Sam apareceram a rir-se também, kerry disse:

- Nami estas muito melhor!
- Obrigado, desculpa os últimos dias! - disse sentindo-me culpada.
- Não tens culpa que a tua melhor amiga tenha morrido! - disse Kerry me abraçando.
- Eu sei....
- Anima-te! Não penses nisso. - Disse Dabilo com um sorriso nos lábios ao mesmo tempo que me agarrava a mão.
- Vamos nos divertir? Temos que aproveitar estas bilhetes grátis! - disse Sam
- Como os arranjaram? - Perguntei
- Isso e segredo nosso! - Disse Sam
- Eu adoro desvendar segredos! - Disse com o sorriso malandro.
- Mas este não vais desvendar! - disse Dabilo
- Aqui a gato! - Disse Kerry
- E dos grande - disse
- Vamos? - perguntador Dabilo e Sam ao mesmo tempo
- Porque nao? - respondemos eu e Kerry ao mesmo tempo e a rimos.

Depois de andarmos em todas as diversões e mais algumas, fomos para casa. Kerry andava cada vês mais maldisposta por causa do sangue e andava a pensar desistir. Ja tinha falado com ela sobre isso mas nao sabia a sua decisão. Passado alguns dias um T-Shirt Branca entra em nossa casa, queria falar connosco mas os 4 juntos. Como eu e Dave não estávamos bem, eu estava com kerry no quarto a jogar cartas e a falar na vida, enquanto Dave estava no seu quarto.

_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  David Jackson em Qua 06 Jun 2012, 23:07

Agora Dabila e Dave já se falavam e conseguiam estar juntos por algum tempo, decidiram ir todos almoçar a um restaurante na praia.
Dave tomou banho e vestiu-se:
Spoiler:



Foi ter com Kerry, Dabila e Luke e disse:
- Hoje nós os quatro podemos comer fora para ver como está a situação com cada um?

David Jackson
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 303
Reputação : 0
Idade : 19
Localização : Narnia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Dabila Nami em Dom 01 Jul 2012, 21:23

Nami, David, Luke e Kerry passaram nos testes para entra no gang. Estes teste foram mais estranhos do que se pensava, mesmo assim pensaram com sucesso e algum nojo. A partir do momento que entraram no gang tudo mudou, tiveram que ganhar o respeito para conseguirem informações o que não foi nada fácil sendo que sempre que eles davam um passo recuavam 2 logo a seguir. Passado algum tempo conseguiram o maiores dos respeitos, tendo não só salvado o chefe de um momento muito difícil como os seus filhos. Depois de terem ganhado tal respeito entre os membros, conseguiram obter informações mais rapidamente. Nami e Luke pesquisaram a gaveta secreta do escritório do chefe, o pai do seus alvos, e encontraram informações reveladoras como as ligações das vitimas. Dave e Kerry encontraram informações no bar que se situava debaixo da terra, estas eram sobre todos os membros do gang e os subornos que davam aos hospitais para estes lhes darem sangue. Os quatro juntos ainda conseguiram obter informações para capturarem os chefes do gang em flagrante.

O director gostos do trabalhos deles em equipa, mas fez com que eles tivessem que fazer inspecções medicas para ver se o sangue lhes tinha mudado ou afectado o organismo e ainda castigou Nami por esta se ter atirado de uma ponte abaixo.

Kerry jurou que nunca mais bebia sangue na sua vida nem que a obrigassem ou pagassem todo o dinheiro do mundo.
Dave e Nami voltaram ao seu relacionamento normal de pois de muito falarem.
Nami pediu permissão para fazer o funeral a sua amiga, esta foi dada mas ela teve que ver o funeral da distancia mesmo sendo ela a pagar tudo.
Luke no fim de um relacionamento estranho com o seu alvo, mal parecia afectado por ter cortado relações com ela, mais estava completamente feliz dando uma festa onde convidou todo mundo para celebra o sucesso da sua primeira missão.


Os alvos dos querubins foram viver com os avós do lado da mãe. Tendo uma vida muito mais normal e menos perigosa. Os seus pais foram preços, com uma condenação de 20 anos, seus súbitos com pena de 15 anos.

_________________




Agente: 006

Dabila Nami
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 1434
Reputação : 2
Idade : 22
Localização : confidencial

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Virginia Hall em Sex 06 Jul 2012, 01:13

Notas finais: (Estudos (20) - Estratégia (30) - Qualidade de Missão (70))

Dabila Nami - 13 - 30 - 55
Luke Heavens - 17 - 20 - 49
David Jackson - 13 - 20 - 53

A Kerry falhou nesta missão,e como castigos será enviada numa missão de recrutamento.
Luke: Demonstrares logo as tuas tecnicas de artes marciais e parkour na primeira aula é um erro bastante grave. Gostei da estratégia usada para conseguires o nº da sofia. Achei um bocado estranho que o James, o Jack, tu e o Dave tenham conseguido tocar musicas na festa sem ensaiar... O pai da sofia nao teve grandes cuidados em saber se tu eras de confiança...grande erro.
David: Facilitaste demasiado na relação de Hermione. Para quem gosta de rapazes dificil, ela deve ser a rapariga mais facil á face da terra…. Beijares a Dabi nas traseiras da festa foi super-arriscado. Há uma incoerencia entre um post teu, e um da dabi antes dele.
Dabi: Seguraste a mão do dave na festa, o que foi mt arriscado. Muitas vírgulas em falta…. Tentativa de suicidio- no coments……Dois dias em casa a morrer por causa do Dave tb n ajudam mt.

_________________

Virginia Hall
T-Shirt Cinzenta
T-Shirt Cinzenta

Pontos Agente CHERUB : 1
Mensagens : 328
Reputação : 3
Idade : 21
Localização : Localização Secreta

Experiência de Agente
Estudos e Estratégia:
0/2500  (0/2500)
Experiência de Missão:
0/2500  (0/2500)
Capacidade Física:
0/2500  (0/2500)

Ver perfil do usuário http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missão] Operação língua azul!

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 11:41


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum